SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
TRANSIÇÃO PLANETÁRIA X
REFORMA ÍNTIMA
T.P.: O QUE É?
 TRANSIÇÃO: ato ou efeito de passar de um lugar para outro.
 Sabemos que existem diferentes categorias de mundos habitados,
assunto que será tratado na aula referente ao tema.
 Informações do mundo espiritual apontam que a terra está em um ciclo
de transicionamento, onde passa de mundo de provas e expiações para
mundo regenerativo.
Até aqui nenhuma novidade...
 Os alertas e chamamentos para a necessidade de
ampliar a consciência se fizeram visíveis a partir de
2004, através de grandes hecatombes que
repercutiram em nosso orbe:
 26/12/2004: terremoto com epicentro na costa oeste da
indonésia, gerou uma onda devastadora com a velocidade de
mais de 800km/h e dizimou cerca de 235.000 vidas.
 Ondas de até 30m de altura;
 Um dos fenômenos mais devastadores da história da humanidade;
 Um dos mais fortes tremores já registrados em um sismógrafo;
 12/01/2010: terremoto no Haiti. Aproximadamente 230.00 mortos.
 27/02/2010: tremor de 8.8 pontos na escala Richter, na costa
Chilena, gerou ondas de 2,6metros de altura.
 14/04/2010: erupção vulcânica nas geleiras Eyjafjallajökull
(pronúncia: eia-fiatla-iocutl). Causou a paralisação do tráfego
aéreo da região europeia, causando prejuízos de bilhões de
dólares. Cerca de 600 famílias tiveram de ser deslocadas devido
às inundações.
 11/03/2011: tsunami no Japão. 13.333 mortes confirmadas e mais
de 16.000 desaparecidos.
 Abalo às usinas de geração de energia de Fukushima. Liberando
radiação nuclear, ameaçando a vida num raio de mais de 100 léguas
de distância (500km).
Isso apenas até 2012...
 Após isso já tivemos:
 Furacões violentos;
 Ciclones,
 Secas;
 Ondas de calor;
 Ondas de frio congelante;
 Tempestades;
 Enchentes;
 Meteoro (Rússia);
 Etc...
Fim do mundo...
 Começou-se a falar em fim do mundo...
 Começaram a surgir as datas apocalípticas:
 21/12/12 – devido ao calendário Maia...
 Etc...
 Se pudéssemos contar por quantos finais de mundo já
passamos nos faltariam dedos nas mãos e nos pés...
 Por que?
 O fim do mundo é um arquétipo judaico-cristão que está
impregnado no psiquismo humano. É uma culpa coletiva que
está no psiquismo do homem e culmina no fim do mundo. É
uma forma de nos punirmos pelos nossos atos.
Objetivo destes desastres?
 É um processo natural de adaptação do planeta. Processo
natural de transformações inevitáveis, pois Gaia também é um
organismo vivo que também passa pela sua evolução, assim
como todos os outros planetas.
 Os astrofísicos dizem que a terra é subalterna às leis de
atração do Sol – que possui cerca de 6 bilhões de anos.
 Contudo o Sol é uma estrela decadente e tende a tornar-se uma
estrela anã.
 Como assim? Veja bem... O sol, para gerar energia e iluminar o seu sistema,
queima cerca de 240 milhões de toneladas de matéria por segundo.
 Um dia, não haverá mais matéria para ser transformada em energia, então
o sol reduzir-se-á a uma estrela anã, gerando caos no seu sistema.
Preocupados?
 Quando isso acontecerá?
 Segundo os cálculos matemáticos este fato inevitável acontecerá
daqui a aproximadamente 11bilhões de anos.
 Outra teoria para o fim do mundo:
 As explosões nucleares que acontecem no sol geram expansões e
labaredas, afetando a terra. Essas explosões geralmente possuem
ciclos e acontecem regularmente, algumas delas atingem os
ecossistemas terrestres provocando algumas alterações.
 Ex.: Furacão Katrina sofreu a influência de um destes eventos solares.
Asteroides...
 Uma das teorias mais defendidas para a extinção dos
dinossauros é a de que um asteroide enorme chocou-se com
a terra, jogando à atmosfera toneladas de poeira, impedindo
