41

305 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
305
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

41

  1. 1. 1 Caminhos da Animação Projecto - Percurso Beja 2006
  2. 2. 2 Caminhos da Animação Caminho da Animação Projecto Percurso -Animação Sociocultural do Pensamento às Praticas-
  3. 3. 3 Caminhos da Animação  Modelo Tecnológico  Modelo Interpretativo  Modelo Dialéctico
  4. 4. 4 Caminhos da Animação  Modelos Tecnológico (a animação como engenharia cultural) 1.Fundamentalmente técnico tem objectivo de compensar os deficits das culturas diferentes da maioritária (verma,1984 e banks,1986) 2.Integração por assimilação e aculturação total 3.Não comporta a praxis sócio-educativa
  5. 5. 5 Caminhos da Animação  Modelo Interpretativo ( a animação como formação cultural) 1.A educação e a cultura vistos como um processo dinâmico 2.Reconhecimento da diversidade 3.Esquece os conflitos entre actores sociais e as trocas nem sempre estão dispostos a criar consensos com os significados culturais 4. Mudança da consciências dos indivíduos centra-se nas exigências da democracia
  6. 6. 6 Caminhos da Animação  Modelo Dialéctico ( a animação como democracia cultural ) 1.Adpta-se às necessidades da democracia 2. Modifica situações sociais ou suportes ideológicos que dêem sentido às discriminações sociais e culturais. 3.As contradições e os conflitos fazem parte de dinâmica vital e social dos indivíduos. 4.O Sociocultural como opção.
  7. 7. 7 Caminhos da Animação Como pode ser entendida a Animação “ A Animação Sociocultural é entendida como um conjunto de estratégias orientadas para desencadear processos auto-organizativos a nível individual e social, através de meios educativos, sociais e culturais.” (Ventosa,1988
  8. 8. 8 Caminhos da Animação  Em que consiste A animação consiste na valorização das culturas populares locais (saberes, iniciativas capacidade de decisão, formas de sociabilidade e associação) – tendo por consequência o entendimento de que as áreas e os momentos em que for necessária a delegação de poderes devem ser limitados e enriquecidos com espaços e vias de exercício directo do poder, e acção directa e cooperativa de cidadãos
  9. 9. 9 Caminhos da Animação  Objectivo da Animação “(…) a) o objectivo da animação é estimular a participação das populações no processo do seu desenvolvimento, quer dizer nas dinâmicas colectivas de realização dos direitos cívicos e sociais e de resolução dos seus problemas (...)
  10. 10. 10 Caminhos da Animação Estrutura Básica: 1º Agente - Sujeito da intervenção com uma função activadora, provocadora e catalizadora dos processos
  11. 11. 11 Caminhos da Animação  2º Acção - Conjunto de práticas sociais, culturais e educativas com uma função dinâmica de transformação e melhoria das relações, numa determinada
  12. 12. 12 Caminhos da Animação 3º Destinatário - O colectivo, grupo ou comunidade nos quais recai a acção, para posteriormente exercerem a sua própria autonomia no desenvolvimento sociocultural.
  13. 13. 13 Análise Recursos Humanos Recursos Materiais e Económicos Planificação INTERVENÇÃO Avaliação Organização TROCASOCIAL REALIDADE Metodologia como Sistema
  14. 14. 14 Caminhos da Animação Modelo das “Nove ” Questões 1. Porquê ? 2. O Quê ? 3. Para quê ? 4. A Quem ? 5. Como ? 6. Com quem ? 7. Com quê ? 8. Quando ? 9. Onde? CEMBRANOS, F. , MONTESINOS, D.H., BUSTELO, M. (2002) .
  15. 15. 15 Caminhos da Animação 1. Porquê ? Pretende procurar a razão da acção, em função da análise da realidade efectuada previamente; localizar as necessidades e possibilidades detectadas no diagnóstico. 2. O Quê ? Define a natureza do projecto, incluindo a sua denominação dando nome à acção escolhida.
  16. 16. 16 Caminhos das Animação 3. Para Quê ? Define os objectivos que se pretendem alcançar com a acção a desenvolver. Remete para a análise da realidade anterior, conjugando necessidades e desejos com as possibilidades - oportunidades e alternativas que podem ter riscos e dificuldades. 4. A Quem ? Determina os possíveis destinatários, que por sua vez são determinantes para a realização da planificação.
  17. 17. 17 Caminhos da Animação 5. Como ? Orienta para as tarefas e contactos a serem realizados, no sentido de haver uma preparação e chegar à acção propriamente dita. 6. Com Quem ? Determina quais os recursos humanos que vão ser necessários.
  18. 18. 18 Caminhos da Animação 7. Com Quê ? Procura o levantamento de recursos materiais necessários, tendo em conta os materiais que já existem no local. 8. Quando ? Indica o tempo que se dispõe, estabelecendo um calendário de trabalho detalhado de cada uma das actividades. Implica um processo de gestão e execução. 9. Onde? Averiguação de espaços onde se pretende dinamizar as acções.
  19. 19. 19 Caminhos da Animação  A escolha da intervenção implica um projecto e è um conjunto de opções que partem do conhecimento da realidade cultural ou seja o contexto social, a cabimentação orçamental, os espaços, das ofertas dos agentes culturais e dos produtores, às mais variadas propostas dos artistas, dos grupos, do público e o próprio ambiente local.
  20. 20. 20 Caminhos da Animação

×