SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Hemofilia
Biologia
Centro de Ensino Isaura Amorim
Cidelândia
2014
por Pedro Gervásio
O que é hemofilia?
Hemofilia é uma doença hereditária
causada por uma falha no sistema de
coagulação do sangue, de modo que a
pessoa hemofílica poder ter hemorragias
abundantes mesmo em pequenos
ferimentos.
Hemofilia
História
A hemofilia é, muitas vezes, associada
à história da Monarquia na Europa.
A rainha Vitória passou a doença ao seu
filho Leopoldo, e através de várias das suas
filhas, a várias famílias reais Europeias,
incluindo as famílias reais
da Espanha, Alemanha, e Rússia. Alexei
Romanov, filho do Czar Nicolau II da Rússia,
foi um dos descendentes da Rainha Vitória
que herdou a doença.
Hemofilia
História
A rainha Vitória passou a
hemofilia para muitos dos
seus descendentes.
Alexei Nikolaevich Romanov
(1904-1918) filho de Nicolau II
último imperador da Rússia era
hemofílico.
Agora vejamos no próximo slide, uma
representação esquemática da herança
da hemofilia no casamento de um homem
normal com mulher portadora do alelo
condicionante da doença.
Hemofilia
Mulher normal
portadora
Homem
normal
Xh
XH
X H
Y
X
X XH H
Mulher
normal
X YH
Homem
normal
X XH h
Mulher
portadora
X Yh
Homem
hemofílico
X XH h
X YH
Representação esquemática
Sinais e sintomas
Os sintomas característicos variam de acordo com
a gravidade. Em geral os sintomas são episódios de
sangramento interno ou externo, que são
chamados de "sangrias". Pacientes com hemofilia
mais grave sofrem sangramentos mais sérios e mais
frequentes, enquanto os pacientes com hemofilia
leve geralmente sofrem os sintomas mais leves,
exceto após a cirurgia ou trauma grave. Hemofílicos
moderados têm sintomas variáveis que se
manifestam ao longo de um espectro entre formas
graves e leves.
Hemofilia
Tratamento
Não há cura para a hemofilia, mas existem
vários estudos que procuram a melhora do
tratamento. Controla-se a doença com
injeções regulares dos fatores de
coagulação deficientes. Alguns hemofílicos
desenvolvem anticorpos (chamadas de
inibidores) contra os fatores que lhe são
dados através do tratamento.
Hemofilia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Hemofilia A
Hemofilia AHemofilia A
Hemofilia A
 
Anemia falciforme
Anemia falciformeAnemia falciforme
Anemia falciforme
 
Genética hemofilia A
Genética   hemofilia AGenética   hemofilia A
Genética hemofilia A
 
Anemias hemoliticas..
Anemias hemoliticas..Anemias hemoliticas..
Anemias hemoliticas..
 
Anemia Falciforme
Anemia FalciformeAnemia Falciforme
Anemia Falciforme
 
Albinismo
AlbinismoAlbinismo
Albinismo
 
Doença Falciforme - Manual do Paciente
Doença Falciforme - Manual do PacienteDoença Falciforme - Manual do Paciente
Doença Falciforme - Manual do Paciente
 
Anemia falciforme ajmf
Anemia falciforme   ajmfAnemia falciforme   ajmf
Anemia falciforme ajmf
 
Anemia falciforme
Anemia falciformeAnemia falciforme
Anemia falciforme
 
Síndrome de patau
Síndrome de patauSíndrome de patau
Síndrome de patau
 
Anemia Falciforme
Anemia Falciforme Anemia Falciforme
Anemia Falciforme
 
Anemia falciforme
Anemia falciformeAnemia falciforme
Anemia falciforme
 
Anemia falciforme
Anemia falciformeAnemia falciforme
Anemia falciforme
 
Síndrome de Chédiak-Higashi
Síndrome de Chédiak-HigashiSíndrome de Chédiak-Higashi
Síndrome de Chédiak-Higashi
 
Anemia falciforme
Anemia falciformeAnemia falciforme
Anemia falciforme
 
Apresentação do trabalho de Anemia. Enfermagem Florence.
Apresentação do trabalho de Anemia. Enfermagem Florence.Apresentação do trabalho de Anemia. Enfermagem Florence.
Apresentação do trabalho de Anemia. Enfermagem Florence.
 
Anemia completo
Anemia completoAnemia completo
Anemia completo
 
Síndrome de patau
Síndrome de patauSíndrome de patau
Síndrome de patau
 
Hemoglobinopatias
HemoglobinopatiasHemoglobinopatias
Hemoglobinopatias
 
Anemia falciforme
Anemia falciformeAnemia falciforme
Anemia falciforme
 

Destaque

15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto
15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto
15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja prontoserafim28regufe
 
Presentacion hemofilia
Presentacion hemofiliaPresentacion hemofilia
Presentacion hemofiliavero455
 
Hemofilia[2]
Hemofilia[2]Hemofilia[2]
Hemofilia[2]tiafer96
 
PACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIAS
PACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIASPACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIAS
PACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIASNadia Morais Tonussi
 
Tratamento alveolites, pericoronarites e hemorragias
Tratamento alveolites, pericoronarites e hemorragiasTratamento alveolites, pericoronarites e hemorragias
Tratamento alveolites, pericoronarites e hemorragiasAdriana Mércia
 
Odontologia
OdontologiaOdontologia
OdontologiaJohn Fjv
 
Reina sobre mim
Reina sobre mimReina sobre mim
Reina sobre mimLiu Santos
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
HemofiliaYesi VZ
 

Destaque (13)

15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto
15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto
15.3.2011 apresenta.. do powerpointe da hemofilia ja pronto
 
Presentacion hemofilia
Presentacion hemofiliaPresentacion hemofilia
Presentacion hemofilia
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
Hemofilia
 
Hemofilia.
Hemofilia.Hemofilia.
Hemofilia.
 
