Diário Oficial de Guarujá 04-07-2012

1.039 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.039
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diário Oficial de Guarujá 04-07-2012

  1. 1. Diário Oficial Quarta-feira, 4 de julho de 2012 • Ano 11 • Edição: 2555 • Distribuição gratuita GUARUJÁ vicente de carvalho Prefeitura vai asfaltar 34 ruas Ao todo, serão 126 km de vias públicas pavimentadas nos bairros Vila Áurea, Jardim Boa Esperança e Monteiro da Cruz. Página 3Pedro Rezende Bairros também receberão obras de drenagem, além de guias e sarjetas show de aniversário Roupa Nova reúne várias gerações na 14 Bis Página 15 Marcos Miguel sustentabilidade Município promove desenvolvimento com qualidade de vida Com a implantação da Agenda 21 de Guarujá, jogos regionais a Prefeitura promove, paralelamente, uma série de ações para garantir desenvolvimento sustentável e qualidade de vida à população. Além do plano de Mais de 400 atletas obras para diversas vias de Vicente de Carvalho, o Município também se destaca com programa para representam Guarujá redução de mortalidade infantil e formação cidadã de jovens em situação de vulnerabilidade social. em Santo André A população compareceu em massa na apresentação da banda carioca, comprovando que música de qualidade PáginaS 5 a 8 Página 20 agrada e agrega pessoas de todas as idades
  2. 2. 2 quarta-feira 4 de julho de 2012 Diário Oficial GUARUJÁ Albergue Municipal Centros Comunitários 3387-6016 Rua Manoel Otero Rodrigues, 389, • CAEC Isabel Ortega de Souza Jardim Boa Esperança 3358-2976 Av. Manoel da Cruz Michael, 333 Serviço Funerário Municipal (24 horas) Santa Rosa 3386-6259 • CAEC João Paulo II Secretaria de Desenvolvimento Delegacia de Guarujá 3352-5729 Paço Moacir dos Santos Filho Econômico e Portuário/Ceacon 3386-6992 e Paço Raphael Vitiello Rua Engº Sílvio Fernandes Lopes, 281 3344-4500 Avenida Puglisi, 656, Pitangueiras Pae - Cará - Vicente de Carvalho 3308-7000 Secretaria de Esporte e Lazer Casa do Educador • CAEC Cornélio da Conceição Pacheco Secretaria de Educação 3386-4378 3353-3553 3386-2340 3308-7770 Av. Leomil, 164 - Pitangueiras Rua do Bosque, s/n° - Maré Mansa Secretaria de Meio Ambiente Secretaria da Desenvolvimento Social e Cidadania Centros de Apoio Operacional • CAEC Profª Márcia Regina dos Santos 3308-7885 3355-6422 3308-7780 Santa Rosa, Centro e Santo Antônio Av. Mário Daige, 1440 - Jd. Boa Esperança Secretaria de Cultura 3386-4120 3386-2230 / 3383-2948 Secretaria da Saúde 3308-7790 Rua Brasilina Desidério, s/n • CAEC Vereador André Luiz Gonzalez Jardim Helena Maria (Estádio Municipal) 3386-8556 Secretaria do Turismo Trav. 268 - Quadra 77, s/nº - Morrinhos II 3344-4600 Secretaria de Desenvolvimento Enseada e Gestão Urbana 3351-4067 • CAEC Capitão Dante Sinópoli Secretaria Executiva de 3308-7970 Avenida Guadalajara, s/n 3352-2945 Coordenação Governamental Alameda Dracena, 513 - Vila Áurea 3308-7480 Diretoria de Trânsito e Transporte Perequê 3355-9897 / 3355-4937 3353-7529 • Biblioteca Municipal Secretaria da Defesa Rua Rio Amazonas, 800 3341-7845 / 3386-6041 e Convivência Social UPA Rodoviária 3347-5000 3355-9151 Vicente de Carvalho • Disque Prevenção DST/Aids Av. Santos Dumont, 955, Sto. Antônio 3342-2898 e Hepatites Virais (CTAPT) Secretaria de Administração Rua Alagoas, s/n - Vila Alice 3352-2666 3308-7870 UPA Vicente de Carvalho 3342-5458 Morrinhos, Vila Edna e Cachoeira Casa dos Conselhos Secretaria de Finanças Rua São João, 111, Pae Cará 3386-5072 3383-2181 3308-7610 Avenida Antenor Pimentel, s/n - Morrinhos II UPA Enseada Conselho da Condição Feminina Ouvidoria 3351-3661 Procon 3386-8273 0800-773-7000 / 3355-4211 Av. Dom Pedro I, s/nº - Enseada 3383-2177 / 3355-6648 Rua Washington, 719, Centro Conselho Municipal da Disque Denúncia UPA Perequê Pessoa com Deficiência 181 3353-6717 Emergência - Polícia Militar 3383-2181 Estrada Guarujá-Bertioga, km 8, Perequê 190 Guarda Civil Municipal / Conselho Tutelar de Guarujá Central de Monitoramento UPA Santa Cruz dos Navegantes Samu 3355-3198 - Plantão: 8858-3255 3344-1440 / 153 3354-2802 192 Rua Antônio Pinto Rodrigues, s/nº Conselho Tutelar de VC Fundo Social de Solidariedade Corpo de Bombeiros 3386-1624 - Plantão: 9754-1882 noite 3386-8820 UPA Jardim Boa Esperança 193 3355-3263 Conselho Municipal dos Direitos da Advocacia Geral do Município Rua Álvaro Leão de Carmelo, s/n - Defesa Civil Criança e do Adolescente - CMDCA 3308-7390 Jardim Boa Esperança 199 3386-6806 e doe sangu Diário Oficial GUARUJÁ | Diretora • Wanda Fernandes • Mtb. 27.855 O noticiário relativo às Doe vidaexpediente | Editor responsável • Eduardo Caetano • Mtb. 41.408 atividades da Câmara Municipal, bem como a Colabore | Projeto gráfico e diagramação • Diego Rubido com o Banco produção e edição de Gabinete da Prefeita seus atos oficiais, são de de Sangue Avenida Santos Dumont, 800 • Tel. 3308.7470 Noticiário produzido a partir de material da do Hospital responsabilidade exclusiva Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarujá Santo Amaro PABX 3308.7000 • Ramais 7472 • 7407 • 7409 do Poder Legislativo. Bairro Santo Antônio • CEP 11432-440 site: www.guaruja.sp.gov.br | Impressão: Gráfica Diário do Litoral e-mail: diario@guaruja.sp.gov.br | Tiragem: 10 mil exemplares Unidade Fiscal do Município R$ 2,14