a penetração dos raios solares e extinguindo as condições de
vida na terra.
 Contudo hoje a tecnologia já é suficientemente avançada
para podermos identificar um desses astros em rota de colisão
com a terra muito antes, dando-nos tempo de enviamos um
míssil com suficiente poder de destruição para destruí-lo ou
modificar sua rota.
Perante tudo isso...
 O mundo vai acabar?
Qual o maior e verdadeiro risco
para o nosso planeta?
O egoísmo da criatura humana!
 Vejamos:
 2ª guerra mundial: 70 anos atrás
 Incentivada pelo movimento nazista, tendo como seu principal patrocinador Hitler.
 Culminou em dois dos eventos mais horrendos provocados pelo homem:
 As bombas Hiroshima e Nagasaki.
 Em 06 de agosto de 1945, um bombardeiro B-29, despejou uma bomba de urânio
(ironicamente chamada de “little boy”) sobre a cidade de Hiroshima, que explodiu a
570 metros do solo. Formou-se uma imensa bola de fogo no céu com uma temperatura
de 300 mil graus Celsius, gerando uma imensa nuvem de fumaça na forma de
cogumelo, que alcançou mais de 18 km de altura. Estimativas indicam que mais de 140
mil pessoas tenham morrido.
 Em Nagasaki: outro bombardeiro B-29, o Bockscar, despejou a “Fat Man”, uma bomba
de plutônio mais forte que a que havia explodido sobre Hiroshima. A topografia de
Nagasaki, localizada entre montanhas, impediu uma maior irradiação dos efeitos da
bomba. Entretanto, mais de 40 mil pessoas morreram. Além das mortes em decorrência
da ação direta das duas bombas, dezenas de milhares morreram posteriormente em
decorrência da radiação.
 Tudo por causa da ambição descabida, do orgulho da
criatura humana...
 Então este é o maior perigo para o nosso planeta... O
homem.
Destruição.
 Mas será que a destruição está na lei divina para Deus permitir que a
destruição aconteça?
 Lei da destruição: lei da vida.
 Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.
 Matéria nada mais é do que energia condensada...
 Foi então, que por amor de Deus por nós, que a intervenção começou a
ocorrer...
 Há aproximadamente 40 anos começaram a ocorrer algumas mutações:
 Política: nações começam a adotar a democracia como forma de governo;
 Intelectuais: com grandes avanços na área de tecnologia, medicina, etc.
 Morais: houve avanços, mas é o ponto onde ainda mais falhamos...
 Trecho do livro “Transição planetária”
 Portanto, haverá um fim do mundo sim!
 Mas para a moral, a moral negativa.
Lei do progresso
 Porque a terra está fadada a ser um mundo melhor;
 Para auxiliar, acelerar o progresso da humanidade, seres de
outra dimensão habilitaram-se, por amor, às fileiras da
encarnação e, a partir da década de 80 começaram a
mergulhar na romagem carnal.
 Começa a acontecer um curioso fenômeno: psicólogos notaram que
estas crianças, das ultimas décadas, eram diferentes. Os padrões de
ensino não mais funcionavam e/ou funcionam da mesma forma.
 Notaram que estas crianças possuíam uma “luminosidade” diferente.
A esta luminosidade dá-se o nome de aura. A aura dessas crianças é
de um azul intenso escuro (índigo).
São crianças especiais
 Algumas são hiperativas;
 Outras possuem uma forma de expressão diferente;
 Algumas agressivas;
 E outras muito sábias, que emanam ainda uma luminosidade
mais translúcida (cristal).
CRIANÇAS CRISTAL
 Portadoras de um QI elevado;
 Observadoras;
 Amoráveis;
Encarnação em massa
 Invadindo nossos lares;
 Solicitando novas formas de ensino psicopedagógico;
 São crianças que:
 Não temem;
 Exigem diálogo;
 Impõe afetividade;
 Ultrapassam os níveis tradicionais nos mais variados campos;
Para quê?
 Para elevar o padrão vibratório do planeta;
 É sabido que cada ser, encarnado ou desencarnado, possui a sua
