Raiosatomicos

1.306 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • POR FAVOR ESTA PROPUESTA DE NEGOCIO, ESCRIBA EN MI ESPALDA ID si está interesado.
    ------------------------------------

    Feliz mes nuevo abundante de noviembre,

    Hola.

    ¿Cómo estás hoy?
    Espero que estés bien y que todo está bien con usted? gracias God.My nombre es jenifer PETERSON. (estoy buscando una buena relación y además que tenga propuesta de negocios con usted) si lo desea. por favor, escríbeme mensaje a mi buzón de correo electrónico
    Thanks,>

    jeniferpeterson1 en / yh / dt / cum
    ---------------------

    PLEASE THIS BUSINESS PROPOSAL, WRITE ON MY ID BACK IF INTERESTED.
    ------------------------------------

    Happy abundant new month of November,

    Hello.

    how are you today?
    I hope you are fine and all is well with you ? thank God.My name is JENIFER PETERSON .(i am looking for a good relationship and also to have business proposal with you )if you want. please write me message to my email box
    THANKS,>

    jeniferpeterson1 at / yh / dt / cum
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
793
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raiosatomicos

  1. 1. FÍSICA E QUÍMICA A10º A
  2. 2. Lição nº de novembro de 2010
  3. 3.  Variação do raio atómico e da energia de ionização na Tabela Periódica  Raios atómicos Raio atómico – tamanho de uma esfera que englobe a quase totalidade da nuvem eletrónica.
  4. 4. Ao longo de um grupo, o raio atómico apresenta tendência para aumentarcom o número atómico.À medida que descemos num grupo, vai aumentando o número de camadaseletrónicas ocupadas e a carga dos eletrões das camadas interiores repelemos eletrões mais externos, aumentando, assim, o tamanho.Ao longo de um período, o raio atómico apresenta tendência para diminuircom o número atómico.À medida que avançamos num período, o eletrão adicionado relativamenteao elemento anterior, ocupa a mesma camada eletrónica e cada elementotem, relativamente ao anterior, mais um protão no núcleo. O aumentoprogressivo de carga nuclear provoca um aumento da força atrativa núcleo– eletrões. Embora as repulsões entre os eletrões aumentem também aolongo do período, elas não são suficientes para vencer as maiores atracçõesnucleares e, por isso, o tamanho das partículas diminui (o efeito doaumento da carga nuclear é, pois, dominante).
  5. 5.  Energias de ionizaçãoEnergia de ionização – energia mínima necessária para remover umeletrão de um átomo isolado, no estado fundamental e no estado gasoso.
  6. 6. Ao longo de um grupo, a energia de ionização apresenta tendência paradiminuir com o número atómico.À medida que descemos num grupo, vai aumentando o número deeletrões internos e, consequentemente, aumentam as repulsões entre oseletrões – efeito blindagem – que contrariam o efeito atrativo do núcleo.Deste modo, a atração efetiva entre o núcleo e um dos eletrões maisexternos diminui, diminuindo a energia necessária para o remover.Ao longo de um período, a energia de ionização apresenta tendênciapara aumentar com o número atómico.À medida que avançamos num período, o eletrão adicionadorelativamente ao elemento anterior, ocupa a mesma camada eletrónicaenquanto que a carga nuclear, positiva, é cada vez maior, aumentando,assim, a força atrativa núcleo - eletrão. Deste modo, aumenta a energianecessária para o remover um eletrão de valência.
  7. 7.  Raios iónicos 11Na - 1s 2s 2p 3s Ca - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 2 2 6 1 20 Ca Ca2+ Na Na + 11 Na - 1s 2s 2p + 2 2 6 Ca2+ - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 20 Os raios iónicos dos catiões são menores do que os raios atómicos dos respetivos átomos. Um catião fica com menos um ou mais eletrões do que o átomo correspondente, havendo, assim, menos repulsões. Tendo, o catião e o átomo, a mesma carga nuclear, aumenta a força atrativa núcleo – eletrão. Deste modo, há uma contração da nuvem eletrónica do catião.
  8. 8. 9F - 1s2 2s2 2p5 16S - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p4 9 F- - 1s2 2s2 2p6 19 S2- - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 F F- S S2-Os raios iónicos dos aniões são maiores do que os raios atómicos dosrespetivos átomos.Um anião fica com mais um ou mais eletrões do que o átomocorrespondente, havendo, assim, maiores repulsões. Tendo, o anião e oátomo, a mesma carga nuclear, diminui a força atrativa núcleo – eletrão.Deste modo, há uma expansão da nuvem eletrónica do anião.
  9. 9.  Raios de partículas isoeletrónicas 11 Na+ - 1s2 2s2 2p6 20 Ca2+ - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 9 F- - 1s2 2s2 2p6 16 S2- - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 10 Ne - 1s2 2s2 2p6 18 Ar - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 Nas partículas isoeletrónicas quanto maior a carga nuclear, menor é o tamanho. Nas partículas isoeletrónicas existem o mesmo número de eletrões e, por isso, as mesmas repulsões. Assim, quanto maior a carga nuclear, maior é a força atrativa núcleo – eletrão e, consequentemente, maior é a contração da nuvem eletrónica do catião e menor é o tamanho da partícula.

×