Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico mecanico

411 visualizações

Publicada em

Algumas formulas para levar no bolso...

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formulas mecanicas para utilização no dia a dia tecnico mecanico

  1. 1. FORMULAS MECANICAS PARA UTILIZAÇÃO NO DIA A DIA. Parafusos em mm:  Formula do Diâmetro menor do parafuso: d1 = d - 1,2268 . P d1- diâmetro menor. d – diâmetro nominal. 1,2268 – constante da formula. P – passo da rosca. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Formula do Diâmetro menor da porca: D1 = d – 1,0825 . P _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Altura do Filete do parafuso: he = 0,61343 . P _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Parafusos em polegadas ”:  Passo: 푷 = ퟐퟓ, ퟒ 푵° 풅풆 푭푷푷 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Altura do filete: 퐡퐞 = ퟎ, ퟔퟒퟎퟑ . 퐏 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Diâmetro menor ou do Furo: 퐝ퟏ = 퐝 − ퟐ. 퐡퐞 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Rebites:  Calculo do diâmetro do rebite a ser usado em qualquer tipo de chapa: 푫 = ퟏ, ퟓ. < 푆 D – Diâmetro rebite. 1,5 – Constante da formula.Digite a equação aqui. < S – chapa de menor espessura.  Calculo do diâmetro para furar e adaptar o rebite: 퐝퐅 = 퐝퐫. ퟏ, ퟎퟔ dF – Diâmetro do furo na chapa. dr – Diâmetro do ribite. 1,06 – constante da formula. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Comprimento útil do rebite: 퐋 = ퟏ, ퟓ. 퐝퐫 + 퐬 퐋 = ퟏ. 퐝퐫 + 퐬 L – comprimento útil. 1,5 – constante rebite cabeça redonda ou cilíndrica. 1 – constante rebite cabeça escareada. dr – diâmetro do rebite. s – soma das espessuras das chapas. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Pressão: 퐏 = 퐅 퐀 푭 = 푷. 푨 푨 = 푭 풑 P – Pressão. F – Força. A - Área. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Rolamento:  Vida útil de um rolamento: 푳풉 = ( 푪 푭풑 푷 . ퟏퟎퟔ ) ퟔퟎ . 풏 Lh – Vida Util. C – Capacidade de Carga dinâmica. Fp – Força peso. P – =(3 rolamentos de esfera) (10/3 rolamentos de rolo). n – (rpm).
  2. 2. FORMULAS MECANICAS PARA UTILIZAÇÃO NO DIA A DIA. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Correias:  Polias iguais: L = π . d + 2 . c L – comprimento. π.d – Perímetro. c – Distancia entre centros. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Polias diferentes: L=π.(R+r)+2.√풄ퟐ + (푹 − 풓)ퟐ R - Raio diâmetro maior. r – Raio diâmetro menor _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Polias iguais correias cruzadas: L= π.d+2.√풄ퟐ + 풅² _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Polias diferentes correias cruzadas: 푳 = 흅. (푹 + 풓) + ퟐ. √풄ퟐ + (푹 + 풓)ퟐ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Rotação:  Calculo de rotação polias: 퐑퐨퐭퐚çã퐨 = 퐑퐏퐌. ∅ 퐩퐨퐥퐢퐚 퐦퐨퐭퐨퐫퐚 ∅ 퐩퐨퐥퐢퐚 퐦퐨퐯퐢퐝퐚 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Calculo de rotação engrenagens: 퐑퐨퐭퐚çã퐨 = 퐑퐏퐌. 퐍º 퐝퐞퐧퐭퐞퐬 퐦퐨퐭퐨퐫퐚 퐍º 퐝퐞퐧퐭퐞퐬 퐦퐨퐯퐢퐝퐚 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Quadrado: 퐀퐫퐞퐚 = 퐋퐚퐝퐨. 퐋퐚퐝퐨 퐏퐞퐫퐢퐦퐞퐭퐫퐨 = 퐒퐨퐦퐚 퐝퐨퐬 퐪퐮퐚퐭퐫퐨 퐥퐚퐝퐨퐬 퐃퐢퐚퐠퐨퐧퐚퐥 = 퐋퐚퐝퐨. ퟏ, ퟒퟏퟒퟐ 1,4142- constante da formula.  Retangulo: Área e Perímetro são calculados da mesma forma que do quadrado. 푫풊풂품풐풏풂풍 (풉ퟐ = 푪푶ퟐ + 푪푨ퟐ) _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Triangulo: 퐀퐫퐞퐚 = 퐛. 퐡 ퟐ b – base. h – Altura. Calcula-se o perímetro como no retângulo e no quadrado. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Circunferência: 푨 = 훑. 퐫ퟐ A – Área. r – raio. ∅ = 풓ퟐ 풓 = ∅ ퟐ 푷풆풓풊풎풆풕풓풐 = ퟐ. 흅. 풓 _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _  Volume: 퐕 = 퐀. 퐋 L – Comprimento. Ex: cilindro, tubo... A – Área. V – Volume. _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
  3. 3. FORMULAS MECANICAS PARA UTILIZAÇÃO NO DIA A DIA.  Calços para desalinhamentos: Angular vertical: 퐇 = 퐱.퐋 퐝 퐇ퟏ = 퐱.퐋 퐝 H e 푯ퟏ - esspessuras dos calços dianteiro e traseiro. x- Valor do desalinhamento angular L – distancia do pé( Dianteiro H, traseiro+ dianteiro 푯ퟏ)do motor ate a face do acoplamento. d – diâmetro do acoplamento. Paralelo vertical: divide-se o valor do desalinhamento por 2 o resultado é a espessura do calço a ser utilizado. Paralelo horizontal: Divide-se o valor do desalinhamento por 2 o resultado é o valor que se deve deslocar o motor lembrando que se forem 2 valores é necessário fazer a soma dos mesmos e depois dividir por 2.  Calculo (rpm) da Maquina para furos, etc.: 퐍 = 퐕퐂. ퟑퟏퟖ ∅ 퐛퐫퐨퐜퐚 퐨퐮 퐩퐞ç퐚 N – rpm VC – Velocidade de corte dada por tabela (aço= 25). 318 – Contante.  Calculo de Força 푭 = 풎. 풂 F – Força m – Massa a – aceleração. Unidade de medida é dada em N ( Newton). ________________________________  Velocidade media ou aceleração constante 퐕 = 푠 푡 V – velocidade media ou aceleração constante s – espaço ( m, Km etc) t – tempo. Unidade de medida é dada em m/s ou Km/h  Calcular trabalho: 푾 = 푭 . 풔 W – Trabalho. F – Força. s – Espaço percorrido (Km, m, cm, mm...) unidade de medida é dada em J (Joules) = N.m ( Newtom x metro).  Calcular espaço exato entre os furos de um Flange: 180º dividido pelo nº de furos a serem feitos na flange, procura-se depois o seno do resultado e multiplica-se o resultado do seno pelo diâmetro da linha de centro dos furos a serem feiros, esse resultado é a distancia exata da abertura do compasso para se traçar os furos na flange.

×