Agrupamento de Escolas da Benedita
Escola Básica 2 da Benedita
Ciências da Natureza
5º Ano
Ano letivo 2012/2013
1º Período
TERRA, UM PLANETA COM VIDA - UNIDADE 0
N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TER...
TERRA, UM PLANETA COM VIDA - UNIDADE 0
N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TER...
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
Agrupamento de Escolas da Benedita
Escola Básica 2 da Benedita
Ciências da Natureza
5º ano
2º Período
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- Morfologia das plantas
sem flor
- Distinguir os constituinte...
DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONC...
UNIDADE NA DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS - UNIDADE 2
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- Microscóp...
UNIDADE NA DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS - UNIDADE 2
CONTEÚDOS OBJECTIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- Classifi...
MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- Distribuiç...
Agrupamento de Escolas da Benedita
Escola Básica 2 da Benedita
Ciências da Natureza
5º ano
3º Período
MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3
CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- Qualidade ...
N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 10
MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3
CONTEÚDOS OBJETIVOS EST...
MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3
CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- As roch...
MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3
CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS
TERMOS /
CONCEITOS
MATERIAL
- Constit...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Planifificacao 5ano cn_2012-13

419 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planifificacao 5ano cn_2012-13

  1. 1. Agrupamento de Escolas da Benedita Escola Básica 2 da Benedita Ciências da Natureza 5º Ano Ano letivo 2012/2013 1º Período
  2. 2. TERRA, UM PLANETA COM VIDA - UNIDADE 0 N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Onde Existe Vida? - Primeira aborda- gem ao conceito de Biosfera - Diagnosticar os conhecimentos adquiridos anteriormente. - Conhecer a diversidade de ambien- tes e seres vivos existentes na Biosfe- ra. - Teste diagnóstico - Diálogo/debate com os alunos - Através de observação de imagens/filmes, levar os alunos a reconhecer a diversidade do ambiente e seres vivos. - Abordagem aos conceitos de Habitat e Biosfera. - Biosfera - Habitat - Computador - Projetor - Manual - Gravuras - Observação de Transparências - Filmes didá- ticos
  3. 3. TERRA, UM PLANETA COM VIDA - UNIDADE 0 N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Diversidade nos animais - Variedade de formas e revestimentos do corpo - Compreender as relações entre as caraterísticas dos organismos e os ambientes onde vivem. - Descobrir a diversidade de formas do corpo dos animais - Referir os vários tipos de revesti- mentos. - Relacionar a forma e os vários tipos de revestimentos com o ambiente. - Como é a forma dos animais? - Exploração de PowerPoint. - Os alunos através da observação de imagens distinguirão a forma do corpo dos animais. - Como é revestido o corpo dos animais? - Através da observação os alunos irão identi- ficar os diferentes revestimentos. - Atividade experimental com uma pena de ave. - Discussão sobre a relação entre o tipo de revestimento e meio ambiente. - Levantamento das espécies animais caracte- rísticas da região e elaboração da sua ficha de caracterização. - Elaboração das fichas 3 e 4 do Caderno de Atividades. - Aerodinâmico - Hidrodinâmica - Pele nua - Escamas - Pêlo - Penas - Lupa - Penas de ave - Água - Fósforos - Vela - Conta-gotas - Caderno de atividades -Computador - Projector
  4. 4. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Locomoção no ar , na água e no solo - Reconhecer o papel dos ossos e dos músculos na locomoção. - Conhecer diferentes modos de locomoção. - Dar exemplos de animais que se deslocam nos diferentes meios. - Indicar o modo de locomoção de diferentes animais. - Referir as adaptações dos animais que se deslocam no ar, na água e no solo. - Exploração de PowerPoint e vídeos. - O que permite o movimento dos animais? - Discussão de imagens observadas. - Como se deslocam os animais no AR? Trabalho de grupo. - E na ÁGUA? Diálogo com os alunos apoiado em imagens observadas e em conhecimentos já adquiridos. - Observação da maneira como se deslocam os peixes do aquário da sala de C.N. - E no SOLO? Discussão com base em acetatos e vídeos. - Elaboração das fichas 5 e 6 do Caderno de Actividades. - Trabalho de pesquisa . - Articulação - Músculos - Locomoção - Membrana alar - Aerodinâmico - Quilha - Hidrodinâmica - Membrana interdigital - Reptação - Plantígrado - Digitígrado - Ungulígrado - Acetatos - Retroprojetor - Vídeos - Manual - Aquário - Caderno de ati- vidades - Computador - Projetor - Recursos exis- tentes na Biblio- teca da escola N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 8
