SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA
DO JOVEM FUTEBOLISTA
Workshop Futebol na Infância e Adolescência
PROJETO DA CBF SOCIAL: ‘SELEÇÃO NA MINHA CIDADE’
PAULO SOUSA – SÃO PAULO, 25 DE MARÇO DE 2017
“O Futebol deve ser jogado com
pés e... cabeça.”(Prof. Júlio Garganta)
O Futebol se joga com IDEIAS!
Desenvolvendo a INTELIGÊNCIA [CORPORAL]
através do jogo para o treino e do treino para o jogo
Organizar CONCEITOS e CONTEÚDOS para auxiliar os
modos de ação dos jovens jogadores
Necessário
“Saber jogar”
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 2
Como podemos desenvolver a
‘Inteligência Corporal’ desde cedo?
Adquirir COMPETÊNCIAS (cap. leitura, antecipação e interpretação)
FORMAÇÃO TÁTICA MULTILATERAL
SABER JOGAR FUTEBOL
ALFABETIZAÇÃO
TÁTICA
Vivenciar ESTÍMULOS (autonomia, a decisão e a criatividade)
Criar elevada ADAPTABILIDADE entre contextos de treino e jogo
J. Garganta: “a habilidade dos jogadores reconhecerem os
estímulos do envolvimento, para se adaptarem às diversas
situações do jogo em benefício da equipe e gerando eficácia.”
Organizar CONTEÚDOS (princípios e ações comportamentais )
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 3
Sistema dinâmico de múltiplas variáveis
Simplificar a complexidade do jogo
através do TREINO
(sobretudo para os mais jovens)
O jogo de Futebol não é difícil de se
jogar, mas é um fenômeno complexo!
POR QUÊ?
ELEMENTO DO JOGO PERÍODOS INTERVENIENTES MEIO ENVOLVENTE
Bola
Sua posição
Sua circulação
Fases/Momentos
Ataque
Defesa
Transições
Relações
De Interação
De Oposição
Acontecimentos
Incerteza
Imprevisibilidade
Variabilidade
NECESSÁRIO
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 4
Como o treinador consegue
simplificar a complexidade do jogo?
1. HIERARQUIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS
2. PERIODIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS
3. APLICAÇÃO OU VIVÊNCIA DOS CONTEÚDOS
Fazer entender a
LÓGICA DO JOGO
JOGO
ALFABETIZAÇÃO
TÁTICA
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA
DOMÍNIO
COGNITIVO
Lêr o jogo
Antecipar ações
Interpretar o jogo
Tomar decisões
TÁTICA
SUPRA-DIMENSÃO
TÉCNICA
FÍSICA EMOCIONAL
PSICOLÓGICA
5
Como se contribui para a evolução?
Isto é, para o ‘saber jogar’!
Ação
Perceptiva
TOMADA DECISÃO
Ação
Reprodutiva
MEMORIZAÇÃO
ESTÍMULOS
ADAPTAÇÕES ESPECÍFICAS
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA
O ser humano é feito de HÁBITOS e estes são adquiridos por ESTÍMULOS oferecidos
no contexto em que está inserido. Então, se moldarmos os AMBIENTES DE
APRENDIZAGEM conseguimos estruturar as AÇÕES DE JOGO (os hábitos)
Visão MicroVisão Macro
DESENVOLVER O
SABER JOGAR
TREINO
Visão Meso
EXERCÍCIO
“TRANSFORMAÇÃO POSITIVA”
“ESTADO DINÂMICO DE PRONTIDÃO”
Garganta, 2013
TREINADOR tem de ‘MANIPULAR’ o contexto ou o ambiente de aprendizagem
6
Como conseguir a ‘Transformação
Positiva’ pela Alfabetização Tática?
JOGO
Partir do JOGO para as HABILIDADES e NÃO das habilidades para o jogo
TREINO
MÉTODO
GLOBAL
MÉTODO
ANALÍTICO
Abordagens espontâneas, de
autonomia e de descoberta
Abordagens mecanicistas,
analíticas ou reprodutivas
Dimensão estratégico-tática Dimensão físico-tecnicista
FUTEBOL DE RUA LABORATÓRIO
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA
1. Desenvolver competências para se saber agir;
2. Ser capaz de gerir mudanças no contexto do jogo;
3. Vivenciar estímulos que provoquem adaptações específicas;
4. Estimular a versatilidade perceptiva, decisional e motora.
7
Como vamos estimular a
Alfabetização Tática pelo treino?
