Paisagens
Geológicas
“Não há nada escondido na
Terra que o tempo não traga à luz
do dia”.
Horácio, 65 a.C.
Paisagem geológica:
• Aspecto característico de uma determinada região, onde
predomina um determinado tipo de rocha e rele...
Paisagem magmática granítica
• Localização: zona norte e interior; Serra do Gerês e da Estrela, entre
outras.
• Solos pobr...
Formação do caos de blocos
• Devido à diminuição de pressão e às
variações de temperatura o maciço
granítico, sofre fractu...
Caos de blocos - Rio Douro
Caos de blocos - Sintra
Paisagem magmática basáltica
• Localização: arquipélagos da Madeira e dos Açores (e zona de
Lisboa);
• Solos muito férteis...
• Relevo: zonas elevadas e de
forte inclinação, cones
vulcânicos, lagoas naturais em
caldeiras naturais.
Lagoa do Fogo, Aç...
Disjunção colunar do basalto
• Tal como as outras rochas, o
basalto também sofre alteração
com o passar do tempo e da
expo...
Calçada de gigante, Irlanda
Pico de Ana Ferreira, Porto Santo, Madeira
Paisagens sedimentares
• São bastante variadas, dependendo do tipo de
rocha.
• Localização: nas zonas costeiras e metade s...
• As dunas litorais, com a sua vegetação característica, constituem
outra paisagem sedimentar típica do nosso país.
Modelado Cársico
• O modelado cársico é o mais típico e
inconfundível relevo de origem sedimentar.
• Ocorre em zonas de ma...
Campo de lapiás
• A água da chuva arrasta consigo o
dióxido de carbono do ar.
• Quando cai em cima de um maciço
calcário, ...
Formas características do modelado cársico:
Dolinas
Rio subterrâneo
Lapiás
Algar
Gruta
Coluna
Estalactite
Estalagmite
Formação das grutas:
• À medida que a água se vai infiltrando e dissolvendo o
calcário vai formando cavidades à superfície...
grutas do Frade e do Zambujal – Sesimbra (fotos NECA)
Chaminés de Fada
São estruturas de tamanho variável originadas pela chuva em solos de vegetação
pobre.
São frequentes em z...
Em Portugal são geralmente de dimensões modestas…
Mas na Capadócia, atingem dimensões consideráveis…
Paisagensgeolgicas 110215103340-phpapp01
Paisagensgeolgicas 110215103340-phpapp01
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Paisagensgeolgicas 110215103340-phpapp01

1.094 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
321
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Paisagensgeolgicas 110215103340-phpapp01

  1. 1. Paisagens Geológicas “Não há nada escondido na Terra que o tempo não traga à luz do dia”. Horácio, 65 a.C.
  2. 2. Paisagem geológica: • Aspecto característico de uma determinada região, onde predomina um determinado tipo de rocha e relevo a ela associado, incluindo também cursos de água, tipo de solo e seres vivos. As principais paisagens geológicas de Portugal são: 1. Paisagem magmática granítica; 2. Paisagem magmática basáltica; 3. Paisagem sedimentar.
  3. 3. Paisagem magmática granítica • Localização: zona norte e interior; Serra do Gerês e da Estrela, entre outras. • Solos pobres, pequenos bosques e vegetação agreste tojo giesta urze • Relevo: elevações irregulares, forte inclinação, planaltos extensos, presença de caos de blocos.
  4. 4. Formação do caos de blocos • Devido à diminuição de pressão e às variações de temperatura o maciço granítico, sofre fractura originando fendas chamadas diáclases. • Os blocos graníticos vão-se arredondando e ficam expostos em amontoados desordenados de onde vem o nome de caos de blocos. • Os minerais menos resistentes vão-se alterando e originam minerais de argila enquanto que o quartzo, mais resistente origina areia granítica. • Os minerais alterados dão origem a solos pouco profundos.
  5. 5. Caos de blocos - Rio Douro Caos de blocos - Sintra
  6. 6. Paisagem magmática basáltica • Localização: arquipélagos da Madeira e dos Açores (e zona de Lisboa); • Solos muito férteis, vegetação densa e diversificada. Lagoa verde e lagoa azul, Açores
  7. 7. • Relevo: zonas elevadas e de forte inclinação, cones vulcânicos, lagoas naturais em caldeiras naturais. Lagoa do Fogo, Açores Ilha da Madeira Ilha do Pico, Açores
  8. 8. Disjunção colunar do basalto • Tal como as outras rochas, o basalto também sofre alteração com o passar do tempo e da exposição ao agentes erosivos, mas é a contracção durante o arrefecimento da lava que origina este fenómeno tão espectacular. Penedo do Lexim, complexo vulcânico de Lisboa
  9. 9. Calçada de gigante, Irlanda Pico de Ana Ferreira, Porto Santo, Madeira
  10. 10. Paisagens sedimentares • São bastante variadas, dependendo do tipo de rocha. • Localização: nas zonas costeiras e metade sul do país. • Solo pobre e vegetação pouco abundante.
  11. 11. • As dunas litorais, com a sua vegetação característica, constituem outra paisagem sedimentar típica do nosso país.
  12. 12. Modelado Cársico • O modelado cársico é o mais típico e inconfundível relevo de origem sedimentar. • Ocorre em zonas de maciços calcários. • À superfície apresenta um aspecto característico – os campos de lapiás.
  13. 13. Campo de lapiás • A água da chuva arrasta consigo o dióxido de carbono do ar. • Quando cai em cima de um maciço calcário, a água da chuva infiltra-se nas fendas já existentes e dissolve substâncias que fazem parte da constituição do calcário. • A dissolução provoca a formação de cavidades à superfície e em profundidade. • Dessa dissolução resulta uma argila vermelha chamada terra rossa.
  14. 14. Formas características do modelado cársico: Dolinas Rio subterrâneo Lapiás Algar Gruta Coluna Estalactite Estalagmite
  15. 15. Formação das grutas: • À medida que a água se vai infiltrando e dissolvendo o calcário vai formando cavidades à superfície – dolinas, que podem ter contacto com cavidades interiores, formando poços quase verticais – algares, que podem ir alargando até formarem grutas . • A água contendo minerais carbonatados ao gotejar do tecto da gruta forma estalactites e no chão por baixo, estalagmites. Quando estas se unem formam colunas. • A água que se acumula dá frequentemente origem a cursos de água subterrâneos.
  16. 16. grutas do Frade e do Zambujal – Sesimbra (fotos NECA)
  17. 17. Chaminés de Fada São estruturas de tamanho variável originadas pela chuva em solos de vegetação pobre. São frequentes em zonas montanhosas, como os Alpes e nas montanhas da Turquia (Cappadocia). Explicação: A acção da chuva vai provocar uma erosão diferencial: os materiais mais finos serão erodidos enquanto que os materiais mais volumosos e mais rígidos serão mais poupados ao trabalho de desgaste das águas de escorrência. Contudo, a erosão não afectará os materiais por baixo dos grandes blocos de rochas. A rocha de cima funciona como protector da erosão e acabará por colapsar quando, com o continuar da erosão, não seja possível sustentar o bloco de rocha maior.
  18. 18. Em Portugal são geralmente de dimensões modestas… Mas na Capadócia, atingem dimensões consideráveis…

×