1189336779 materias perigosas_i

793 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
793
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
190
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1189336779 materias perigosas_i

  1. 1. Matérias perigosas
  2. 2. Matérias perigosas MATÉR IAS P IGOSAS ER SÃO TODOS OS P ODUTOS R OU MATÉR IAS QUE P ELAS SUAS P OP IEDADES P R R ODEM P OVOCAR R DANOS ÀS P ESSOAS, ANIMAIS OU AMB IENTE.
  3. 3. Matérias perigosas A DR R egulamento internacional que def ine as condições de segurança dos transportes de mercadorias perigosas por estrada
  4. 4. Matérias perigosas Veículos ef ectuando transportes visados pelo A D R Documentos obrigatórios: DOCUMENTO DE TR ANSP TE OR DESCR EVE A MATÉR IA TR ANSP TADA NA OR LINGUA DE OR IGEM, EM FR ANCÊS, INGLÊS E ALEMÃO
  5. 5. Matérias perigosas Documentos obrigatórios: FICHA DE SEGUR ANÇA - TR ÂNSITO E DESTINO, R EDIGIDA NAS LINGUAS DE OR IGEM CER TIFICADO DE AP OVAÇÃO - VEÍCULOS R CER TIFICADO DE FOR MAÇÃO - DO CONDUTOR
  6. 6. Matérias perigosas SINALIZAÇÃO “VEICULOS CISTER NAS DE MER CADOR IAS” DUP LA SINALIZAÇÃO P AINEIS LAR ANJA ETIQUETAS DE P IGO ER
  7. 7. Matérias perigosas Nº PERIGO Nº ONU 30 Cm Tipo de painéis laranja 40 Cm Os painéis são de f undo laranja retrorref lector com as dimensões de 30 x 40 cm separado a meio no sentido longitudinal por um traço.
  8. 8. Matérias perigosas OS NUMER OS DEVEM MANTER SE LEGIVEIS AP ÓS INCÊNDIO CER CA DE 15 MINUTOS. 30 1080
  9. 9. Matérias perigosas NO CASO DE TR ANSP TAR P ODUTOS OR R EXP LOSIVOS EM CER TAS QUANTIDADES OS VEÍCULOS DEVEM TER O P AINEL LAR ANJA PERIGO EXPLOSÃO
  10. 10. Matérias perigosas OS VEÍCULOS NÃO CISTER NA, DEVER ÃO TER P AINEIS LAR ANJA SEM QUALQUER NUMER O
  11. 11. Matérias perigosas P ODE CONSULTAR AS FICHAS DE SEGUR ANÇA DE MATÉR IAS P IGOSAS, ER PELO: Nº DE P IGO ER Nº ONU DESIGNAÇÃO DA MATÉR IA
  12. 12. Matérias perigosas SINALIZAÇÃO “ VEICULOS CISTER NAS DE MER CADOR IAS ” ETIQUETAS DE P IGO ER
  13. 13. Matérias perigosas 1 – Explosivos Exemplo : DINAMITE - POLVORA ... 2 – Gás Exemplo : AR COMPR IMIDO - BUTANO...
  14. 14. Matérias perigosas 3 - Liquido Inf lamável Exemplo : GASOLINA - GASOLEO ... 4 - Sólido Inf lamável Exemplo : NAFTALINA - FOSFORO BR ANCO...
  15. 15. Matérias perigosas 5 – Comburente Exemplo : ÁGUA OXIGENADA A MAIS DE 60% 6 - Tóxico Exemplo: CIENETO DE SÓDIO - FOSFOR ETO DE ALUMÍNIO...
  16. 16. Matérias perigosas 7–R adioactivo Exemplos: URANIO - HEXAFURETO URANIO ... 8 – Corrosivo Exemplos: LIXIVIAS CAUSTICAS - ÁCIDOS... CORROSIVO
  17. 17. Matérias perigosas 1- EXP LOSIVO 2- GÁS 3- LIQUIDO INFLAMAVEL 4- SÓLIDO INFLAMAVEL 5- COMB ENTE UR 6- TÓXICO 7- R ADIOACTIVO 8- COR OSIVO R 9- R EACÇÃO VIOLENTA E EXP ONTÂNEA
  18. 18. Matérias perigosas NUM P AINEL LAR ANJA O P IMEIR R O ALGAR ISMO DO NUMER O DE P IGO ER INDICANOS O P IGO P INCIP ER R AL 30 1088 O SEGUNDO ALGAR ISMO P IGO SECUNDÁR ER IO INDICA O
  19. 19. Matérias perigosas Nº repetido perigo intensif icado 33 1088
  20. 20. Matérias perigosas O ultimo nº 9 – R eacção violenta “ Substancias espontaneamente combustíveis ” 339 1088
  21. 21. Matérias perigosas NUM P AINEL LAR ANJA EM QUE O NUMER DE P IGO É ANTECEDIDO DE O ER UMA LETR A X SIGNIFICA QUE A MATÉR IA R EAGE P IGOSAMENTE COM ER A ÁGUA. X 336 1088
  22. 22. Matérias perigosas COLOCAÇÃO DOS P AINÉIS E ETIQUETAS EM VEÍCULO CISTER NA 30 30 1080 1080
  23. 23. Matérias perigosas COLOCAÇÃO DOS P AINÉIS E ETIQUETAS EM VEÍCULO CISTER NA 30 1080 30 1080
  24. 24. Matérias perigosas ALGUNS EXEMP LOS DO Nº P IGO ER 23 SIGNIFICA GÁS , INFLAMÁVEL 33 SIGNIFICA LIQUIDO , MUITO INFLAMÁVEL 336 SIGNIFICA LIQUIDO , MUITO INFLAMÁVEL e TÓXICO
  25. 25. Matérias perigosas ALGUNS EXEMP LOS DO Nº P IGO ER 66 SIGNIFICA MATÉRIA MUITO TÓXICA X 333 SIGNIFICA MATÉRIA EXPONTANEAMENTE INFLAMÁVEL REAGINDO PERIGOSAMENTE COM ÁGUA
  26. 26. Matérias perigosas Ao consultar as f ichas de intervenção deverá ter em atenção: CARACTERISTICAS DAS MATÉRIAS Indica - nos a característica da Matéria e seus riscos
