Sistêmica

353 visualizações

Publicada em

UNIRB

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistêmica

  1. 1. Escola de Milão PSICOLOGIA DE FAMILIA – IARA NANCY RIOS PAULO & SHEILA NAJARA
  2. 2. “Eles estão jogando o jogo deles. Eles estão jogando de não jogar um jogo. Se eu lhes mostrar que os vejo tal qual eles estão, quebrarei as regras do seu jogo, e receberei a sua punição. O que eu devo, pois, é jogar o jogo deles, o jogo de não ver o jogo que eles estão jogando.” Ronald Laing
  3. 3. Escola de Milão - Fundação • Psicanalista infantil • Nos anos 60, iniciou a escola de Milão (Modelo Estratégico) fortemente influenciada pelo grupo de Palo Alto. • O seu enorme interesse pelo estudo dos distúrbios 1916-1999 mentais graves e a intervenção demorada do modelo psicanalítico contribuíram bastante para que Palazzoli e a sua equipa se debruçassem sobre a epistemologia cibernética. Fundaram o “Centro per lo studio della famiglia” O contributo desta escola foi fundamental e pioneiro no universo da terapia familiar.
  4. 4. Terapia Familiar A Terapia Familiar nasceu na década de 50 e não se trata apenas de uma técnica terapêutica, ela foi ampliada e mostrada como poderia ser aplicada no campo da psiquiatria ao tratar da dinâmica das relações e ao entender os fenômenos físicos, sociais, culturais, econômicos como interdependentes e inter-relacionais.
  5. 5. Terapia Familiar •Norbert Wiener e Bateson •Familia é um organismo vivo, com um ciclo vital e mecanismos de reprodução tanto no nível físico quanto no psicológico e social. •Rever as ideias de objetividade e neutralidade do terapeuta. •O terapeuta como observador participante, co- construtor do processo terapeutico, parte do sistema.
  6. 6. Conceitos Básicos HIPÓTESES
  7. 7. Conceitos Básicos CIRCULARIDADE Modelo de questionamento triádico: Perguntar à pessoa A qual a sua percepção sobre um aspecto da relação entre o B e o C.
  8. 8. Conceitos Básicos NEUTRALIDADE
  9. 9. Função Terapêutica A ênfase está em encontrar o significado que o sistema familiar atribui ao problema; Na conversação, quando uma pessoa do sistema se expressa gera possibilidades dos outros membros se auto observarem; As perguntas servem para desestruturar o sistema de crenças, pois organiza-se no que ocorre na interação.
  10. 10. Função Terapêutica Relacionamentos na família não são hierárquicos, são sequências de comportamentos que emanam das regras do jogo. O objetivo da terapia é mudar as regras do jogo para permitir mudanças de comportamento sintomático. Conhecer a História permite liberar mais informações no sistemas para que os membros da família estabeleçam conexões;
  11. 11. O Pensamento do Terapeuta Sistêmico se baseia na complementariedade dos conceitos de casualidade linear e circular, e na importância da pluraridade de pontos de vista, privigeliando fazer perguntas e dar respostas, com o tempo, produziu-se o efeito de transmitir ao cliente um modo de conectar coisas e pessoas, os fatos e os significados, que o libera da visão rígida de si mesmo e da realidade que o circunda.

×