ENERGIA COMO EIXO FUNDAMENTAL PARA ODESENVOLVIMENTO INCLUSIVO E SUSTENTÁVEL             PERCEPÇÃO DE TENDÊNCIAS           ...
REDES ECOINTELIGENTES E ENERGIA RENOVÁVEL  EIXO FUNDAMENTAL PARA SUSTENTABILIDADERevolução colaborativa da internet chegan...
CONSTRUINDO O ESTADO DA SUSTENTABILIDADE                                                  Eixos Estruturais:              ...
TRANSIÇÃO - O que deve Crescer?Equalizar e Qualificar o Crescimento (Economia Verde)                     Definir o que dev...
COMO VIRAR O JOGO PARA SUSTENTABILIDADE?            DO REATIVO PARA O PROPOSITIVO  DO LINEAR/FRAGMENTADO PARA O CIRCULAR/S...
Evolução dos ParadigmasPassado – Concentração, Gigantismo, Grandes Impactos, Alto Carbono (Poucos Grandes) –Planejamento c...
Novos Conceitos e Referências                       Descentralização, horizontalidade                            Variedade...
Condições Estabelecidas        Maior consciência e cobrança da sociedade              Limites de resiliência já ultrapassa...
ENERGIA RENOVÁVEL É BASE DA ECONOMIA VERDEENERGIAS RENOVÁVEIS                                   Pernambuco                ...
GOVERNO 3D – Visão integrada                 Economia Verde na Caatinga e Mata Atlântica                   R$ 200 MILHÕES ...
Presente e futuro dependem de imaginaçãoe escolhaOBRIGADO!Sérgio XavierSecretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de P...
ILHA DE FERNANDO DE NORONHA•NORONHA SUSTENTÁVEL (Modelos de gestão sustentável:Água, Energia (Smart Grid ), Resíduos Sólid...
Pernambuco             SUSTENTÁVELDiferenciais e Atrativos para Economia Verde em PE:1) Grande potencial de geração de ene...
Pernambuco              SUSTENTÁVELDiferenciais e Atrativos para Economia Verde em PE:4) Lei de Incentivo ao uso de energi...
Pernambuco             SUSTENTÁVELDiferenciais e Atrativos para Economia Verde em PE:7) Apoio na capacitação de mão de obr...
CPRH - Sérgio Xavier -  Sinergia entre as políticas Industriais e Energéticas
CPRH - Sérgio Xavier -  Sinergia entre as políticas Industriais e Energéticas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CPRH - Sérgio Xavier - Sinergia entre as políticas Industriais e Energéticas

456 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada na PE Business Conference - Recife-PE

Saiba mais em: www.pebusinessconference.com ou www.facebook.com/PeBusiness

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
108
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CPRH - Sérgio Xavier - Sinergia entre as políticas Industriais e Energéticas

