O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Oba 2014 aula2 cupula

889 visualizações

Publicada em

Aula ministrada pelo Prof. Mestrando Emerson Perez do curso para preparação de professores para a olimpíada brasileira de astronomia e astronáutica OBA 2014.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Oba 2014 aula2 cupula

  1. 1. Aula 2 – Aula pratica de reconhecimento de céu (Cúpula) XVII OBA 2014
  2. 2. O Olho Humano O mais complexo meio de observação ! Durante o dia => Sensibilidade = 1. Durante a noite=> Sensibilidade = 200.000 X > 1. Motivos: aumento no diâmetro da Pupila. (a dilatação da Pupila inicia-se em mais ou menos 3 minutos) Dia = 2 à 3 mm. / Noite = 6 à 7 mm. Pupila = diafragma de uma câmera fotográfica! formação da púrpura retiniana. (substância vermelha fotossensível que se forma na obscuridade) Tempo necessário = 1 hora (ideal) para local isento de luz. Mínimo ideal = 15 minutos para local isento de luz.
  3. 3. Local não isento de luz (poluição luminosa) - o processo de adaptação da pupila sofre um retardamento. - a difusão de luzes da cidade na atmosfera da Terra, nos limita a observação de astros mais brilhantes. - a poluição química + poluição luminosa, altera o brilho e as cores dos astros.
  4. 4. Definições • Horizonte = Limite entre um planalto circular e nossa visão (limita a Esfera Celeste com a Terra em nossa linha de visão direta horizontal.) • Zênite = Ponto acima da cabeça de um observador. • Nadir = Ponto abaixo dos pés de um observador. • Vertical = Linha imaginária que liga o Zênite e o Nadir, passando pelo observador.
  5. 5. Definições Eclíptica = Plano da órbita terrestre. É o caminho aparente percorrido pelo Sol na esfera celeste durante o ano devido ao movimento de Translação da Terra. Equador Celeste = Projeção do Equador da Terra na esfera celeste. Polo Celeste Sul e Polo Celeste Norte = Projeção do eixo de rotação da Terra na esfera celeste.
  6. 6. Definições • Zodíaco = Círculo de animais. • Linha do Zodíaco = Linha da Eclíptica. “Atravessa” 13 constelações na esfera celeste. • Constelações Zodiacais = São as 13 constelações “cortadas” pela Linha do Zodíaco.
  7. 7. CONSTELAÇÃO AGRUPAMENTO “APARENTE” DE ESTRELAS. HOJE = 88 CONSTELAÇÕES. Ex.: Órion. O gigante Caçador! As 3 Marias.
  8. 8. Cruzeiro do Sul observado num mesmo local e horário, mas, em diferentes épocas do ano. Localização do Polo Celeste Sul e do Horizonte Sul. 4,5 X
  9. 9. Movimento Aparente Diurno Deslocamento dos Astros na esfera celeste no sentido Leste-Oeste. Este movimento ocorre devido o movimento de rotação da Terra no sentido Oeste-Leste. Período de rotação da Terra : Dia Sideral = 23 h 56 min 4,1 seg. Dia Solar = 24 h (referencial = Sol) Velocidade de rotação = 1.670 km/h (Perímetro = π.Φ => 3.1416 x 12.756 km => 40.074 km / 24 h = 1.670 km/h) 1° a cada 4 min => 15° por h => 15x24 = 360°/dia.
  10. 10. • Uma mesma estrela, observada num mesmo local e horário, aparece e desaparece 4 min mais cedo a cada dia. • Este movimento é provocado pelo movimento de Translação (revolução) da Terra em torno do Sol. • Velocidade Média na Revolução = 29,7 km/seg. • ( 106.920 km/h ) • Período Revolução = 365 dias 5 h e 48 min.=> (Origem do ano bissexto). A Terra percorre em sua órbita, cerca de 1°/dia, ou seja em 1 ano, percorrerá os 360°. Então, uma mesma estrela estará no mesmo local, dia e hora em 1 ano depois! Movimento Aparente Anual
  11. 11. • Podemos perceber visualmente que o Sol não nasce sempre no mesmo local e consequentemente também não se põe em um mesmo local todos os dias do ano. • Isso acontece devido a inclinação do eixo de rotação de nosso planeta. • Inclinação do eixo = 23° 27’. • Obs.: esta inclinação do eixo é referente a uma perpendicular ao plano de sua órbita (Eclíptica). Nascer e Pôr do Sol
  12. 12. Rua Juquiá, 135 (altura) Santo André – SP /sabina.planetario .sabina.org.br 44222000 sabina@santoandre.sp.gov.br

×