Johan CRUYFF - Livres Ofensivos

1.194 visualizações

Publicada em

Guia para a sua concretização...

Publicada em: Esportes
  • Seja o primeiro a comentar

Johan CRUYFF - Livres Ofensivos

  1. 1. Livres OfensivosRetirado do Livro: Fútbol – Mi filosofia. Johan Cruyff, 2012.
  2. 2.  Nestas situações o mais importante é aTécnica,Tática e o Sentido de Oportunidade. Existem 3 regras básicas: Situar o n.º suficiente de jogadores para dificultar atarefa defensiva da equipa adversária; Situar um destro e um canhoto junto à bola; Sempre tem que haver alguém disponível para que abola possa também ser jogada (curta).
  3. 3.  Outro fator importante é que se devem tomardecisões rápidas e eficazes num curto período detempo. A possibilidade de marcar deve partir daobservação e do bom trabalho de equipa. Um Guarda-Redes (GR) tem sempre um ângulomorto. É importante observar o que faz o GRdepois de posicionar a barreira.
  4. 4. 12345108Depois de organizar a barreira, o GR coloca-se à esquerda da bola, no lado maisafastado. Em cada 10 vezes, 9 irão ser colocadas pelo canhoto por cima da barreira, noposte mais próximo. Um jogador destro também o pode fazer, mas como realiza a suacorrida à esquerda da bola, o GR consegue vê-lo melhor e assim elimina-se o fator dedificuldade para o GR.
  5. 5. 12345108Outra possibilidade é esperar que o GR se mova, para em seguida rematar com força nadireção da sua perna de apoio. Isto é possível rematando a bola ao poste mais afastado.A baliza fica mais longe e a bola tem que percorrer maior distância, tendo o GR maispossibilidade de vê-la. Se rematarmos a bola com força no preciso momento em que oGR se move, teremos grandes possibilidades de êxito.
  6. 6.  Tanto para os livres indiretos como para os diretostudo se resume a uma questão de probabilidades.Por isso utilizar sinais é tão importante. Quantomais ocupada estiver a defesa, melhor camufladoficará o nosso plano. A partir daí, circunstânciascomo uma bola mais ou menos húmida e o muitoou pouco vento têm o seu papel neste jogo de“enganos”. Nos últimos anos os “Livres Diretos” ganharammuita importância no futebol, provavelmente pelaprevalência do maior jogo defensivo.
  7. 7.  Este processo fomentou a especialização. Istoindica que as faltas podem ser treinadas com êxito.David Beckham a especializar-se:http://www.youtube.com/watch?v=7LtWBjPZPVQ&feature=youtu.be&noredirect=1
  8. 8.  Podemos dividir o “Livre Direto” em 3 tipos:1. LançamentoTécnico :Onde se destacaram jogadores como Platini, Maradona e Keizer – a suabrilhante técnica de lançamento permitia-lhes marcar tanto ao poste próximocomo ao poste afastado.2. Lançamento Potente:Onde se destacaram Ronald Koeman e van Hooijdonk – não só chutavam compotência, como também sabiam colocar a bola.3. Lançamento Coletivo:Nesta 3ª variante participa toda a equipa.As possibilidades são infinitas.Atacantes na barreira, jogadores tapando a bola ou entrando por todos os ladospara receber supostamente o passe ou para rematar. Aqui podemos abrir semmedo a caixa dos truques.
  9. 9.  Para terminar referir os Livres Indiretos dentro daÁrea de Grande Penalidade – a bola deve serpassada para trás (se for passada para a frenteficará mais próxima dos adversários e menosespaços haverá para que entre na baliza).A boladeve ser passada para trás para se afastar doaglomerado de defesas e atacantes – abrir maisespaço.

×