Produtostradicionais stc-dr2

653 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
653
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
218
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Produtostradicionais stc-dr2

  1. 1. AgriculturA e derivAdos
  2. 2. No coNcelho de MoNchique Destaca-se uma forte produção silvícola (pinheiros e eucaliptos), e ainda algumas manchas de castanheiros e sobreiros, mas já com um menor peso na economia local. Associada a estas explorações, existe também uma produção significativa de mel e de medronho, com o qual se produz um dos produtos mais famosos do Algarve.
  3. 3. Produtos de MoNchique A Aguardente de Medronho. As batatas, o milho e alguns hortícolas são produzidos em pequenas unidades, muitas vezes em conjunto com os citrinos e o olival.
  4. 4. A suiNiculturA de MoNchique A suinicultura intensiva de tipo industrial, mas também extensiva de tipo familiar e subsistência, é claramente uma vocação dos produtores de Monchique.
  5. 5. A suiNiculturA de MoNchique Complementar à produção intensiva de suínos, existe, também em Monchique, uma importante actividade artesanal de produção de enchidos de muito boa qualidade a partir da criação extensiva do “Porco Preto da Montanheira”.
  6. 6. A APiculturA eM MoNchique A apicultura é também uma actividade típica da Serra de Monchique, sendo o “Mel das Serras de Monchique” um produto com denominação de Origem protegida.
  7. 7. MedroNho de MoNchique O fabrico de Aguardente de Medronho, outro produto de elevada qualidade, específico deste território, é uma actividade tradicional da Serra, que contribui de forma muito significativa para a economia familiar e empresarial.
  8. 8. concelho de Monchique Trata-se portanto de um território, em que a actividade dos agricultores é globalmente extensiva e, apesar da suinicultura ser, em Monchique (onde se criam mais de 50% dos suínos da região) uma actividade marcadamente intensiva, a bovinicultora e ovicultura de carne são também extensivas.
  9. 9. Produtos quíMicos Mais utilizados na Os pesticidaasg sãro cilcasusiflictaduosr dea acordo com as pragas que eles atacam. Herbicidas: São usados para o controle de ervas daninhas; Fungicidas: São usados para o controle de fungos; Fertilizantes: São usados para fortalecer a terra; Insecticidas: São usados para o controle de insectos; Acaricidas: São usados para o controle de ácaros;
  10. 10. Produtos quíMicos Mais utilizados na agricultura Bactericidas: São usados para o controle de bactérias; Nematicidas: São usados para o controle de nematóides (vermes); Rodenticidas: São usados para o controle de ratos e outros tipos de roedores; Muluscicidas: São usados para o controle de moluscos.
  11. 11. equiPaMentos agrícolas usados na agricultura Antigamente usava-se a charrua ou o arade (que era puxada pela tracção animal) para lavrar a terra.
  12. 12. equiPaMentos agrícolas usados na agricultura A enxada e ancinho também eram utensílios indispensáveis, para o auxílio do agricultor. A enxada servia e ainda hoje serve, para cavar a terra e para a manutenção da sementeira e o ancinho serve para alisar a terra.
  13. 13. equiPaMentos agrícolas usados na agricultura Actualmente a charrua caiu em desuso. Hoje em dia, até os pequenos agricultores já manuseiam a terra com o auxílio de novos mecanismos, como por exemplo: moto-enxadas, moto-cultivadores e tractores agrícolas.
  14. 14. Máquinas agrícolas Existem hoje vários tipos de sistemas de automação com sofisticação tecnológica que estão a ser empregues na agricultura.
  15. 15. Utilização das diferentes MáqUinas O sucesso em robots para fins agrícolas tem nos dias de hoje vários tipos de utilização ou aplicações, como por exemplo a aplicação de tratamentos e de adubos.
  16. 16. Melhorias na agricUltUra O desenvolvimento das tecnologias da informação, tem contribuído para uma automação mais acentuada do sector agrícola, tendo em vista o aumento da eficiência e segurança alimentar.
  17. 17. tarefas aUtoMatizadas na agricUltUra Outra das tarefas que recentemente começou a ser automatizada é a da classificação e selecção de frutos com base nos atributos da dimensão e cor.
  18. 18. sensores de iMageM A aplicação de sensores de imagem e de técnicas de aquisição e processamento de imagem por computador na agricultura, tem vindo a acentuar-se ao longo dos últimos anos.
  19. 19. sisteMas de controlo de estUfas O sistema de controlo de estufas é realizado por um conjunto de estações base que estão ligados por cabo ou rádio frequência a um computador.
  20. 20. sisteMas de controlo de estUfas O sistema tem ainda a possibilidade de enviar sinais de alarme ao agricultor usando uma rede móvel GSM, bem como a facilidade de ser programado pela mesma via.
  21. 21. o fUtUro das tic na agricUltUra A continuação do desenvolvimento quer do hardware, quer do software permitirá um maior conhecimento e controlo dos processos que ocorrem na agricultura, na utilização de robots mais versáteis, abrindo novos caminhos para a obtenção de uma maior e melhor produção.
  22. 22. GASTRONOMIA A vila de Monchique destaca-se neste capítulo pois é conhecida pela Suinicultura, prova disso são os conhecidos enchidos feitos com carne de porco (molho, morcela de farinha e presuntos, expostos anualmente na Feira dos Enchidos e na Feira do Presunto, respectivamente. farinheira, morcela e chouriça).
  23. 23. ENchIdOS dE MONchIquE
  24. 24. BOlO dE TAchO (A SuA hISTóRIA) Teve a sua origem no Convento de Nossa Senhora do Desterro, fundado em 1631 na Serra de Monchique, por D.Pêro da Silva, que mais tarde foi Vice-Rei da Índia.
  25. 25. BOlO dE TAchO (A SuA hISTóRIA) Foram os frades deste convento, que fizeram o primeiro bolo com os produtos da região daquela época (milho, azeite, mel e banha).
  26. 26. BOlO dE TAchO (A SuA hISTóRIA) Ao bolo formado com estes ingredientes deram o nome de “Bolo de Tacho”
  27. 27. BOlO dE TAchO (A SuA hISTóRIA) A partir daí passou a ser feito e comido no dia 1 de Maio, dia em que todo o povo de Monchique festejava com passeios pelo campo e cestas com merendas, onde era “Rei” o famoso Bolo de Tacho

×