  27. 27. Matérias perigosas MEDIDAS GERAIS DE SEGURANÇA EQUIPAMENTO DE PROTECÇÃO INDIVIDUAL O QUE OS B OMB EIR OS DEVEM FAZER P A AR SUA SEGUR ANÇA E DO P LICO OU OUTR UB AS FOR ÇAS DE SEGUR ANÇA EQUIP AMENTO QUE DEVE SER UTILIZADO P ELOS B OMB EIR OS E OUTR OS
  28. 28. Matérias perigosas PROCEDIMENTO EM CASO DE FUGA OU DERRAME SEM FOGO O QUE OS B OMB EIR OS DEVEM FAZER NO CASO DE UM DER AME R P A O CONTER AR E EVITAR QUE SE INCENDEI
  29. 29. Matérias perigosas PROCEDIMENTO EM CASO DE FOGO COMO É QUE OS B OMB EIR OS DEVEM ACTUAR NO CASO DE FOGO
  30. 30. Matérias perigosas PRIMEIROS SOCORROS DISTANCIAS DE EVACUAÇÃO
  31. 31. Matérias perigosas FATOS DE P OTECÇÃO INTEGR R AL P ODUTOS QUIMICOS R
  32. 32. Matérias perigosas SISTEMAS DE SELAGEM DE FUGAS TIPO VÁCUO COM TUBO DE DRENAGEM SELAGEM DE FUGAS POR ALMOFADAS
  33. 33. Matérias perigosas BLEVE Explosão de gás em expansão proveniente de liquido em ebulição
  34. 34. Matérias perigosas O B LEVE acontece principalmente pelos seguintes f actores :  Sobreaquecimento do liquido  B aixa rápida de pressão no reservatório  Nucleação espontânea
  35. 35. Matérias perigosas Duas grandes categorias de produtos podem dar lugar a um B LEVE :
  36. 36. Matérias perigosas 1 - Todos os gases liquef eitos, combustíveis ou não, armazenados á temperatura ambiente. 2 - Os líquidos postos acidentalmente em contacto com uma f onte de calor considerável. Se estiverem encerradas em reservatórios herméticos.
  37. 37. Matérias perigosas Técnicas de prevenção - Limites da pressão CLÁSSICAS - Limites da temperatura - P revenção dos choques
  38. 38. Matérias perigosas Técnicas de prevenção - Válvulas de segurança e placas de ruptura MODER NAS - Grades metálicas - Adição de núcleos
  39. 39. Matérias perigosas Instruções gerais de emergência em caso de acidente.
  40. 40. Matérias perigosas 1 - Colocação das viaturas de socorro  Com vento por trás  Num plano superior  Distância de segurança
  41. 41. Matérias perigosas 2 - Isolar toda a área de perigo, impedindo o acesso de curiosos ao local. 3 - Não acenda qualquer chama nem provoque f aíscas. 4 - Em caso de derrame crie barreiras com terra, areia, etc.
  42. 42. Matérias perigosas 5 - Os vapores são mais pesados que o ar e podem percorrer longas distâncias através de esgotos, condutas, etc. até f ontes de ignição af astadas. I s ol e pos s í v ei s t odas as ent r adas
  43. 43. Matérias perigosas 6- P ermaneça a f avor do vento. 7 - Deslocar os f eridos para local seguro. 8 - Evitar o contacto da matéria derramada com a pele.
  44. 44. Matérias perigosas 9 - A partir dos dados adquiridos do veiculo sinistrado ( pai nel l ar anj a,et i quet as de per i go, et c . ) P edir imediatamente quanto tomar. aos inf ormações procedimentos a
  45. 45. Matérias perigosas 10 - No caso de intoxicações pedir de imediato ao CIAV instruções. 11 - Nunca utilizar directamente a água sem ter conhecimento do produto derramado ou incendiado.
  46. 46. Matérias perigosas Decisões a tomar em caso de f ogos em tanques pressurizados estacionados ou transportados.
  47. 47. Matérias perigosas Que tipo de material está envolvido ? Explosivo, um tóxico instável ou reactivo ou Outro Evacuação
  48. 48. Matérias perigosas Há quanto tempo está arder ? 10 minutos ou mais Evacuação ou Menos de 10 minutos
  49. 49. Matérias perigosas Quais são os riscos vizinhos ? Alto risco de vida ou propriedade Evacuação ou pouco risco
  50. 50. Matérias perigosas Qual é o caudal de água ? Menos de 1900 litros/minuto Evacuação ou 1900 litros/minuto ou mais
  51. 51. Matérias perigosas P ode a água ser aplicada no tanque? Não Evacuação ou Sim
  52. 52. Matérias perigosas P ode a água ser rapidamente aplicada ? Mais de 5 minutos Evacuação ou Menos de 5 minutos vá
  53. 53. Matérias perigosas SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO DE R ISCO P IGOS DE ER INFLAMAB ILIDADE 2 P IGOS P A ER AR A SAÚDE 4 0 W R EACÇÃO P IGOSA ER COM ÁGUA P IGOS DE ER R ADIOACTIVIDADE
  54. 54. Matérias perigosas

×