Sistema UrinárioSistema Urinário
IntroduçãoIntrodução
• É constituído pelos órgãos uropoéticos, ou seja,
incumbidos de elaborar a urina e armazená-la
tempo...
IntroduçãoIntrodução
Os órgãos urinários compreendem:
•Rins (2), que produzem a urina;
•Ureteres (2) ou ductos, que transp...
IntroduçãoIntrodução
• Além dos RINS, as estruturas restantes
funcionam como um encanamento
constituindo as vias do trato ...
RinsRins
• São órgãos pares (grão de feijão), localizados logo acima da cintura,
entre o peritônio e a parede posterior do...
RinsRins
• Na margem medial côncava de cada rim
encontra-se o HILO RENAL – onde a artéria
renal entra e a veia e a pelve r...
Rins – Anatomia ExternaRins – Anatomia Externa
Cada rim apresenta:
A. FACES (2) - Anterior e Posterior. As duas são
lisas,...
Rins:
Anatomia
Externa
Rins:
Anatomia
Externa
HILOHILO
Pelve RenalPelve Renal
Rins – Anatomia InternaRins – Anatomia Interna
Córtex renal - área avermelhada de textura lisa.
Medula renal – área marron...
Rins:
Anatomia
Interna
Rins:
Anatomia
Interna
Cálices MaioresCálices Maiores
Cálices MenoresCálices Menores
Cálices Menore...
RinsRins
Partes do rim:
1. Pirâmide renal
2. Artéria eferente
3. Artéria renal
4. Veia renal
5. Hilo renal
6. Pelve renal
...
Funções dos RINSFunções dos RINS
• Os Rins realizam a filtração do sangue e a formação
da urina, contribuindo para a homeo...
NÉFRONSNÉFRONS
1. Corpúsculo Renal:
- Cápsula Glomerular (de
Bowman);
- Glomérulo – rede de
capilares sanguíneos
enovelado...
Glândula Supra-renal (Adrenal)Glândula Supra-renal (Adrenal)
• As glândulas Supra-renais (Adrenais) estão
localizadas entr...
Glândula
Supra-renal
(Adrenal)
Glândula
Supra-renal
(Adrenal)
Glândula Supra-renal (Adrenal)Glândula Supra-renal (Adrenal)
UretéresUretéres
• São dois tubos que transportam a urina
dos rins para a bexiga.
• A Pelve renal é a extremidade superior...
UretéresUretéres
Os ureteres são capazes
de realizar contrações
rítmicas denominadas
peristaltismo. A urina se
move ao lon...
UretéresUretéres
BEXIGA urináriaBEXIGA urinária
• Funciona como um reservatório temporário
para o armazenamento da urina. Quando
vazia, a b...
BEXIGA urináriaBEXIGA urinária
• Quando está cheia, sua superfície interna
fica lisa. Uma área triangular na superfície
po...
BEXIGA urináriaBEXIGA urinária
• A saída da bexiga urinária contém o músculo
chamado esfíncter interno, que se contrai
inv...
BEXIGA urináriaBEXIGA urinária
BEXIGA
urinária
BEXIGA
urinária
BEXIGA
urinária -
Masculina
BEXIGA
urinária -
Masculina
BEXIGA urinária –
Feminina
BEXIGA urinária –
Feminina
UretraUretra
• É um tubo que conduz a urina da Bexiga
para o meio externo, sendo revestida por
mucosa que contém grande qu...
URETRA
Masculina X Feminina
URETRA
Masculina X Feminina
• As uretras masculinas e a femininas se diferem em
seu trajeto.
•...
URETRA
Masculina X Feminina
URETRA
Masculina X Feminina
URETRA - MasculinaURETRA - Masculina
URETRA - FemininaURETRA - Feminina
URETRA -
Feminina
URETRA -
Feminina
Anatomia - Sistema Urinário
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Anatomia - Sistema Urinário

