Aula 2 – Aula pratica
de reconhecimento de céu
(Cúpula)
XVII OBA 2014
O Olho Humano
O mais complexo meio de
observação !
Durante o dia => Sensibilidade = 1.
Durante a noite=> Sensibilidade = 2...
Local não isento de luz
(poluição luminosa)
- o processo de adaptação da pupila
sofre um retardamento.
- a difusão de luze...
Definições
• Horizonte = Limite entre um planalto circular
e nossa visão (limita a Esfera Celeste com a
Terra em nossa lin...
Definições
Eclíptica = Plano da órbita terrestre. É o
caminho aparente percorrido pelo Sol na
esfera celeste durante o ano...
Definições
• Zodíaco = Círculo de animais.
• Linha do Zodíaco = Linha da Eclíptica.
“Atravessa” 13 constelações na esfera
...
CONSTELAÇÃO
AGRUPAMENTO “APARENTE” DE ESTRELAS.
HOJE = 88 CONSTELAÇÕES.
Ex.: Órion. O gigante
Caçador!
As 3 Marias.
Cruzeiro do Sul observado num mesmo local e horário, mas,
em diferentes épocas do ano.
Localização do Polo Celeste
Sul e d...
Movimento Aparente Diurno
Deslocamento dos Astros na esfera celeste no
sentido Leste-Oeste.
Este movimento ocorre devido o...
• Uma mesma estrela, observada num mesmo local
e horário, aparece e desaparece 4 min mais cedo a
cada dia.
• Este moviment...
• Podemos perceber visualmente que o Sol
não nasce sempre no mesmo local e
consequentemente também não se põe
em um mesmo ...
Rua Juquiá, 135 (altura)
Santo André – SP
/sabina.planetario
.sabina.org.br
44222000
sabina@santoandre.sp.gov.br
Oba 2014 aula2 cupula
Oba 2014 aula2 cupula
Oba 2014 aula2 cupula
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oba 2014 aula2 cupula

847 visualizações

Publicada em

Aula ministrada pelo Prof. Mestrando Emerson Perez do curso para preparação de professores para a olimpíada brasileira de astronomia e astronáutica OBA 2014.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
847
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
89
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oba 2014 aula2 cupula

  1. 1. Aula 2 – Aula pratica de reconhecimento de céu (Cúpula) XVII OBA 2014
  2. 2. O Olho Humano O mais complexo meio de observação ! Durante o dia => Sensibilidade = 1. Durante a noite=> Sensibilidade = 200.000 X > 1. Motivos: aumento no diâmetro da Pupila. (a dilatação da Pupila inicia-se em mais ou menos 3 minutos) Dia = 2 à 3 mm. / Noite = 6 à 7 mm. Pupila = diafragma de uma câmera fotográfica! formação da púrpura retiniana. (substância vermelha fotossensível que se forma na obscuridade) Tempo necessário = 1 hora (ideal) para local isento de luz. Mínimo ideal = 15 minutos para local isento de luz.
  3. 3. Local não isento de luz (poluição luminosa) - o processo de adaptação da pupila sofre um retardamento. - a difusão de luzes da cidade na atmosfera da Terra, nos limita a observação de astros mais brilhantes. - a poluição química + poluição luminosa, altera o brilho e as cores dos astros.
  4. 4. Definições • Horizonte = Limite entre um planalto circular e nossa visão (limita a Esfera Celeste com a Terra em nossa linha de visão direta horizontal.) • Zênite = Ponto acima da cabeça de um observador. • Nadir = Ponto abaixo dos pés de um observador. • Vertical = Linha imaginária que liga o Zênite e o Nadir, passando pelo observador.
  5. 5. Definições Eclíptica = Plano da órbita terrestre. É o caminho aparente percorrido pelo Sol na esfera celeste durante o ano devido ao movimento de Translação da Terra. Equador Celeste = Projeção do Equador da Terra na esfera celeste. Polo Celeste Sul e Polo Celeste Norte = Projeção do eixo de rotação da Terra na esfera celeste.
  6. 6. Definições • Zodíaco = Círculo de animais. • Linha do Zodíaco = Linha da Eclíptica. “Atravessa” 13 constelações na esfera celeste. • Constelações Zodiacais = São as 13 constelações “cortadas” pela Linha do Zodíaco.
  7. 7. CONSTELAÇÃO AGRUPAMENTO “APARENTE” DE ESTRELAS. HOJE = 88 CONSTELAÇÕES. Ex.: Órion. O gigante Caçador! As 3 Marias.
  8. 8. Cruzeiro do Sul observado num mesmo local e horário, mas, em diferentes épocas do ano. Localização do Polo Celeste Sul e do Horizonte Sul. 4,5 X
  9. 9. Movimento Aparente Diurno Deslocamento dos Astros na esfera celeste no sentido Leste-Oeste. Este movimento ocorre devido o movimento de rotação da Terra no sentido Oeste-Leste. Período de rotação da Terra : Dia Sideral = 23 h 56 min 4,1 seg. Dia Solar = 24 h (referencial = Sol) Velocidade de rotação = 1.670 km/h (Perímetro = π.Φ => 3.1416 x 12.756 km => 40.074 km / 24 h = 1.670 km/h) 1° a cada 4 min => 15° por h => 15x24 = 360°/dia.
  10. 10. • Uma mesma estrela, observada num mesmo local e horário, aparece e desaparece 4 min mais cedo a cada dia. • Este movimento é provocado pelo movimento de Translação (revolução) da Terra em torno do Sol. • Velocidade Média na Revolução = 29,7 km/seg. • ( 106.920 km/h ) • Período Revolução = 365 dias 5 h e 48 min.=> (Origem do ano bissexto). A Terra percorre em sua órbita, cerca de 1°/dia, ou seja em 1 ano, percorrerá os 360°. Então, uma mesma estrela estará no mesmo local, dia e hora em 1 ano depois! Movimento Aparente Anual
  11. 11. • Podemos perceber visualmente que o Sol não nasce sempre no mesmo local e consequentemente também não se põe em um mesmo local todos os dias do ano. • Isso acontece devido a inclinação do eixo de rotação de nosso planeta. • Inclinação do eixo = 23° 27’. • Obs.: esta inclinação do eixo é referente a uma perpendicular ao plano de sua órbita (Eclíptica). Nascer e Pôr do Sol
  12. 12. Rua Juquiá, 135 (altura) Santo André – SP /sabina.planetario .sabina.org.br 44222000 sabina@santoandre.sp.gov.br

×