  3. 3. Diário Oficial GUARUJÁ quarta-feira 4 de julho de 2012 3asfaltoObras de pavimentação beneficiamVila Áurea, Boa Esperança e Monteiro Marcos Miguel Região ganha importância Além de mais este bene- fício, recentemente os mo- radores da região do JardimNo total, serão mais 126 mil metros quadrados de área pavimentada; vias também receberão obras de drenagem, além de guias e sarjetas Boa Esperança ganharam a UPA 24 horas Jorge JesusObras que beneficiará diretamente acessíveis a pessoas com defi- Paulo Papa VI, Rua Ademário de Almeida; o Caps III José os moradores do Jardim Boa ciência. Martins e praça adjacente, Rua Foster Júnior, que atendecontemplarão Esperança, Monteiro da Cruz No Jardim Boa Esperança, Ézio Costa Gama e Rua Arilene pacientes com transtornos34 ruas dos e Vila Áurea. serão asfaltadas: Rua Oswaldo Farinazzo Ferreira. mentais 24 horas por dia,bairros No total, serão asfaltadas 34 Aranha, Rua Eva, Rua Mário No Monteiro da Cruz, as vias e a nova Avenida Mário ruas, contabilizando mais 126 Duarte Silva, Rua Benedito L. contempladas são: Rua Antônio Daige, que foi inteiramenteT rabalhar em sintonia mil metros quadrados de área Malvão, Rua Antônio Quinta, Monteiro da Cruz e Rua Jordão revitalizada. Em breve, a com a população em pavimentada nos três bairros, Rua Orsesp Bozonkian, Rua Otávio de Azevedo. Já na Vila população será contemplada busca de uma Cida- que também terão a implanta- Álvaro Leão Carmelo, Rua Áurea, as vias contempladas são: com o Centro de Referência de com infraestrutura ção de 3.324 metros lineares Romualdo dos Santos Maico, Rua Batatais, Rua Altinópolis, da Mulher, em construçãourbana que assegure melhor de rede de drenagem e 14.305 Rua Nelson Francisco Silveira, Rua Guarulhos, Praça Barra Bo- no terreno do antigo prédioqualidade de vida para todos metros lineares de guias e sar- Rua Esdras, Rua Hélio Ferreira, nita, Rua Suzano, Rua Ribeirão da Delegacia da Mulher e aos cidadãos. Este é objetivo jetas. Seguindo os critérios de- Rua José Lourenço Guerra, Rua Pires, Rua Mário Duarte Silva, nova Rua Joana de Menezesda Prefeitura, que iniciará, terminados pela prefeita, as vias João Veneziano, Rua Orlando Rua Osasco, Rua Ribeirão Preto, Faro, que passa por obras denos próximos dias, mais uma contempladas ainda terão 893 Silva, Rua Antônio Eduardo Pi- Rua Marília e Alameda Águas revitalização.grande obra de pavimentação, rampas, tornando os bairros rani, Rua Marques Nabeto, Rua da Prata.
  4. 4. 4 quarta-feira 4 de julho de 2012 Diário Oficial GUARUJÁ protagonismo Prefeita abre oficialmente Com a 1ª edição do evento, o Conselho Municipal da a Semana da Juventude Juventude colhe os frutos do empenhoFotos Pedro Rezende A solenidade, que aconteceu no salão de eventos do Poder Legislativo, reuniu estudantes do Camp Guarujá M esmo com uma le- agregar naquilo que ainda não foi marco na história de Guarujá. “É gislação municipal pensado. A juventude de Guarujá uma mudança de postura, com o O professor Luiz Paulo ministrou a palestra de 1992 – que ins- é participativa. Enfocamos o con- olhar social para o jovem visando “Megaeventos e titui uma semana ceito de juventude em todas as o desenvolvimento integral em a Inserção Social, inteiramente dedicada à juven- políticas públicas desenvolvidas no todas as áreas”. Treinamento e Emprego para a Juventude” tude – foi só a partir de 2009 que Município”, disse a prefeita. Quem assume o Conselho esse público ganhou vez e voz em A reativação da Coordenado- agora, interinamente, é o guarda disso, as políticas de juventude no período da tarde. Esta última Guarujá. Diante disso, na últi- ria, com a Semana da Juventude, civil municipal (GCM), Douglas com qualificação nas áreas da ficou a cargo do professor Luiz ma segunda-feira (2), a prefeita significa uma conquista para to- Barreto. Ele, que já desenvolve assistência, primeiro emprego Paulo Neves Nunes. realizou a abertura oficial da 1ª dos os envolvidos. Segundo o co- projetos de combate às drogas, e várias outras já estão acon- Na palestra, que durou cerca edição da Semana Municipal da ordenador de Políticas Públicas fala do trabalho realizado. “É um tecendo na Cidade. A área (da de duas horas, o bacharel e licen- Juventude. para a Juventude da Prefeitura, governo que tem deixado Guarujá juventude) estava abandonada, ciado em Geografia pela Uni- A solenidade, que aconteceu Fábio Antunes, “a juventude, bem preparado para o futuro. A mas resgatamos as políticas pú- versidade Estadual de São Paulo no salão de eventos do Poder Le- após 20 anos, está realizando um reativação e atuação do Conselho blicas para a juventude em nosso (Unesp) ressaltou a importância gislativo, reuniu ainda estudantes sonho: a Semana. Agradeço o da Juventude de nossa Cidade Município”. de se qualificar, quando ainda do Camp Guarujá. O grupo empenho de todas as secretarias, merecem parabéns. Hoje, o jovem jovem. “Temos que iniciar uma do Projeto Cultural Violodum conselhos e a equipe da Casa dos também é protagonista da mudan- Palestra caminhada do conhecer para tocou o hino nacional durante a Conselhos. Sem o apoio de todos ça de Guarujá”, destaca. Na última segunda-feira (2), nos prepararmos para os grandes cerimônia. não seria possível promover o A secretária municipal de a programação da Semana da eventos que nossa Cidade vem Em seu discurso, a prefeita evento”, disse. Desenvolvimento Social e Ci- Juventude – que prossegue até recebendo. É preciso estar qua- destacou o aprendizado com este O então presidente do Con- dadania lembrou das primeiras sábado (7) – contou com as pa- lificado, para nos inserirmos no primeiro evento. “A Semana da selho Municipal da Juventude iniciativas neste sentido. “Em lestras “A Juventude tem Voz”, mercado de trabalho”, assinalou Juventude é um evento muito – que se desliga da presidência 2009, a prefeita reuniu a equipe, pela manhã, e “Megaeventos e Nunes para cerca de 60 jovens do rico. Afinal, daqui sairão mais – enfatizou que a 1ª edição da Se- para que reorganizássemos o a Inserção Social, Treinamento Camp que compunham a plateia propostas que, com certeza, vão mana da Juventude significa um Conselho da Juventude. Além e Emprego para a Juventude”, na Câmara Municipal.