irradiação mental, vibracional. E cada ser é responsável por ela;
 Então, estes espíritos luminosos de outra dimensão, juntamente
com aqueles que, em outras eras contribuíram para o avanço da
humanidade (nas artes, na ciência, etc.) encarnam na terra para
alavancar a sua evolução.
Ok, mas...
 Por que ainda há tanta dor, sofrimentos inenarráveis, lamúrias,
angústia, medo?
 Cracolândias...
 Guerras...
 Drogadição...
 Vícios de toda ordem...
????????????????????????????????
O amor de Deus...
 ... Nunca abandona suas criaturas...
 Por amor divino, são dadas as últimas chances àqueles espíritos
renitentes no mal.
 Recebem corpos perfeitos, esculpidos pelo fenômeno da hereditariedade,
do DNA trabalhado em séculos de evolução humana;
 Estes então, são a força que entra em choque contra esse exército da
mansidão, da misericórdia, da fraternidade, do amor...
Plêiades de Alcíone
 A partir de 2012, espíritos extremamente elevados tem se
voluntariado a encarnar na terra, proporcionando, desde a
espiritualidade, a mutação genética no DNA necessária para que
saiamos do Homo Sapiens para o Homo Virtualis...
 Promovendo com isso, corpos mais sutis, com menor capacidade de
degeneração, com capacidades extras de comunicação
(capacidades sensoriais);
 A fim de promover o mundo de regeneração, que ainda não é
um mundo feliz.
Enquanto isso se processa...
 Já verificamos os prelúdios deste intenso trabalho realizado pelas
equipes espirituais superiores;
 Esse “choque” energético tem despertado as consciências gerando as
maiores dores já vistas até aqui... Modificando nosso interior e a nossa
conduta:
 Pessoas solitárias;
 Angustiadas;
 Medrosas;
 Fazendo com que sejam desencadeados processos depressivos gerados pelo
egoísmo, pela revolta em não querer modificar-se.
E as guerras...
 Pergunta 742 do L.E.: Qual a razão da guerra?
Resposta: Predominância da natureza animal sobre
a natureza espiritual do indivíduo e o
transbordamento das paixões...;
Como podemos ajudar??
 Resposta muito simples....
REFORMA ÍNTIMA
 Joanna de Angelis:
 “Cada qual se torna responsável por analisar e desenvolver as
potencialidades que lhe são inerentes. O autoconhecimento, é o grande
desafio contemporâneo de todos os seres.”
 Existe uma sede muito grande pela realização externa, pelas metas do
ego, e normalmente são negligenciadas as metas internas de
crescimento.
Mudança de foco
 É como se saíssemos da percepção limitada, focada na base das
necessidades, muito bem analisadas por Maslow..., e partíssemos
para as “metanecessidades”.
 Metanecessidades: podem ser identificadas como as
necessidades da alma que, enquanto esquecidas ou não
abordadas em nossa jornada existencial, continuam sendo
motivos de conflitos e neuroses.
Autodescobrimento - Finalidade
 “Conscientizar a pessoa a respeito do que necessita, de como realizá-lo
e quando dar início à nova fase”.
 J.A. sugere que todo processo significa “... Não apenas a identificação
das suas necessidades, mas, principalmente, da sua realidade
emocional, das suas aspirações legítimas e reações diante das
ocorrências do cotidiano”.
Carl Gustav Jung
 “O homem gosta de acreditar-se senhor da sua alma. Mas
enquanto for incapaz de controlar os seus humores e
emoções, ou de se tornar consciente das inúmeras maneiras
secretas pelas quais os fatores inconscientes se insinuam nos
seus projetos e decisões, certamente não é o seu dono”.
Mas como?
 “Atitude introspectiva torna-se uma ferramenta valiosa, na qual,
buscando avaliar o conteúdo psíquico que se exterioriza, o ser
torna-se responsável por modificar tudo aquilo que se encontra
em desarmonia.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria
umecamaqua
 
