Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02

560 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
560
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
323
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mtodoscontraceptivos7c 110628063301-phpapp02

  1. 1. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Escola Básica 2,3 de Caldas das Taipas 7ºC
  2. 2. O nascimento de um filho deve ser um acto reflectido e desejado. Ter um filho implica a responsabilidade de lhe proporcionar um ambiente com condições propícias a um desenvolvimento físico e psíquico saudável. Uma gravidez não desejada pode ser, em certas condições, um problema de difícil resolução. Métodos Contraceptivos
  3. 3.  Há dois tipos de métodos contraceptivos:  Reversíveis  Métodos barreira;  Contraceptivos Hormonais:  Métodos de auto-observação:  Irreversíveis:  Laqueação;  Vasectomia. Métodos Contraceptivos
  4. 4. Métodos barreira Preservativo:  É o único método eficaz para prevenir as Infecções Sexualmente Transmissíveis. Eficácia: 5 a 10 gravidezes em 100 mulheres por ano.
  5. 5. Métodos barreira (Preservativo)
  6. 6. Vantagens  Elevada protecção contra IST desde que seja colocado correctamente e no início da relação;  São fáceis de usar;  Não têm contra-indicações. Métodos barreira (Preservativo)
  7. 7. Como colocar o preservativo masculino?
  8. 8. Como colocar o preservativo feminino?
  9. 9.  Substâncias capazes de inactivar os espermatozóides;  Existem sob a forma de cremes, geleias, óvulos, ou spray vaginais, e além de actuarem quimicamente, formam uma camada protectora que fecha a entrada do útero. Espermicidas: Métodos barreira (Espermicidas) Não protegem das IST
  10. 10. Contracepção Hormonal Oral – “Pílula”  Estroprogestativos orais – “Pílula 21 cp + 7 dias de pausa.”  Estroprogestativos orais – “Pílula 24 cp + 4 dias placebo.”  Progestativo Oral – “Pílula 28 cp sem pausa.” Eficácia: 0,1 a 1 gravidez por 100 mulheres por ano.
  11. 11. Vantagens  Muito eficaz, seguro e reversível.  Existem vários, podendo ser escolhido o que melhor se adapta a cada mulher.  Podem ser usados por mulheres de qualquer idade, desde que não haja contra-indicações.  Mantém os ciclos regulares, diminuem as perdas de sangue e as dores menstruais. Contracepção Hormonal (Pílula)
  12. 12. Desvantagens  Exige compromisso diário da mulher.  Não protege das Infecções transmitidas sexualmente. Contracepção Hormonal (Pílula)
  13. 13. Progestativo Injectável Vantagens  Muito eficaz, seguro e reversível.  Não exige compromisso diária da mulher (duração de 3 meses).  Pode ser usado em qualquer idade. Eficácia: 0 a 1,3 gravidezes por 100 mulheres por ano. Contracepção Hormonal (Injectável)
  14. 14. Desvantagens  Pode provocar irregularidade menstrual.  Quando se pára pode demorar algum tempo até retorno à fertilidade.  Algumas mulheres podem aumentar ligeiramente de peso.  Não protege contra as Infecções Transmitidas Sexualmente. Contracepção Hormonal (Injectável)
  15. 15. Adesivo Contraceptivo Vantagens  Não necessita de substituição diária (deve ser substituído de 7 em 7 dias).  Retorno imediato à fertilidade após suspensão do método. Contracepção Hormonal (Adesivo)
  16. 16. Desvantagens  Pode provocar alterações do padrão menstrual nos primeiros meses.  Não protege das Infecções sexualmente transmissíveis. Contracepção Hormonal (Adesivo)
  17. 17. Implante de Progestativo  Cápsula que se insere no braço sob a pele.  O progestativo é libertado lentamente e o efeito contraceptivo prolonga-se por 3 anos. Eficácia: 0 a 0,007 gravidezes por 100 mulheres por ano. Contracepção Hormonal (Implante)
  18. 18. Vantagens Desvantagens  Pode ser utilizado por mulheres em qualquer idade, com ou sem filhos.  Pode ser removido em qualquer altura.  Pode engravidar logo após a sua remoção.  Eficaz durante 3 anos. Contracepção Hormonal (Implante)  Possíveis alterações do ciclo menstrual.  Poderá ocorrer aumento de peso.  Tem um custo elevado.  Não protege das Infecções de Transmissão Sexual.
  19. 19. Anel Contraceptivo Anel vaginal flexível impregnado de hormonas que se libertam diariamente através da parede da vagina. Contracepção Hormonal (Anel contraceptivo)
  20. 20. Vantagens  É um método muito eficaz.  Não implica compromisso diário da mulher devendo ser mudado na data correcta.  Não interfere na relação sexual.  Retorno imediato à fertilidade. Contracepção Hormonal (Anel contraceptivo)
  21. 21. Desvantagens  É relativamente dispendioso.  Alterações do padrão menstrual – nos primeiros meses pode haver padrão irregular.  Não protege das Infecções de Transmissão Sexual. Contracepção Hormonal (Anel contraceptivo)
  22. 22. Contracepção Hormonal (Impeditivos de Nidação) Dispositivo Intra-Uterino com Cobre (DIU Cobre) Dispositivo com Progestativo
  23. 23. Muito eficaz, pode permanecer por vários anos. Pode ser usada em qualquer idade. Retorno imediato aos níveis de fertilidade após a sua extracção. DIU com progestativo pode provocar irregularidade menstrual. Necessita de profissional treinado para a sua colocação. Não protege das Infecções Sexualmente Transmissíveis. Contracepção Hormonal (Impeditivos de Nidação) Vantagens Desvantagens
  24. 24. Contracepção de Emergência  É tomada nos 5 dias seguintes, após uma relação não protegida, diminuindo o risco de uma gravidez. NÃO PROTEGE DAS IST. Contracepção Hormonal (Contracepção de Emergência)
  25. 25. Método do calendário Método da temperatura basal Método do muco Eficácia: 2 a 25 gravidezes em 100 mulheres/ano. Depende do método e da consistência e correcção com que é utilizado. Métodos de Auto-observação
  26. 26.  Ajuda a mulher a conhecer melhor o seu corpo.  Não tem efeitos colaterais.  É imediatamente reversível. Métodos de Auto-observação  Geralmente são necessários vários ciclos para a mulher aprender a identificar o período fértil.  Difícil utilização quando ciclos irregulares.  Implica observação cuidada das modificações fisiológicas do corpo da mulher.  Não protege das IST. Vantagens Desvantagens
  27. 27. Laqueação de trompas  0,5 a 1,8 gravidezes por 100 mulheres por ano. Vasectomia  0,15 gravidezes por 100 homens/ano Contracepção Irreversível Cirurgia
  28. 28.  Método contraceptivo para homens e mulheres que não desejam ter mais filhos.  Muito eficazes e permanentes.  Não tem efeitos negativos sobre o desejo sexual e a resposta sexual.  Não protege contra IST. Contracepção Irreversível Cirurgia
  29. 29. Se tiveres alguma dúvida podes consultar:  Planeamento Familiar. (Centro de Saúde )  Espaço Jovem – Guimarães.

×