A alimentação do
bebé
“A alimentação da criança nos primeiros anos
de vida é de uma importância para o
crescimento e desenvolvimento desta. É
fu...
O hábito da alimentação é, para a criança, uma fonte
de prazer e descobertas. As cores, os aromas, os
sabores, o despertar...
Leite materno ou biberão?
• Esta é a primeira importante decisão a ser tomada.
• A OMS recomenda, por razões de higiene e ...
Amamentação
• Durante este período a mãe deve ter uma alimentação
variada e equilibrada.
•

o que a mãe comer passará atra...
Durante quanto tempo amamentar?
• Em princípio o tempo que a mãe
desejar e puder: 3 meses, 6
meses ou 1 ano.
• Mudar para ...
Com que frequência?
• Cada bebé tem o seu próprio
ritmo alimentar.
• Amamentá-lo de acordo com
a sua disponibilidade, mas
...
Vantagens do leite materno
• Contém as proporções ideais de
todos os nutrientes necessários ao
organismo do bebé: gorduras...
Cuidados gerais
• Verificar regularmente o estado das tetinas, para evitar perigo
de asfixia ou engasgamento.
• Lavar e es...
Cuidados gerais
• Verificar regularmente o estado das tetinas, para evitar perigo
de asfixia ou engasgamento.
• Lavar e es...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1202257866 a alimentacao_do_bebe3

297 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
297
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1202257866 a alimentacao_do_bebe3

  1. 1. A alimentação do bebé
  2. 2. “A alimentação da criança nos primeiros anos de vida é de uma importância para o crescimento e desenvolvimento desta. É fundamental para o processo global do desenvolvimento da criança, não só no aspecto físico, mas também na sua formação e maturação não só emocional como psicológica”.
  3. 3. O hábito da alimentação é, para a criança, uma fonte de prazer e descobertas. As cores, os aromas, os sabores, o despertar do sentido do tacto e a convivência e contacto com os pais ou amas na hora da refeição, constitui um mundo novo de sensações e estímulos. Por conseguinte, a alimentação da criança deve ser alvo de grande atenção e muitos cuidados. Uma nutrição desadequada ou desequilibrada, vai sem dúvida afectar o crescimento harmonioso e saudável.
  4. 4. Leite materno ou biberão? • Esta é a primeira importante decisão a ser tomada. • A OMS recomenda, por razões de higiene e saúde a alimentação ao peito. • Ainda que a opção seja não amamentar a todas as refeições, pode-se dar-lhe o colostro (primeiro líquido que o peito segrega). Este constitui uma valiosa fonte de anticorpos maternos que protegem o bebé de muitas doenças.
  5. 5. Amamentação • Durante este período a mãe deve ter uma alimentação variada e equilibrada. • o que a mãe comer passará através do leite para o bebé. • Deve reforçar a ingestão de líquidos: diariamente beber, pelo menos, 1 litro de leite e entre 2 a 3 litros de água  importante para a produção de leite.
  6. 6. Durante quanto tempo amamentar? • Em princípio o tempo que a mãe desejar e puder: 3 meses, 6 meses ou 1 ano. • Mudar para o biberão o mais tarde possível. • Quando mudar, há que o fazer progressivamente, alternando leite materno com outros alimentos.
  7. 7. Com que frequência? • Cada bebé tem o seu próprio ritmo alimentar. • Amamentá-lo de acordo com a sua disponibilidade, mas tendo sempre em conta o interesse da criança.
  8. 8. Vantagens do leite materno • Contém as proporções ideais de todos os nutrientes necessários ao organismo do bebé: gorduras, hidratos de carbono, vitaminas, proteínas e sais minerais. • É muito fácil de digerir, diminuindo possíveis problemas, como cólicas, prisão de ventre e/ou diarreia. • Contém anti-corpos que ajudam a proteger o bebé de possíveis infecções e alergias. • É prático. Tem a temperatura ideal e é gratuito.
  9. 9. Cuidados gerais • Verificar regularmente o estado das tetinas, para evitar perigo de asfixia ou engasgamento. • Lavar e esterilizar convenientemente todo o material de aleitamento. • Seguir rigorosamente as instruções de preparação do leite. • Nunca aproveitar leite que sobrou nem voltá-lo a aquecer, mesmo que o bebé não tenha usado alguma parte deste. • Controlar regularmente o peso do bebé, verificando que está a ser alimentado correctamente.
  10. 10. Cuidados gerais • Verificar regularmente o estado das tetinas, para evitar perigo de asfixia ou engasgamento. • Lavar e esterilizar convenientemente todo o material de aleitamento. • Seguir rigorosamente as instruções de preparação do leite. • Nunca aproveitar leite que sobrou nem voltá-lo a aquecer, mesmo que o bebé não tenha usado alguma parte deste. • Controlar regularmente o peso do bebé, verificando que está a ser alimentado correctamente.

×