Segundo Módulo - Aula 04 - Lei da reprodução
Segundo Módulo - Aula 04 - Lei da reproduçãoSegundo Módulo - Aula 04 - Lei da reprodução
Segundo Módulo - Aula 04 - Lei da reprodução
CeiClarencio
 
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vistaEvangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
3.8 - Lei do Progresso.pptx
3.8 - Lei do Progresso.pptx3.8 - Lei do Progresso.pptx
3.8 - Lei do Progresso.pptx
Marta Gomes
 

Mais procurados (20)

A113 EAE DM - REGRAS PARA A EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES I
A113 EAE DM - REGRAS PARA A EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES IA113 EAE DM - REGRAS PARA A EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES I
A113 EAE DM - REGRAS PARA A EDUCAÇÃO, CONDUTA E APERFEIÇOAMENTO DOS SERES I
 
3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria3 palestra sobre transição planetaria
3 palestra sobre transição planetaria
 
Evangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida FuturaEvangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida Futura
 
Segundo Módulo - Aula 04 - Lei da reprodução
Segundo Módulo - Aula 04 - Lei da reproduçãoSegundo Módulo - Aula 04 - Lei da reprodução
Segundo Módulo - Aula 04 - Lei da reprodução
 
Aborto
Aborto Aborto
Aborto
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
Espírito E Matéria
Espírito E MatériaEspírito E Matéria
Espírito E Matéria
 
Os tres reinos
Os tres reinosOs tres reinos
Os tres reinos
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
Estar Desperto
Estar DespertoEstar Desperto
Estar Desperto
 
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vistaEvangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
Evangelho Segundo o Espiritismo - O ponto de vista
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
 
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
A009 EAE DM - DECÁLOGO, REGRESSO A CANAÃ E MORTE DE MOISÉS 20170329
A009 EAE DM - DECÁLOGO, REGRESSO A CANAÃ E MORTE DE MOISÉS 20170329A009 EAE DM - DECÁLOGO, REGRESSO A CANAÃ E MORTE DE MOISÉS 20170329
A009 EAE DM - DECÁLOGO, REGRESSO A CANAÃ E MORTE DE MOISÉS 20170329
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
 
3.8 - Lei do Progresso.pptx
3.8 - Lei do Progresso.pptx3.8 - Lei do Progresso.pptx
3.8 - Lei do Progresso.pptx
 
EAE - AULA 106 - O PAPEL DO DISCÍPULO
EAE - AULA 106 - O PAPEL DO DISCÍPULOEAE - AULA 106 - O PAPEL DO DISCÍPULO
EAE - AULA 106 - O PAPEL DO DISCÍPULO
 
Influência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no ProgressoInfluência do Espiritismo no Progresso
Influência do Espiritismo no Progresso
 
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
A086 EAE DM - O PLANO DIVINO - A LEI DA EVOLUÇÃO 20170525
 

Semelhante a Transição Planetária x Reforma Íntima

As Sete Profecias Maias Lin
As Sete Profecias Maias LinAs Sete Profecias Maias Lin
As Sete Profecias Maias Lin
Céu de Kuan Yin
 
6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra
Alexandre Alves
 
Noticias comentadas
Noticias comentadasNoticias comentadas
Noticias comentadas
feijaosc
 
Gabriel - Sustentabilidade
Gabriel - SustentabilidadeGabriel - Sustentabilidade
Gabriel - Sustentabilidade
gabrielmiranda
 

Semelhante a Transição Planetária x Reforma Íntima (20)

Depois de 2012
Depois de 2012Depois de 2012
Depois de 2012
 
Transição planetária
Transição planetáriaTransição planetária
Transição planetária
 
Necessidade da Autoeducacão
Necessidade da AutoeducacãoNecessidade da Autoeducacão
Necessidade da Autoeducacão
 
As Sete Profecias Maias Lin
As Sete Profecias Maias LinAs Sete Profecias Maias Lin
As Sete Profecias Maias Lin
 
Katipsoi zunontee salvador_do_mundo
Katipsoi zunontee salvador_do_mundoKatipsoi zunontee salvador_do_mundo
Katipsoi zunontee salvador_do_mundo
 
As sete profecias Maias
As sete profecias MaiasAs sete profecias Maias
As sete profecias Maias
 
As sete profecias maias
As sete profecias maiasAs sete profecias maias
As sete profecias maias
 
As Sete Profecias Maias
As Sete Profecias MaiasAs Sete Profecias Maias
As Sete Profecias Maias
 
O universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espíritaO universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espírita
 
6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra
 
Higienização espiritual da terra
Higienização espiritual da terraHigienização espiritual da terra
Higienização espiritual da terra
 
Higienização espiritual da Terra
Higienização espiritual da TerraHigienização espiritual da Terra
Higienização espiritual da Terra
 
