1185405855 250.stresse

824 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
824
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
304
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1185405855 250.stresse

  1. 1. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHSTPsicossociologia do trabalho - Curso de SHST 11 PREVENÇÃO STRESS
  2. 2. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST2 Breve históriaBreve história  StressStress é uma palavra derivada do latim,é uma palavra derivada do latim, que foi popularmente usada durante oque foi popularmente usada durante o século XVII, para representar “século XVII, para representar “ adversidade” ou “ aflição “.adversidade” ou “ aflição “. Em fins do século XVIII, o seu uso evoluiuEm fins do século XVIII, o seu uso evoluiu para denotar “ força “, “pressão” oupara denotar “ força “, “pressão” ou “esforço”, exercida primariamente pela“esforço”, exercida primariamente pela própria pessoa, seu organismo e mente.própria pessoa, seu organismo e mente. O conceito deO conceito de stressstress não é novo, mas foinão é novo, mas foi apenas desde o inicio do séc. XX que asapenas desde o inicio do séc. XX que as Ciências biológicas e Sociais iniciaram aCiências biológicas e Sociais iniciaram a investigação dos seus efeitos na saúdeinvestigação dos seus efeitos na saúde física e mental das pessoas.física e mental das pessoas.
  3. 3. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST3 O que é o Stress?O que é o Stress?  StressStress é a resposta do organismo aé a resposta do organismo a determinados estímulos que representamdeterminados estímulos que representam circunstâncias súbitas ou ameaçadoras. Paracircunstâncias súbitas ou ameaçadoras. Para se adaptar à nova situação, o corpose adaptar à nova situação, o corpo desencadeia reacções que activam adesencadeia reacções que activam a produção de hormonas, entre eles aprodução de hormonas, entre eles a adrenalina.adrenalina. Isso deixa o Indivíduo em estado de alerta eIsso deixa o Indivíduo em estado de alerta e em condições de reagir.em condições de reagir.
  4. 4. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST4 O que é o Stress ? (cont)O que é o Stress ? (cont)  Esta reacção é normal e necessária ao serEsta reacção é normal e necessária ao ser humano, só passando a ser prejudicialhumano, só passando a ser prejudicial quando se mantém de forma inadequada equando se mantém de forma inadequada e por períodos prolongados, provoca umapor períodos prolongados, provoca uma afinidade de complicações, entre elas oafinidade de complicações, entre elas o enfraquecimento do sistema de defesa,enfraquecimento do sistema de defesa, deixando o corpo vulnerável a todo o tipo dedeixando o corpo vulnerável a todo o tipo de enfermidade.enfermidade.
  5. 5. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST5 Conceito e definiçãoConceito e definição  ““StressStress é um conjunto de reacçõesé um conjunto de reacções orgânicas e psíquicas de adaptação que oorgânicas e psíquicas de adaptação que o organismo emite quando é exposto aorganismo emite quando é exposto a qualquer estimulo que o excite, irrite,qualquer estimulo que o excite, irrite, amedronte ou o faça muito feliz”.amedronte ou o faça muito feliz”. Hans SelyeHans Selye
  6. 6. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST6 Conceito e definição ( cont.)Conceito e definição ( cont.)  ““OO stressstress é uma condição absolutamenteé uma condição absolutamente necessária á vida humana saudável, poisnecessária á vida humana saudável, pois significa a energia do corpo e da psiquesignifica a energia do corpo e da psique para adaptação sistemática e permanente”para adaptação sistemática e permanente” Drº Joaquim Quintino AiresDrº Joaquim Quintino Aires
  7. 7. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST7 PerformancePerformance no trabalhono trabalho Área de melhor performance Stress no Trabalho
  8. 8. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST8 As fases doAs fases do StressStress  Ao conjunto de modificações nãoAo conjunto de modificações não especificas que ocorrem no organismo,especificas que ocorrem no organismo, SelyeSelye deu o nome de Síndroma Geral dedeu o nome de Síndroma Geral de adaptação. O nosso organismo como umadaptação. O nosso organismo como um todo psicofisico responde às váriastodo psicofisico responde às várias solicitações através de adaptações.solicitações através de adaptações.  Estas adaptações dão inicio a mecanismosEstas adaptações dão inicio a mecanismos de defesa contra ode defesa contra o stressstress, que se, que se desenvolvem em três fases:desenvolvem em três fases:
  9. 9. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST9 Fases doFases do stressstress ( cont.)( cont.)  Fase de alertaFase de alerta: ocorre quando: ocorre quando existe reacção a uma acçãoexiste reacção a uma acção externa;externa;  Fase de resistênciaFase de resistência: o indivíduo: o indivíduo pode controlar-se naturalmente oupode controlar-se naturalmente ou continuarcontinuar stressadostressado;;
  10. 10. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST10 As fases doAs fases do Stress ( cont. )Stress ( cont. )  Fase de exaustãoFase de exaustão: persistindo a: persistindo a situação desituação de stressstress, possivelmente, possivelmente surgirá uma série de doençassurgirá uma série de doenças crónicas como hipertensão,crónicas como hipertensão, úlceras, alteração do sono, etc.úlceras, alteração do sono, etc. Procure tentar evitar o stress, se não for possivel, interrompa a sua sequência, mudando alguns dos seus hábitos, mude o seu estilo de vida !!
