Eduardo AzevedoSecretário Executivo de EnergiaGoverno de PernambucoPernambuco Sustentável:Atração de novos investimentos p...
Crescimento Econômico+ Empregos+ Renda / Poder Aquisitivo+ Consumo de Energia■ Como continuar crescendo de forma responsáv...
AcademiaGovernoSetorProdutivoTecnologiaMercadoSociedadePremissas Qualidade de Vida e BemEstar da População Interiorizaçã...
Visão 2014Ser um Estado com uma base tecnológica eempresarial capaz de desenvolver, produzir eutilizar soluções de excelên...
MercadoSociedade TecnologiaFinalísticoEstruturantePolítica Energética EstadualS1Acesso à Energia atodos os PernambucanosS2...
Promoção da CompetitividadeComo viabilizar a participação de EmpresasPernambucanas no Negócio Energia
Fatores de Competitividade CAPEX OPEX Financiamento Qualidade doRecurso EnergéticoAlto Fator deCapacidadePreço Médio d...
Fatores de Competitividade CAPEX OPEX Financiamento Qualidade doRecurso EnergéticoConteúdoLocalQualidade daMão de Obra...
Localização Estratégica
Localização Estratégica
2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 EST 2012 PROJ2013522713 6781,0841,8872,3792,4593,1503,5004426634417511,1031,4311,223PE ...
Projetos em AndamentoPensar o Amanhã, com o compromisso de começar aconstruir Hoje.
Hoje: Programa Estadual de Dinamização da Cadeia Produtiva de EnergiasRenováveis Incentivo ao Uso de Energias Renováveis...
Energia SolarEnergia Eólica Projeto pequena e microgeração (Res ANEEL 482/2012) – Projeto Piloto Parque Eólico 90 MW (Ta...
VERUSValorização Energética deResíduos Urbanos e Saneamento Projeto Piloto: 0,2 MW utilizando Biogásde Estação de Tratame...
VERAValorização Energética deResíduos da Agropecuária e Agroindústria
Eduardo AzevedoSecretário Executivo de EnergiaGoverno de Pernambucowww.energia.pe.gov.brVamos ganhar 2013!Obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x atração de novos investimentos para o desenvolvimento das Energias Renováveis.

591 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada na PE Business Conference - Recife-PE

Saiba mais em: www.pebusinessconference.com ou www.facebook.com/PeBusiness

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
591
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
65
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eduardo Azevedo (Secretário Executivo de Energia) - Pernambuco Sustentável x atração de novos investimentos para o desenvolvimento das Energias Renováveis.

  1. 1. Eduardo AzevedoSecretário Executivo de EnergiaGoverno de PernambucoPernambuco Sustentável:Atração de novos investimentos para odesenvolvimento das Energias Renováveis17 de Abril de 2013
  2. 2. Crescimento Econômico+ Empregos+ Renda / Poder Aquisitivo+ Consumo de Energia■ Como continuar crescendo de forma responsável com a Sociedade e oMeio Ambiente?■ Como aproveitar as oportunidades da nova economia?
  3. 3. AcademiaGovernoSetorProdutivoTecnologiaMercadoSociedadePremissas Qualidade de Vida e BemEstar da População Interiorização doDesenvolvimento Desenvolvimento Econômicoe Social Sustentável Segurança Energética Racionalização dosInvestimentos e dosRecursos EnergéticosPolítica Energética Estadual
  4. 4. Visão 2014Ser um Estado com uma base tecnológica eempresarial capaz de desenvolver, produzir eutilizar soluções de excelência em energialimpa e que promove o uso eficiente eresponsável dos recursos energéticos eambientais.Política Energética Estadual
  5. 5. MercadoSociedade TecnologiaFinalísticoEstruturantePolítica Energética EstadualS1Acesso à Energia atodos os PernambucanosS2Informações sobre Energia eseu uso racional e eficienteT1Ambiente propício para odesenvolvimento desoluções em EnergiaT3Formação de CapitalHumanoT2Difusão do Conhecimentoe InovaçãoM1Inteligência EnergéticaM2Participação de EmpresasPernambucanas no NegócioEnergiaS3Eficiência Energética eEnergia RenovávelM2Participação de EmpresasPernambucanas no NegócioEnergia
  6. 6. Promoção da CompetitividadeComo viabilizar a participação de EmpresasPernambucanas no Negócio Energia
  7. 7. Fatores de Competitividade CAPEX OPEX Financiamento Qualidade doRecurso EnergéticoAlto Fator deCapacidadePreço Médio daEnergia CompetitivoBaixo CustoGlobal Tecnologia Adequadae Eficiente
  8. 8. Fatores de Competitividade CAPEX OPEX Financiamento Qualidade doRecurso EnergéticoConteúdoLocalQualidade daMão de ObraInfraestruturaLogísticaMapeamento dosPotenciaisPD&IIncentivosFiscais Tecnologia Adequadae EficienteSinergia comoutras Indústrias
  9. 9. Localização Estratégica
  10. 10. Localização Estratégica
  11. 11. 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 EST 2012 PROJ2013522713 6781,0841,8872,3792,4593,1503,5004426634417511,1031,4311,223PE MÉDIA NORDESTEInvestimentos em Infraestrutura
  12. 12. Projetos em AndamentoPensar o Amanhã, com o compromisso de começar aconstruir Hoje.
  13. 13. Hoje: Programa Estadual de Dinamização da Cadeia Produtiva de EnergiasRenováveis Incentivo ao Uso de Energias Renováveis (PE Sustentável) Mapeamento dos Potenciais: Solar (irradiação direta e difusa), Eólico(revalidação à 60 m e prospecção à 120 m), PCH/CGH e Biomassa Plano Fernando de Noronha SustentávelAmanhã: Programa Estadual de Uso de Energia Renovável a Administração Pública Programa de implantação de Sistemas Solares Térmicos de baixatemperatura e micro/mini geração em consumidores de interesse socialNovas Iniciativas em EnergiaRenovável em Pernambuco
  14. 14. Energia SolarEnergia Eólica Projeto pequena e microgeração (Res ANEEL 482/2012) – Projeto Piloto Parque Eólico 90 MW (Tacaratu) Projeto 3 MWp Fotovoltaico (Petrolina) Projeto 1 MWp Termossolar (Petrolina) Projeto 1 MWp Fotovoltaico (São Lourenço da Mata) Projeto 0,4 MWp + 0,6 MWp (Fernando de Noronha) Complexo Solar 60 MWp (PV) e 60 MWp (CSP) – em negociação Desenvolvimento Tecnológico: Aplicações CSP na Indústria – em negociação
  15. 15. VERUSValorização Energética deResíduos Urbanos e Saneamento Projeto Piloto: 0,2 MW utilizando Biogásde Estação de Tratamento de Esgoto daCompesa – P&D Celpe Projeto Piloto: 2,4 MW utilizando Biogásde Resíduos Sólidos Urbanos eIndustriais – P&D CHESF
  16. 16. VERAValorização Energética deResíduos da Agropecuária e Agroindústria
  17. 17. Eduardo AzevedoSecretário Executivo de EnergiaGoverno de Pernambucowww.energia.pe.gov.brVamos ganhar 2013!Obrigado!

×