Biodiversidade:
que lugar na agenda territorial do futuro?
Milene Matos, Nelson Matos e José Carlos Mota
Conferência Inter...
Enquadramento Europa 2020
Estratégia Europa 2020:
- Crescimento inteligente (inovação, educação, sociedade digital)
- Cres...
(in Decreto n.º 21/93 de 21 de Junho que ratifica a Convenção da Biodiversidade)
“(…) variabilidade entre os organismos vi...
Target 1
Implementar na totalidade as Diretivas Aves e Habitats
Target 2
Manter e restaurar os ecossistemas e respetivos s...
Enquadramento Europa 2020
BIODIVERSIDADE gera receita direta proveniente de:
- Turismo
- Produtividade agrícola
- Floresta...
Suficiência das áreas de proteção de biodiversidade, 2010
- Segundo critérios da Diretiva Habitats
~89%
(80% em 2003)
Situ...
Situação Biodiversidade - Europa
Monitorização das aves comuns ao abrigo da Diretiva Aves
Declínio
generalizado!
Rede Natura 2000
PTCON0060 Serra da Lousã
Eucaliptal
Situação Biodiversidade - Portugal
Reserva Natural das Dunas de São Jacinto
Acacia longifolia
Situação Biodiversidade - Portugal
A classificação do território per se,
não garante a proteção da biodiversidade!!
Situação Biodiversidade - Portugal
Rede n...
Caso de estudo: região Centro
Objetivos
- Conhecer os padrões de distribuição, riqueza específica, abundância e diversidad...
Área de estudo
Agricultura tradicional (SAg)
Área de estudo
Agricultura intensiva (LAg)
Área de estudo
Monocultura florestal: Eucalyptus globulus (Euc)
Área de estudo
Monocultura florestal: Pinus pinaster (Pin)
Área de estudo
Floresta mista: Mata do Bussaco (Bus)
Área de estudo
Grupos taxonómicos e Métodos
- Anfíbios
- Busca ativa em terra
- Busca ativa em linhas e massas de água
- Transetos noturn...
Resultados & Discussão
0
20
40
60
80
100
120
140
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 2...
Actividade total por habitat
(Morcegos)
Resultados & Discussão
Resultados & Discussão
Análise de correspondências.
(Vertebrados)
Valor conservacionista
Bus Pin Euc LAg SAg
Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9
Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129
Vulnerab...
Bus Pin Euc LAg SAg
Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9
Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129
Vulnerability 1,429 1,000 1,000...
Bus Pin Euc LAg SAg
Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9
Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129
Vulnerability 1,429 1,000 1,000...
Bus Pin Euc LAg SAg
Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9
Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129
Vulnerability 1,429 1,000 1,000...
Resultados & Discussão
- Resultados muito consistentes em todos os grupos taxonómicos.
Floresta mista e agricultura tradic...
Voltando à Estratégia EU 2020…
Demonstra-se que para cumprir os targets da Estratégia EU 2020 para a biodiversidade
é nece...
Relembremos que:
BIODIVERSIDADE gera receita direta proveniente de:
- Turismo
- Produtividade agrícola
- Florestas
- Recur...
Caso prático: Mata do Buçaco
Inclusão
Inserção de reclusos na gestão de recursos naturais (7 Buçaco + 7 Mealhada)
Caso prático: Mata do Buçaco
Educação e investigação
Serviço Educativo: 1º ano – 600 utentes (crianças, adultos e séniores)
Caso prático: Mata do Buçaco
Educação e investigação
Conhecimento científico: teses, artigos, comunicações…
Caso prático: Mata do Buçaco
Promoção direta da biodiversidade
T2, T3, T5 e T6: Restauro de habitats, combate a invasoras,...
Caso prático: Mata do Buçaco
Ecoturismo
Sinergias entre visitação e economia local: tecido hoteleiro, restauração e artesã...
Caso prático: Mata do Buçaco
Mais alguns dados:
Emprego
2010: 5 2011: 41 2012: 45 postos
Financiamento público
2011 para 2...
Futuro com biodiversidade?
Atuação urgente em três níveis
- Instrumentos legais e financeiros
- Base em projetos-piloto de...
