Re gimesTotalitários
O Fascismo Defende a prevalência, isto é, a  superioridade dos conceitos de nação,  Estado e raça sobre os valores  indiv...
DEFINIÇÃO Tipo de governo característico de  alguns países no período entre  guerras (1918 – 1939). Onde? Principalmente...
 Características básicas:   Nacionalismo extremado    (xenófobo).   Totalitarismo.   Militarismo.   Anticomunismo.  ...
   Propaganda governamental.     Educação dirigida.     Corporativismo (F).     Racismo (N).     Expansionismo territ...
PRINCIPAIS DITADORES FASCISTAS:
PropagandasPROPAGANDA COMUNISTA   PROPAGANDA FASCISTA
Na Itália O Fascismo italiano:   Itália pós-1ª Guerra Mundial: Monarquia    parlamentar com vários problemas, entre    e...
Contexto histórico No início do século 20, a Itália vivia uma  profunda crise. A unificação de seu território  foi tardia...
 Industrialização e a modernização da  economia aconteciam de forma lenta; as  diferenças entre o Sul do país, agrícola e...
 Os partidos de esquerda, comunistas e  socialistas, bem como os anarquistas,  ganhavam cada vez mais adeptos entre  os i...
Processo 1922: Marcha sobre Roma:   “Duce”. 1929: Tratado de Latrão –   Criação do Estado do Vaticano     Perseguição...
Na Alemanha O Nazismo alemão:   Alemanha pós 1ª-Guerra Mundial: República de    Weimar (parlamentar).      Tratado de V...
Processo    Combate a manifestações de esquerdistas na     Alemanha.    SA (Seções de Assalto): perseguições a     oposi...
 Busca por conquistas territoriais (“Espaço Vital”).      Não cumprimento do Tratado de Versalhes; 1932: Com a crise de...
 Criação das SS (Seções de Segurança – polícia política) e  GESTAPO (polícia secreta), ambos para perseguir opositores  o...
IMAGENS DO ANTI-SEMITISMOALEMÃO:
 Doutrinação através da educação e propaganda  (Goebbels). Criação de obras públicas, investimentos na  indústria bélica...
Espanha A Guerra Civil Espanhola (1936 – 1939) – a implantação do  fascismo na Espanha:    Espanha: industrialização tar...
Golpe de Franco                      FASCISTAS *  REPUBLICANOS        (Falange liderada  (Frente Popular +  Brigadas      ...
O FASCISMO ESPANHOL “VARRENDO OLIXO COMUNISTA”, AUXILIADO POROUTRAS POTÊNCIAS EUROPÉIAS  •   Franco recebe apoio de Hitler...
GUERNICA
Portugal  No início do século XX, Portugal não foi capaz   de resistir a todos os problemas sofridos no   continente euro...
 Inspirado em idéias de extrema direita, franca oposição os movimentos socialista e  comunista do país. Esse processo d...
 Carmona convocou Antônio de Oliveira  Salazar para que ocupasse a pasta do  Ministério da Fazenda. Salazar promoveu um ...
 http://br.truveo.com/salazar-retalhos-de-  uma-vida-e-obra/id/2105921981
 Salazar impôs uma nova carta constitucional  com traços explicitamente inspirados nos  ditames do fascismo italiano. O ...
1293455968 regimes totalitarios_europa
1293455968 regimes totalitarios_europa
1293455968 regimes totalitarios_europa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1293455968 regimes totalitarios_europa

1.675 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.675
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
947
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1293455968 regimes totalitarios_europa

  1. 1. Re gimesTotalitários
  2. 2. O Fascismo Defende a prevalência, isto é, a superioridade dos conceitos de nação, Estado e raça sobre os valores individuais. Como dizia o próprio Mussolini: "Tutto nello Stato, niente al di fuori dello Stato, nulla contro lo Stato" .
  3. 3. DEFINIÇÃO Tipo de governo característico de alguns países no período entre guerras (1918 – 1939). Onde? Principalmente ITA, ALE, POR e ESP.
