SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
Baixar para ler offline
O GUARDA-REDES NO
FUTEBOL…
Sérgio Ferreira
Fevereiro,
2013
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFO GUARDA-REDES1
Posição Específica
Fut 7 Fut 11Intervenção Específica
2 Vantagens
Usar as Mãos
Jogador mais recuado
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFO GUARDA-REDES1
GR – Só tarefas defensivas???
Intervém nos demais momentos!
COMO PROMOVER??
TREINO
Contextos Colectivos
Potenciar o Potencial
Aumentando GRAUS DE VARIABILIDADE
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFO GUARDA-REDES1
GR – São Todos Iguais?
Intervir de forma ajustada nos
diferentes escalões!!
Plasticidade (motora e emocional)
Personalidade (tirar proveito)
Treino Básico
Participação nas diferentes Escalas da Equipa
ESCOLAS
INFANTIS
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFO GUARDA-REDES1
GR – São Todos Iguais?
Intervir de forma ajustada nos
diferentes escalões!!
Convicção (tirar proveito)
Maior orientação para o Jogar da Equipa
Treino de “refinação”
SENSIBILIDADE
INICIADOS
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFO GUARDA-REDES1
GR – São Todos Iguais?
Intervir de forma ajustada nos
diferentes escalões!!
Morfociclo
Integração do e no Todo
Treino de GR Eficiência - Eficácia
Ajustamento dos demais colegas
JUVENIS
JUNIORES
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFO GUARDA-REDES1
Treinador GR – Que Intervenção?
Macro | Meso | Micro
Intervir nas PARTES DO TODO e
no TODO de forma a não
Reduzir e, assim, Empobrecer!
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
LINHAS ORIENTADORAS:
IDEIA DE JOGO
Realidade
realidade
Orienta o que somos, o que queremos e
o que vamos ser!
Orienta a nossa OPERACIONALIZAÇÃOTerça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
Ser Guarda-Redes:
Ter Presença
Assumir a posição
Capacidade para desenvolver Técnica
Concentração nas suas funções
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
Os meus Guarda-Redes:
Antecipativos (vs reactivos)
Comunicativos
Capacidade técnica sobre a bola
Capacidade para reconhecer os 4
momentos do jogo
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
… nos 4 momentos do Jogo
Organiza
ção
Ofensiva
Transiçã
o
Ataque-
Organiza
ção
Defensiv
Transiçã
o
Defesa-
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
… nos 4 momentos do Jogo
ORGANIZAÇÃO
OFENSIVA
Ter Bola para
marcar golo
• Reconhecer o lado mais vazio
• Equilíbrio Ofensivo
• Reconhecer o “tempo” de jogo
• Adequar timing de reposição da bola em
jogo
• Reconhecer o sentido da bola
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
… nos 4 momentos do Jogo
ORGANIZAÇÃO
DEFENSIVA
Defender para
Atacar
• Atacar a bola (aérea + rasteira)
• Fechar espaços
• Antecipar trajectórias
• Comunicar para evitar desorganização
• Oscilar posicionamento (largura +
profundidade)
• Particularidade das bolas paradas
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
… nos 4 momentos do Jogo
TRANSIÇÃO
DEFENSIVA
Recuperar bola
após a sua
perda
• Ajustar posicionamento defensivo
• Reconhecer zona e momento de perda de
bola
• Retirar espaço em profundidade
• Comunicar para recuperação posicional
colectiva
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
… nos 4 momentos do Jogo
TRANSIÇÃO
OFENSIVA
Dar segurança à
bola
• Reconhecer e explorar a desorganização
defensiva adversária