Gratos pela atenção!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

12.2.14. #1 milene matos

298 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

12.2.14. #1 milene matos

  1. 1. Biodiversidade: que lugar na agenda territorial do futuro? Milene Matos, Nelson Matos e José Carlos Mota Conferência Internacional Europa 2020
  2. 2. Enquadramento Europa 2020 Estratégia Europa 2020: - Crescimento inteligente (inovação, educação, sociedade digital) - Crescimento sustentável (eficiência, recursos, competitividade) - Crescimento inclusivo (mercado de trabalho, qualificações, luta contra pobreza) 5 objetivos principais: - Emprego para 75% população (20-64anos) - Investir 3% PIB da UE em I&D - Cumprir objetivos clima/energia “20/20/20” - Reduzir taxa de abandono escolar e aumentar nº diplomados - Tirar 20 milhões de pessoas da pobreza. BIODIVERSIDADE “a reduction or loss in biodiversity may not only undermine the natural environment but also economic and social goals” (EuroStat EC 2012)
  3. 3. (in Decreto n.º 21/93 de 21 de Junho que ratifica a Convenção da Biodiversidade) “(…) variabilidade entre os organismos vivos de todas as origens, incluindo, os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos e os complexos ecológicos dos quais fazem parte; compreende a diversidade dentro de cada espécie, entre as espécies e dos ecossistemas” Ou seja: - Diversidade de espécies - Diversidade genética - Relações entre ecossistemas (e.g. usos de solo) Biodiversidade
  4. 4. Target 1 Implementar na totalidade as Diretivas Aves e Habitats Target 2 Manter e restaurar os ecossistemas e respetivos serviços Target 3 Aumentar a contribuição da agricultura e florestas para a biodiversidade Target 4 Assegurar a sustentabilidade das pescas Target 5 Combate às espécies exóticas invasoras Target 6 Proatividade contra o declínio generalizado da biodiversidade (crise) Biodiversidade e Objetivos 2020
  5. 5. Enquadramento Europa 2020 BIODIVERSIDADE gera receita direta proveniente de: - Turismo - Produtividade agrícola - Florestas - Recursos aquícolas e hídricos - Saúde pública e ambiental - Mercado de carbono - Setor energético - Bens e serviços ecossistémicos - Mitigação de riscos - No entanto, a biodiversidade não tem sido uma prioridade efetiva nos mais diversos contextos territoriais, económicos, sociais e políticos. Senão vejamos… (e.g. Edwards 1998, EuroStat EC 2012, Bonds 2012)
  6. 6. Suficiência das áreas de proteção de biodiversidade, 2010 - Segundo critérios da Diretiva Habitats ~89% (80% em 2003) Situação Biodiversidade - Europa
  7. 7. Situação Biodiversidade - Europa Monitorização das aves comuns ao abrigo da Diretiva Aves Declínio generalizado!
  8. 8. Rede Natura 2000 PTCON0060 Serra da Lousã Eucaliptal Situação Biodiversidade - Portugal
  9. 9. Reserva Natural das Dunas de São Jacinto Acacia longifolia Situação Biodiversidade - Portugal
  10. 10. A classificação do território per se, não garante a proteção da biodiversidade!! Situação Biodiversidade - Portugal Rede nacional de áreas protegidas Rede Natura 2000 REN RAN O mesmo se aplica aos instrumentos financeiros (desajustados da realidade). e.g. PRODER
  11. 11. Caso de estudo: região Centro Objetivos - Conhecer os padrões de distribuição, riqueza específica, abundância e diversidade de diversos grupos de Vertebrados na área de estudo. - Averiguar do efeito dos diversos usos de solo amostrados sobre a biodiversidade, nomeadamente: - Intensificação da agricultura - Gestão florestal - Analisar os padrões de biodiversidade nos habitats representativos e compará-los. - Conhecer as respostas dos diversos grupos estudados.