NOSSA ORIGEM
NOSSA ORIGEMNOSSA ORIGEM
NOSSA ORIGEM
 
Noticias comentadas
Noticias comentadasNoticias comentadas
Noticias comentadas
 
Mae Terra
Mae TerraMae Terra
Mae Terra
 
Mae terra
Mae terraMae terra
Mae terra
 
Gabriel - Sustentabilidade
Gabriel - SustentabilidadeGabriel - Sustentabilidade
Gabriel - Sustentabilidade
 
Aula 26 a terra
Aula 26   a terraAula 26   a terra
Aula 26 a terra
 
Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi jpa-pb]
Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi   jpa-pb]Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi   jpa-pb]
Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi jpa-pb]
 
Palestra casa do caminho
Palestra casa do caminhoPalestra casa do caminho
Palestra casa do caminho
 

Último (7)

Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 

Transição Planetária x Reforma Íntima

  • 2. T.P.: O QUE É?  TRANSIÇÃO: ato ou efeito de passar de um lugar para outro.  Sabemos que existem diferentes categorias de mundos habitados, assunto que será tratado na aula referente ao tema.  Informações do mundo espiritual apontam que a terra está em um ciclo de transicionamento, onde passa de mundo de provas e expiações para mundo regenerativo.
  • 3. Até aqui nenhuma novidade...  Os alertas e chamamentos para a necessidade de ampliar a consciência se fizeram visíveis a partir de 2004, através de grandes hecatombes que repercutiram em nosso orbe:  26/12/2004: terremoto com epicentro na costa oeste da indonésia, gerou uma onda devastadora com a velocidade de mais de 800km/h e dizimou cerca de 235.000 vidas.  Ondas de até 30m de altura;  Um dos fenômenos mais devastadores da história da humanidade;  Um dos mais fortes tremores já registrados em um sismógrafo;
  • 4.  12/01/2010: terremoto no Haiti. Aproximadamente 230.00 mortos.  27/02/2010: tremor de 8.8 pontos na escala Richter, na costa Chilena, gerou ondas de 2,6metros de altura.  14/04/2010: erupção vulcânica nas geleiras Eyjafjallajökull (pronúncia: eia-fiatla-iocutl). Causou a paralisação do tráfego aéreo da região europeia, causando prejuízos de bilhões de dólares. Cerca de 600 famílias tiveram de ser deslocadas devido às inundações.  11/03/2011: tsunami no Japão. 13.333 mortes confirmadas e mais de 16.000 desaparecidos.  Abalo às usinas de geração de energia de Fukushima. Liberando radiação nuclear, ameaçando a vida num raio de mais de 100 léguas de distância (500km).
  • 5. Isso apenas até 2012...  Após isso já tivemos:  Furacões violentos;  Ciclones,  Secas;  Ondas de calor;  Ondas de frio congelante;  Tempestades;  Enchentes;  Meteoro (Rússia);  Etc...
  • 6. Fim do mundo...  Começou-se a falar em fim do mundo...  Começaram a surgir as datas apocalípticas:  21/12/12 – devido ao calendário Maia...  Etc...  Se pudéssemos contar por quantos finais de mundo já passamos nos faltariam dedos nas mãos e nos pés...  Por que?  O fim do mundo é um arquétipo judaico-cristão que está impregnado no psiquismo humano. É uma culpa coletiva que está no psiquismo do homem e culmina no fim do mundo. É uma forma de nos punirmos pelos nossos atos.
  • 7. Objetivo destes desastres?  É um processo natural de adaptação do planeta. Processo natural de transformações inevitáveis, pois Gaia também é um organismo vivo que também passa pela sua evolução, assim como todos os outros planetas.  Os astrofísicos dizem que a terra é subalterna às leis de atração do Sol – que possui cerca de 6 bilhões de anos.  Contudo o Sol é uma estrela decadente e tende a tornar-se uma estrela anã.  Como assim? Veja bem... O sol, para gerar energia e iluminar o seu sistema, queima cerca de 240 milhões de toneladas de matéria por segundo.  Um dia, não haverá mais matéria para ser transformada em energia, então o sol reduzir-se-á a uma estrela anã, gerando caos no seu sistema.