• Reconhecer a predisposição dos colegas
• Reconhecer circunstancias no momento
do ganho de bola
• Reconhecer o timing de jogo
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
Em suma:
INTERVENÇÃO
SOBRE OS 4
MOMENTOS
Agilidade técnica sobre a bola e espaços
Predisposição mental para antecipar em
vez de reagir
Destreza e reconhecimento para jogar
colectivamente
Reconhecimento e
Sensibilidade Colectiva
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
Em suma:
INTERVENÇÃO
SOBRE OS 4
MOMENTOS
Agilidade técnica sobre a bola e espaços
Predisposição mental para antecipar em
vez de reagir
Destreza e reconhecimento para jogar
colectivamente
Reconhecimento e
Sensibilidade Colectiva
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFQUE GUARDA-REDES?…2
Em suma:
INTERVENÇÃO
SOBRE OS 4
MOMENTOS
Agilidade técnica sobre a bola e espaços
Predisposição mental para antecipar em
vez de reagir
Destreza e reconhecimento para jogar
colectivamente
Reconhecimento e
Sensibilidade Colectiva
O GUARDA-REDES
REDUZ-SE ÀS TAREFAS
DEFENSIVAS??
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Treinando a jogar (MUITO) e a
jogar (MUITO) no treino…!
Suportado em 3 Princípios Metodológicos
orientados por um Supra-Princípio
PRINCÍPIO DA
ESPECIFICIDADE
PROPENSÕES ALTERNÂNCIA
HORIZONTAL
PROGRESSÃO
COMPLEXA
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
O meu Morfociclo
ALTERNÂNCIA HORIZONTAL EM ESPECIFICIDADE
Doming
o
JOGO
Segunda
Recuper
ação
Terça
Tensão
Contrac
ção
Muscula
r
Quarta
Duração
Contrac
ção
Muscula
r
Quinta
Recuper
ação
Sexta
Velocida
de de
Contrac
ção
Muscula
r
Sábado
Predisp
osição
para
jogo
Domingo
Activaçã
o da
Predispo
sição
JOGO
Período Aquisitivo
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Princípios das Propensões
Configuração do contexto de treino
– exacerbando (principio, sub-
principio, sub-sub-principio) o que
quero treinar em contexto de jogo!!
Sem esquecer a natureza
inquebrantável do Jogo!!
O QUE QUERO TREINAR??
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(4 x 4 x GR)
GR
O que promovemos neste
contexto aquisitivo?
Principio ou
comportamento?
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(3 x 2 + GR)
GR
GR
Neste contexto aquisitivo
o que promovemos?
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(“Meínho” 3 x 3 + 2 Apoios)
GR
GR
Principio?
Comportamento?
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(4 + GR x 4 + GR com 2 Balizas)
GR
GR
Gr só participa em
tarefas defensivas?
Então o que promover?
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(Org. Def. (6 + 2 Apoios) + GR VS Ofensiva (8))
GR
GR
GR
O que promovemos ?
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(Jogo de Posição 9+Gr x 9 +GR)
GR
Que relações?
GR
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(Treino Holandês)
GR
Que princípios? Que
aquisição?
GR
GR
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
(3 Equipas – apoios para transição – após ganho de bola)
GR
Que exacerbação?
GR
GR
Terça-feira, 12 de Março de 13
SFCOMO TREINAR?3
Contextos propícios de aquisição:
jogar o jogo em diferentes escalas para adquirir o nosso Jogar
3 x 3
5 x 5 5+
GR x
5
7 x 7
9 x 9
11x11
Jogar,
jogar,
jogar…
para um
Jogar!Treinar a
jogar e
jogar a
treinar…
Muito!!
Terça-feira, 12 de Março de 13
Obrigado
pela
vossa
atenção!!!
Terça-feira, 12 de Março de 13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
Adriano Vretaros
 
Unidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificosUnidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificos
António Seromenho
 
Exercícios resistencia especifica
Exercícios resistencia especificaExercícios resistencia especifica
Exercícios resistencia especifica
Valter Nascimento
 
Meios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebolMeios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebol
moko25
 

Mais procurados (20)

Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
O Ensino do Futebol
O Ensino do FutebolO Ensino do Futebol
O Ensino do Futebol
 
Plano de treino
Plano de treinoPlano de treino
Plano de treino
 
Unidade Treino - Transiçoes
Unidade Treino - TransiçoesUnidade Treino - Transiçoes
Unidade Treino - Transiçoes
 
Unidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificosUnidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificos
 
Colocação de função táctica do guarda-redes (defesa do espaço)
Colocação de função táctica do guarda-redes (defesa do espaço)Colocação de função táctica do guarda-redes (defesa do espaço)
Colocação de função táctica do guarda-redes (defesa do espaço)
 
Treinos em construção
Treinos em construçãoTreinos em construção
Treinos em construção
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do Jogo
 
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José MourinhoMetodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
 
Periodização Tática - Exercícios
Periodização Tática - ExercíciosPeriodização Tática - Exercícios
Periodização Tática - Exercícios
 
Organização defensiva aula_braga2008_nivel_2_joão carlos costa
Organização defensiva aula_braga2008_nivel_2_joão carlos costaOrganização defensiva aula_braga2008_nivel_2_joão carlos costa
Organização defensiva aula_braga2008_nivel_2_joão carlos costa
 
Sessões De Treino Do Ajax
Sessões  De Treino Do AjaxSessões  De Treino Do Ajax
Sessões De Treino Do Ajax
 
Exercícios resistencia especifica
Exercícios resistencia especificaExercícios resistencia especifica
Exercícios resistencia especifica
 
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesMentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
 
Meios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebolMeios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebol
 
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
 
treino
 treino treino
treino
 
Modelo de Formação do "Pequeno" Jogador
Modelo de Formação do "Pequeno" JogadorModelo de Formação do "Pequeno" Jogador
Modelo de Formação do "Pequeno" Jogador
 

Mais de Fundação Real Madrid

Mais de Fundação Real Madrid (20)

Club Brugge - Youth Development
Club Brugge - Youth DevelopmentClub Brugge - Youth Development
Club Brugge - Youth Development
 
"The Roadmap to International Success" - FFA National Curriculum 2013
"The Roadmap to International Success" - FFA National Curriculum 2013"The Roadmap to International Success" - FFA National Curriculum 2013
"The Roadmap to International Success" - FFA National Curriculum 2013
 
Periodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de formaPeriodização - Prolongamento do estado de forma
Periodização - Prolongamento do estado de forma
 
Football Conditioning - FFA
Football Conditioning - FFAFootball Conditioning - FFA
Football Conditioning - FFA
 
Periodização Tática x Periodização Convencional
Periodização Tática x Periodização ConvencionalPeriodização Tática x Periodização Convencional
Periodização Tática x Periodização Convencional
 
New Zealand FA Development Framework
New Zealand FA Development FrameworkNew Zealand FA Development Framework
New Zealand FA Development Framework
 
Technical Report and Statistics - FIFA World Cup Brazil 2014
Technical Report and Statistics - FIFA World Cup Brazil 2014Technical Report and Statistics - FIFA World Cup Brazil 2014
Technical Report and Statistics - FIFA World Cup Brazil 2014
 
Periodização Tática - Pressupostos e Fundamentos (2014)
Periodização Tática - Pressupostos e Fundamentos (2014)Periodização Tática - Pressupostos e Fundamentos (2014)
Periodização Tática - Pressupostos e Fundamentos (2014)
 
FUNino: Horst Wein
FUNino: Horst WeinFUNino: Horst Wein
FUNino: Horst Wein
 
Reunião de Preparação para o Jogo
Reunião de Preparação para o JogoReunião de Preparação para o Jogo
Reunião de Preparação para o Jogo
 
The FA: Tesco Skills 5-11's
The FA:  Tesco Skills 5-11'sThe FA:  Tesco Skills 5-11's
The FA: Tesco Skills 5-11's
 
LIVERPOOL FC - Training Drills
LIVERPOOL FC - Training DrillsLIVERPOOL FC - Training Drills
LIVERPOOL FC - Training Drills
 
TACTICAL PERIODIZATION - Mourinho's Secret
TACTICAL PERIODIZATION - Mourinho's SecretTACTICAL PERIODIZATION - Mourinho's Secret
TACTICAL PERIODIZATION - Mourinho's Secret
 
German Football Association - Talent Development
German Football Association - Talent DevelopmentGerman Football Association - Talent Development
German Football Association - Talent Development
 
DFB - Youth Development Programme
DFB - Youth Development Programme DFB - Youth Development Programme
DFB - Youth Development Programme
 
Belgium Youth Development
Belgium Youth DevelopmentBelgium Youth Development
Belgium Youth Development
 
