Sars versão final

555 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
555
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
167
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sars versão final

  1. 1. Síndrome Respiratório Agudo (SRA)
  2. 2. Síndrome Respiratório Agudo (SRA) é o nome que a Organização Mundial de Saúde dá à epidemia que começou por ser Pneumonia atípica. (Em Inglês: Severe Acute Respiratory Syndrome, SARS)
  3. 3. A SRA é uma doença respiratória cuja aparição foi recentemente anunciada na Ásia (Guandong, China), América do Norte e Europa.
  4. 4. Sintomas: · Começa geralmente com febres superiores aos 38ºC. · Outros sintomas: - dor de cabeça; - sensação geral de incomodo; - dor no corpo. · Algumas pessoas podem apresentar pequenos problemas respiratórios. · Depois de 2 a 7 dias, os doentes podem apresentar tosse seca e problemas em respirar. · Causa pneumonia atípica nos pacientes infectados.
  5. 5. Pneumonia Típica/Atípica · A ppnneeuummoonniiaa ttííppiiccaa é uma infecção dos pulmões, onde os alvéolos da zona afectada estão cheios de exsudados, bloqueando a transferência de oxigénio. A radiografia mostra uma zona demarcada. · Na ppnneeuummoonniiaa aattííppiiccaa o tecido que rodeia os alvéolos incha, colapsando os alvéolos, reduzindo a quantidade de sangue que chega a essa área obstruindo a transferência de oxigénio. A radiografia ao peito mostra uma zona escura sem fronteiras definidas.
  6. 6. PPnneeuummoonniiaa TTííppiiccaa PPnneeuummoonniiaa AAttííppiiccaa PPnneeuummoonniiaa
  7. 7. Como se propaga ·A principal forma de propagação parece ser o contacto físico entre pessoas. ·A maioria dos casos surgiu em: -pessoal hospitalar que entraram em contacto com pessoas com este síndrome; - pessoas que vivem com indivíduos infectados; -pessoas que tiveram contacto directo com material infectado (por exemplo com secreções respiratórias).
  8. 8. · As formas potenciais de transmissão da doença são, entre outras o contacto com a pele ou com objectos contaminados e posterior contacto com olhos, nariz e boca. · A contaminação de um espaço pode ocorrer quando o doente espirra ou tosse. Pequenas partículas infectadas podem cair sobre o próprio ou sobre outras pessoas ou sobre superfícies. É provável que o SRA possa propagar-se mais amplamente por meio do ar ou outras formas que por enquanto se desconhece.
  9. 9. A possível causa do SRA Os investigadores detectaram um coronavirus (“corona” lat= coroa) desconhecido nos indivíduos com SRA. Considera-se que seja este o responsável por esta síndrome. Coronavirus
  10. 10. Recomendações dos serviços de saúde · Para pessoas que eessttããoo aa ppeennssaarr vviiaajjaarr para zonas afectadas pelo SRA (China, Hong-Kong, Singapura, Hanoi e Toronto) e cuja viagem não seja essencial é aconselhado adiarem a viagem até próximo aviso. · Para pessoas que jjáá eessttããoo aa vviiaajjaarr em zonas contaminadas: -É recomendado o lavar frequente das mãos visto ser um veículo de transmissão; -Evitar aglomerados de pessoas. · Para pessoas que ppeennssaamm eessttaarr iinnffeeccttaaddaass com SRA: -Consultar um profissional de saúde informando-o se fez viagens para zonas afectadas ou se esteve em contacto com pessoas com os sintomas.
  11. 11. Para mais informações: - Dr. Chandana Samaranayake MD Clinical Specialist- Protective Measures For Prevention Of SARS Infection - www.cdc.gov - www.who.int - www.cnn.com.br/2003/saude/03/19/pneumonia/ - www.sapo.pt

×