CRIAR
EXERCÍCIOS
1. Simplicidade 2. Globalidade 3. Criatividade
4. Aleatoriedade 5. Liberdade Decisional 6. Especificidade
SE JOGO DE FUTEBOL EXIGE... elevada versatilidade perceptivo-cognitiva, decisional e motora
CIRCUITO
ABERTO
CIRCUITO
FECHADO
SEMÁFORO ROTATÓRIA
“O treino sobre trilhos”
Excesso de regras castra os jogadores a
intervir sobre o imediato e a pensar.
“Indicando o caminho”
O destino está definido, mas os jogadores
são quem trilha o caminho para lá chegar.
“PILOTO AUTOMÁTICO” “PRÁTICA DELIBERADA”
«MÉTODO DO DITADO»
PROFESSOR DITA O TEXTO E OS ALUNOS
ESCREVEM EXATAMENTE IGUAL AO QUE É LIDO
«MÉTODO DA REDAÇÃO»
PROFESSOR DÁ O TEMA E OS ALUNOS CRIAM O
TEXTO USANDO A SUA CRIATIVIDADE
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 8
No sentido prático, como acontece?
EXEMPLO
1
TREINAR O PRINCÍPIO TÁTICO OFENSIVO DA PROGRESSÃO
CIRCUITO
ABERTO
CIRCUITO
FECHADO
PODEMOS FAZÊ-LO
ATRAVÉS DO:
HABILIDADE TÉCNICO-MOTORA DA CONDUÇÃO DE BOLA/DRIBLE
1. Previsibilidade
2. Memorização
3. Repetir em quantidade
4. Visão de “funil”
BA
DC
1. Imprevisibilidade
2. Criatividade da decisão
3. Sistematizar a qualidade
4. Visão periférica
B
A
F
C
E
D
» MESMO COMPORTAMENTO
» MAS QUAL RESPEITA A
VARIABILIDADE E ALEATORIE-
DADE TÍPICAS DO JOGO?
» QUAL ESTIMULA A
CAPACIDADE PERCEPTIVA E
DECISIONAL FACE À
CIRCUNSTÂNCIA?
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 9
“O essencial é invisível aos olhos”(A. Saint-Exupéry)
EXEMPLO
2
TREINAR O PRINCÍPIO TÁTICO OFENSIVO DA POSSE DE BOLA
HABILIDADES TÉCNICAS DO PASSE E DOMÍNIO/RECEPÇÃO DE BOLA
MANIPULAÇÃO DO EXERCÍCIO FARÁ ALTERAR OS CONHECIMENTOS E COMPETÊNCIAS DOS JOGADORES E ISSO
LEVARÁ A UMA TRANSFORMAÇÃO POSITIVA OU UM ESTADO DINÂMICO DE PRONTIDÃO.
1. Sentido lúdico
2. Visão tecnicista
3. Sem dinâmica posicional
4. Ausência de sentido tático
B
A
F C
E
D
A B
TRADICIONAL
“BOBINHO”
DESENVOLVE A
INTELIGÊNCIA
CORPORAL
‘O SABER JOGAR’
BA
F
D
A
B
C
E
JOGO
POSICIONAL
1. Sentido específico
2. Visão tática-técnica
3. Com dinâmica posicional
4. Padronização decisional
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 10
“Reduzir sem empobrecer”(Prof. Vítor Frade)
EXEMPLO
3
TREINAR A ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL E FUNCIONAL DA EQUIPE
POSICIONAMENTO, RELAÇÃO POSICIONAL OU FUNÇÕES ESPECÍFICAS DAS POSIÇÕES
DESMONTAR
ESTRUTURAS
COMPLEXAS
1. Distribuição racional e equilibrada no espaço de jogo
2. Jogadores em 3 setores (defensivo/intermédio/atacante)
3. Jogadores em 3 corredores (direito/central/esquerdo)
4. Continuamos com linhas posicionais diagonais para fluidez e organização (losango)
5. Permite aplicação de todos os princípios transversais (fundamentais e específicos)
AE
A
AD
MO
GL
GL
MO
AD
AE
A
PASSAR DO 1.4.3.3
PARA O 1.1.2.1
JOGO 5X5
ESTRUTURA MENOS
COMPLEXA ASSEGURA
REPRESENTATIVIDADE
DA ESTRUTURA MAIS
COMPLEXA
GL
ZG
LD
ZG
LE
VL
VL
AE
A
AD
MO
PauloSousa
CBFSocial–SP
ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 11
Mario Sergio Cortella
Filósofo e escritor Brasileiro refere no seu livro ‘Qual é a tua obra?’
“Eu me vejo naquilo que faço, não naquilo que penso.”
Aristóteles
Famoso filósofo Grego que viveu no século IV a.C.
“Nós somos aquilo que fazemos... repetidamente.
Excelência, não é um modo de agir, mas um hábito.”
Grato pela vossa atenção e...
... PARA REFLETIR:
12
Contatos para partilhar informação
WWW.FACEBOOK.COM/FUTEBOLADIGITAL/
EMAIL: contatofuteboldigital@gmail.com
FACEBOOK: PROFPAULO SOUSA
13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.Futbol Tactico Brasil
 