  5. 5. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL  - Variedade de regimes alimentares - Comportamento dos ani- mais quando procuram e capturam o seu alimento - Relacionar os regimes alimentares dos animais com a variedade de comportamentos que apresentam. - Reconhecer a existência de diferen- tes regimes alimentares. - Relacionar a dentição com o regime alimentar. - Dar exemplos de animais segundo o seu regime alimentar. - Saber relacionar o tipo de alimenta- ção das aves com a forma do seu bico. - Descrever comportamentos con- forme o regime alimentar . - Descrever técnicas de caça. - Referir a função de certos órgãos na procura e captura do alimento -Exploração de PowerPoint e vídeos. - Colocar-se-á aos alunos a seguinte questão: Como se alimentam os animais? - Pesquisa do significado de regime alimentar e dos diferentes regimes alimentares com apoio nas imagens observadas. - Observação de vários tipos de dentição em figuras ou amostras. - Os alunos serão confrontados com o proble- ma: Como se comportam os animais para conse- guirem o seu alimento? - Interpretação de imagens e textos para des- coberta do comportamento alimentar, técnicas e armas de caça de diversos animais (aves de rapina, chita, ...) - Elaboração das fichas 7 e 8 do Caderno de Actividades. - Herbívoro - Carnívoro - Omnívoro - Insectívoro - Manual - Gravuras - Computador - Projetor - Recursos exis- tentes na Biblio- teca da escola N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 7
  6. 6. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Comportamento dos animais na época da reprodução - Animais ovíparos e vivíparos - Metamorfoses da rã e de alguns insectos - Conhecer a diversidade de comportamentos de animais relacionados com a reprodução. - Descrever comportamentos de animais na época da reprodu- ção. - Distinguir animais vivíparos de animais ovíparos. - Dar exemplos de animais vivíparos e ovíparos. - Descrever as metamorfoses da rã e de alguns insectos. - Exploração de PowerPoint e vídeos. - Trabalho de pesquisa – grupo: Dimorfismo sexual Comportam os animais na época da reprodução (pesquisa a efectuar na biblioteca) - Recolha de dados nas imagens do manual (ou outras) seguida de discussão inter turma. - Como se originam seres na reprodução sexuada? - Colheita de informação no manual e nos conhecimen- tos que os alunos detêm sobre o assunto com posterior debate. - Trabalho de pesquisa em articulação com a biblioteca escolar e registo conclusões no caderno diário. - Elaboração das fichas 9 e 10 do Caderno de Ativida- des. - Reprodução sexuada e asse- xuada - Dimorfismo sexual - Fecundação - Espermatozói- de - Óvulo - Ovíparo - Vivíparo - Eclosão - Metamorfose - Gravuras - Acetatos - Filmes - Caderno de ati- vidades - Computador - Projetor - Recursos exis- tentes na Biblio- teca da escola N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 8
  7. 7. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (animais) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Influência do Ambiente na morfologia e no compor- tamento dos animais. - Conhecer as mudanças de compor- tamento dos animais resultantes de alterações do Meio. - Identificar factores do Meio que exercem influência no comportamen- to dos animais. - Justificar a Hibernação, Estivação e Migração como consequência da variação dos factores do Meio. - Revelar atitudes responsáveis face à proteção dos animais, - Exploração de PowerPoint e vídeos. - Colocar a turma perante a questão: Como reagem os animais à variação do meio? - Recolha de informação nas imagens do manual ou outras (acetatos, vídeos etc. ). - Diálogo baseado nos conhecimentos dos alu- nos. - Realização das atividades experimentais do manual. Posterior relatório e discussão dos resultados. - Debate inter grupos sobre esta questão e sua importância. - Elaboração das fichas 11 e 12 do Caderno de Atividades. - Realização da ficha de avaliação da Unidade 1 referente aos animais das páginas 104 e 105 do manual. - Hibernação - Estivação - Migração - Manual - Acetatos - Vídeos - Tubo de ensaio - Terra - Tina de vidro - Lanterna - Minhocas - Caderno de ati- vidades - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 4 Nº de aulas previstas no final do 1º período 39