  5. 5. Diário Oficial GUARUJÁ quarta-feira 4 de julho de 2012 5 sustentabilidade Emoção marca entrega oficial da Agenda 21A elaboração do elaboração do documento, que destacou que foi emocionante canções e novas pulsações. Todos os envolvidos na con- trata da adoção de políticas públi- participar de todas as discus- Por isso, as discussões estarão clusão da Agenda 21 destacaramdocumento, que trata cas voltadas ao desenvolvimento sões sobre o desenvolvimento sempre ocorrendo. E como a vontade da Administração emda adoção de políticas sustentável e reversão dos níveis sustentável. “É um documento uma árvore, está sempre dando discutir e colaborar com a ques-públicas voltadas ao de pobreza. dinâmico e tem muitas questões frutos bons e doces. Que estes tão ambiental. Para a prefeita, o lançamento que podem ser discutidas e essa frutos possam alimentar a todosdesenvolvimento da Agenda 21 é um momento sensação de missão cumprida é nós”, declarou.sustentável e reversão único e histórico. Segundo a o significado da mobilização de De acordo com Estrella, ados níveis de pobreza, chefe do Executivo, o trabalho toda uma sociedade”, disse Zup- conclusão do trabalho é apenascontou com a exigiu o comprometimento de pi, ressaltando que o documento uma etapa. “Estamos preparan- todos os setores da sociedade. foi construído “pelas mãos de do Guarujá para ser uma cidadeparticipação de todos “Nada seria possível se não dés- todos”. sustentável daqui a 22 anos, ouos segmentos da semos as mãos e vestíssemos a A coordenadora da Co- seja, quando estiver comemoran-sociedade camisa do compromisso. A vida missão da Agenda 21, Andrea do o centenário de emancipação é de todos os seres vivos, não só Estrella, definiu o documento político-administrativa. Até lá,O clima de emoção dos humanos, por isso, devemos como uma roda de ciranda, esperamos que o Município marcou a entrega ofi- despertar aquela sementinha em que está sempre girando. “Não tenha alcançado o objetivo de cial da Agenda 21 de todos nós para trabalhar com o existe ciranda se as pessoas uma cidade 100/% sustentável Guarujá, na manhã olhar de consciência para um não derem as mãos para girar. e que os filhos dos membros dodo último sábado (30), quando o planeta melhor. Este ato é uma Isso quer dizer, que está sempre Fórum possam estar envolvidosmunicípio comemorou 78 anos vitória de todos que participaram ocorrendo mudanças. Pessoas na questão ambiental, vivendoda emancipação político-admi- da execução”. saem e novas entram, mas a em uma cidade ambientalmente Andrea Estrella: "Estamosnistrativa. Todos os segmentos O secretário executivo da nossa ciranda tem que continu- melhor do que a que os pais vi- preparando Guarujá para ser umada sociedade participaram da Agenda 21, Ricardo Zuppi, ar girando e precisa de muitas vem hoje”. cidade sustentável daqui a 22 anos"
  6. 6. 6 quarta-feira 4 de julho de 2012 Diário Oficial GUARUJÁanimais empalhados Exposição faz alegria da criançadaAtividade Raimundo Nogueiravoltada aomeio ambienteintegrou aprogramação delançamento daAgenda 21 deGuarujáU ma exposição de ani- mais empalhados fez a alegria da criançada que esteve na Praçado Povo, no bairro Santa Rosa,na tarde do último sábado (30). Aatividade integrou as atividadesdo lançamento da Agenda 21de Guarujá. Quem foi ao localteve a oportunidade de curtiras atrações de sustentabilidadeque foram programadas para apopulação. Cachorro do mato,onça sussuarana e jacaré foramalguns dos animais expostos pelaPolícia Militar Ambiental. A pequena Victória dos ReisFerreira, de 8 anos, ficou encan-tada com os bichos. “Adorei osanimais. A princípio fiquei commedo de passar a mão neles, dáa sensação que vão se mexer,mas depois me aproximei e con-seguir pegar. Foi muito legal”,contou. Larissa Jordão, de 13 anos,disse que só tinha conhecimen-to desses animais nas aulas daescola. “Eu faço trabalho sobreum monte deles, mas a sensação da professora Rachel Pires, Tarde cultural cou o balé cigano com integrantes Animais, comode vê-los assim é maravilhosa, o grupo apresentou canções do Centro de Atendimento à Ter- onça, jacaré O evento contou ainda com a e cachorroadorei! Parecem de verdade”, como “Asa Branca” e “Velha Feira de Troca de Livros; a mostra ceira Idade (Cati); Balé Municipal; selvagem,disse a garota. Infância”. “O lixo que vem do mar”; sensibili- grupo musical Prakatá, o espetáculo despertaram a A tarde festiva também con- Outras atividades atraíram e zação da turma do Jacaré do Aca- infantil Lago do jacaré (lobinhos do curiosidade dos visitantes datou com a participação do coral animaram o público ainda dentro raú; atividades esportivas, cursos e Grupo Escoteiro Ernesto Freire); os mostra realizada‘Descobrindo o Pequeno Cidadão’, das comemorações voltadas ao atividades da Escola de Governo poetas Colibri e Passarinho, da Prai- na Praça do Povodo Centro de Referência de meio ambiente, como as exposi- e Gestão Pública, apresentação nha Branca; grupo musical infantilAssistência Social (Cras) Mor- ções de artesanato caiçara, carros, de capoeira e ações do projeto Dragão de Ouro, a cantora Giovan-rinhos, que atende 30 crianças barcos, motos e o jipe Marruá, da “Desenhando na Praça”. na Zook, além da Banda Musicalde 7 a 14 anos. Sob o comando Guarda Ambiental. A programação também desta- Municipal e outras atrações. Acesse o canal da Prefeitura no Youtube youtube.com/canalguaruja
