1261613398 descobrimentos

1.281 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.281
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
262
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1261613398 descobrimentos

  1. 1. A EXPLORAÇÃO DO OCEANO ATLÂNTICO E DA COSTA OCIDENTAL DE ÁFRICA
  2. 2. RUMOS DA EXPANSÃO BURGUESIA NOBREZA/ CLEROAPÓS O FRACASSO DA CONQUISTA DE CEUTA, SURGIRAM DUASCORRENTES DE OPINIÃO EM PORTUGAL EM RELAÇÃO AO RUMODA EXPANSÃO:A BURGUESIA – defendeu o abandono de Ceuta e o avanço nas DES- COBERTASA NOBREZA – defenderam a continuação das CONQUISTAS no norte de África
  3. 3. LENDAS DO MAR TENEBROSOMas, para a aventura no mar havia dois grandes obstáculos:1.º - Poucos meios técnicos para navegar no mar alto (falta de barcos e instrumentos de orientação)2.º - O medo do desconhecido – MAR TENEBROSO
  4. 4. UMA EXPANSÃO MARÍTIMA PREPARADA E ORGANIZADA D. João I encarregou o filho, INFANTE D. HENRIQUE, de organizar as viagens dos Descobrimentos. O Infante rodeou-se de MATEMÁTICOS, CARTÓGRAFOS e NAVEGADORES
  5. 5. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADOR DESCOBERTAS1419 MADEIRA1427 AÇORES1434 CABO BOJADOR1441 CABO BRANCO1446 GUINÉ1456 CABO VERDE1460 SERRA LEOA
  6. 6. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADORÀ medida que os portugueses foram avançando ao longo da costa afri-cana, as dificuldades foram aumentando pelo que tiveram de aperfeiço-ar os meios técnicos ligados à navegação. CARAVELA – Mais rápida e esguia do que a barca, era mais fácil de manobrar e conse- guia navegar mesmo com ventos contrários, devido às velas triangulares, permitindo a chamada navegação à bolina.
  7. 7. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADOR A navegação no mar alto obrigou à utilização de novos instrumentos de Orientação – NAVEGAÇÃO ASTRONÓMICA -, isto é, a navegação feita com o auxílio dos astros (estrelas e sol) Estrela Polar Astrolábio Balestilha QuadranteNovos conhecimentos e novas informações de outras terras vieram fazer progrediras áreas de GEOGRAFIA, MATEMÁTICA, ASTRONOMIA e CARTOGRAFIA.
  8. 8. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADORNo reinado de D. A-fonso V, a coroa a-lugou a FERNÃOGOMES a explora-ção da costa africa-na
  9. 9. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADOR No reinado de D. Jo- ão II, este rei apoiou- -se em dois navega- dores: DIOGO CÃO e BARTOLOMEU DIASPor terra, enviou dois emissários: AFONSO DE PAIVA e PERO DA COVILHÃ
  10. 10. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADOR Enquanto se preparava a viagem à Índia, houve, entre Portugal e Castela, umproblema que levou à divisão do mundo através do TRATADO DE TORDESILHAS
  11. 11. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADOR Em 1497, VASCO DA GAMA descobre o caminho marítimo para a Índia
  12. 12. DE PORTUGAL ÀS ILHAS ATLÂNTICAS E AO CABO BOJADOR Na segunda viagem efectuada à Índia, a armada, comandada por PEDRO ÁLVARES CABRAL, faz um desvio para ocidente, desco- brindo, em 1500, as TERRAS DE VERA CRUZ (BRASIL).

×