  8. 8. Agrupamento de Escolas da Benedita Escola Básica 2 da Benedita Ciências da Natureza 5º ano 2º Período
  9. 9. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Morfologia das plantas com flor - Identificar os órgãos de uma planta completa. - Identificar os vários tipos de raízes - Conhecer a constituição de uma raiz - Classificar os vários tipos de raízes quanto à forma - Dar exemplos de raízes comestíveis - Conhecer as funções do caule e a sua constituição - Classificar os diferentes tipos de caules quanto à forma - Dar exemplos de caules comestíveis - Conhecer as funções do caule e a sua constituição - Classificar os diferentes tipos de caules quanto à forma - Exploração de PowerPoint e vídeos. - Diálogo apoiado em diapositivos e/ou em figuras. - Trabalho de grupo: Distribuição de várias amostras de plantas e identificação dos seus constituintes. - Recolha de diferentes tipos de raízes para identificar a sua constituição elaborando esquemas legendados, com apoio do manual. - Trabalho de pesquisa em articulação com a biblioteca escolar.. - Utilização de chave dicotómica classificação das amostras de raízes. - Pesquisar as funções do caule com base na informação do manual. - Coifa - Zona Pilosa - Zona de rami- ficação - Zona de cres- cimento - Nó - Entrenó - Gema - Diapositivos - Livros - Amostras de plantas - Chave dicotó- mica - Amostras de raízes e caules - Chave dicotó- mica - Computador - Projetor - Recursos exis- tentes na Biblio- teca da escola
  10. 10. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Morfologia das plantas com flor (cont.) - Identificar partes constituintes de uma folha. - Explicar as funções da folha. - Classificar as folhas quanto à for- ma, nervação, recorte e divisão do limbo. - Identificar os órgãos constituintes da flor. - Exploração de PowerPoint e vídeo - Fornecer aos grupos de trabalho amostras de folhas para identificação das suas partes cons- tituintes, tendo as figuras do manual como apoio - Posterior elaboração no caderno diário de um esquema legendado - Apresentação e exploração de um acetato simplificado mas ilustrativo da circulação da seiva bruta e elaborada e também das trocas gasosas - Utilização de chaves dicotómicas para classi- ficação das amostras anteriormente recolhidas - Observação de amostras de flores e posterior estudo comparativo com o modelo de flor exis- tente na escola - Elaboração das fichas 13 e 14 do Caderno de Atividades. - Limbo - Nervura - Seiva Bruta/ Elaborada - Carpelo - Estame - Estigma - Estilete - Pétala - Sépala - Pedúnculo - Corola - Androceu - Gineceu - Recetáculo - Óvulo - Amostras de folhas - Manual - Chaves dicotó- micas - Amostras de flo- res - Modelo de flor - Pinça; Lupa - Agulha de disse- cação - Revistas - Caderno de ati- vidades - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6
  11. 11. CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Morfologia das plantas sem flor - Distinguir os constituintes das plan- tas sem flor. - Compreender que os esporos são as estruturas que intervêm na reprodu- ção das plantas sem flor. - Exploração de PowerPoint e vídeos - Realização da atividade prática do manual da página 122. - Elaboração de cartazes e esquemas. - Trabalho de pesquisa em articulação com a biblioteca escolar. - Elaboração de um herbário com plantas da região (opcional). - Visita ao Parque Nacional da Serra Aires e Candeeiros (opcional). - Talo - Rizóide - Caulóide - Filoide - Diapositivos - Livros - Amostras de plantas - Chave Dicotómi- ca - Revistas - Computador - Projetor - Recursos existen- tes na Biblioteca da escola N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 3 DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1
  12. 12. DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS E SUAS RELAÇÕES COM O MEIO (plantas) - UNIDADE 1 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Influência dos factores do meio nas plantas - Reconhecer que as plantas estão adaptadas ao meio em que vivem. - Relacionar a morfologia das plantas com os factores do ambiente. - Reconhecer a influência do Homem nas plantas. - Assumir uma consciência ecológi- ca. - Exploração de PowerPoint e vídeos - Interpretação de experiências descritas no manual. - Realização de atividades experimentais com vista a estudar a influência dos fatores do meio na morfologia das plantas. - Realização da ficha de avaliação da Uni- dade 1 referente às plantas das páginas 138 e 139 do manual. --Trabalho de pesquisa em articulação com a biblioteca escolar com posterior debate acer- ca do tema. - Plantas xerófilas e hidrófilas. - Folhagem caduca e folhagem persis- tente. - Obscuridade - Material de laboratório diverso. - Manual. - Caderno de ati- vidades. - Computador - Projetor - Recursos exis- tentes na Biblio- teca da escola N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 3