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Futbol Tactico Brasil
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoEduardo Barros
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantesConstruindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantesJarbas Rossatto
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoRenato Schmitt
 
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...Futbol Tactico Brasil
 
Meios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebolMeios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebolmoko25
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...Rui Horta
 
Metodologia do treino
Metodologia do treinoMetodologia do treino
Metodologia do treinoBé Couto
 
A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)
A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)
A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)J Mauro Santos
 
João Aroso - Periodização do Treino no Futebol
João Aroso - Periodização do Treino no FutebolJoão Aroso - Periodização do Treino no Futebol
João Aroso - Periodização do Treino no FutebolFundação Real Madrid
 
A receita da bola no futebol
A receita da bola no futebolA receita da bola no futebol
A receita da bola no futebolRenato Schmitt
 
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholoApresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholopstec25
 
Documento Orientador
Documento OrientadorDocumento Orientador
Documento OrientadorJoão Araújo
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 

Mais procurados (20)

Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
Gestão e organização do Treinamento do Goleiro.
 
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
Tarefas tecnico taticas para o desenvolvimento da velocidade atraves de situa...
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do Jogo
 
Treino de jovens
Treino de jovensTreino de jovens
Treino de jovens
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantesConstruindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantes
 
Modelo de Jogo
Modelo de Jogo  Modelo de Jogo
Modelo de Jogo
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
 
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
Treinamento do goleiro de futebol base: Justificação de nosso modelo de trein...
 
Meios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebolMeios de ensino treino do jogo de futebol
Meios de ensino treino do jogo de futebol
 
Modelo de Jogo
Modelo de JogoModelo de Jogo
Modelo de Jogo
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
Trabalho de Treino das Capacidades Motora e Técnico Tácticas - Passe na manut...
 
Metodologia do treino
Metodologia do treinoMetodologia do treino
Metodologia do treino
 
A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)
A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)
A Intervenção do Treinador no Futebol de Formação. (JMS, 2009)
 
João Aroso - Periodização do Treino no Futebol
João Aroso - Periodização do Treino no FutebolJoão Aroso - Periodização do Treino no Futebol
João Aroso - Periodização do Treino no Futebol
 
A receita da bola no futebol
A receita da bola no futebolA receita da bola no futebol
A receita da bola no futebol
 
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholoApresentação   iniciação esportiva pablo novo - bartholo
Apresentação iniciação esportiva pablo novo - bartholo
 
Documento Orientador
Documento OrientadorDocumento Orientador
Documento Orientador
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 

Destaque

Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Evelyn Feitosa
 
Avaliação da resistência lática
Avaliação da resistência láticaAvaliação da resistência lática
Avaliação da resistência láticaPaulo Pinheiro
 
