Perguntas e Respostas  Prof. Helio Ribeiro     de Siqueira      Assunto:     Tuberculose
Prof. Hélio sendo um dos mais antigos tisiólogos doBrasil, com atividade acadêmica e assistencial plena, porque a tubercul...
Onde está a deficiência: na assistência, no planejamento,na estrutura?R. A deficiência está na assistência e na estrutura....
Há realmente novas drogas ou ainda se prevalece osmedicamentos de mais de 40 anos atrás?R. Existem pelo menos três novas d...
Perguntas e respostas dr hélio
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Perguntas e respostas dr hélio

757 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
757
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
359
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perguntas e respostas dr hélio

  1. 1. Perguntas e Respostas Prof. Helio Ribeiro de Siqueira Assunto: Tuberculose
  2. 2. Prof. Hélio sendo um dos mais antigos tisiólogos doBrasil, com atividade acadêmica e assistencial plena, porque a tuberculose ainda é uma doença marginalizada?R. Porque nosso país continua pobre e compéssima distribuição de renda. Os profissionais de saúde sãomal remunerados e poucos. O governo não oferece bolsaalimentação para matar a fome do doente o que faria comque o doente permanecesse se tratando.
  3. 3. Onde está a deficiência: na assistência, no planejamento,na estrutura?R. A deficiência está na assistência e na estrutura. Poucosprofissionais, ganhando pouco e estrutura ruimA importância do agente comunitário no tratamento datuberculose?R. O agente comunitário é grande importância. Se bemtreinado, é capaz de identificar um suspeito de TB.Durante o tratamento ele leva o remédio para o doente evê o paciente tomar – DOT, evitando o abandono.
  4. 4. Há realmente novas drogas ou ainda se prevalece osmedicamentos de mais de 40 anos atrás?R. Existem pelo menos três novas drogas. Mas como não haverbas abundantes, as pesquisas avançam lentamente. Mashá esperança de que as medicações dêem certo, pois amultirresistência está muito significativa e precisamos denovos fármacos. Helio Siqueira

×