Pr. Paulo RabelloPr. Paulo RabelloPr. Paulo Rabello
eu
aiorMeu
aiorMeu
aiorMSonhoSonhoSonho
é o Céué o Céué o CéuNÃO
NÃO
N...
Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24
www.slideshare/PauloRabello
Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19
“Então,(caindo(em(si,(disse:(
Quantos(trabalhadores(de((
meu(pai(têm(pão(com((
...
Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19
“...contra(o(céu(e(diante((
de(ti;(já(não(sou(digno((
de(ser(chamado(teu((
Gilh...
“E,(levantando>se,(foi(
para(seu(pai.(Vinha(ele(
ainda(longe,(quando((
seu(pai(o(avistou,(e,(
compadecido(dele,(
correndo,...
Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24
“O(pai,(porém,(disse(aos(seus((
servos:(Trazei(depressa(a((
melhor(roupa,(vesti...
Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24
“...regozijemo>nos,(porque((
este(meu(Gilho(estava((
morto(e(reviveu,(estava((
...
www.slideshare/PauloRabello
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Meu maior sonho não é o céu - Pr. Paulo Rabello

872 visualizações

Publicada em

Slides para serem usados com a história relatada em Lucas 15. O Filho Pródigo

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
872
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meu maior sonho não é o céu - Pr. Paulo Rabello

  1. 1. Pr. Paulo RabelloPr. Paulo RabelloPr. Paulo Rabello eu aiorMeu aiorMeu aiorMSonhoSonhoSonho é o Céué o Céué o CéuNÃO NÃO NÃO www.slideshare/PauloRabello
  2. 2. Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24Lucas 15:17-24 www.slideshare/PauloRabello
  3. 3. Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19 “Então,(caindo(em(si,(disse:( Quantos(trabalhadores(de(( meu(pai(têm(pão(com(( fartura,(e(eu(aqui(morro(( de(fome!(Levantar>me>ei,(( e(irei(ter(com(o(meu(pai,(( e(lhe(direi:(Pai,(pequei...”( “Então,(caindo(em(si,(disse:( Quantos(trabalhadores(de(( meu(pai(têm(pão(com(( fartura,(e(eu(aqui(morro(( de(fome!(Levantar>me>ei,(( e(irei(ter(com(o(meu(pai,(( e(lhe(direi:(Pai,(pequei...”( “Então,(caindo(em(si,(disse:( Quantos(trabalhadores(de(( meu(pai(têm(pão(com(( fartura,(e(eu(aqui(morro(( de(fome!(Levantar>me>ei,(( e(irei(ter(com(o(meu(pai,(( e(lhe(direi:(Pai,(pequei...”( www.slideshare/PauloRabello
  4. 4. Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19Lucas&15:17+19 “...contra(o(céu(e(diante(( de(ti;(já(não(sou(digno(( de(ser(chamado(teu(( Gilho;(trata>me(como(( um(dos(teus(( trabalhadores.” “...contra(o(céu(e(diante(( de(ti;(já(não(sou(digno(( de(ser(chamado(teu(( Gilho;(trata>me(como(( um(dos(teus(( trabalhadores.” “...contra(o(céu(e(diante(( de(ti;(já(não(sou(digno(( de(ser(chamado(teu(( Gilho;(trata>me(como(( um(dos(teus(( trabalhadores.” www.slideshare/PauloRabello
  5. 5. “E,(levantando>se,(foi( para(seu(pai.(Vinha(ele( ainda(longe,(quando(( seu(pai(o(avistou,(e,( compadecido(dele,( correndo,(o(abraçou,(e( beijou.” “E,(levantando>se,(foi( para(seu(pai.(Vinha(ele( ainda(longe,(quando(( seu(pai(o(avistou,(e,( compadecido(dele,( correndo,(o(abraçou,(e( beijou.” “E,(levantando>se,(foi( para(seu(pai.(Vinha(ele( ainda(longe,(quando(( seu(pai(o(avistou,(e,( compadecido(dele,( correndo,(o(abraçou,(e( beijou.” Lucas&15:&20&Lucas&15:&20&Lucas&15:&20& www.slideshare/PauloRabello
  6. 6. Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24 “O(pai,(porém,(disse(aos(seus(( servos:(Trazei(depressa(a(( melhor(roupa,(vesti>o,(( ponde>lhe(um(anel(no(dedo( (e(sandálias(nos(pés;(trazei(( também(e(matai(o(novilho(( cevado.(Comamos(e...” “O(pai,(porém,(disse(aos(seus(( servos:(Trazei(depressa(a(( melhor(roupa,(vesti>o,(( ponde>lhe(um(anel(no(dedo( (e(sandálias(nos(pés;(trazei(( também(e(matai(o(novilho(( cevado.(Comamos(e...” “O(pai,(porém,(disse(aos(seus(( servos:(Trazei(depressa(a(( melhor(roupa,(vesti>o,(( ponde>lhe(um(anel(no(dedo( (e(sandálias(nos(pés;(trazei(( também(e(matai(o(novilho(( cevado.(Comamos(e...” www.slideshare/PauloRabello
  7. 7. Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24Lucas&15:22+24 “...regozijemo>nos,(porque(( este(meu(Gilho(estava(( morto(e(reviveu,(estava(( perdido(e(foi(achado.(( E(começaram( (a(regozijar>se.” “...regozijemo>nos,(porque(( este(meu(Gilho(estava(( morto(e(reviveu,(estava(( perdido(e(foi(achado.(( E(começaram( (a(regozijar>se.” “...regozijemo>nos,(porque(( este(meu(Gilho(estava(( morto(e(reviveu,(estava(( perdido(e(foi(achado.(( E(começaram( (a(regozijar>se.” www.slideshare/PauloRabello
  8. 8. www.slideshare/PauloRabello

×