Avaliação Neuromuscular
Avaliação NeuromuscularAvaliação Neuromuscular
Avaliação NeuromuscularAmarildo César
 
Adaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamento
Adaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamentoAdaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamento
Adaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamentoFernando Farias
 
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamentoEdivaldo Santos Lima
 
Organograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebolOrganograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebolRodrigo Saffi Mello
 
A importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaA importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaDanielly Santos
 
As inteligências múltiplas
As inteligências múltiplasAs inteligências múltiplas
As inteligências múltiplasMiguel Loureiro
 
Comportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades FísicasComportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades FísicasRodrigo Saffi Mello
 
Musculacao.periodização
Musculacao.periodizaçãoMusculacao.periodização
Musculacao.periodizaçãoEquipePrecision
 
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de forçaAdaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de forçaAline Villa Nova Bacurau
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...Adriano Vretaros
 
Programa Social "Comunidade Power"
Programa Social "Comunidade Power"Programa Social "Comunidade Power"
Programa Social "Comunidade Power"Marilia Coutinho
 
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...Jose Augusto Leal
 

Destaque (20)

Desenvolvimento da força
Desenvolvimento da forçaDesenvolvimento da força
Desenvolvimento da força
 
Avaliação neuromotora
Avaliação  neuromotoraAvaliação  neuromotora
Avaliação neuromotora
 
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
Noções de Atividade Física e Treinamento para Grupos Especiais
 
Avaliação da resistência lática
Avaliação da resistência láticaAvaliação da resistência lática
Avaliação da resistência lática
 
Avaliação Neuromuscular
Avaliação NeuromuscularAvaliação Neuromuscular
Avaliação Neuromuscular
 
Adaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamento
Adaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamentoAdaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamento
Adaptação Neural: Principal fator para ganho de força no inicio do treinamento
 
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
148203083 musculacao-biomecanica-e-treinamento
 
Prescrição de atividade física
Prescrição de atividade físicaPrescrição de atividade física
Prescrição de atividade física
 
Avaliação física
Avaliação físicaAvaliação física
Avaliação física
 
Organograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebolOrganograma do departamento de futebol
Organograma do departamento de futebol
 
A importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corridaA importancia da_tecnica_de_corrida
A importancia da_tecnica_de_corrida
 
As inteligências múltiplas
As inteligências múltiplasAs inteligências múltiplas
As inteligências múltiplas
 
Comportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades FísicasComportamento das Capacidades Físicas
Comportamento das Capacidades Físicas
 
Musculacao.periodização
Musculacao.periodizaçãoMusculacao.periodização
Musculacao.periodização
 
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de forçaAdaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
Adaptações musculares esqueléticas ao treinamento de força
 
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
E-book - Futebol: Bases Científicas da Preparação de Força (ISBN: 978-85-9203...
 
O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)
 
Programa Social "Comunidade Power"
Programa Social "Comunidade Power"Programa Social "Comunidade Power"
Programa Social "Comunidade Power"
 
Aptidão ao longo da vida
Aptidão ao longo da vidaAptidão ao longo da vida
Aptidão ao longo da vida
 
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
A especificidade na aplicação do treino para futebolistas a quebra de paradig...
 

Semelhante a Alfabetização tática para jovens futebolistas

Documento orientador slb hóquei em patins
Documento orientador   slb hóquei em patinsDocumento orientador   slb hóquei em patins
Documento orientador slb hóquei em patinsLuis Sénica
 
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017Ramon Alturo
 
1a visita-técnica iabb-resumo
1a visita-técnica iabb-resumo1a visita-técnica iabb-resumo
1a visita-técnica iabb-resumoRodney Martins
 
Coaching e a arte de liderar pela emoção
Coaching e a arte de liderar pela emoçãoCoaching e a arte de liderar pela emoção
Coaching e a arte de liderar pela emoçãoJoão Daniel Rico
 
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesMentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesPedro Ferrer
 
A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...
A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...
A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...Raúl Oliveira
 
Palestra par divulgação
Palestra par divulgaçãoPalestra par divulgação
Palestra par divulgaçãoProjeto PAR
 