Pep Guardiola - Sesiones de Entrenamiento
Pep Guardiola - Sesiones de EntrenamientoPep Guardiola - Sesiones de Entrenamiento
Pep Guardiola - Sesiones de Entrenamiento
 
AC Milan Methodology
AC Milan MethodologyAC Milan Methodology
AC Milan Methodology
 
Liverpool FC - Coaching Manual
Liverpool FC - Coaching ManualLiverpool FC - Coaching Manual
Liverpool FC - Coaching Manual
 
FC Barcelona - Youth Teams (Fútbol Base)
FC Barcelona - Youth Teams (Fútbol Base)FC Barcelona - Youth Teams (Fútbol Base)
FC Barcelona - Youth Teams (Fútbol Base)
 

O Guarda-Redes no Futebol - Sérgio Ferreira

  • 1. O GUARDA-REDES NO FUTEBOL… Sérgio Ferreira Fevereiro, 2013 Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 2. SFO GUARDA-REDES1 Posição Específica Fut 7 Fut 11Intervenção Específica 2 Vantagens Usar as Mãos Jogador mais recuado Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 3. SFO GUARDA-REDES1 GR – Só tarefas defensivas??? Intervém nos demais momentos! COMO PROMOVER?? TREINO Contextos Colectivos Potenciar o Potencial Aumentando GRAUS DE VARIABILIDADE Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 4. SFO GUARDA-REDES1 GR – São Todos Iguais? Intervir de forma ajustada nos diferentes escalões!! Plasticidade (motora e emocional) Personalidade (tirar proveito) Treino Básico Participação nas diferentes Escalas da Equipa ESCOLAS INFANTIS Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 5. SFO GUARDA-REDES1 GR – São Todos Iguais? Intervir de forma ajustada nos diferentes escalões!! Convicção (tirar proveito) Maior orientação para o Jogar da Equipa Treino de “refinação” SENSIBILIDADE INICIADOS Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 6. SFO GUARDA-REDES1 GR – São Todos Iguais? Intervir de forma ajustada nos diferentes escalões!! Morfociclo Integração do e no Todo Treino de GR Eficiência - Eficácia Ajustamento dos demais colegas JUVENIS JUNIORES Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 7. SFO GUARDA-REDES1 Treinador GR – Que Intervenção? Macro | Meso | Micro Intervir nas PARTES DO TODO e no TODO de forma a não Reduzir e, assim, Empobrecer! Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 8. SFQUE GUARDA-REDES?…2 LINHAS ORIENTADORAS: IDEIA DE JOGO Realidade realidade Orienta o que somos, o que queremos e o que vamos ser! Orienta a nossa OPERACIONALIZAÇÃOTerça-feira, 12 de Março de 13
  • 9. SFQUE GUARDA-REDES?…2 Ser Guarda-Redes: Ter Presença Assumir a posição Capacidade para desenvolver Técnica Concentração nas suas funções Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 10. SFQUE GUARDA-REDES?…2 Os meus Guarda-Redes: Antecipativos (vs reactivos) Comunicativos Capacidade técnica sobre a bola Capacidade para reconhecer os 4 momentos do jogo Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 11. SFQUE GUARDA-REDES?…2 … nos 4 momentos do Jogo Organiza ção Ofensiva Transiçã o Ataque- Organiza ção Defensiv Transiçã o Defesa- Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 12. SFQUE GUARDA-REDES?…2 … nos 4 momentos do Jogo ORGANIZAÇÃO OFENSIVA Ter Bola para marcar golo • Reconhecer o lado mais vazio • Equilíbrio Ofensivo • Reconhecer o “tempo” de jogo • Adequar timing de reposição da bola em jogo • Reconhecer o sentido da bola Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 13. SFQUE GUARDA-REDES?…2 … nos 4 momentos do Jogo ORGANIZAÇÃO DEFENSIVA Defender para Atacar • Atacar a bola (aérea + rasteira) • Fechar espaços • Antecipar trajectórias • Comunicar para evitar desorganização • Oscilar posicionamento (largura + profundidade) • Particularidade das bolas paradas Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 14. SFQUE GUARDA-REDES?…2 … nos 4 momentos do Jogo TRANSIÇÃO DEFENSIVA Recuperar bola após a sua perda • Ajustar posicionamento defensivo • Reconhecer zona e momento de perda de bola • Retirar espaço em profundidade • Comunicar para recuperação posicional colectiva Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 15. SFQUE GUARDA-REDES?