UNIVERSIDADE SALVADOR – UNIFACS                            CURSO DE PEDAGOGIA  VIOLÊNCIA NA ESCOLA                        ...
INTRODUÇÃO  Pensar o tema de violência na  escola implica considerar uma  gama de reflexões sobre  como esta instituição t...
O presente artigo versa sobre a temática da violência que envolve pares eautoridades em instituições escolares sobre dois ...
Compreendendo o fenômeno:                            Uma ação violenta é,                            antes de tudo, uma   ...
Muitos autores, dentre eles Steinberg (1994); Azevedo e Guerra (1995)têm salientado a importância de se considerar a influ...
“Resiliência” a capacidade de “resistir”                          Capacidade do ser humano em ficar                       ...
Auto - respeito       e         Auto - estimaDe que forma a escola trabalha com esse auto-respeito?
Apresentação.2 ppp6
Apresentação.2 ppp6
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação.2 ppp6

319 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
74
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação.2 ppp6

  1. 1. UNIVERSIDADE SALVADOR – UNIFACS CURSO DE PEDAGOGIA VIOLÊNCIA NA ESCOLA X VIOLÊNCIA DA ESCOLAEQUIPE: Caliandra Almeida, Nelsilene Santos, Simone Alvim. 6º Semestre PPPVI
  2. 2. INTRODUÇÃO Pensar o tema de violência na escola implica considerar uma gama de reflexões sobre como esta instituição tem entendido a natureza humana e a partir disso, como tem realizado intervenções a um problema que se alastra em tempos atuais.
  3. 3. O presente artigo versa sobre a temática da violência que envolve pares eautoridades em instituições escolares sobre dois lados distintos:A VIOLÊNCIA: Na escola Da escola
  4. 4. Compreendendo o fenômeno: Uma ação violenta é, antes de tudo, uma forma de resolver um conflito. Porém, esta forma pressupõe o uso de coesão física ou psicológica, uma agressão cujo cerne é a “intenção de causar prejuízo ao outro, aliada a expectativa de que tal objetivo será atingido”
  5. 5. Muitos autores, dentre eles Steinberg (1994); Azevedo e Guerra (1995)têm salientado a importância de se considerar a influência do meio emque vivem meninos e meninas autores de violência. Em outras palavras, ainda que filhos dessa “convivência desrespeitosa” alguns “resistiriam” Como explicar e tinham formas mais morais e equilibradas em esse resultado? suas relações.
  6. 6. “Resiliência” a capacidade de “resistir” Capacidade do ser humano em ficar frente com as adversidades da vida, superá-las e inclusive, ser transformadas por elas.
  7. 7. Auto - respeito e Auto - estimaDe que forma a escola trabalha com esse auto-respeito?

×