RIOS DE ICATU SOFREM COM ASSOREAMENTO 
ALUNOS VISITAM BIBLIOTECA E MUSEU EM SÃO LUÍS 
EDITORIAL 
Olá amigos é com grande s...
O assoreamento é um fenômeno que pode ocorrer em rios que sofrem processos erosivos. Esse fenômeno acontece quando causas ...
No dia 09/11 as professoras Raimunda e Delta organizaram um mutirão de limpeza de um dos rios que circundam o po- voado Sa...
Os alunos das séries finais da E. M. Severiano de Azevedo - Anexo VI, visitaram em São Luis a Biblioteca Pública Benedito ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos

230 visualizações

Publicada em

Jornal criado em comemoração aos 400 anos da cidade de Icatu Maranhão e apresentado na 1ª Feira Cultural da cidade

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos

  1. 1. RIOS DE ICATU SOFREM COM ASSOREAMENTO ALUNOS VISITAM BIBLIOTECA E MUSEU EM SÃO LUÍS EDITORIAL Olá amigos é com grande satisfação e alegria que levamos até vocês a nossa primeira edição do Jornal O Caboclo. Este jornal nasceu do projeto desenvolvido em nos- sa escola em comemoração aos 400 anos de nossa cidade. O projeto tem como tema: Questões Ambi- entais: Escola e Comunidade Vivenciando e Nar- rando a História dos Rios. Nesta primeira edição trataremos de vários assun- tos relacionados com o tema do projeto e também de todas as atividades desenvolvidas pelos alunos da escola ao longo da realização do projeto, tais como: Sarau Literário, Cofo da Leitura, Visita ao Museu Histórico e Artístico do Maranhão e da Biblio- teca pública Benedito Leite em São Luís e Mutirão de Limpeza do Rio que fica em nossa comunidade. Boa leitura e aproveitem. Prof. Pedro Dominice Jornal dos alunos da E.M. Severiano de Azevedo - Santo Antonio dos Caboclos - Icatu. MA/Novembro – 2014 Nº 01
  2. 2. O assoreamento é um fenômeno que pode ocorrer em rios que sofrem processos erosivos. Esse fenômeno acontece quando causas naturais, como a chuva e os ventos fortes, ou ações físicas, químicas e do homem sobre a natureza move solos, rochas ou grandes quantidades de lixo, entulho ou outros sedimentos e detri- tos para o fundo dos rios. Em Icatu o que mais tem prejudicado nossos rios é a ação humana, pois não existe um planejamento para que o homem da zona rural de nosso município plante suas roças e isso acaba afetando as comunidades. É o caso do nosso povoado que vem ao longo dos anos perdendo lenta e gradualmente os rios. Isto ocorre por falta de conscientização da própria comunidade que não se dá conta da importância que a água tem para nossas vidas e dos outros seres vivos. Organizado e Realizado pelos alunos do Ensino Fundamental do Polo Santo Antonio, foi apresentado para a comunidade no dia 30/09, o primeiro Sarau Literário. Com dramatizações e poesias feitas pelos próprios alunos. O sarau foi pensado pela Professora Lusiane, com o objetivo de desenvolver nos alunos o gosto pela leitura e escrita, como consequência mostrar aos alunos que todos são capazes de criar e escrever poesias e versos, além de dramatizações. A aluna Damiana da 8ª série conversou com a professora Lusiane sobre o Sarau: D. Por que fazer um Sarau Literário? L. Foi desenvolvido e baseado no Projeto Icatu 400 anos. D. Quais as dificuldades encontradas para organizar o sarau? L. Tivemos algumas dificuldades, pois os alunos tiveram muita dificuldade, precisando da mediação e ajuda do professor em tempo integral. Rios de Icatu sofrem com o assoreamento SARAU LITERÁRIO MOVIMENTA SANTO ANTONIO