  12. 12. Área de estudo
  13. 13. Agricultura tradicional (SAg) Área de estudo
  14. 14. Agricultura intensiva (LAg) Área de estudo
  15. 15. Monocultura florestal: Eucalyptus globulus (Euc) Área de estudo
  16. 16. Monocultura florestal: Pinus pinaster (Pin) Área de estudo
  17. 17. Floresta mista: Mata do Bussaco (Bus) Área de estudo
  18. 18. Grupos taxonómicos e Métodos - Anfíbios - Busca ativa em terra - Busca ativa em linhas e massas de água - Transetos noturnos - Aves - Pontos fixos - Micromamíferos - Armadilhagem (Sherman traps) - Carnívoros - Indícios de presença - Morcegos - Ultrassons AMOSTRAGENS - Mínimo 2 anos - 6 réplicas por habitat
  19. 19. Resultados & Discussão 0 20 40 60 80 100 120 140 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Numberofspecies Samples Observed Predicted Chao 2 Mean Validação dos registos obtidos (riqueza específica) R 2 0.996 (eq. Clench) Overall: 95% espécies detetadas
  20. 20. Actividade total por habitat (Morcegos) Resultados & Discussão
  21. 21. Resultados & Discussão Análise de correspondências. (Vertebrados)
  22. 22. Valor conservacionista Bus Pin Euc LAg SAg Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9 Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129 Vulnerability 1,429 1,000 1,000 1,000 1,556 Comb. Index 0,874 0,390 0,381 0,474 2,465 Birds Sp. richness 27 21 23 44 39 Rarity 0,135 0,076 0,138 0,208 0,172 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,068 1,154 Comb. Index 3,633 1,590 3,176 12,153 12,703 Bats Sp. richness 11 12 11 9 9 Rarity 0,075 0,152 0,075 0,067 0,059 Vulnerability 2,182 2,333 2,182 2,222 2,000 Comb. Index 2,069 6,069 2,069 1,637 1,152 Medium-sized Sp. richness 7 6 6 5 7 Mammals Rarity 0,136 0,076 0,076 0,051 0,136 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 0,955 0,455 0,455 0,255 0,955 Small mammals Sp. richness 4 2 4 5 5 Rarity 0,260 0,069 0,069 0,097 0,097 Vulnerability 1,500 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 1,042 0,139 0,278 0,486 0,486 Standardized Biodiversity Index 5,991 4,025 3,001 4,388 7,595 Resultados & Discussão
  23. 23. Bus Pin Euc LAg SAg Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9 Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129 Vulnerability 1,429 1,000 1,000 1,000 1,556 Comb. Index 0,874 0,390 0,381 0,474 2,465 Birds Sp. richness 27 21 23 44 39 Rarity 0,135 0,076 0,138 0,208 0,172 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,068 1,154 Comb. Index 3,633 1,590 3,176 12,153 12,703 Bats Sp. richness 11 12 11 9 9 Rarity 0,075 0,152 0,075 0,067 0,059 Vulnerability 2,182 2,333 2,182 2,222 2,000 Comb. Index 2,069 6,069 2,069 1,637 1,152 Medium-sized Sp. richness 7 6 6 5 7 Mammals Rarity 0,136 0,076 0,076 0,051 0,136 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 0,955 0,455 0,455 0,255 0,955 Small mammals Sp. richness 4 2 4 5 5 Rarity 0,260 0,069 0,069 0,097 0,097 Vulnerability 1,500 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 1,042 0,139 0,278 0,486 0,486 Standardized Biodiversity Index 5,991 4,025 3,001 4,388 7,595 Valor conservacionista Resultados & Discussão
  24. 24. Bus Pin Euc LAg SAg Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9 Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129 Vulnerability 1,429 1,000 1,000 1,000 1,556 Comb. Index 0,874 0,390 0,381 0,474 2,465 Birds Sp. richness 27 21 23 44 39 Rarity 0,135 0,076 0,138 0,208 0,172 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,068 1,154 Comb. Index 3,633 1,590 3,176 12,153 12,703 Bats Sp. richness 11 12 11 9 9 Rarity 0,075 0,152 0,075 0,067 0,059 Vulnerability 2,182 2,333 2,182 2,222 2,000 Comb. Index 2,069 6,069 2,069 1,637 1,152 Medium-sized Sp. richness 7 6 6 5 7 Mammals Rarity 0,136 0,076 0,076 0,051 0,136 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 0,955 0,455 0,455 0,255 0,955 Small mammals Sp. richness 4 2 4 5 5 Rarity 0,260 0,069 0,069 0,097 0,097 Vulnerability 1,500 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 1,042 0,139 0,278 0,486 0,486 Standardized Biodiversity Index 5,991 4,025 3,001 4,388 7,595 Valor conservacionista Resultados & Discussão