  7. 7. Diário Oficial GUARUJÁ quarta-feira 4 de julho de 2012 7‘neo vida’ Programa atesta redução de 50% da mortalidade infantilO ‘Neo Vida’ foi Dentre os equipamentos que Pedro Rezende já se encontram no hospital, estão:lançado oficialmente camas para parto monitorizadas,na última sexta-feira focos cirúrgico de teto, fotorera-(29), no Hospital pias, incubadoras de transporte, incubadoras para recém-nascido,Santo Amaro mesas cirúrgicas, monitores fetais,O lançamento oficial oxímetros de pulso, aparelhos de do Programa ‘Neo anestesia, berços aquecidos, berços Vida’, realizado na standard e caixas de cesariana, última sexta-feira além de rouparias.(29), na entrada da nova mater-nidade do Hospital Santo Amaro Humanização(HSA) sela a eficácia do projeto, A implantação do programacriado em agosto de 2011 e os prevê o atendimento humani-resultados já são expressivos. No zado, com priorização do partoprimeiro trimestre do ano passa- normal e a amamentação. “Nodo, foram registrados 30 óbitos acolhimento das gestantes, ain-em crianças menores de um ano da no pré-natal, observa-se 80%a cada mil nascidos vivos. Já no gravidez de baixo risco e 20% demesmo período deste ano, 16 óbi- alto risco, e é neste último quetos foram verificados, resultando nos preocupamos”, ressaltou onuma redução de 50%. médico ginecologista, Gilson O programa veio com o Lafayette, coordenador do Pro-objetivo de reestruturar a qua- grama da Saúde da Mulher dolidade da atenção ao parto e Município. “O Neo Vida oferta anascimento, com garantia de gestante o direito de ela escolhersaúde para a mãe e filho, além Na ocasião, a prefeita onde quer ganhar o bebê, se na visitou as obras da cama ou no centro obstétrico”,de reduzir os indicadores de nova maternidade, quemortalidade infantil. “A Cidade, ocupará dois andares do destacou Lafayette.com o seu olhar voltado para o Hopital Santo AmaroSUS (Sistema Único de Saúde), Reproduçãocumpre o seu papel de fazer adiferença na vida das pessoas. a Prefeitura tem feito na Saúde uma de lactário, duas rouparias,Ainda conquistaremos prêmios Materno-Infantil da Cidade e duas de utilidades, uma de tra-com este programa, que inicia no HSA, com a adequação do balho em grupo e uma de pre-na Unidade Básica e fideliza os espaço físico”, paração de medicamentos, alémpacientes nas unidades de seus Na ocasião, foi realizada uma de uma Unidade de Cuidadosbairros”, disse a prefeita. visita técnica nas obras da nova Intermediários. A chefe do Executivo ainda maternidade, que ocupará o 1º eressaltou que o diferencial deste 2º andar do HSA. No total, serão Investimentosprograma é o acolhimento e a 89 leitos e 37 banheiros. Entre As obras de melhorias dagarantia que os bebês terão con- os cômodos estão quartos: 14 infraestrutura do HSA estão re-tinuidade de acompanhamento pós-parto, dois parto-prém, três cebendo investimentos na ordemmédico. “A nossa meta é audacio- pré-parto, dois reversíveis e um de R$ 3 milhões. Além disso,sa, ou seja, é reduzir a um dígito quarto de óbito fetal, dez aparta- a Prefeitura cedeu mobiliário eos indicadores de mortalidade in- mentos, além de uma enfermaria equipamentos à maternidade,fantil e fazer desse programa uma mamãe canguru, uma sala de avaliados em cerca de R$ 500 mil.política nacional”, concluiu. vacinação, duas de parto e uma A unidade hospitalar também Para o secretário municipal de assistência pós-parto. recebe uma complementaçãode Saúde, a redução dos casos O espaço também contará financeira mensal da Prefeitura,de mortalidade infantil já “é o com dois postos de enfermagem, para o custeio de profissionais, O programa tem o objetivo de reestruturar a qualidade da atenção aoreflexo dos investimentos que duas copas, uma sala de ordenha, no valor de R$ 200 mil. parto, com garantia de saúde para a mãe e filho
  8. 8. 8 quarta-feira 4 de julho de 2012 Diário Oficial GUARUJÁinclusão Alunos do Programa Jovens noExercício da Cidadania simulam júri O trabalho serviu na última segunda-feira (2). e convencimento dos alunos. idade entre 18 e 20 anos, que Na ocasião, os alunos fo- “Este caso é interessante porque estão em situação de vulnerabi- como atividade ram divididos em três grupos: os participantes exercitam não lidade social. Após a conclusão Formatura de conclusão da acusação, defesa e jurados. A apenas os conceitos jurídicos do curso, o grupo será absorvido A formatura acontece ama- disciplina “Noções tarefa foi baseada aprendidos em sala, pelo Programa Auxílio Desem- nhã, às 18h30, no auditório da em trecho do livro mas discutem ques- prego da rede municipal (Frente Unaerp – Campus Guarujá, de Direito” A formatura O "Caso dos Explorado- tões sociais, éticas, de Trabalho). localizada na Avenida Dom s alunos do Pro- res de Cavernas", de acontece