Ambiente e Desenvolvimento Rural<br />Módulo 11<br />Caracterização do Concelho de Grândola<br />1<br />
Enquadramento Geográfico do Concelho<br /><ul><li>Região Sul do País
Distrito de Setúbal
Área de 80 768 ha.
 Faz fronteira com: Alcácer do Sal (a Norte), Ferreira do Alentejo </li></ul>(a Este), Santiago do Cacém (a Sul), a Oeste ...
População residente por censo e freguesia e densidade populacional (2001) <br />3<br />
Índice de envelhecimento (1991/2001) e sua evolução (1981-2001) <br />4<br />
População por sector de actividade (2001) <br />5<br />
Taxa de analfabetismo (1981/1991/2001) <br />6<br />
Freguesias pertencentes ao Concelho de Grândola<br />Freguesias<br />Carvalhal  - 6.383,22 (ha)<br />Grândola - 36.387,54 ...
Caracterização climática <br /><ul><li>Influência Mediterrânica
Verão pronunciado e seco
Inverno relativamente ameno
A duração média da estação seca permite estabelecer a tendência que é observável na região, a sua situação litoral define ...
Irregularidade sazonal da precipitação <br /> Concentração da precipitação nos meses de Inverno.<br /> Frequentes períod...
Temperatura e a humidade relativa <br />À medida que o afastamento do oceano vai aumentando:<br />A amplitude térmica anu...
<ul><li>Com base na classificação climática de Thornthwaite, confirmam-se os indícios sugeridos pela análise isolada dos e...
Vento<br /><ul><li>Velocidade média do vento não varia muito ao longo do ano
A velocidade é por norma superior nos meses mais quentes, tendo o seu pico nos meses de Maio (8,3 Km/h), Junho (7,9 Km/h) ...
De um modo geral, estes valores são relativamente baixos quando comparados com outros concelhos mais a Norte do País (20-3...
Caracterização do uso do solo e de zonas especiais <br /> Uso florestal (70,5%)<br /> Uso agrícola (21,6%)<br /><ul><li>...
 Improdutivos(1,3%)
 Áreas Sociais (0,78%)
 Superfícies aquáticas (0.4%) </li></ul>Melides*<br />Áreas sociais - 62<br />Agricultura  - 2.656<br />Floresta – 11.672<...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

3 concelho de grândola

1.295 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
543
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3 concelho de grândola

  1. 1. Ambiente e Desenvolvimento Rural<br />Módulo 11<br />Caracterização do Concelho de Grândola<br />1<br />
  2. 2. Enquadramento Geográfico do Concelho<br /><ul><li>Região Sul do País
  3. 3. Distrito de Setúbal
  4. 4. Área de 80 768 ha.
  5. 5. Faz fronteira com: Alcácer do Sal (a Norte), Ferreira do Alentejo </li></ul>(a Este), Santiago do Cacém (a Sul), a Oeste apresenta uma longa faixa costeira e, a Noroeste, o Estuário do Sado separa-o do município de Setúbal. <br />2<br />
  6. 6. População residente por censo e freguesia e densidade populacional (2001) <br />3<br />
  7. 7. Índice de envelhecimento (1991/2001) e sua evolução (1981-2001) <br />4<br />
  8. 8. População por sector de actividade (2001) <br />5<br />
  9. 9. Taxa de analfabetismo (1981/1991/2001) <br />6<br />
  10. 10. Freguesias pertencentes ao Concelho de Grândola<br />Freguesias<br />Carvalhal - 6.383,22 (ha)<br />Grândola - 36.387,54 (ha)<br />Melides - 15.514,97 (ha)<br />Azinheira de Barros e São Mamede do Sádão- 17.247,33 (ha)<br />Santa Margarida da Serra - 5.235,38 (ha) <br />TOTAL 80.768,44 (ha) <br />7<br />
  11. 11. Caracterização climática <br /><ul><li>Influência Mediterrânica
  12. 12. Verão pronunciado e seco
  13. 13. Inverno relativamente ameno
  14. 14. A duração média da estação seca permite estabelecer a tendência que é observável na região, a sua situação litoral define uma estação seca mais reduzida (pouco mais de cinco meses).</li></ul>8<br />
  15. 15. Irregularidade sazonal da precipitação <br /> Concentração da precipitação nos meses de Inverno.<br /> Frequentes períodos de excesso de água no solo.<br /> Solo serve reservatório de água no período seco.<br /> Precipitação ocorrida no Outono e Inverno representa cerca de 80% do <br /> total da precipitação total anual. <br /> Precipitação da Primavera é inferior a 20%, o que é escasso.<br />Quer a precipitação anual quer a mensal apresentam uma grande <br />variabilidade de ano para ano, com extremos acentuados.<br /><br />9<br />