6.510 visualizações

Publicada em

Slides para auxílio de alunos de Medicina e Enfermagem

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Anatomia - Sistema Urinário

  1. 1. Sistema UrinárioSistema Urinário
  2. 2. IntroduçãoIntrodução • É constituído pelos órgãos uropoéticos, ou seja, incumbidos de elaborar a urina e armazená-la temporariamente até a oportunidade de ser eliminada para o exterior. • Na urina encontramos ácido úrico, ureia, sódio, potássio, bicarbonato, etc. • Pode ser dividido em: • órgãos secretores - que produzem a urina • órgãos excretores - que são encarregados de processar a drenagem da urina para fora do corpo.
  3. 3. IntroduçãoIntrodução Os órgãos urinários compreendem: •Rins (2), que produzem a urina; •Ureteres (2) ou ductos, que transportam a urina para a bexiga; •Bexiga (1), onde fica retida a urina por algum tempo; •Uretra (1), através da qual expelimos a urina do corpo.
  4. 4. IntroduçãoIntrodução • Além dos RINS, as estruturas restantes funcionam como um encanamento constituindo as vias do trato urinário. • Essas estruturas – ureteres, bexiga e uretra – não modificam a urina ao longo do caminho, ao contrário, elas armazenam e conduzem a urina do rim para o meio externo.
  5. 5. RinsRins • São órgãos pares (grão de feijão), localizados logo acima da cintura, entre o peritônio e a parede posterior do abdome. • São chamados retroperiotoneais, por estarem posicionados por trás do peritônio da cavidade abdominal. • Cada rim tem cerca de 11,25cm de comprimento, 5 a 7,5cm de largura e um pouco mais que 2,5cm de espessura. • O esquerdo é um pouco mais comprido e mais estreito do que o direito. • O rim direito normalmente situa-se ligeiramente abaixo do rim esquerdo devido ao grande volume do fígado.
  6. 6. RinsRins • Na margem medial côncava de cada rim encontra-se o HILO RENAL – onde a artéria renal entra e a veia e a pelve renal deixam o seio renal. • O SEIO RENAL é ocupado pela pelve renal, cálices, nervos, vasos sanguíneos e linfáticos e uma variável quantidade de gordura.
  7. 7. Rins – Anatomia ExternaRins – Anatomia Externa Cada rim apresenta: A. FACES (2) - Anterior e Posterior. As duas são lisas, porém a anterior é mais abaulada e a posterior mais plana.   B. BORDAS (2) - Medial (côncava) e Lateral (convexa). C. EXTREMIDADES (2) - Superior (Glândula Supra-Renal) e Inferior (a nível de L3).
  8. 8. Rins: Anatomia Externa Rins: Anatomia Externa HILOHILO Pelve RenalPelve Renal
  9. 9. Rins – Anatomia InternaRins – Anatomia Interna Córtex renal - área avermelhada de textura lisa. Medula renal – área marron-avermelhada profunda. •Pirâmides Renais. A base (extremidade mais larga) de cada pirâmide olha o córtex, e seu ápice (extremidade mais estreita), chamada Papila Renal, aponta para o HILO do rim. •No córtex e nas pirâmides renais temos a parte funcional, onde estão as unidades funcionais dos rins – estruturas chamadas NÉFRONS. •A urina, formada pelos néfrons, é drenada para os grandes ductos papilares, projeções das papilas renais. •Os ductos drenam para estruturas chamadas Cálices Renais Menor e Maior. O Cálice Menor recebe urina dos ductos papilares e a transporta até um Cálice Maior. Do Cálice Maior, a urina drena para a grande cavidade chamada PELVE RENAL e depois para fora, pelo ureter, até a bexiga urinária. O hilo renal se expande em uma cavidade, no rim, chamada SEIO RENAL.
  10. 10. Rins: Anatomia Interna Rins: Anatomia Interna Cálices MaioresCálices Maiores Cálices MenoresCálices Menores Cálices MenoresCálices Menores CórtexCórtex Medula (Pirâmide) Medula (Pirâmide) Papila da PirâmidePapila da Pirâmide Base da PirâmideBase da Pirâmide Pelve RenalPelve Renal
  11. 11. RinsRins Partes do rim: 1. Pirâmide renal 2. Artéria eferente 3. Artéria renal 4. Veia renal 5. Hilo renal 6. Pelve renal 7. Ureter 8. Cálice menor 9. Cápsula renal 10. Cápsula renal inferior 11. Cápsula renal superior 12. Veia aferente 13. Néfron 14. Cálice menor 15. Cálice maior 16. Papila renal 17. Coluna rena
  12. 12. Funções dos RINSFunções dos RINS • Os Rins realizam a filtração do sangue e a formação da urina, contribuindo para a homeostasia dos líquidos do corpo de várias maneiras. • Regulação da composição iônica do sangue; • Manutenção da osmolaridade do sangue; • Regulação do volume sanguíneo; • Regulação da pressão arterial;  • Regulação do pH do sangue; • Liberação de hormônios; • Regulação do nível de glicose no sangue; • Excreção de resíduos e substâncias estranhas