  4. 4.  Características básicas:  Nacionalismo extremado (xenófobo).  Totalitarismo.  Militarismo.  Anticomunismo.  Antiliberalismo.  Unipartidarismo.  Culto ao líder.
  5. 5.  Propaganda governamental.  Educação dirigida.  Corporativismo (F).  Racismo (N).  Expansionismo territorial (N). Causas Gerais:  Crise do pós-1ª Guerra Mundial.  Crise de 29  Crescimento dos partidos socialistas (medo da burguesia).  Revanchismo.
  6. 6. PRINCIPAIS DITADORES FASCISTAS:
  7. 7. PropagandasPROPAGANDA COMUNISTA PROPAGANDA FASCISTA
  8. 8. Na Itália O Fascismo italiano:  Itália pós-1ª Guerra Mundial: Monarquia parlamentar com vários problemas, entre eles, dívidas, desemprego e inflação.  Crescimento dos grupos socialistas nas eleições.  Surgimento dos “Fascio de Combate” (1919):  fardadas de preto, tendo o apelido de “Camisas Negras”. Eram apoiados e financiados por grupos burgueses.
  9. 9. Contexto histórico No início do século 20, a Itália vivia uma profunda crise. A unificação de seu território foi tardia, as guerras tinham durado entre 1859 e 1870, mas os problemas políticos e sociais ainda não tinham terminado: o papado romano não aceitava se submeter ao rei da Itália; as várias regiões, historicamente diferentes, se recusavam a falar o italiano, preferindo os dialetos locais.
  10. 10.  Industrialização e a modernização da economia aconteciam de forma lenta; as diferenças entre o Sul do país, agrícola e muito pobre, e o Norte modernizado eram gritantes, dificultando a integração econômica. Levas de migrantes buscavam trabalho nas indústrias, esvaziando o campo, causando períodos de carestia. Ao mesmo tempo, o desemprego aumentava nas cidades industriais.
  11. 11.  Os partidos de esquerda, comunistas e socialistas, bem como os anarquistas, ganhavam cada vez mais adeptos entre os italianos, o que preocupava a elite capitalista.
  12. 12. Processo 1922: Marcha sobre Roma:  “Duce”. 1929: Tratado de Latrão –  Criação do Estado do Vaticano  Perseguição de opositores (especialmente comunistas),  Fechamento de partidos  Controle do ensino e comunicações, ênfase no patriotismo e treinamento físico, criação de obras públicas e incentivo a agricultura. 1936: invasão da Etiópia.
  13. 13. Na Alemanha O Nazismo alemão:  Alemanha pós 1ª-Guerra Mundial: República de Weimar (parlamentar).  Tratado de Versalhes.  Dívidas de guerra.  Necessidade de reconstrução.  Crise econômica.  Fome, miséria, desemprego.  Hiperinflação (chegando a 32400% ao mês!).  Crescimento dos grupos socialistas nas eleições.  1919: surgimento do PNSTA (NAZI):  Grupo semelhante aos fascistas da Itália.  Adolf Hitler
  14. 14. Processo  Combate a manifestações de esquerdistas na Alemanha.  SA (Seções de Assalto): perseguições a opositores, conhecidos como “Camisas Pardas”.  Apoiados por setores da burguesia.  Derrotados nas eleições parlamentares. 1923: PUTSCH DE MONIQUE – golpe fracassado dos nazistas.  Hitler é preso  “Mein Kampf” (Minha Luta)  Princípios básicos do nazismo  anti-semitismo (perseguição aos judeus)
  15. 15.  Busca por conquistas territoriais (“Espaço Vital”).  Não cumprimento do Tratado de Versalhes; 1932: Com a crise de 29, os nazistas se fortalecem, e conquistam 1/3 do parlamento alemão (Reichstag). 1933: Hitler é nomeado 1º ministro. 1934: Hitler é nomeado “Führer” (guia do povo) e proclama o 3º Reich (Império). Reichstag é incendiado pelos nazistas – pretexto para seu fechamento bem como o cancelamento de eleições e todos os partidos políticos. Culpa é atribuída aos comunistas que são severamente perseguidos, presos e mortos;
  16. 16.  Criação das SS (Seções de Segurança – polícia política) e GESTAPO (polícia secreta), ambos para perseguir opositores ou “ameaças” ao regime. 1935: Leis de Nuremberg  restrição da cidadania e direitos aos judeus.  Proibição de casamentos entre judeus e não judeus.  1938: Noite dos cristais  5700 estabelecimentos judaicos (entre eles 267 sinagogas) depredados, como num prenúncio do posterior holocausto.