  13. 13. UNIDADE NA DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS - UNIDADE 2 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Microscópio - Constituição das células - Reconhecer a importância do MICROSCÓPIO; - Identificar as características da imagem ao microscópio. - Compreender que existe unidade na constituição dos seres vivos; - Distinguir seres unicelulares de seres pluricelulares - Exploração de PowerPoint e vídeos - Observação de uma letra ao microscópio com cálculo de ampliação total. - Fazer esquema legendado das partes consti- tuintes do microscópio - Manuseamento do microscópio. - Observação da epiderme da cebola ao microscópio. - Observação de uma infusão de salsa e prepa- rações definitivas existentes na escola. - Elaboração de relatórios das atividades expe- rimentais. - Núcleo - Citoplasma - Membrana celular - Parede celular - Seres unicelu- lares - Seres pluricelu- lares - Microscópio - Lâmina - Lamela - Tesoura - Letra de jornal - Manual - Cebola - Infusão - Preparações definitivas - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6
  14. 14. UNIDADE NA DIVERSIDADE DOS SERES VIVOS - UNIDADE 2 CONTEÚDOS OBJECTIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Classificação dos seres vivos - Importância da classifica- ção dos seres vivos. - Reconhecer a importância / neces- sidade de classificar os seres vivos. - Saber utilizar chaves dicotómicas para classificar seres vivos. - Exploração de PowerPoint e vídeos - Classificação de seres vivos representados no manual, utilizando chaves dicotómicas. - Realização e exploração da atividade pro- posta na pág. 166 do manual. - Realização da ficha 15 do caderno do ativi- dades. - Realização da ficha de avaliação da Uni- dade 2 das páginas 168 e 169 do manual. - Reino - Filo - Classe - Ordem - Família - Género - Espécie - Manual - Chaves dico- tómicas - Caderno de ati- vidades - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 4
  15. 15. MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Distribuição da água e sua importância para os seres vivos. - A água como solvente.    - Compreender que a água é fonte de vida. - Conhecer as funções da água no nosso organismo. - Conhecer a distribuição e o circuito da água na natureza - Reconhecer que a água é um bom solvente. - Indicar as propriedades da água.   - Exploração de PowerPoint e vídeos - Leitura e exploração de textos e imagens. - Realização de trabalhos escritos e ou car- tazes alusivos ao tema. - Atividades experimentais que eviden- ciem o poder dissolvente da água - Atividades experimentais sugeridas no manual. - Elaboração de trabalhos escritos e ou car- tazes. - Debates - Evaporação - Condensação - Precipitação - Transpiração - Solvente - Solução - Soluto - Solução Saturada - Deposito - Água Salobra - Suspensão - Manual - Água; Açúcar - Azeite; Farinha - Gobelés - Varetas - Manual - Tripé - Lamparina - Papel de filtro - Rede de amianto - Funil - Solo de jardim - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 5 Nº Total de aulas previstas no 2º Período 27
  16. 16. Agrupamento de Escolas da Benedita Escola Básica 2 da Benedita Ciências da Natureza 5º ano 3º Período
  17. 17. MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Qualidade da água. - Tratamento da água. - Distinguir água potável de água doce, salgada, salobra mineral e ter- mal. - Compreender que a água se pode tratar. - Distinguir os processos tratamento da água. - Reconhecer que a água se encontra poluída na natureza. - Identificar fatores poluentes. - Compreender a necessidade de uma boa gestão da água. - Exploração de PowerPoint e vídeos - Leitura e exploração de textos e imagens. - Realização de trabalhos escritos e ou cartazes alusivos ao tema. - Observação e interpretação do ciclo da água. - Observação de um copo com água e retirar conclusões. - Trabalho de pesquisa em articulação com a biblioteca escolar. - Elaboração de trabalhos escritos e ou carta- zes. - Debates - Elaboração das fichas 16 e 17 do Caderno de Atividades. - Visita de estudo à ETAR dos Freires (opcio- nal). - Levantamento dos recursos hídricos da região (fontes, lagoas e cisternas). - Floculação - Decantação - Cloração - Água potável - Etar. - Efluentes - Águas resi- duais - Manual - Acetatos - Água - Jornais e revis- tas - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 8