  16. 16. Temperatura e a humidade relativa <br />À medida que o afastamento do oceano vai aumentando:<br />A amplitude térmica anual vai aumentando, o que resulta em Invernos menos suaves e Verões mais quentes. <br />A influência atlântica, traduzida numa precipitação anual mais elevada, particularmente nos meses de Outono e Inverno, é bem patente onde as maiores precipitações ocorrem no litoral. <br />Ressalta-seainda o decréscimo acentuado da precipitação entre o mês de Março e Abril, determinando o inicio da estação seca e decréscimos acentuados da temperatura entre Setembro-Outubro e Outubro-Novembro<br />10<br />
  17. 17. <ul><li>Com base na classificação climática de Thornthwaite, confirmam-se os indícios sugeridos pela análise isolada dos elementos climáticos determinantes e distinguem-se duas zonas com características climáticas diferentes: </li></ul>a) a quase totalidade do concelho de Grândola<br /> - Clima do tipo sub-húmido chuvoso, <br /> - Grande deficiência de água no Verão<br /> - Grande excesso de água no Inverno <br /> - Nula ou pequena concentração da eficiência térmica. <br />b) o nordeste do concelho de Grândola<br /> - Clima do tipo sub-húmido chuvoso<br /> - Grande deficiência de água no verão<br /> - Moderado excesso de água no inverno <br /> - Nula ou pequena concentração da eficiência térmica. <br />11<br />
  18. 18. Vento<br /><ul><li>Velocidade média do vento não varia muito ao longo do ano
  19. 19. A velocidade é por norma superior nos meses mais quentes, tendo o seu pico nos meses de Maio (8,3 Km/h), Junho (7,9 Km/h) e Agosto (8,1 Km/h).
  20. 20. De um modo geral, estes valores são relativamente baixos quando comparados com outros concelhos mais a Norte do País (20-30 Km/h)</li></ul>12<br />
  21. 21. Caracterização do uso do solo e de zonas especiais <br /> Uso florestal (70,5%)<br /> Uso agrícola (21,6%)<br /><ul><li> Incultos(5,3%)
  22. 22. Improdutivos(1,3%)
  23. 23. Áreas Sociais (0,78%)
  24. 24. Superfícies aquáticas (0.4%) </li></ul>Melides*<br />Áreas sociais - 62<br />Agricultura - 2.656<br />Floresta – 11.672<br />Improdutivos - 303<br />Incultos - 772<br />Superfícies aquáticas - 50<br />Carvalhal * <br />Áreas sociais - 251<br />Agricultura - 561<br />Floresta – 3.977<br />Improdutivos - 691<br />Incultos - 708<br />Superfícies aquáticas - 191<br />Grândola*<br />Áreas sociais - 280<br />Agricultura - 9.100<br />Floresta – 25.616<br />Improdutivos - 19<br />Incultos – 1.318<br />Superfícies aquáticas - 53<br />Azinheira de Barros*<br />Áreas sociais - 49<br />Agricultura - 4.691<br />Floresta – 10.922<br />Improdutivos – 63<br />Incultos – 1.440<br />Superfícies aquáticas - 70<br />Santa Margarida da Serra*<br />Áreas sociais - 1<br />Agricultura - 667<br />Floresta – 4.465<br />Improdutivos - 0<br />Incultos - 102<br />Superfícies aquáticas - 0<br />* em ha<br />13<br />
  25. 25. Caracterização do uso do solo e de zonas Especiais <br />14<br />
  26. 26. A freguesia de Grândola é onde se centra a maior área florestal do concelho com 25.616 ha (44,4 %), bem como a maior área agrícola, com 9.100 ha (51,5 %)<br />Asclasses dos improdutivos, incultos e áreas sociais centram-se, com maior área no concelho, nas freguesias de Carvalhal, Melides e Grândola, respectivamente.<br />A maior área de ocupação das superfícies aquáticas regista-se na freguesia do Carvalhal. <br />15<br />
  27. 27. Povoamentos florestais <br />No que respeita aos povoamentos florestais, observa-se na tabela 3 uma notória predominância do sobreiro (27,2%), logo seguido do pinheiro manso (21,9%), pinheiro bravo (13,3%), eucalipto (5,9%) e azinheira com apenas 2,3%. <br />16<br />
  28. 28. <ul><li>O sobreiro corresponde à principal espécie florestal em todas as freguesias do concelho (exceptuando-se à do Carvalhal e Melides) atingindo o máximo na freguesia de Grândola com 10.690 ha