  17. 17. IMAGENS DO ANTI-SEMITISMOALEMÃO:
  18. 18.  Doutrinação através da educação e propaganda (Goebbels). Criação de obras públicas, investimentos na indústria bélica, criação de leis trabalhistas, limitação de salários. Expansionismo militar:  1938 – anexação da ÁUSTRIA (Anchluss)  1939 – Anexação da TCHECOSLOVÁQUIA (Sudetos)  01/09/1939 – Anexação da POLÔNIA (dando origem a II Guerra Mundial
  19. 19. Espanha A Guerra Civil Espanhola (1936 – 1939) – a implantação do fascismo na Espanha:  Espanha: industrialização tardia (somente no início do século XX);  País atrasado em relação ao resto da Europa Ocidental.  1931 – Espanha vira uma República Parlamentarista.  Surgimento da FALANGE: partido fascista da Espanha, liderado por Francisco Franco; 1936: FRENTE POPULAR (coligação de esquerda reunindo socialistas, comunistas, sociais democratas e simpatizantes em geral) vencem eleições para o parlamento espanhol.
  20. 20. Golpe de Franco FASCISTAS * REPUBLICANOS (Falange liderada (Frente Popular + Brigadas por Franco + internacionais de simpatizantes) latifundiários + Igreja + classe média);
  21. 21. O FASCISMO ESPANHOL “VARRENDO OLIXO COMUNISTA”, AUXILIADO POROUTRAS POTÊNCIAS EUROPÉIAS • Franco recebe apoio de Hitler e Mussolini – “Laboratório” da II Guerra Mundial; • Vitorioso, Franco implanta violenta ditadura e fica no poder até sua morte em 1975.
  22. 22. GUERNICA
  23. 23. Portugal  No início do século XX, Portugal não foi capaz de resistir a todos os problemas sofridos no continente europeu com a Primeira Guerra e a crise de 1929.  A situação calamitosa da população trabalhadora acabou instaurando um cenário politicamente instável aproveitado pelos militares, que realizaram um golpe de Estado em 1926.
  24. 24.  Inspirado em idéias de extrema direita, franca oposição os movimentos socialista e comunista do país. Esse processo de cisão política alcançou seu auge quando o general Antonio Carmona assumiu o poder do governo lusitano. Fortemente influenciado pelo ideário nazi- fascista, Elaborou a constituição de um Estado forte aclamado pelas elites nacionais.
  25. 25.  Carmona convocou Antônio de Oliveira Salazar para que ocupasse a pasta do Ministério da Fazenda. Salazar promoveu um conjunto de ações econômicas que favorecia diretamente a grande burguesia lusitana. O apoio concedido a esse setor acabou por conduzi-lo ao governo português em 1932.
  26. 26.  http://br.truveo.com/salazar-retalhos-de- uma-vida-e-obra/id/2105921981
  27. 27.  Salazar impôs uma nova carta constitucional com traços explicitamente inspirados nos ditames do fascismo italiano. O novo documento estabeleceu a censura dos meios de comunicação, a proibição dos movimentos grevistas e a criação de um sistema político unipartidário. A partir de então, se instalava uma das mais duradouras ditaduras criadas na Europa. 1932 a 1975.

×