humanísticas e do A contratação se dará em Pedro I, 3.300, na Enseada. grama Educacional Lon L. Fuller. Após direito natural”, caráter temporário, sem vínculo A iniciativa prioriza aten- Jovens no Exercício a sustentação dos amanhã, na avaliou Campos. empregatício, sendo um ano de der os jovens encaminhados da Cidadania tive- argumentos, os ju- Unaerp No dia 14 de contrato, prorrogado por mais pelo Centro de Referência ram a oportunidade de praticar rados apresentaram maio, a Prefeitura um. A atuação será nas secre- Especializado de Assistência as lições recebidas nas aulas seus votos com as lançou o programa tarias municipais, mas antes, os Social (Creas) e dos Centros de Noções de Direito. Como devidas justificativas. Educacional Jovens no Exercí- jovens terão dois meses de aula de Referência e Assistência So- atividade de conclusão da dis- Segundo o coordenador da cio da Cidadania. A iniciativa, com conteúdo focado em áreas cial (Cras) da Prefeitura, para ciplina, cerca de 50 jovens, de atividade, Denis Campos, a desenvolvida pela Secretaria Mu- como meio ambiente, turismo, desenvolvimento de atividades 18 a 20 anos, em situação de simulação permitiu que fosse nicipal de Defesa e Convivência cidadania, orientação para o trân- educativas e de cidadania. vulnerabilidade social, partici- verificado o poder de argumen- Social, é destinada a cerca de 50 sito, noções de legislação, saúde param da simulação de um júri, tação, postura, verbalização jovens de ambos os sexos com e planejamento familiar. Após a sustentação dos argumentos, os jurados votaram, apresentando justificativasDivulgação
  9. 9. Diário Oficial GUARUJÁ assistência social quarta-feira 4 de julho de 2012 9 População de rua recebe acolhimento humanizado Fotos Arquivo/PMGA Prefeituraoferece serviçose equipamentospara minimizar asmás condiçõesda populaçãoem situação derua. O GovernoMunicipalentende quetodo cidadãodeve terseus direitosgarantidos.Com base nessa premissa, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania oferece a esse público ambiente confortável para dormir, cuidados com a saúde, higiene pessoal e alimentação. As ações atendem a Constituição Federal, cujo artigo terceiro prevê a erradicação da pobreza e da marginalização para reduzir as desigualdades sociais
  10. 10. 10 QUARTA-FEIRA 4 de julho de 2012 assistência social Diário Oficial GUARUJÁ Dalbergue municipal ab Só fica na rua quem quer ONo Município, Fotos Arquivo/PMGmorador de rua tem Açonde dormir, fazer ronhigiene pessoal e se moalimentar eqA Prefeitura oferece aos ep moradores em situ- dis ação de rua ambien- te confortável paradormir, cuidados com a saúde, reahigiene pessoal e alimentação. umEsse acolhimento é disponibili- parzado pela Secretaria de Desen- fesavolvimento social e Cidadania Socnas dependências do AlbergueMunicipal José Calherani, lo-calizado na Rua Manoel OteroRodrigues, 389, no Jardim BoaEsperança. No espaço, alguns pernoitame outros residem para tratamentode saúde. Todos têm noites tran-quilas e seguras no ambiente com Marcos Miguelestrutura para receber até73 pessoas, sendo noveacomodações femininase duas alas masculinascom 32 vagas cada. Oespaço também possui Projeto eleva autoestimaoito banheiros, refeitó-rio, cozinha, duas salas de moradores de ruapara atendimento e pátio Para elevar a autoestima Para tanto, frequentementeexterno. dos moradores em situação de são realizadas atividades de A instituição conta com rua, mensalmente, a Prefeitura interação e entretenimentoassistente social, médico, realiza o Dia da Beleza. A como a Festa Junina, quepsicólogo, educador, além atividade conta com servi- aconteceu no último dia 27,de outros profissionais que ços como corte curso de Aprovei-atuam na recepção, cozinha de cabelo, ma- tamento de Ali- Ese faxina e voluntários que nicure e estética Assistidos mentos e cursoauxiliam na higienização facial. A última contam de Artesanato.dos frequentadores do al- ação contou com Duas vezes Jábergue. O bom acolhimento apoio dos alu- com Dia por mês o espa- atividtorna o ambiente favorável à nos do Centro de Beleza ço é aberto para de seelevação da autoestima, res- de Atividades evangelização, quintagate da dignidade e exercício Educacionais com visita de um artesada cidadania. Comunitárias (Caec) André religioso para celebração da recion A equipe da cozinha pre- Luiz Gonzalez. palavra de Deus. Além disso, contrapara quatro refeições diárias, passaram pelo albergue municipal, pecializados da Assistência Social Além disso, a Secretaria quinzenalmente, a Associação drogacafé da manhã, almoço, lanche que serviu 5,3 mil refeições no (Creas) e denúncias livres. Do de Desenvolvimento Social e dos Alcoólicos Anônimos ofe- tornoda tarde e jantar. Para uma ali- período. albergue as pessoas são encami- Cidadania, promove a inte- rece um jantar, que acontece Capsmentação saudável e equilibrada, Além da abordagem social, nhadas aos serviços necessários gração entre usuários e funcio- sempre às segundas-feiras. Aoos cardápios são elaborados por a entrada no albergue pode ser a cada situação, após a análise nários. O objetivo é fortalecer Na ocasião, são apresentados ção tauma nutricionista. No primeiro feita pela “operação dignidade”, da realidade individual feita pelo os vínculos e contribuir para a tratamentos para combater a são dtrimestre deste ano, 518 pessoas pelo Centros de Referências Es- serviço social. recuperação da autoconfiança. dependência química. Docu