  • 8. Preocupados?  Quando isso acontecerá?  Segundo os cálculos matemáticos este fato inevitável acontecerá daqui a aproximadamente 11bilhões de anos.  Outra teoria para o fim do mundo:  As explosões nucleares que acontecem no sol geram expansões e labaredas, afetando a terra. Essas explosões geralmente possuem ciclos e acontecem regularmente, algumas delas atingem os ecossistemas terrestres provocando algumas alterações.  Ex.: Furacão Katrina sofreu a influência de um destes eventos solares.
  • 9. Asteroides...  Uma das teorias mais defendidas para a extinção dos dinossauros é a de que um asteroide enorme chocou-se com a terra, jogando à atmosfera toneladas de poeira, impedindo a penetração dos raios solares e extinguindo as condições de vida na terra.  Contudo hoje a tecnologia já é suficientemente avançada para podermos identificar um desses astros em rota de colisão com a terra muito antes, dando-nos tempo de enviamos um míssil com suficiente poder de destruição para destruí-lo ou modificar sua rota.
  • 10. Perante tudo isso...  O mundo vai acabar? Qual o maior e verdadeiro risco para o nosso planeta?
  • 11. O egoísmo da criatura humana!  Vejamos:  2ª guerra mundial: 70 anos atrás  Incentivada pelo movimento nazista, tendo como seu principal patrocinador Hitler.  Culminou em dois dos eventos mais horrendos provocados pelo homem:  As bombas Hiroshima e Nagasaki.  Em 06 de agosto de 1945, um bombardeiro B-29, despejou uma bomba de urânio (ironicamente chamada de “little boy”) sobre a cidade de Hiroshima, que explodiu a 570 metros do solo. Formou-se uma imensa bola de fogo no céu com uma temperatura de 300 mil graus Celsius, gerando uma imensa nuvem de fumaça na forma de cogumelo, que alcançou mais de 18 km de altura. Estimativas indicam que mais de 140 mil pessoas tenham morrido.  Em Nagasaki: outro bombardeiro B-29, o Bockscar, despejou a “Fat Man”, uma bomba de plutônio mais forte que a que havia explodido sobre Hiroshima. A topografia de Nagasaki, localizada entre montanhas, impediu uma maior irradiação dos efeitos da bomba. Entretanto, mais de 40 mil pessoas morreram. Além das mortes em decorrência da ação direta das duas bombas, dezenas de milhares morreram posteriormente em decorrência da radiação.
  • 12.  Tudo por causa da ambição descabida, do orgulho da criatura humana...  Então este é o maior perigo para o nosso planeta... O homem.
  • 13. Destruição.  Mas será que a destruição está na lei divina para Deus permitir que a destruição aconteça?  Lei da destruição: lei da vida.  Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.  Matéria nada mais é do que energia condensada...  Foi então, que por amor de Deus por nós, que a intervenção começou a ocorrer...
  • 14.  Há aproximadamente 40 anos começaram a ocorrer algumas mutações:  Política: nações começam a adotar a democracia como forma de governo;  Intelectuais: com grandes avanços na área de tecnologia, medicina, etc.  Morais: houve avanços, mas é o ponto onde ainda mais falhamos...  Trecho do livro “Transição planetária”  Portanto, haverá um fim do mundo sim!  Mas para a moral, a moral negativa.
  • 15. Lei do progresso  Porque a terra está fadada a ser um mundo melhor;  Para auxiliar, acelerar o progresso da humanidade, seres de outra dimensão habilitaram-se, por amor, às fileiras da encarnação e, a partir da década de 80 começaram a mergulhar na romagem carnal.  Começa a acontecer um curioso fenômeno: psicólogos notaram que estas crianças, das ultimas décadas, eram diferentes. Os padrões de ensino não mais funcionavam e/ou funcionam da mesma forma.  Notaram que estas crianças possuíam uma “luminosidade” diferente. A esta luminosidade dá-se o nome de aura. A aura dessas crianças é de um azul intenso escuro (índigo).
  • 16. São crianças especiais  Algumas são hiperativas;  Outras possuem uma forma de expressão diferente;  Algumas agressivas;  E outras muito sábias, que emanam ainda uma luminosidade mais translúcida (cristal).
  • 17. CRIANÇAS CRISTAL  Portadoras de um QI elevado;  Observadoras;  Amoráveis;