O desenvolvimento do jogar segundo a PT
O desenvolvimento do jogar segundo a PTO desenvolvimento do jogar segundo a PT
O desenvolvimento do jogar segundo a PTRodrigo Saldanha
 
O desenvolvimento do jogar
O desenvolvimento do jogarO desenvolvimento do jogar
O desenvolvimento do jogarFernando Farias
 
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.pptFUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.pptProfessoraLourranyli
 
Oliveira hospital abril2014-dalp
Oliveira hospital abril2014-dalpOliveira hospital abril2014-dalp
Oliveira hospital abril2014-dalpLuis Sénica
 
Psicologia Esportiva 2
Psicologia Esportiva 2Psicologia Esportiva 2
Psicologia Esportiva 2Dom Fisiologia
 

Semelhante a Alfabetização tática para jovens futebolistas (20)

Documento orientador slb hóquei em patins
Documento orientador   slb hóquei em patinsDocumento orientador   slb hóquei em patins
Documento orientador slb hóquei em patins
 
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
 
Queimada Prof Joel
Queimada   Prof  JoelQueimada   Prof  Joel
Queimada Prof Joel
 
1a visita-técnica iabb-resumo
1a visita-técnica iabb-resumo1a visita-técnica iabb-resumo
1a visita-técnica iabb-resumo
 
Coaching e a arte de liderar pela emoção
Coaching e a arte de liderar pela emoçãoCoaching e a arte de liderar pela emoção
Coaching e a arte de liderar pela emoção
 
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesMentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
 
A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...
A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...
A ESTRATÉGIA NO MODELO DE JOGO - DA OBSERVAÇÃO DO ADVERSÁRIO AO MICROCICLO DE...
 
O modelo de jogo
O modelo de jogoO modelo de jogo
O modelo de jogo
 
Palestra par divulgação
Palestra par divulgaçãoPalestra par divulgação
Palestra par divulgação
 
10 mandamentos no treino de futebol com jovens
10 mandamentos no treino de futebol com jovens10 mandamentos no treino de futebol com jovens
10 mandamentos no treino de futebol com jovens
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Queimados f c 2015
Queimados f c 2015Queimados f c 2015
Queimados f c 2015
 
O desenvolvimento do jogar segundo a PT
O desenvolvimento do jogar segundo a PTO desenvolvimento do jogar segundo a PT
O desenvolvimento do jogar segundo a PT
 
O desenvolvimento do jogar
O desenvolvimento do jogarO desenvolvimento do jogar
O desenvolvimento do jogar
 
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.pptFUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
FUTSAL - Metodologia do Treinamento.ppt
 
Workshop par
Workshop parWorkshop par
Workshop par
 
Oliveira hospital abril2014-dalp
Oliveira hospital abril2014-dalpOliveira hospital abril2014-dalp
Oliveira hospital abril2014-dalp
 
Métodos de Treino
Métodos de TreinoMétodos de Treino
Métodos de Treino
 
Palestra PAR
Palestra PARPalestra PAR
Palestra PAR
 
Psicologia Esportiva 2
Psicologia Esportiva 2Psicologia Esportiva 2
Psicologia Esportiva 2
 