  18. 18. N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 10 MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3 CONTEÚDOS OBJETIVOS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Importância do ar para os seres vivos - Constituintes do ar e importância dos gases. - Propriedades dos gases atmosféricos. - Importância dos gases atmosféricos. - Qualidade do ar. - Fatores que alte- ram a qualidade do ar. - Poluição e con- servação do ar. - Reconhecer que o ar é uma mistura de gases. - Identificar os constituintes do ar. - Identificar propriedades de alguns constituintes do ar. - Reconhecer a importância dos gases atmosféricos para os seres vivos, medicina e indústria. - Compreender a necessidade de pre- servar o ar. - Identificar fontes de contaminação do ar. - Reconhecer consequências graves da poluição atmosférica. - Sugerir modos de diminuir a polui- ção atmosférica. - Através do diálogo e da exploração das figuras do manual. - Exploração de PowerPoint. - Deteção de conhecimentos anteriores dos alunos, soli- citando-os a enunciarem provas da existência do ar. - Realização das atividades experimentais das páginas 25 a 29 do manual e discussão dos resultados. - Elaboração dos respetivos relatórios. - Exploração de imagens do manual e discussão com base na análise feita e nos conhecimentos dos alunos. - Trabalho de pesquisa em articulação com a biblioteca escolar. - Elaboração das fichas 1 e 2 do Caderno de Activida- des. - Realização da ficha de avaliação da Unidade 0 das páginas 40 e 41 do manual. - Debater/analisar a importância do Parque Eólico para a qualidade do ar. - Combustão - Comburente - Combustível - Incomburente - Incombustível - Poluição - Poluente - Efeito de estufa - Chuvas ácidas - Manual ado- tado. - Material de laboratório necessário as experiências. - Manual - Revistas - Cartolinas - Livros - Computador - Caderno de atividades - Projetor
  19. 19. MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3 CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - As rochas, o solo e os seres vivos. - As rochas; rochas frequen- tes da região - Propriedades das rochas - Rochas e actividades humanas - Formação do solo. - Distinguir mineral de rocha. - Relacionar paisagens naturais com a rocha predominante. - Indicar propriedades de uma rocha tendo por base a observação. - Identificar rochas utilizando Chave Dicotómica - Exemplificar diversas utilizações das rochas. - Relacionar as propriedades das rochas com as suas aplicações. - Compreender que a alteração das rochas contribui para a formação do solo. - Exploração de PowerPoint e vídeos - Sugere-se uma saída de campo como forma de sensibilização para o estudo desta unidade. - Observação de amostras de rochas (recolhi- das ou não pelos alunos), registo das suas pro- priedades no caderno diário. - Realização da atividade experimental da página 194 e 195 do manual. - Através do diálogo detetar conhecimentos prévios dos alunos sob utilização de rochas. - Explorar as imagens do manual solicitar exemplos de outras aplicações de rochas. - A que se deve a formação do solo? Recolha de opiniões e debate inter turma. - Elaboração de um trabalho de pesquisa sobre as rochas da região, abordando os conteúdos lecionados. - Rocha - Mineral - Granito - Basalto - Calcário - Argila - Areia - Arenito - Xisto - Coerência - Textura - Dureza - Reação - Erosão - Material de campo - Amostras de várias rochas. - Manual adota- do. - Material de laboratório - Chave dicotó- mica - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6
  20. 20. MATERIAIS TERRESTRES SUPORTES DE VIDA - UNIDADE 3 CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS TERMOS / CONCEITOS MATERIAL - Constituintes do solo. - Tipos de solos. - Gestão incorrecta do solo. - Conservação dos solos. - Identificar agentes erosivos - Distinguir os diferentes horizontes de um solo. - Justificar a importância do húmus. - Comparar diferentes tipos de solos. - Relacionar a constituição do solo com a sua permeabilidade. - Reconhecer que a gestão incorrecta dos solos é responsável pela sua infertilidade. - Referir processos de conservação dos solos - Exploração de PowerPoint e vídeos - Atividade experimental proposta na pág. 204 e 206 do manual. - Elaboração das fichas 18 e 19 do Caderno de Actividades. - Realização da ficha de avaliação da Uni- dade 3 das páginas 212 e 213 do manual.  - Solo - Subsolo - Húmus - Permeabilidade - Solo argiloso - Solo calcário - Solo franco - Drenagem - Adubação - Irrigação - Gobelés - Amostras de Solos diferentes - Funis - Palha de aço - Agua - Diapositivos - Manual adota- do - Computador - Projetor N.º de Aulas Previstas incluindo a avaliação: 6 N.º Total de aulas previstas no 3º período: 30

×