Hemofilia[2]
Hemofilia[2]Hemofilia[2]
Hemofilia[2]
 
PACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIAS
PACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIASPACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIAS
PACIENTES COM COAGULOPATIAS HEREDITÁRIAS
 
хемофилија
хемофилијахемофилија
хемофилија
 
Cirurgia Odontológica - apostila
Cirurgia Odontológica - apostilaCirurgia Odontológica - apostila
Cirurgia Odontológica - apostila
 
Tratamento alveolites, pericoronarites e hemorragias
Tratamento alveolites, pericoronarites e hemorragiasTratamento alveolites, pericoronarites e hemorragias
Tratamento alveolites, pericoronarites e hemorragias
 
Odontologia
OdontologiaOdontologia
Odontologia
 
Reina sobre mim
Reina sobre mimReina sobre mim
Reina sobre mim
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
Hemofilia
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
Hemofilia
 

Mais de Pedro Gervásio

Mais de Pedro Gervásio (19)

2ª geração do modernismo brasileiro
2ª geração do modernismo brasileiro2ª geração do modernismo brasileiro
2ª geração do modernismo brasileiro
 
Meu Universo
Meu UniversoMeu Universo
Meu Universo
 
Origem de Jesus Cristo
Origem de Jesus CristoOrigem de Jesus Cristo
Origem de Jesus Cristo
 
Buracos na camada de ozônio
Buracos na camada de ozônioBuracos na camada de ozônio
Buracos na camada de ozônio
 
A primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
A primeira Guerra Mundial e a Revolução RussaA primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
A primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
 
ÁLcool
ÁLcoolÁLcool
ÁLcool
 
Tráfico negreiro
Tráfico negreiroTráfico negreiro
Tráfico negreiro
 
Romance regionalista
Romance regionalistaRomance regionalista
Romance regionalista
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
Poluição térmica
Poluição térmicaPoluição térmica
Poluição térmica
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Filo cnidaria
Filo cnidariaFilo cnidaria
Filo cnidaria
 
Feelings - sentimentos
Feelings - sentimentosFeelings - sentimentos
Feelings - sentimentos
 
Constituição histórica do nordeste
Constituição histórica do nordesteConstituição histórica do nordeste
Constituição histórica do nordeste
 
Ciências e valores
Ciências e valoresCiências e valores
Ciências e valores
 
Alimentaçõ e saúde
Alimentaçõ e saúdeAlimentaçõ e saúde
Alimentaçõ e saúde
 
Algas
AlgasAlgas
Algas
 
A síntese newtoniana
A síntese newtonianaA síntese newtoniana
A síntese newtoniana
 
A independência das treze colônias
A independência das treze colôniasA independência das treze colônias
A independência das treze colônias
 

Último

Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 

Último (20)

Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 

Hemofilia

  • 1. Hemofilia Biologia Centro de Ensino Isaura Amorim Cidelândia 2014 por Pedro Gervásio
  • 2. O que é hemofilia? Hemofilia é uma doença hereditária causada por uma falha no sistema de coagulação do sangue, de modo que a pessoa hemofílica poder ter hemorragias abundantes mesmo em pequenos ferimentos. Hemofilia
  • 3. História A hemofilia é, muitas vezes, associada à história da Monarquia na Europa. A rainha Vitória passou a doença ao seu filho Leopoldo, e através de várias das suas filhas, a várias famílias reais Europeias, incluindo as famílias reais da Espanha, Alemanha, e Rússia. Alexei Romanov, filho do Czar Nicolau II da Rússia, foi um dos descendentes da Rainha Vitória que herdou a doença. Hemofilia
  • 4. História A rainha Vitória passou a hemofilia para muitos dos seus descendentes. Alexei Nikolaevich Romanov (1904-1918) filho de Nicolau II último imperador da Rússia era hemofílico.
  • 5. Agora vejamos no próximo slide, uma representação esquemática da herança da hemofilia no casamento de um homem normal com mulher portadora do alelo condicionante da doença. Hemofilia
  • 6. Mulher normal portadora Homem normal Xh XH X H Y X X XH H Mulher normal X YH Homem normal X XH h Mulher portadora X Yh Homem hemofílico X XH h X YH Representação esquemática
  • 7. Sinais e sintomas Os sintomas característicos variam de acordo com a gravidade. Em geral os sintomas são episódios de sangramento interno ou externo, que são chamados de "sangrias". Pacientes com hemofilia mais grave sofrem sangramentos mais sérios e mais frequentes, enquanto os pacientes com hemofilia leve geralmente sofrem os sintomas mais leves, exceto após a cirurgia ou trauma grave. Hemofílicos moderados têm sintomas variáveis que se manifestam ao longo de um espectro entre formas graves e leves. Hemofilia
  • 8. Tratamento Não há cura para a hemofilia, mas existem vários estudos que procuram a melhora do tratamento. Controla-se a doença com injeções regulares dos fatores de coagulação deficientes. Alguns hemofílicos desenvolvem anticorpos (chamadas de inibidores) contra os fatores que lhe são dados através do tratamento. Hemofilia