  11. 11. ialÁ Diário Oficial GUARUJÁ assistência social QUARTA-FEIRA 4 de julho de 2012 11 abordagem Cidade realiza meio do Albergue Municipal. A ideia do programa é lembrá-los de que a rua é um lugar perigoso Operação Dignidade e que o acolhimento é ofereci- do para que possam ascender na vida, recebendo ajuda da “Nós já encontramos pessoas que passaram pelo Albergue com cia Especializado em Assistência Social (Creas), que realiza aborda- Ação consiste em iniciativa a Guarda Civil Munici- Prefeitura, que conta com uma nível universitário, como um pro- gens de segunda a sexta-feira e en- pal (GCM), Polícia Militar, Casa equipe composta por médicos e fessor de mecatrônica da universi- tidades assistenciais da Cidade. rondas para encaminhar de Acolhimento e Albergue. assistentes sociais. dade, e outras de fora, que vieram moradores de rua aos Atuando em rondas, os inte- Segundo a diretora de Prote- para cá para conseguir emprego e PERFIL grantes do órgão visitam os pon- ção Social Especial, vários são os foram explorados pelos seus con- O morador de rua geralmente equipamentos públicos motivos que levam uma pessoa tos da cidade onde há maior con- tratantes. Muitos, infelizmente, possui a faixa etária de 25 a 35 e programas sociais centração de pessoas em situação às ruas. Dentre os principais, ainda preferem a rua como opção anos. Antigamente, a maioria disponíveis na Cidade de rua. Na última abordagem, 22 estão o conflito familiar, separa- de vida. Há casos de sofrimento era da terceira idade. Grande pessoas foram auxiliadas, sendo ção, desemprego e dependência psiquiátrico e de doenças adqui- parte vem de cidades da Baixada Periodicamente o Município 21 homens e uma mulher. Des- química. Ainda de acordo com a ridas por estarem na rua. Na rua Santista para pedir recâmbio e a realiza a “Operação Dignidade”, tes, um era adolescente e outro diretora, ninguém vai parar nas não existe longevidade, mas sim maioria é dependente químico (de uma iniciativa da Força Tarefa em apresentava comprometimento ruas porque quer. No entanto, precocidade em relação à morte”, álcool e ou outras drogas). Alguns parceria com as Secretarias de De- mental. muitos optam por permanecer nas explicou. vêm para a Cidade em busca de fesa Social e de Desenvolvimento O principal objetivo da Ope- ruas por vergonha, descrédito e A diretora lembrou que outros trabalho na construção civil e de Social e Cidadania. Participam da ração é oferecer acolhimento por falta de oportunidades. Também setores também estão engajados forma aleatória. Mesmo com os há aqueles que estão ameaçados em resgatar pessoas em situação benefícios sociais, a maioria insiste de morte pelo tráfico. de rua, como o Centro de Referên- em permanecer na rua. creas pop Prefeitura oferece caféMarcos Miguel da manhã para atendidos O Centro de Referência Especializado em Assistência Social para a População em Situação de Rua (Creas Pop), localizado na Rua Adria- no Dias dos Santos, 303, no Jardim Boa Esperança, é outro reforço da Secretaria, de Desenvolvimento Social- e Cidadania. Neste primeiro- Espaço conta com atendimento momento, o espaço oferece café da manhã, almoço, aten-o para dependentes químicos dimento psicossocial, oficinas, s Já o Caps AD desenvolve Carteira de Trabalho, que são além de guardar os pertences - atividades todas as semanas, feitos no Centro de Cidadania dos atendidos durante o perí-a de segunda a quarta-feira, e às e Poupatempo. odo diurno. , quintas-feiras realiza oficinas de GMS, de 49 anos, que estava O órgão é voltado param artesanatos. O atendimento é di- em situação de rua há quase 20 a atenção especializada àsa recionado aos grupos que lutam anos, afirma que já dormiu em pessoas em situação de rua, , contra a dependência de álcool e abrigos e albergues para a popula- com serviços de acolhimento,o drogas. Já as pessoas com trans- ção de rua em todo o país. Segun- alimentação e, no futuro bem - tornos mentais são atendidas pelo do ele, na Cidade é tratado com próximo, serão realizadas e familiares rompidos, além de plano “Brasil Sem Miséria”, doe Caps III . dignidade. “Pelo que conheço, atividades para o desenvol- incentivar a construção de novos Governo Federal. Anteriormen- . Aos usuários sem documenta- aqui é o melhor lugar que existe vimento da sociabilidade. O projetos de vida. te este trabalho era realizado na s ção também são oferecidas emis- para quem está fora de casa, aqui equipamento público visa for- A ação viabilizada pela Ad- sede da Pastoral da Criança, noa são de Certidão de Nascimento, tem disciplina, mas só funciona talecer vínculos interpessoais ministração Municipal integra o Santo Antônio. Documentos de Identidade e assim”, opinou.