  13. 13. NÉFRONSNÉFRONS 1. Corpúsculo Renal: - Cápsula Glomerular (de Bowman); - Glomérulo – rede de capilares sanguíneos enovelados dentro da cápsula glomerular.   2. Túbulo Renal: - Túbulo contorcido proximal; - Alça do Néfron (de Henle); - Túbulo contorcido distal; - Túbulo ou ductor coletor.
  14. 14. Glândula Supra-renal (Adrenal)Glândula Supra-renal (Adrenal) • As glândulas Supra-renais (Adrenais) estão localizadas entre as faces supero-mediais dos rins e o diafragma. • Cada glândula supra-renal possui duas partes: o Córtex e a Medula supra-renal, ambas produzindo diferentes hormônios. • A medula supra-renal secreta dois hormônios: epinefrina (adrenalina) e norepinefrina. • O córtex secreta os esteroides (cortisol e aldosterona).
  15. 15. Glândula Supra-renal (Adrenal) Glândula Supra-renal (Adrenal)
  16. 16. Glândula Supra-renal (Adrenal)Glândula Supra-renal (Adrenal)
  17. 17. UretéresUretéres • São dois tubos que transportam a urina dos rins para a bexiga. • A Pelve renal é a extremidade superior do uretér, localizada no interior do rim. • Descendo, abre-se no óstio do uretér situado no assoalho da bexiga urinária. • Em virtude desse seu trajeto, distinguem- se duas partes do ureter: abdominal e pélvica.
  18. 18. UretéresUretéres Os ureteres são capazes de realizar contrações rítmicas denominadas peristaltismo. A urina se move ao longo dos ureteres em resposta à gravidade e ao peristaltismo.
  19. 19. UretéresUretéres
  20. 20. BEXIGA urináriaBEXIGA urinária • Funciona como um reservatório temporário para o armazenamento da urina. Quando vazia, a bexiga está localizada inferiormente ao peritônio e posteriormente à sínfise púbica: quando cheia, ela se eleva para a cavidade abdominal. • É um órgão muscular oco, elástico que, nos homens situa-se diretamente anterior ao reto e, nas mulheres está à frente da vagina e abaixo do útero.
  21. 21. BEXIGA urináriaBEXIGA urinária • Quando está cheia, sua superfície interna fica lisa. Uma área triangular na superfície posterior da bexiga não exibe rugas. Esta área é chamada trígono da bexiga e é sempre lisa. Este trígono é limitado por três vértices: os pontos de entrada dos dois ureteres e o ponto de saída da uretra. • O trígono é importante clinicamente, pois as infecções tendem a persistir nessa área.
  22. 22. BEXIGA urináriaBEXIGA urinária • A saída da bexiga urinária contém o músculo chamado esfíncter interno, que se contrai involuntariamente, prevenindo o esvaziamento. • Inferiormente ao músculo esfíncter, envolvendo a parte superior da uretra, está o esfíncter externo, que é controlado voluntariamente, permitindo a resistência à necessidade de urinar. • A capacidade média da bexiga urinária é de 700 – 800ml; é menor nas mulheres porque o útero ocupa o espaço imediatamente acima da bexiga.
  23. 23. BEXIGA urináriaBEXIGA urinária
  24. 24. BEXIGA urinária BEXIGA urinária
  25. 25. BEXIGA urinária - Masculina BEXIGA urinária - Masculina
  26. 26. BEXIGA urinária – Feminina BEXIGA urinária – Feminina
  27. 27. UretraUretra • É um tubo que conduz a urina da Bexiga para o meio externo, sendo revestida por mucosa que contém grande quantidade de glândulas secretoras de muco. • A uretra se abre para o exterior através do óstio externo da uretra.
  28. 28. URETRA Masculina X Feminina URETRA Masculina X Feminina • As uretras masculinas e a femininas se diferem em seu trajeto. • Na mulher, a uretra é curta (3,8cm) e faz parte exclusivamente do sistema urinário. Seu óstio externo localiza-se anteriormente à vagina e entre os lábios menores. • No homem, a uretra faz parte dos sistemas urinário e reprodutor. Medindo cerca de 20cm, é muito mais longa que a uretra feminina. Quando a uretra masculina deixa a bexiga, ela passa através da próstata e se estende ao longo do comprimento do pênis. Assim, a uretra masculina atua com duas finalidades: conduz a urina e o esperma.
  29. 29. URETRA Masculina X Feminina URETRA Masculina X Feminina
  30. 30. URETRA - MasculinaURETRA - Masculina
  31. 31. URETRA - FemininaURETRA - Feminina
  32. 32. URETRA - Feminina URETRA - Feminina

×