  11. 11. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST11 Sinais deSinais de stress no trabalhostress no trabalho  É variável em função de cada indivíduo.É variável em função de cada indivíduo.  Os sinais mais frequentes são:Os sinais mais frequentes são: -Queda da eficiência;-Queda da eficiência; - Absentismo;- Absentismo; - Insegurança nas decisões;- Insegurança nas decisões; - Sobrecarga involuntária no trabalho;- Sobrecarga involuntária no trabalho; - Protelação na tomada de decisões;- Protelação na tomada de decisões; - Aumento no consumo de cigarros, alcool;- Aumento no consumo de cigarros, alcool; - Uso abusivo de medicamentos;- Uso abusivo de medicamentos; - Agravamento e ou inclusão de doenças.- Agravamento e ou inclusão de doenças.
  12. 12. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST12 Causas doCausas do StressStress  O aparecimento doO aparecimento do stressstress pode estar relacionadopode estar relacionado com situações reais ou imaginárias e as suascom situações reais ou imaginárias e as suas principais causas podem ser:principais causas podem ser:  O acumular de raiva e sentimentosO acumular de raiva e sentimentos negativos;negativos;  Problemas de relacionamento;Problemas de relacionamento;  Descontrolo diante de situações criticas;Descontrolo diante de situações criticas;  Preocupações excessivas;Preocupações excessivas;  Falta de descanso e lazer;Falta de descanso e lazer;  Excesso de actividade / má distribuição doExcesso de actividade / má distribuição do tempo;tempo;  Dificuldade de lidar com as perdasDificuldade de lidar com as perdas
  13. 13. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST13 Várias reacções do individuo aoVárias reacções do individuo ao StressStress  O individuo tende a reagir ou a ajustar-seO individuo tende a reagir ou a ajustar-se basicamente de duas maneiras:basicamente de duas maneiras: 1.1. Ajuste activo:Ajuste activo: - O individuo expressa o seu desejo de- O individuo expressa o seu desejo de mudança no local de trabalho;mudança no local de trabalho; - Afasta-se ou solicita transferencia do- Afasta-se ou solicita transferencia do serviço;serviço; - Participa em movimentos organizados- Participa em movimentos organizados ou sindicaisou sindicais ActivoActivo
  14. 14. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST14 Várias reacções do individuo aoVárias reacções do individuo ao StressStress  Ajuste passivo:Ajuste passivo: É o mais comum e conduz à alienação;É o mais comum e conduz à alienação; - O individuo deprecia o seu trabalho, sentindo-o- O individuo deprecia o seu trabalho, sentindo-o como um peso e pensa apenas na remuneração ecomo um peso e pensa apenas na remuneração e manutenção das condições físicas;manutenção das condições físicas; - O trabalho não o envolve, passando a ser- O trabalho não o envolve, passando a ser instrumentalizado de forma a que as suasinstrumentalizado de forma a que as suas satisfações sejam encontradas fora do seu local desatisfações sejam encontradas fora do seu local de trabalho;trabalho; - A relevância do absentismo e baixas médicas pela- A relevância do absentismo e baixas médicas pela predisposição à doença que se torna um escape epredisposição à doença que se torna um escape e um isolamento social do grupo de trabalho onde oum isolamento social do grupo de trabalho onde o individuo se encontra inserido.individuo se encontra inserido. Passivo