  12. 12. 12 quarta-feira 4 de julho de 2012 assistência social Diário Oficial GUARUJÁcentro especializado Marcos Miguel Município atende casos de violação de direitosCidade oferece Socioeducativas. Acolhimen- to, atendimento psicossocial,serviços de proteção oficinas, encontros de famíliassocial especial de e encaminhamento à rede demédia complexidade saúde e socioassistencial também às pessoas que fazem das ruas viagem concedida por entidades de uma ponte no Jardim Santo seu espaço de sobrevivência ou assistenciais. Antonio. Fiquei três anos nasA integram as ações oferecidas pelo Prefeitura conta com órgão. moradia. Segundo dados da Diretoria ruas, usando drogas e após várias serviços de proteção A iniciativa da Prefeitura tam- O programa conta com a abor- de Proteção Social Especial, da abordagens, resolvi mudar de social especial de mé- bém conta com apoio da sociedade dagem social, que monitora dia- Secretaria de Desenvolvimento vida, bem que me falaram que dia complexidade. civil no tocante as denúncias riamente as ruas do Município, Social, além do monitoramento seria bem acolhido e comprovei,O trabalho é desenvolvido pela encaminhadas ao órgão, podendo identificando adul- diários, as equipes sempre fui muito bem tratado, “Secretaria de Desenvolvimento ser de forma anônima, o que con- tos, crianças e ado- orientam as pesso- sem preconceitos. Há três mesesSocial e Cidadania. O atendi- tribui para minimizar a violência lescentes nesta situa- Agora as sobre os perigos saí daquela vida, agora trabalho emento realizado no Centro de doméstica. Um dos objetivos do ção. Por meio dessas trabalho, que a rua oferece, posso pagar meu aluguel e aindaReferência Especializado de Creas é o de desenvolver políticas ações, as pessoas são pago aluguel como violência e posso continuar os estudos”, ex-Assistência Social (Creas), loca- públicas de inclusão a população encaminhadas para doenças provenien- plicou o ex-morador de rua, Josélizado na Rua Washington, 700, em situação de rua. o Albergue e outros e posso tes das intempéries Cleandro Ribeiro, 25.no Centro, oferece serviços de serviços da rede de continuar os do tempo. Somente A diretora de Proteção Socialproteção social especial de média Atendimento assistência social da estudos nos primeiros meses Especial explica que, para com-complexidade. A rede de atendimento reúne Prefeitura, onde re- deste ano, o Creas bater a pobreza, a Cidade promo- O trabalho é voltado para um conjunto de ações e serviços cebem atendimento abordou cerca de ve ações contínuas para integrarcidadãos com direitos violados, que integram a rede de proteção psicossocial. Poderão ser reinseri- 200 pessoas. Após a abordagem, a população em situação de ruacomo vítimas de violência, maus- social especial de atendimento das ao convívio familiar e também os adultos são encaminhados nos programas oferecidos pelatratos, negligência, abandono retornar às cidades de origem, por para o Albergue Municipal José Prefeitura. “Buscamos integrare trabalho infantil. Os serviços meio dos Recâmbios. Calherani. as pessoas que não acessam a ne-oferecidos visam fortalecer os Como a Constituição Federal A abordagem também se des- nhum serviço, benefício ou trans-vínculos familiares e comuni- prevê o direito de ir e vir, os bons tina às crianças e adolescentes, ferência de renda e encontram-setários, prevenindo situações de resultados do agente, dependem quando são abordadas, os educa- em situação de extrema violaçãoriscos, como encaminhamento da aceitação pelo morador em ser dores de rua solicitam a presença de direitos. É feito o CAD único epara o Albergue Municipal ou levado para o Albergue Munici- do Conselheiro Tutelar e, tentam após avaliação, para que possamCasas de Acolhimentos. pal José Calherani (Rua Manoel o restabelecer os vínculos fami- receber o Bolsa-Família, do Go- O público atendido no serviço Otero Rodrigues, 389 – Jardim liares, caso não seja possível são verno Federal”.oferecido no Creas é composto Boa Esperança). encaminhadas as Casas de Aco-basicamente por adolescentes Quando a reação do aborda- lhimentos Municipais, de acordo Como acionarem conflito com a lei, pessoas do é agressiva, o educador atua com as faixas etárias. A população pode acionar oem situação de rua, vítimas de priorizando sua integridade, bem A Diretoria também realiza Serviço de Abordagem de Rua,exploração do trabalho infantil, como a dos demais. os Recâmbios para aqueles que do Centro Especializado daentre outros. São diversos grupos de pes- desejam retornar para sua cidade Assistência Social (Creas), pelo No espaço são desenvolvidas soas que vivenciam o cotidiano de origem dentro e fora do Estado. telefone: (13) 3355-7918. Caso oatividades voltadas para Serviço das ruas: desempregados, egres- Neste mesmo período, 120 pessoas munícipe perceba atos de depre-de Proteção e Atendimento Espe- sos dos sistemas penitenciários voltaram para suas cidades. dação a patrimônios ou barulhos,cializado a Famílias e Indivíduos e psiquiátricos, migrantes e os “Em Santos eu morava nas deverá acionar a Guarda Civil(Paefi); Serviço Especializado em conhecidos "trecheiros", pessoas ruas e tive boas referências do Municipal pelo telefone 153. JáAbordagem Social e Serviço de que transitam de uma cidade a acolhimento da cidade, mas, em caso de presenciar um delito, Ribeiro, que deixou asProteção Social a Adolescentes ruas há três meses, destaca outra a pé, pedindo carona ou quando cheguei não quis pro- a Polícia Militar deverá ser acio-em Cumprimento de Medida atendimento recebido na Cidade se deslocando com passagem de curar ajuda, fui morar embaixo nada pelo 190.
  13. 13. Diário Oficial GUARUJÁ quarta-feira 4 de julho de 2012 13concurso Fotos Divulgação Guarujá define A aluna Stephanie e sua mãe Lusete estavam entusiasmadas semifinalistas do com a classificação “Projeto Soletrar”Ao todo, 12 alunos aprender. Acredito que eles não esquecerão mais essas palavras.se classificaram para Brincando eles absorvem melhora semifinal durante os conteúdos da nova ortografiaa segunda etapa do e com isso perdem até os vícios que a língua portuguesa tem nasprojeto realizada na falas”.