Alfabetização tática para jovens futebolistas

  • 1. ALFABETIZAÇÃO TÁTICA DO JOVEM FUTEBOLISTA Workshop Futebol na Infância e Adolescência PROJETO DA CBF SOCIAL: ‘SELEÇÃO NA MINHA CIDADE’ PAULO SOUSA – SÃO PAULO, 25 DE MARÇO DE 2017
  • 2. “O Futebol deve ser jogado com pés e... cabeça.”(Prof. Júlio Garganta) O Futebol se joga com IDEIAS! Desenvolvendo a INTELIGÊNCIA [CORPORAL] através do jogo para o treino e do treino para o jogo Organizar CONCEITOS e CONTEÚDOS para auxiliar os modos de ação dos jovens jogadores Necessário “Saber jogar” PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 2
  • 3. Como podemos desenvolver a ‘Inteligência Corporal’ desde cedo? Adquirir COMPETÊNCIAS (cap. leitura, antecipação e interpretação) FORMAÇÃO TÁTICA MULTILATERAL SABER JOGAR FUTEBOL ALFABETIZAÇÃO TÁTICA Vivenciar ESTÍMULOS (autonomia, a decisão e a criatividade) Criar elevada ADAPTABILIDADE entre contextos de treino e jogo J. Garganta: “a habilidade dos jogadores reconhecerem os estímulos do envolvimento, para se adaptarem às diversas situações do jogo em benefício da equipe e gerando eficácia.” Organizar CONTEÚDOS (princípios e ações comportamentais ) PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 3
  • 4. Sistema dinâmico de múltiplas variáveis Simplificar a complexidade do jogo através do TREINO (sobretudo para os mais jovens) O jogo de Futebol não é difícil de se jogar, mas é um fenômeno complexo! POR QUÊ? ELEMENTO DO JOGO PERÍODOS INTERVENIENTES MEIO ENVOLVENTE Bola Sua posição Sua circulação Fases/Momentos Ataque Defesa Transições Relações De Interação De Oposição Acontecimentos Incerteza Imprevisibilidade Variabilidade NECESSÁRIO PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 4
  • 5. Como o treinador consegue simplificar a complexidade do jogo? 1. HIERARQUIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS 2. PERIODIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS 3. APLICAÇÃO OU VIVÊNCIA DOS CONTEÚDOS Fazer entender a LÓGICA DO JOGO JOGO ALFABETIZAÇÃO TÁTICA PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA DOMÍNIO COGNITIVO Lêr o jogo Antecipar ações Interpretar o jogo Tomar decisões TÁTICA SUPRA-DIMENSÃO TÉCNICA FÍSICA EMOCIONAL PSICOLÓGICA 5
  • 6. Como se contribui para a evolução? Isto é, para o ‘saber jogar’! Ação Perceptiva TOMADA DECISÃO Ação Reprodutiva MEMORIZAÇÃO ESTÍMULOS ADAPTAÇÕES ESPECÍFICAS PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA O ser humano é feito de HÁBITOS e estes são adquiridos por ESTÍMULOS oferecidos no contexto em que está inserido. Então, se moldarmos os AMBIENTES DE APRENDIZAGEM conseguimos estruturar as AÇÕES DE JOGO (os hábitos) Visão MicroVisão Macro DESENVOLVER O SABER JOGAR TREINO Visão Meso EXERCÍCIO “TRANSFORMAÇÃO POSITIVA” “ESTADO DINÂMICO DE PRONTIDÃO” Garganta, 2013 TREINADOR tem de ‘MANIPULAR’ o contexto ou o ambiente de aprendizagem 6
  • 7. Como conseguir a ‘Transformação Positiva’ pela Alfabetização Tática? JOGO Partir do JOGO para as HABILIDADES e NÃO das habilidades para o jogo TREINO MÉTODO GLOBAL MÉTODO ANALÍTICO Abordagens espontâneas, de autonomia e de descoberta Abordagens mecanicistas, analíticas ou reprodutivas Dimensão estratégico-tática Dimensão físico-tecnicista FUTEBOL DE RUA LABORATÓRIO PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 1. Desenvolver competências para se saber agir; 2. Ser capaz de gerir mudanças no contexto do jogo; 3. Vivenciar estímulos que provoquem adaptações específicas; 4. Estimular a versatilidade perceptiva, decisional e motora. 7