…2 … nos 4 momentos do Jogo TRANSIÇÃO OFENSIVA Dar segurança à bola • Reconhecer e explorar a desorganização defensiva adversária • Reconhecer a predisposição dos colegas • Reconhecer circunstancias no momento do ganho de bola • Reconhecer o timing de jogo Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 16. SFQUE GUARDA-REDES?…2 Em suma: INTERVENÇÃO SOBRE OS 4 MOMENTOS Agilidade técnica sobre a bola e espaços Predisposição mental para antecipar em vez de reagir Destreza e reconhecimento para jogar colectivamente Reconhecimento e Sensibilidade Colectiva Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 17. SFQUE GUARDA-REDES?…2 Em suma: INTERVENÇÃO SOBRE OS 4 MOMENTOS Agilidade técnica sobre a bola e espaços Predisposição mental para antecipar em vez de reagir Destreza e reconhecimento para jogar colectivamente Reconhecimento e Sensibilidade Colectiva Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 18. SFQUE GUARDA-REDES?…2 Em suma: INTERVENÇÃO SOBRE OS 4 MOMENTOS Agilidade técnica sobre a bola e espaços Predisposição mental para antecipar em vez de reagir Destreza e reconhecimento para jogar colectivamente Reconhecimento e Sensibilidade Colectiva O GUARDA-REDES REDUZ-SE ÀS TAREFAS DEFENSIVAS?? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 19. SFCOMO TREINAR?3 Treinando a jogar (MUITO) e a jogar (MUITO) no treino…! Suportado em 3 Princípios Metodológicos orientados por um Supra-Princípio PRINCÍPIO DA ESPECIFICIDADE PROPENSÕES ALTERNÂNCIA HORIZONTAL PROGRESSÃO COMPLEXA Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 20. SFCOMO TREINAR?3 O meu Morfociclo ALTERNÂNCIA HORIZONTAL EM ESPECIFICIDADE Doming o JOGO Segunda Recuper ação Terça Tensão Contrac ção Muscula r Quarta Duração Contrac ção Muscula r Quinta Recuper ação Sexta Velocida de de Contrac ção Muscula r Sábado Predisp osição para jogo Domingo Activaçã o da Predispo sição JOGO Período Aquisitivo Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 21. SFCOMO TREINAR?3 Princípios das Propensões Configuração do contexto de treino – exacerbando (principio, sub- principio, sub-sub-principio) o que quero treinar em contexto de jogo!! Sem esquecer a natureza inquebrantável do Jogo!! O QUE QUERO TREINAR?? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 22. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (4 x 4 x GR) GR O que promovemos neste contexto aquisitivo? Principio ou comportamento? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 23. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (3 x 2 + GR) GR GR Neste contexto aquisitivo o que promovemos? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 24. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (“Meínho” 3 x 3 + 2 Apoios) GR GR Principio? Comportamento? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 25. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (4 + GR x 4 + GR com 2 Balizas) GR GR Gr só participa em tarefas defensivas? Então o que promover? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 26. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (Org. Def. (6 + 2 Apoios) + GR VS Ofensiva (8)) GR GR GR O que promovemos ? Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 27. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (Jogo de Posição 9+Gr x 9 +GR) GR Que relações? GR Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 28. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (Treino Holandês) GR Que princípios? Que aquisição? GR GR Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 29. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: (3 Equipas – apoios para transição – após ganho de bola) GR Que exacerbação? GR GR Terça-feira, 12 de Março de 13
  • 30. SFCOMO TREINAR?3 Contextos propícios de aquisição: jogar o jogo em diferentes escalas para adquirir o nosso Jogar 3 x 3 5 x 5 5+ GR x 5 7 x 7 9 x 9 11x11 Jogar, jogar, jogar… para um Jogar!Treinar a jogar e jogar a treinar… Muito!! Terça-feira, 12 de Março de 13