última semana Para a coordenadora deA c a m p a i n h a s o ava marketing da Wizard, Jéssica O dinheiro é bom e acaba logo, e, como o número foi superior Projeto em sinal de erro na Lobão, o Soletrar “é uma opor- mas quando investido em conhe- a 100 jovens por escola, as ins- Inspirado no programa Cal- soletração. E, assim, tunidade única para muitos de cimento é muito mais válido”. A tituições fizeram uma primeira deirão do Huck, a disputa conta o nervosismo foi to- aprender inglês e garantir um menina concorda. “O que quero seleção de candidatos com as com regras semelhantes. Osmando conta da garotada, pais, benefício futuro, sobretudo mesmo é a bolsa, vou investir no mesmas atividades de soletração competidores devem soletrar asamigos, professores e de todos para aqueles que às vezes não meu futuro”. do programa. Essa etapa realiza- palavras, corretamente, no tempoque compareceram à segunda têm condições de fazer esses O aluno da Escola Gladston da nas próprias escolas envolveu de 30 segundos e ainda podemetapa do Projeto Soletrar, realizada cursos”. Jafet, Marcelo Gomes, foi para a cerca de 10 mil alunos. pedir três auxílios disponíveis:na última na sexta-feira (29), no A aluna da Escola Aparecida repescagem e revelou que o ner- Na primeira etapa, realizada sinônimos, aplicação numa fraseauditório da Unaerp. Ramos Camargo, Stephanie Na- vosismo prejudicou sua concen- no dia 22 de junho, foram selecio- e classificações gramaticais. O projeto é realizado pela sareth, não conseguia esconder tração. “Fiquei nervoso, estava nados dez alunos de cada escola, O primeiro colocado ganharáPrefeitura, por meio da Secretaria a felicidade pela classificação. tremendo muito. Foi um presente ou seja, 140 estudantes. Foram R$ 5 mil e bolsas de estudos dede Educação, em parceria com “Contei com a ajuda da minha de aniversário, pois completei 13 classificados para a segunda eta- 100% na Wizard Guarujá, durantea rede de escolas de idiomas amiga. Estudei o dicionário e anos na semana passada. Nas pa, dois estudantes de cada uni- dois anos, no Colégio Alfa e naWizard, Colégio Alfa, Unaerp quando estava em casa pesquisei etapas anteriores, contei com a dade, totalizando 28 alunos, que Unaerp, no período de três anos.e Santos Brasil. O Soletrar tem no joguinho de internet do qua- sorte, mas estou esperançoso e resultaram em 12 semifinalistas. O segundo colocado ganhará R$ 1o objetivo de incentivar o jovem dro do Luciano Huck (apresenta- vou estudar muito para a final”, A semifinal e final acontecerá na mil e também bolsas na escola deaos estudos e a leitura. A segun- dor do Programa Caldeirão – TV afirmou. terça-feira (10), às 15 horas, no idiomas e no colégio. Já o terceiroda etapa contou com 28 alunos, Globo)”. auditório da Unaerp (Avenida colocado será premiado com R$de 11 a 14 anos, de 14 escolas A mãe da menina, Lusete Etapas Dom Pedro I, 3.300 – Enseada). 500, mais o curso de idiomas.municipais. Nasareth, revelou estar orgulhosa As inscrições do projeto ocor- A competição foi dividida da filha. “Estou muito confiante. reram de 7 de maio a 1º de junhoem sete grupos de quatros alu- Concurso tambémnos cada, que foram sorteadosaleatoriamente. Conforme os promove inclusão socialparticipantes erravam, eram eli- Com filmadora nas mãos e grande vitória. Vê-lo competindominados até restar um ganhador olhos cheios de lágrimas. Assim com crianças normais é umapor grupo que já garantia a vaga estava o casal, Rizoneide Freire So- emoção muito grande, difícil dena semifinal. Os segundos colo- ares e José Carlos Soares, que, orgu- conter”, disse a mãe do garoto. Jácados de cada grupo foram para lhoso, registrava o grande exemplo o pai do menino revelou: “Até jáuma repescagem, que classificou de superação e inclusão social. O chorei hoje, e olha que não souquatro, formando, assim, 12 se- motivo de tanto orgulho e emoção de chorar não”.mifinalistas. era a participação do filho, Carlos A coordenadora de área da Ao todo, foram soletradas Andre Mariz, que é autista. O ga- educação especial, Selma Vicen-148 palavras. A coordenadora roto, que estuda na escola Vereador te D’Agrella, também era umade projetos especiais do Ensino Ary Silva Souza (Rua José Terto empolgação só com a participa-Fundamental, Clara Gomez dos Santos Filho, 136 – Jardim Mar ção do menino. “Estou muitoFernandez, acredita que, com a e Céu), participou de todas as etapas gratificada. Ver o Carlos Andréiniciativa, os estudantes apren- do “Soletrar”, garantindo vaga na participando com todos, mostraderão melhor. “A nova ortografia Rizoneide e José Carlos estavam emocionados com a participação do filho, segunda etapa. a importância da inclusão socialestá aí. É uma maneira gostosa de Carlos André, que é autista “Ter um filho especial é uma nas escolas e na vida”.
  14. 14. 14 quarta-feira 4 de julho de 2012 Diário Oficial GUARUJÁneemiasProjeto certifica mais O Centro de Capacitação para a Vida – Projeto Neemias forma munícipes nas áreas de hotelaria, auxiliar administrativo, elétrica75 jovens e adultos residencial, segurança eletrônica, operador de telemarketing e corte e costuraN a noite da última tivo é este, incluí-los no mercado indispensável ao desenvolvimen- emprego na área de telemarketing. foi aprender para utilizar meus segunda-feira (2), 75 de trabalho, colaborando para to do caráter dos indivíduos”, Continuarei minha capacitação, conhecimentos em casa. Agora alunos do Projeto Ne- independência financeira através afirmou. agora me dedicando ao curso de eu mesmo resolvo esses pequenos emias receberam certi- da geração de renda”, disse a pre- A secretária convidou o pastor logística”, ressaltou a formando problemas”, afirmou Patrícia.ficação e se tornaram profissionais sidente do projeto, Maria Izabel João de Brito a fazer uma oração em operação de telemarketing,em diversas áreas. A instituição, Botelho Teixeira Garduzi. em intenção à turma de formandos. Adrielen Vanderlei Ferraz. Projeto Neemiasque já formou 1.719 pessoas, , tam- A secretária municipal de Na ocasião, o pastor agradeceu Já a dona de casa Ana Patrí- A entidade é uma Organiza-bém se preocupa com a inserção no Educação prestigiou o evento e primeiramente a Deus e a todos cia da Cruz, que fez o curso de ção da Sociedade Civil de Interes-mercado de trabalho. exaltou o perfil de inclusão social aqueles que se dedicam à formação Instalação Elétrica Residencial, se Público (Oscip), reconhecida “Esta turma foi bastante es- que tanto a pastora Bel quanto o profissional de indivíduos em prol disse que procurou a capacitação pelo Ministério da Justiça, quepecial. Eles foram obedientes, pastor Clicio Garduzi imprimem de uma sociedade mais igualitária. profissional para não depender de atua em diversas áreas, com oconscientes da oportunidade. ao projeto. “O Neemias profissio- Os formandos demonstraram outros na realização de pequenos objetivo também de encaminharTorço pelo sucesso profissional naliza pessoas e eu acredito na emoção e felicidade ao receberem o serviços como instalar um ven- os jovens e adolescentes para ode todos os alunos. Nosso obje- formação profissional como fator diploma. “Meu objetivo é conseguir tilador de teto. “Minha intenção primeiro emprego.

×