  15. 15. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST15 Sugestões para a prevençãoSugestões para a prevenção  Tenha uma alimentação saudável e regular;Tenha uma alimentação saudável e regular;  Evite fumo, café e bebidas alcoólicas;Evite fumo, café e bebidas alcoólicas;  Mantenha pelo menos uma actividade físicaMantenha pelo menos uma actividade física periódica, com orientação médica;periódica, com orientação médica;  Programe e tire férias anuais;Programe e tire férias anuais;  Crie actividades de lazer;Crie actividades de lazer;  Delegue actividades e aprenda a trabalhar emDelegue actividades e aprenda a trabalhar em grupo;grupo;  Procure ser mais compreensivo e menosProcure ser mais compreensivo e menos exigente;exigente;  Reavalie as suas actividades e modo de pensar;Reavalie as suas actividades e modo de pensar;  Administre o seu tempo realizando umaAdministre o seu tempo realizando uma actividade de cada vez.actividade de cada vez.
  16. 16. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST16 SugestõesSugestões -- Não faça uso de tranquilizantes semNão faça uso de tranquilizantes sem orientação médica;orientação médica; - Durma o suficiente para o seu descanso;- Durma o suficiente para o seu descanso; - Resolva os problemas de forma racional,- Resolva os problemas de forma racional, encarando-os positivamente;encarando-os positivamente; - Mantenha a mente alerta e o corpo relaxado;- Mantenha a mente alerta e o corpo relaxado; - Desenvolva um bom relacionamento- Desenvolva um bom relacionamento interpessoal;interpessoal; - Procure conhecer o seu organismo e- Procure conhecer o seu organismo e respeite-o, não ultrapassando os seus limites;respeite-o, não ultrapassando os seus limites; - Procure a sua paz interior;- Procure a sua paz interior; - Melhore a sua qualidade de vida !- Melhore a sua qualidade de vida ! Goste de si próprio!Goste de si próprio!
  17. 17. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST17 Ultimas noticiasUltimas noticias  Chamada como a doença da Era moderna, oChamada como a doença da Era moderna, o stressstress continua a atingir cada vez mais pessoascontinua a atingir cada vez mais pessoas em todo o mundo.em todo o mundo.  Foi identificado como sendo o segundoFoi identificado como sendo o segundo problema de saúde mais importante na Uniãoproblema de saúde mais importante na União Europeia, a seguir as perturbações músculo-Europeia, a seguir as perturbações músculo- esqueléticasesqueléticas..
  18. 18. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHSTPsicossociologia do trabalho - Curso de SHST 1818 DIAGNÓSTICO
  19. 19. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST19 METODOLOGIASMETODOLOGIAS  Entrevistas (consultas,Entrevistas (consultas, actividades de grupo)actividades de grupo)  Questionários (burnout, grau deQuestionários (burnout, grau de satisfação)satisfação)  Observação e diálogo.Observação e diálogo.
  20. 20. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST20 EntrevistasEntrevistas  É necessário falar com o médico doÉ necessário falar com o médico do trabalho para um conhecimento da históriatrabalho para um conhecimento da história clínica do trabalhador;clínica do trabalhador;  Conversar individualmente com cadaConversar individualmente com cada trabalhador;trabalhador;  Analisar em parceria com o trabalhador asAnalisar em parceria com o trabalhador as condições e substâncias a que estácondições e substâncias a que está exposto no seu local de trabalho;exposto no seu local de trabalho;  Conhecer a estrutura organizativa daConhecer a estrutura organizativa da empresa, os seus valores e todo o planoempresa, os seus valores e todo o plano de Higiene e Segurança da mesma.de Higiene e Segurança da mesma.