  • 8. Como vamos estimular a Alfabetização Tática pelo treino? CRIAR EXERCÍCIOS 1. Simplicidade 2. Globalidade 3. Criatividade 4. Aleatoriedade 5. Liberdade Decisional 6. Especificidade SE JOGO DE FUTEBOL EXIGE... elevada versatilidade perceptivo-cognitiva, decisional e motora CIRCUITO ABERTO CIRCUITO FECHADO SEMÁFORO ROTATÓRIA “O treino sobre trilhos” Excesso de regras castra os jogadores a intervir sobre o imediato e a pensar. “Indicando o caminho” O destino está definido, mas os jogadores são quem trilha o caminho para lá chegar. “PILOTO AUTOMÁTICO” “PRÁTICA DELIBERADA” «MÉTODO DO DITADO» PROFESSOR DITA O TEXTO E OS ALUNOS ESCREVEM EXATAMENTE IGUAL AO QUE É LIDO «MÉTODO DA REDAÇÃO» PROFESSOR DÁ O TEMA E OS ALUNOS CRIAM O TEXTO USANDO A SUA CRIATIVIDADE PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 8
  • 9. No sentido prático, como acontece? EXEMPLO 1 TREINAR O PRINCÍPIO TÁTICO OFENSIVO DA PROGRESSÃO CIRCUITO ABERTO CIRCUITO FECHADO PODEMOS FAZÊ-LO ATRAVÉS DO: HABILIDADE TÉCNICO-MOTORA DA CONDUÇÃO DE BOLA/DRIBLE 1. Previsibilidade 2. Memorização 3. Repetir em quantidade 4. Visão de “funil” BA DC 1. Imprevisibilidade 2. Criatividade da decisão 3. Sistematizar a qualidade 4. Visão periférica B A F C E D » MESMO COMPORTAMENTO » MAS QUAL RESPEITA A VARIABILIDADE E ALEATORIE- DADE TÍPICAS DO JOGO? » QUAL ESTIMULA A CAPACIDADE PERCEPTIVA E DECISIONAL FACE À CIRCUNSTÂNCIA? PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 9
  • 10. “O essencial é invisível aos olhos”(A. Saint-Exupéry) EXEMPLO 2 TREINAR O PRINCÍPIO TÁTICO OFENSIVO DA POSSE DE BOLA HABILIDADES TÉCNICAS DO PASSE E DOMÍNIO/RECEPÇÃO DE BOLA MANIPULAÇÃO DO EXERCÍCIO FARÁ ALTERAR OS CONHECIMENTOS E COMPETÊNCIAS DOS JOGADORES E ISSO LEVARÁ A UMA TRANSFORMAÇÃO POSITIVA OU UM ESTADO DINÂMICO DE PRONTIDÃO. 1. Sentido lúdico 2. Visão tecnicista 3. Sem dinâmica posicional 4. Ausência de sentido tático B A F C E D A B TRADICIONAL “BOBINHO” DESENVOLVE A INTELIGÊNCIA CORPORAL ‘O SABER JOGAR’ BA F D A B C E JOGO POSICIONAL 1. Sentido específico 2. Visão tática-técnica 3. Com dinâmica posicional 4. Padronização decisional PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 10
  • 11. “Reduzir sem empobrecer”(Prof. Vítor Frade) EXEMPLO 3 TREINAR A ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL E FUNCIONAL DA EQUIPE POSICIONAMENTO, RELAÇÃO POSICIONAL OU FUNÇÕES ESPECÍFICAS DAS POSIÇÕES DESMONTAR ESTRUTURAS COMPLEXAS 1. Distribuição racional e equilibrada no espaço de jogo 2. Jogadores em 3 setores (defensivo/intermédio/atacante) 3. Jogadores em 3 corredores (direito/central/esquerdo) 4. Continuamos com linhas posicionais diagonais para fluidez e organização (losango) 5. Permite aplicação de todos os princípios transversais (fundamentais e específicos) AE A AD MO GL GL MO AD AE A PASSAR DO 1.4.3.3 PARA O 1.1.2.1 JOGO 5X5 ESTRUTURA MENOS COMPLEXA ASSEGURA REPRESENTATIVIDADE DA ESTRUTURA MAIS COMPLEXA GL ZG LD ZG LE VL VL AE A AD MO PauloSousa CBFSocial–SP ALFABETIZAÇÃO TÁTICA 11
  • 12. Mario Sergio Cortella Filósofo e escritor Brasileiro refere no seu livro ‘Qual é a tua obra?’ “Eu me vejo naquilo que faço, não naquilo que penso.” Aristóteles Famoso filósofo Grego que viveu no século IV a.C. “Nós somos aquilo que fazemos... repetidamente. Excelência, não é um modo de agir, mas um hábito.” Grato pela vossa atenção e... ... PARA REFLETIR: 12
  • 13. Contatos para partilhar informação WWW.FACEBOOK.COM/FUTEBOLADIGITAL/ EMAIL: contatofuteboldigital@gmail.com FACEBOOK: PROFPAULO SOUSA 13