  • 18. Encarnação em massa  Invadindo nossos lares;  Solicitando novas formas de ensino psicopedagógico;  São crianças que:  Não temem;  Exigem diálogo;  Impõe afetividade;  Ultrapassam os níveis tradicionais nos mais variados campos;
  • 19. Para quê?  Para elevar o padrão vibratório do planeta;  É sabido que cada ser, encarnado ou desencarnado, possui a sua irradiação mental, vibracional. E cada ser é responsável por ela;  Então, estes espíritos luminosos de outra dimensão, juntamente com aqueles que, em outras eras contribuíram para o avanço da humanidade (nas artes, na ciência, etc.) encarnam na terra para alavancar a sua evolução.
  • 20. Ok, mas...  Por que ainda há tanta dor, sofrimentos inenarráveis, lamúrias, angústia, medo?  Cracolândias...  Guerras...  Drogadição...  Vícios de toda ordem... ????????????????????????????????
  • 21. O amor de Deus...  ... Nunca abandona suas criaturas...  Por amor divino, são dadas as últimas chances àqueles espíritos renitentes no mal.  Recebem corpos perfeitos, esculpidos pelo fenômeno da hereditariedade, do DNA trabalhado em séculos de evolução humana;  Estes então, são a força que entra em choque contra esse exército da mansidão, da misericórdia, da fraternidade, do amor...
  • 22. Plêiades de Alcíone  A partir de 2012, espíritos extremamente elevados tem se voluntariado a encarnar na terra, proporcionando, desde a espiritualidade, a mutação genética no DNA necessária para que saiamos do Homo Sapiens para o Homo Virtualis...  Promovendo com isso, corpos mais sutis, com menor capacidade de degeneração, com capacidades extras de comunicação (capacidades sensoriais);  A fim de promover o mundo de regeneração, que ainda não é um mundo feliz.
  • 23. Enquanto isso se processa...  Já verificamos os prelúdios deste intenso trabalho realizado pelas equipes espirituais superiores;  Esse “choque” energético tem despertado as consciências gerando as maiores dores já vistas até aqui... Modificando nosso interior e a nossa conduta:  Pessoas solitárias;  Angustiadas;  Medrosas;  Fazendo com que sejam desencadeados processos depressivos gerados pelo egoísmo, pela revolta em não querer modificar-se.
  • 24. E as guerras...  Pergunta 742 do L.E.: Qual a razão da guerra? Resposta: Predominância da natureza animal sobre a natureza espiritual do indivíduo e o transbordamento das paixões...;
  • 25. Como podemos ajudar??  Resposta muito simples....
  • 26. REFORMA ÍNTIMA  Joanna de Angelis:  “Cada qual se torna responsável por analisar e desenvolver as potencialidades que lhe são inerentes. O autoconhecimento, é o grande desafio contemporâneo de todos os seres.”  Existe uma sede muito grande pela realização externa, pelas metas do ego, e normalmente são negligenciadas as metas internas de crescimento.
  • 27. Mudança de foco  É como se saíssemos da percepção limitada, focada na base das necessidades, muito bem analisadas por Maslow..., e partíssemos para as “metanecessidades”.  Metanecessidades: podem ser identificadas como as necessidades da alma que, enquanto esquecidas ou não abordadas em nossa jornada existencial, continuam sendo motivos de conflitos e neuroses.
  • 28. Autodescobrimento - Finalidade  “Conscientizar a pessoa a respeito do que necessita, de como realizá-lo e quando dar início à nova fase”.  J.A. sugere que todo processo significa “... Não apenas a identificação das suas necessidades, mas, principalmente, da sua realidade emocional, das suas aspirações legítimas e reações diante das ocorrências do cotidiano”.
  • 29. Carl Gustav Jung  “O homem gosta de acreditar-se senhor da sua alma. Mas enquanto for incapaz de controlar os seus humores e emoções, ou de se tornar consciente das inúmeras maneiras secretas pelas quais os fatores inconscientes se insinuam nos seus projetos e decisões, certamente não é o seu dono”.
  • 30. Mas como?  “Atitude introspectiva torna-se uma ferramenta valiosa, na qual, buscando avaliar o conteúdo psíquico que se exterioriza, o ser torna-se responsável por modificar tudo aquilo que se encontra em desarmonia.”