Ilust part02

251 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ilust part02

  1. 1. Fig. 2.1 - COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA ATMOSFERA E A FOTOSSÍNTESE A fotossíntese é um fenômeno estritamente geológico. A quantidade de CO2, que era máxima na atmosfera inicial, originou e manteve a vida dos vegetais. A partir dos primeiros vegetais começou a surgir o oxigênio na atmosfera, e a determinado percentual desse gás foi possível a vida animal. Com o passar do tempo diminui o gás carbônico e aumenta o oxigênio como resultado da fotossíntese.Após a morte de vegetais e animais, o lixo orgânico formado foi e continua sendo todo transformado em petróleo, em subsuperfície. % N2 Fim da vida na Terra Surgem os vegetais CO2 PETR ÓLEO Surgem os O2 animais [ Passado Presente Futuro 78% - N2 Composição atual 21% - O2 da atmosfera 1% - Outros gases, inclusive 0,032% de CO2 6CO2 + 12H2O C6H12O6 + 6O2 + 6H2O Observar que para seis moléculas de gás carbônico consumidas, são liberadas seis moléculas de oxigênio. 69
  2. 2. Fig. 2.2 - ATMOSFERA x VIDA x PETRÓLEO O quadro mostra a variação da composição química da atmosfera, sob a energia infinita do sol, ao longo do tempo geológico. Destaca sua relação com a vida na superfície do planeta e a crescente geração de petróleo nas bacias de sedimentação, em subsuperfície. A previsão para o futuro mostra: reservatórios lotados de petróleo, oxigênio e ozônio no seu máximo, o fim do CO2 e o fim da vida na Terra. O inerte nitrogênio permanece sem alteração. FUNÇÃO INÍCIO C.N.T.P. FIM Ozônio NitrogênioATMOSFERA Gás Carbônico Oxigênio 70 VIDA Desértica Desértica Vida Abundante Plena Carga Acumulando PetróleoPETRÓLEO Pouco Petróleo TEMPO GEOLÓGICO
  3. 3. Fig. 2.3 - Plataforma Continental ao Norte do Brasil Panorama da plataforma continental da região norte do Brasil já submersa nas águas do Oceano Atlântico.71
  4. 4. Fig. 2.4 - Plataforma Continental ao Sul do Brasil Panorama da plataforma continental da região sul do Brasil, já submersa nas águas do Oceano Atlântico. 72 Image © 2007 TerraMetrics © Europa Technologies © 2007 MapLink/TeleAtlas Image NASA
  5. 5. Fig. 2.5 - Solstício ao Sul 21 de dezembro Iluminação máxima no hemisfério sul.Pólo sul totalmente iluminado Pólo norte totalmente na escuridão e degelando. e enregelado. 73
  6. 6. Fig. 2.6 - Solstício ao Norte 21 de junho Iluminação máxima no hemisfério norte.Pólo sul totalmente na escuridão Pólo norte totalmente iluminado e enregelado. e degelando. 74
  7. 7. Fig. 2.7 - TEMPERATURA MÉDIA ANUAL75 -50 -40 -30 -20 -10 0 10 20 30 40 50
  8. 8. 76

×