  1. 1. ENERGIA COMO EIXO FUNDAMENTAL PARA ODESENVOLVIMENTO INCLUSIVO E SUSTENTÁVEL PERCEPÇÃO DE TENDÊNCIAS E NOVAS REFERÊNCIAS Sérgio Xavier Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco
  2. 2. REDES ECOINTELIGENTES E ENERGIA RENOVÁVEL EIXO FUNDAMENTAL PARA SUSTENTABILIDADERevolução colaborativa da internet chegando ao modelo energéticoComo as redes digitais colaborativas estão quebrando paradigmas erevolucionando a forma de produzir, consumir e conservar energias limpas, formando a base do Desenvolvimento Sustentável
  3. 3. CONSTRUINDO O ESTADO DA SUSTENTABILIDADE Eixos Estruturais: Social RESILIÊNCIA Econômica AmbientalGovernança - PLANEJAMENTO E GESTÃO SISTÊMICA ECOEFICIÊNCIA – ECONOMIA ANTIDESPERDÍCIO INSTIGAR - LIDERAR PELO EXEMPLO
  4. 4. TRANSIÇÃO - O que deve Crescer?Equalizar e Qualificar o Crescimento (Economia Verde) Definir o que deve Crescer Estabilizar Decrescer REDUZIR RISCOS – ORIENTANDO ECONOMIA E PLANEJANDO COM SEGURANÇA Tim Jackson – Prosperidade sem crescimento
  5. 5. COMO VIRAR O JOGO PARA SUSTENTABILIDADE? DO REATIVO PARA O PROPOSITIVO DO LINEAR/FRAGMENTADO PARA O CIRCULAR/SISTÊMICO DO DESCONTROLE SEM LIMITE AO PLANEJAMENTO REVERSODA ECONOMIA EXCLUDENTE AO DESENVOLVIMENTO INCLUSIVO E SUSTENTAVELDO MERAMENTE TÉCNICO PARA A CIÊNCIA COM FORÇA POLÍTICA
  6. 6. Evolução dos ParadigmasPassado – Concentração, Gigantismo, Grandes Impactos, Alto Carbono (Poucos Grandes) –Planejamento considerar sem LIMITESPresente – Transição, Conversão => Contradições Forte, inviável Emergente, DuradouroFuturo – (Curto Prazo!!) – Descentralização, Interação, Colaboração, (Muitos Pequenos)Planejamento Reverso – Considerando Limites, com visão multipla
  7. 7. Novos Conceitos e Referências Descentralização, horizontalidade Variedade e Combinação Vocações locais Autossuficiência Sustentabilidade – Social, Ambiental e Econômica Interligação, visão sistêmica Colaboração, Criatividade Coletiva, inovação em rede, evolução ágil Compartilhamento PROSUMIDORES Redes ecointeligentes Muitos pequenos, Transparência Tecnologias digitais, Ecoeficiência, Consumo mais racional Desmaterialização,Menos necessidade de transporte Mais Emprego, Mais empreendedores, Mais inclusão Novas atitudes, nova cultura mais solidária Ganha-Ganha Menos impactos, Mais controle ambiental, acidentes menores e de baixo risco Menos GEE (Baixo Carbono), Metas para reduzir emissões
  8. 8. Condições Estabelecidas Maior consciência e cobrança da sociedade Limites de resiliência já ultrapassados Complexidade para manter o velho modelo – colapso iminente Novas tecnologias já disponíveis – custos caindo com escala Mudanças Climáticas - Urgência da Redução das emissões GEE Resolução da ANEEL – Microgerador PE Sustentável – Incentivos, PSA Imensas Potencialidades das fontes renováveis no Brasil
  9. 9. ENERGIA RENOVÁVEL É BASE DA ECONOMIA VERDEENERGIAS RENOVÁVEIS Pernambuco Cadeia Eólica
  10. 10. GOVERNO 3D – Visão integrada Economia Verde na Caatinga e Mata Atlântica R$ 200 MILHÕES PARA INVESTIMENTOS Implantação de modelo de Desenvolvimento Sustentável Proteção de recursos hídricos, educação ambiental, proteção dabiodiversidade, equilibrio climático, segurança alimentar e energética, geração de renda com atividades econômicas sustentáveis para as comunidades – Apicultura, ecoturismo, agroecologia, sementeiras, esportes naturais, manejo florestal, instalação e manutenção de sistemas locais de energia...Plano de uso sustentável da Biomassa e incentivos para energia solar e eólica GESTÃO SISTÊMICA INTEGRAÇÃO DE DIVERSOS PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS
  11. 11. Presente e futuro dependem de imaginaçãoe escolhaOBRIGADO!Sérgio XavierSecretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambucocontato@sergioxavier.com.br
  12. 12. ILHA DE FERNANDO DE NORONHA•NORONHA SUSTENTÁVEL (Modelos de gestão sustentável:Água, Energia (Smart Grid ), Resíduos Sólidos, EducaçãoAmbiental,Veículos Elétricos, Pólo demonstrativo de TecnologiasVerdes, Turismo de inspiração e Inovação... )
  13. 13. Pernambuco SUSTENTÁVELDiferenciais e Atrativos para Economia Verde em PE:1) Grande potencial de geração de energias renováveis – destaque para fonte solar (principalmente no sertão do Estado)2) Desoneração (isenção) do ICMS (equivalente em outros países aoVAT - Imposto sobre o valor agregado) para fabricação deequipamentos para geração de energia solar (e outras limpas) e parafabricação de componentes (fornecedores locais da empresa)3) Redução de ICMS para empreendimentos sustentáveis, compercentual ampliado no interior
  14. 14. Pernambuco SUSTENTÁVELDiferenciais e Atrativos para Economia Verde em PE:4) Lei de Incentivo ao uso de energias renováveis (PE Sustentável)que estimula as aquisições de energia solar/eólica etc por parte dasempresas instaladas no Estado5) Incentivos Fiscais Federais, redução de 75% no Imposto de Renda(Income Tax) por 10 anos e isenção do AFRMM - Adicional sobre oFrete para Renovação da Marinha Mercante (que é de 25% sobre ofrete marítmo na importação de insumos)6) Possível doação de área para instalação (depende do valor doinvestimento e da geração de empregos)
  15. 15. Pernambuco SUSTENTÁVELDiferenciais e Atrativos para Economia Verde em PE:7) Apoio na capacitação de mão de obra e facilitação na implantaçãodo empreendimento (junto as concessionárias públicas e orgãoambiental – sobretudo nos eixos da Economia Verde)8) Condições especiais para Fernando de Noronha – análiseespecífica de projeto (Noronha Sustentável – Pólo de demonstraçõesde soluções sustentáveis)9) Condições especiais para o semiárido – economia verde10) Políticas de Pagamentos por Serviços Ambientais (em curso) –Protetor-Recebedor

×