50101448 educacao-sexual-2

1.999 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.999
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
451
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

50101448 educacao-sexual-2

  1. 1. EDUCAÇÃ O SEXUAL Sexualidade na
  2. 2. Menstruação  A menstruação, aquilo que transforma uma menina numa mulher e que possibilita a mulher engravidar.
  3. 3. Menstruação  A menstruação surge em média aos 13 anos, havendo casos de meninas que têm aos 9 anos ou só aos 16, depende de mulher para mulher.
  4. 4. Menstruação A menstruação consiste numa perda de sangue vaginal que ocorre todos os meses.  Esta perda é resultante da descamação do endométrio – a parede que reveste o útero, e pode durar entre 2 e 7 dias, depende da 
  5. 5.  T.P.M.-O que é? A tensão prémenstrual (TPM) é uma síndrome que atinge as mulheres e que ocorre, em maior ou menor grau, nos dias que antecedem a menstruação. É caracterizada por uma irritabilidade e
  6. 6. Quando estamos preparados para a ter Relações Sexuais?  Não há uma altura exacta para ter relações sexuais, pois todos somos diferentes. A idade que deixa de ser perigoso (fisicamente) ter relações sexuais é aos 14 anos. Mas mentalmente não existe uma idade certa para se estar preparado.
  7. 7. Perda da Virgindade 1ªvez  A primeira vez da mulher pode ser especialmente stressante, envolvendo muita ansiedade, tensão e dúvidas. Sobretudo em relação à perda de sangue e da dor.
  8. 8. Perda da Virgindade 1ªvez  É importante que a relação se inicie com a partilha de carícias e das sensações daí resultantes, muito eficazes para aliviar essas tensões. A primeira relação sexual não implica necessariamente dor.
  9. 9. Gravidez na Adolescência  A adolescência assume-se como um importante período da vida, que corresponde a diferentes tomadas de posição sentidas ao nível social, familiar e também sexual. A puberdade marca o início da vida reprodutiva de rapazes e raparigas, sendo caracterizada por
  10. 10. Gravidez na Adolescên  Uma gravidez na adolescência implica um duplo esforço de adaptação fisiológica e uma conciliação de duas realidades que convergem num único momento: estar grávida e ser
  11. 11.  Gravidez na Adolescência Se existiram relações sexuais desprotegidas e a menstruação não apareceu na altura devida, não vale a pena entrar em pânico, mas também não deve ignorar a situação. Deve sim, fazer um teste de gravidez e aí, de acordo com o resultado, reflectir sobre as decisões mais apropriadas, sempre com o
  12. 12. Gravidez na Adolescencia  É essencial considerar que uma criança precisa de afecto, amor e disponibilidade total durante vários anos. Existem muitos serviços anónimos, confidenciais e gratuitos (por exemplo: consultas de atendimento a jovens nos centros de saúde, linhas telefónicas de apoio e encaminhamento nesta área,
  13. 13. Métodos Contraceptivos  Preservativo: É uma fina capa de látex, usada no pénis ou na vagina, onde os espermatozóides ficam retidos.
  14. 14. Métodos Contraceptivos  Preservativo:  Quase todas as pessoas podem usar, protege contra doenças sexualmente transmissíveis (inclusive SIDA), previne doenças do colo do útero, não faz mal à saúde e é de fácil acesso mas tem que se usar um preservativo por relação.
  15. 15. Métodos Contraceptivos Preservativo Masculino: 
  16. 16. Métodos Contraceptivos Preservativo Feminino: 
  17. 17. Métodos Contraceptivos  Pílula: É um comprimido que contem hormonas que evitam a libertação do óvulo.
  18. 18. Métodos Contraceptivos  Pílula:  A pílula pode servir para a redução dos problemas menstruais, não interferindo na relação sexual, protege contra algumas doenças ginecológicas inclusive alguns tipos de cancro mas é preciso disciplina.
  19. 19. Métodos Contraceptivos  Pílula:  Pode produzir efeitos secundários como:         Náuseas; Mal estar gástrico; Dor de cabeça; Tonturas; Diminuição das menstruações; Dor mamária; Sangramento entre as menstruações; Alterações emocionais.
  20. 20. Doenças Sexualmente Transmissíveis  SIDA / VIH  Esta doença já foi chamada “A Doença do Século".  Actualmente é a 6ª causa de morte entre os jovens na América e Europa.  A infecção pelo vírus é, actualmente, fatal a mais ou menos longo prazo.
  21. 21. SIDA/VIH   A SIDA é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), que penetra no organismo por contacto com uma pessoa infectada. A transmissão pode acontecer de três formas:  Relações sexuais;  Contacto com sangue infectado;  De mãe para filho, durante a gravidez ou o parto e pela amamentação.
  22. 22. SIDA/VIH   A SIDA provoca ainda perturbações como: perda de peso, tumores no cérebro e outros problemas de saúde que, sem tratamento, podem levar à morte. Esta síndrome manifesta-se e evolui de modo diferente de
  23. 23. Doenças Sexualmente Transmissíveis  Hepatite B  Existe uma vacina, mas não há cura para a doença quando instalada. Pode causar cancro do fígado
  24. 24. Doenças Sexualmente Transmissíveis  Herpes  Dolorosa e episódica. Pode ser tratada, mas não tem cura definitiva e tem tendência a repetirse
  25. 25. Gozar com a situação
  26. 26. Gozar com a situação
  27. 27. Gozar com a situação
  28. 28. Gozar com a situação

×