  29. 29. A segunda espécie florestal, o pinheiro manso, distribui-se também maioritariamente pela freguesia de Grândola com 7.853 ha
  30. 30. Verifica-se ainda que na freguesia de Santa Margarida da Serra a quase totalidade do uso florestal se centra com o sobreiro na Serra de Grândola </li></ul>Distribuição das espécies florestais pelo concelho de Grândola<br />Stª Margarida Serra<br />(4.465 ha)<br />Sobreiro – 4.267<br />Pinh.Manso - 6<br />Pinh. Bravo– 0<br />Azinheira – 191<br />Eucalipto- 1<br />Azinheira dos Barros <br />(10.862 ha)<br />Sobreiro – 4.930<br />Pinh.Manso - 3.929<br />Pinh. Bravo– 558<br />Azinheira - 421<br />Eucalipto- 1.025<br />Grândola (25.531 ha)<br />Sobreiro – 10.690<br />Pinh.Manso - 7.853<br />Pinh. Bravo– 4.285<br />Azinheira – 1.211<br />Eucalipto- 1.492<br />Carvalhal (3.970 ha)<br />Sobreiro - 2<br />Pinh.Manso - 650<br />Pinh. Bravo– 3.098<br />Azinheira - 0<br />Eucalipto- 220<br />Melides (11.672 ha)<br />Sobreiro – 2.064<br />Pinh.Manso - 4.759<br />Pinh. Bravo– 2.771<br />Azinheira - 0<br />Eucalipto- 2.078<br />17<br />
  31. 31. Áreas protegidas, rede natura 2000 e regime florestal <br />Rede Fundamental de Conservação de Natureza (RFCN)<br /><ul><li>uma Área Protegida de âmbito nacional:</li></ul> - a Reserva Natural do Estuário do Sado (RNES) com cerca de 695 ha<br />trêsfiguras pertencentes à Rede Natura 2000:<br /> - dois sítios da lista nacional de sítios <br /> -Sítio Estuário do Sado com cerca 1 184 ha, <br /> -Comporta/Galé com 5 713 ha<br /> - uma Zona de Protecção Especial Estuário do Sado com 325 ha<br />18<br />
  32. 32. Áreas Protegidas e Rede Natura 2000<br />19<br />
  33. 33. Unidades de vegetação<br />Vegetaçãode praia e de dunas activas litorais<br /> -Habitats naturais prioritários (zimbrais*de Juniperusturbinata)<br />Vegetaçãode dunas interiores<br /> -Matos com zimbrais de Juniperusnavicularis, urzais-tojais* e urzais-estevaismediterrânicos não litorais <br />Esta unidade surge em duas situações distintas: <br /> -na península de Tróia ocorre em manchas extensas, como revestimento único do solo ou em mosaico com sabinais (zimbrais) ou com pinhais, sempre em posição dominante<br /> -na restante área a sul do Sado surge em mosaico com pinhais, constituindo o sub-coberto destas formações. <br />O sapal *, outra unidade de vegetação com elevado valor de conservação, ocupa extensas áreas no estuário do Sado, como área de reprodução ou refúgio.<br />Vegetação palustre (que vive ou cresce nos pântanos)<br /> -Solos turfosos*<br /> -Dimensões muito pequenas <br /> -Vegetação arbustiva e herbácea<br />20<br />
  34. 34. Instrumentos de gestão florestal <br />O território do município divide-se em 4 sub-regiões homogéneas:<br />–Pinhaisdo Alentejo Litoral <br /><ul><li>Serras de Grândola e do Cercal
  35. 35. Terras do Alto Sado e Estuário
  36. 36. Vale do Baixo Sado</li></ul>21<br />
  37. 37. Pinhaisdo Alentejo Litoral<br /> -manchas contínuas de pinhal manso (ao concelho de Alcácer do Sal)<br /> -manchas contínuas de pinhal bravo (faixa litoral e norte do concelho)<br />Serrasde Grândola e do Cercal<br /> -extenso sobreiral (abandono florestal)<br />Terrasdo Alto Sado<br /> -manchas de eucalipto, de azinheira e sobreiro<br />Estuárioe Vale do Baixo Sado<br /> -Reserva Botânica das Dunas de Tróia cuja flora herbácea e arbustiva tem um papel importante na fixação das areias, e povoamentos de pinheiro bravo e manso. <br />22<br />
  38. 38. Zonas de recreio florestal, caça e pesca <br />Grande parte do território de Grândola (68,7%) encontra-se preenchido por zonas de caça. <br /> -Associativas - 33.133 ha- 41% do território municipal<br /> -Turísticas -19.661 ha- (24,3%) <br /> -Municipais - 2.748 há - 3,4% <br /> -Fica excluída a faixa litoral do concelho, onde está previsto, planeado e parcialmente executado o desenvolvimento de complexos turísticos. <br /> -Fica por ordenar cinegeticamente cerca de 38 872ha, correspondentes a 26,5% do território de Grândola. <br />23<br />
  39. 39. 24<br />

×