  21. 21. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST21 QuestionáriosQuestionários  Os questionários são umaOs questionários são uma confirmação ás entrevistas econfirmação ás entrevistas e uma forma de recolha deuma forma de recolha de informação adicional deinformação adicional de esclarecimento, tanto quantoesclarecimento, tanto quanto possível, das condições a quepossível, das condições a que esteve ou está expostoesteve ou está exposto directamente o individuo nodirectamente o individuo no ambiente de trabalho.ambiente de trabalho.
  22. 22. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST22 Observação e diálogoObservação e diálogo  A observação é um métodoA observação é um método extremamente rico emextremamente rico em informação e permite aoinformação e permite ao Técnico a confirmação de umaTécnico a confirmação de uma série de questões jásérie de questões já transmitidas e ao mesmo tempotransmitidas e ao mesmo tempo verificação “ in loco” do excessoverificação “ in loco” do excesso de trabalho, falhas nade trabalho, falhas na segurança, alterações desegurança, alterações de comportamentos e atitudes,etc.comportamentos e atitudes,etc.
  23. 23. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHSTPsicossociologia do trabalho - Curso de SHST 2323 TRATAMENTO STRESS
  24. 24. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST24 TRATAMENTOTRATAMENTO Compreende quatro fases:Compreende quatro fases:  MedicamentosaMedicamentosa: instituída dependendo da: instituída dependendo da intensidade e duração do complexo ansiedade-intensidade e duração do complexo ansiedade- depressão pensamento reiterativo;depressão pensamento reiterativo;  Condicionamento físicoCondicionamento físico: caminhadas em: caminhadas em lugares agradáveis, actividades físicas;lugares agradáveis, actividades físicas;  Desintoxicação:Desintoxicação: - desintoxicação dietética: alimentação- desintoxicação dietética: alimentação adequada;adequada; - desintoxicação corporal: fisioterapia,- desintoxicação corporal: fisioterapia, hidroterapia, medicina alternativa,hidroterapia, medicina alternativa,  ConscientizaçãoConscientização:: fase em que a pessoafase em que a pessoa stressadastressada aprende a lidar com oaprende a lidar com o stressstress, de, de modo a mantê-lo dentro dos parâmetrosmodo a mantê-lo dentro dos parâmetros desejáveis nas varias fases da vida.desejáveis nas varias fases da vida.
  25. 25. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST25 TÉCNICAS DETÉCNICAS DE RELAXAMENTORELAXAMENTO  Exercício de respiração;Exercício de respiração;  Terapia de relaxamento progressivo;Terapia de relaxamento progressivo;  Substituir os maus pensamentosSubstituir os maus pensamentos pelos bons pensamento;pelos bons pensamento;
  26. 26. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST26 RELAXERELAXE
  27. 27. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST27 Perspectiva de vidaPerspectiva de vida  Aprenda a ser menos competitivo, e,Aprenda a ser menos competitivo, e, ou menos perfeccionista,ou menos perfeccionista,  Encare as situações de conflitoEncare as situações de conflito como um desafio,como um desafio,  Aprenda a ver os problemas sobreAprenda a ver os problemas sobre um outro ângulo,um outro ângulo,  em situações de crise considereem situações de crise considere que as mesmas poderão ser umaque as mesmas poderão ser uma oportunidade para melhorar aoportunidade para melhorar a situação.situação.
  28. 28. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST28  ““Utiliza a oportunidade deUtiliza a oportunidade de mudança, como umamudança, como uma alavanca para andaresalavanca para andares para a frente”.para a frente”. Perspectiva de vidaPerspectiva de vida
  29. 29. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST29 NÃO DEIXE DE SE TRATAR,NÃO DEIXE DE SE TRATAR, A SUA QUALIDADE DEA SUA QUALIDADE DE VIDA PODEVIDA PODE MELHORAR!!!!MELHORAR!!!!
  30. 30. Psicossociologia do trabalho - Curso de SHST30 TRABALHO REALIZADOTRABALHO REALIZADO POR:POR: Ana MariaAna Maria Carla FernandesCarla Fernandes Carla RaimundoCarla Raimundo Élia PimentaÉlia Pimenta Nádea MorgadoNádea Morgado

×