  25. 25. Bus Pin Euc LAg SAg Amphibians Sp. richness 7 5 5 6 9 Rarity 0,082 0,078 0,076 0,079 0,129 Vulnerability 1,429 1,000 1,000 1,000 1,556 Comb. Index 0,874 0,390 0,381 0,474 2,465 Birds Sp. richness 27 21 23 44 39 Rarity 0,135 0,076 0,138 0,208 0,172 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,068 1,154 Comb. Index 3,633 1,590 3,176 12,153 12,703 Bats Sp. richness 11 12 11 9 9 Rarity 0,075 0,152 0,075 0,067 0,059 Vulnerability 2,182 2,333 2,182 2,222 2,000 Comb. Index 2,069 6,069 2,069 1,637 1,152 Medium-sized Sp. richness 7 6 6 5 7 Mammals Rarity 0,136 0,076 0,076 0,051 0,136 Vulnerability 1,000 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 0,955 0,455 0,455 0,255 0,955 Small mammals Sp. richness 4 2 4 5 5 Rarity 0,260 0,069 0,069 0,097 0,097 Vulnerability 1,500 1,000 1,000 1,000 1,000 Comb. Index 1,042 0,139 0,278 0,486 0,486 Standardized Biodiversity Index 5,991 4,025 3,001 4,388 7,595 Valor conservacionista Resultados & Discussão Área relativa 1% 21% 42% 24% 3%
  26. 26. Resultados & Discussão - Resultados muito consistentes em todos os grupos taxonómicos. Floresta mista e agricultura tradicional sempre com: - maior diversidade de espécies - maior abundância de indivíduos - maior equitabilidade (exceto morcegos) - maior “estabilidade” das comunidades. - Monocultura de eucalipto com os piores resultados em todos os grupos e índices. - Monocultura de pinheiro-bravo com resultados intermédios, a par com a agr. intensiva. - Diferenças observadas explicadas pelos habitats e não pelas estações do ano ou grupo taxonómico.
  27. 27. Voltando à Estratégia EU 2020… Demonstra-se que para cumprir os targets da Estratégia EU 2020 para a biodiversidade é necessário fomentar: Agricultura tradicional Florestas mistas Vai coincidir com os três vetores globais da Estratégia EU 2020: - Crescimento inteligente - Crescimento sustentável - Crescimento inclusivo
  28. 28. Relembremos que: BIODIVERSIDADE gera receita direta proveniente de: - Turismo - Produtividade agrícola - Florestas - Recursos aquícolas e hídricos - Saúde pública e ambiental - Mercado de carbono - Setor energético - Bens e serviços ecossistémicos - Mitigação de riscos Como??(e.g. Edwards 1998, EuroStat EC 2012, Bonds 2012) Voltando à Estratégia EU 2020…
  29. 29. Caso prático: Mata do Buçaco Inclusão Inserção de reclusos na gestão de recursos naturais (7 Buçaco + 7 Mealhada)
  30. 30. Caso prático: Mata do Buçaco Educação e investigação Serviço Educativo: 1º ano – 600 utentes (crianças, adultos e séniores)
  31. 31. Caso prático: Mata do Buçaco Educação e investigação Conhecimento científico: teses, artigos, comunicações…
  32. 32. Caso prático: Mata do Buçaco Promoção direta da biodiversidade T2, T3, T5 e T6: Restauro de habitats, combate a invasoras, viveiros florestais, etc.
  33. 33. Caso prático: Mata do Buçaco Ecoturismo Sinergias entre visitação e economia local: tecido hoteleiro, restauração e artesãos.
  34. 34. Caso prático: Mata do Buçaco Mais alguns dados: Emprego 2010: 5 2011: 41 2012: 45 postos Financiamento público 2011 para 2012: reduziu 12%, no entanto: manteve-se a estabilidade global. Ou seja: aumento de receitas próprias e poupança das finanças públicas! Parcerias (responsabilidade social e ambiental) Grandes grupos económicos: 9 Parcerias regionais: >20 Certificação florestal (em curso) Stock de carbono (em curso) Meta clima/energia Meta empregabilidade Várias metas
  35. 35. Futuro com biodiversidade? Atuação urgente em três níveis - Instrumentos legais e financeiros - Base em projetos-piloto demonstrativos e replicáveis (metodologia) - Modelo de desenvolvimento alternativo que conjugue rendimento imediato, a médio e a longo prazo. integração e articulação de escalas (tempo e espaço) Na verdade, não é mais que cumprir as orientações da Estratégia Europa 2020 nas suas múltiplas vertentes!
  36. 36. Gratos pela atenção!

×