  3. 3. No dia 09/11 as professoras Raimunda e Delta organizaram um mutirão de limpeza de um dos rios que circundam o po- voado Santo Antonio dos Caboclos. O objetivo deste mutirão foi chamar a tenção da comunidade para a preservação dos rios. Segue a entrevista feita pela aluna Josilene com a professora Raimunda. J. Como foi desenvolvido este trabalho? R. Preocupados com o assoreamento e com a qualidade da água que consumimos, reunimos: professores, alunos, pais e demais moradores do povoado para limpar as sujeiras que tinham ao redor e dentro do rio. O trabalho se iniciou às 08:00 hs e se estendeu até às 14:00 hs. Para isso usamos ferramentas como: sacho, machado e enxadas pois tinha muito mato e lixo acumulado. Durante a limpeza recolhemos muito lixo, como sacos plásticos, garrafas pets e vidro, pneus e de- mais detritos produzidos pelo homem, J. Você teve dificuldade em realiza-lo? R. Um pouco, somente no término, pois já passava da hora do almoço e estávamos cansados, mas não desistimos e concluí- mos a limpeza. J. Quem participou deste trabalho? R. Como já falei no inicio, professores, alunos, ex– alunos, pais e a comunidade de forma geral. J. Qual o objetivo do trabalho? R. Conscientizar a própria comunidade da importância de manter os rios limpos. J. Que pontos você destacaria no trabalho realizado? R. Positivos pois após o término da limpeza percebemos que a correnteza da água jorrava com mais precisão e a água estava mais limpa. Comunidade e Escola juntos pela limpeza dos rios D. Quem participou do projeto? L. Este projeto envolveu os alunos do 8º e 9º ano da Escola Severiano de Azevedo do povoado Santo Antonio. D. Qual o objetivo do Projeto? L. Desenvolver a leitura, escrita, oralidade e qualidade dos alunos. D. enumere os pontos de destaque deste projeto. L. desinibição dos alunos; a interação entre o grupo que realizou o projeto e o desenvolvimento cognitivo, crítico e re- flexivo dos alunos.
  4. 4. Os alunos das séries finais da E. M. Severiano de Azevedo - Anexo VI, visitaram em São Luis a Biblioteca Pública Benedito Leite, onde tiveram a oportunidade de conhecerem parte do acervo e ainda de observarem como é o processo de trans- crição de obras raras, também puderam ter contato com livros, revistas e jornais que falam do município de Icatu. Na oportunidade foram recebidos pelo Senhor Fernando Olivei- ra Coordenador de visitas àquela casa de conhecimento. Ele foi o responsável por mostrar todas as dependências da bi- blioteca. Após a visita na biblioteca os alunos foram até o Museu His- tórico e Artístico do Maranhão, localizado na rua do sol, cen- tro da capital maranhense, na ocasião tiveram a ajuda de um guia do museu que lhes explicou tudo sobre as peças, obras de arte e o mobiliário que estavam em exposição. Os alunos gostaram das visitas e ficaram satisfeitos com o que puderam conhecer sobre a história do Maranhão e também da história do nosso município Alunos do Polo Santo Antonio Visitam Museu e Biblioteca em São luís seus familiares. Os pontos de destaque deste projetos segundo as organizadoras foram: caminhadas para entrega dos livros na casa dos alunos sorteados e participação da comunidade na culminância do projeto. Alunos das séries iniciais realizam projeto “Cofo da Leitura” As professoras Célia e Lucia juntamente com as demais professoras das séries inici- ais desenvolveram um projeto chamado “Cofo da Leitura”. Ideia que surgiu após uma formação do PNAIC . A atividade teve a participação de alunos da educa- ção infantil ao 5º ano, no decorrer do projeto as professoras colocaram em prá- tica na sala de aula leitura de trava lín- guas, parlendas e histórias infantis. Além da leitura em sala de aula, foi reali- zado sorteio para que os alunos levassem os livros para casa e ler juntamente com EXPEDIENTE E.M. Severiano de Azevedo – Anexo VI – Santo Antonio dos Caboclos Diretora Irenilde Garces Secretária Ildete Pereira Coordenadora Lucilene Moraes Alunos 8ª Série Diagramador / Professor Responsável Professor Pedro Dominice Tiragem: 200 exemplares Impressão: Gráfica ...

×