ABNT NBR ISO 39001:2015
Sistema de Gestão da Segurança
Viária
http://whqlibdoc.who.int/publications/2009/9789241563840_eng.pdf
 1,2 milhões de mortes/ano
 +50 milhões de feridos
grav...
 Desenvolver uma norma que
sistematizasse a gestão da
segurança viária
 Aplicável a qualquer
organização que interaja co...
 Em outubro de 2012 é
publicada a ISO 39001
– Road traffic safety
(RTS) management
systems –
Requirements with
guidance f...
 Especificar os
requisitos para um
sistema de gestão
que permita a uma
organização que
interage com o
sistema viário,
red...
 Sistema de Gestão =>
Conjunto de elementos de
uma organização, inter-
relacionados e que interagem
para estabelecer polí...
 Exceto pelo conteúdo
exclusivo à Segurança
Viária a estrutura da
norma apresenta vários
pontos em comum com
as demais no...
Organizações que já tenham
programas ou ações de segurança
viária
 Conectar estas ações e
programas a indicadores
de dese...
- Conhecer a sinistralidade da empresa
 Número de Acidentes nos últimos anos: fatais e não-
fatais.
 Número de vítimas f...
– Para cada um dos Fatores, identificar a
causa do acidente
 Fator Humano: Distração, Fadiga, Sono,
Alcool, Velocidade, S...
– Compilar os dados e obter as
principais causas de acidentes e
vítimas ocorridos na empresa.
 Estabelecer uma forma de
p...
– Conhecidas as causas e tendo
estabelecido os piores acidentes
para a empresa, definir metas de
melhoria da Segurança Viá...
– Desenvolver para cada uma destas
metas, um plano de ação detalhado para
atingi-las, com prazos, responsáveis,
recursos e...
 A obtenção da certificação
em um sistema de gestão de
segurança viária, permite
criar uma linguagem comum
entre todos os...
 A ISO 39001 é uma Norma
de Gestão de Riscos. Ao
identificá-los, tratá-los e
demonstrar a efetividade
destas ações atravé...
 Além da aplicação direta às empresas de transporte, a
Norma tem um alcance muito maior, e está sendo
considerada uma fer...
 Paulo Cesar Gottlieb
Pós Graduado em Investigação e
Reconstrução de Acidentes de Trânsito
(Universitat Politècnica de Ca...
ABNT NBR ISO 39001 - Sistema de Gestão da Segurança Viária
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ABNT NBR ISO 39001 - Sistema de Gestão da Segurança Viária

1.166 visualizações

Publicada em

A ISO 39001 - Sistema de Gestão da Segurança Viária agora está disponível em português graças a adoção da norma pela ABNT.

Publicada em: Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ABNT NBR ISO 39001 - Sistema de Gestão da Segurança Viária

  1. 1. ABNT NBR ISO 39001:2015 Sistema de Gestão da Segurança Viária
  2. 2. http://whqlibdoc.who.int/publications/2009/9789241563840_eng.pdf  1,2 milhões de mortes/ano  +50 milhões de feridos graves em acidentes de trânsito  Atingirá o 5º. Lugar em 2030 (3,6% do total).  Principal causa de morte na faixa etária de 10 – 24 anos  Falta de abordagem sistêmica e compromisso entre as organizações – governamentais ou não – que afetam ou são afetadas pelos sistemas de trânsito e transporte rodoviário.
  3. 3.  Desenvolver uma norma que sistematizasse a gestão da segurança viária  Aplicável a qualquer organização que interaja com sistemas de trânsito ou transporte.  A ISO, cria um grupo de trabalho (PC-241)  Especialistas de 39 países (infelizmente o Brasil não participou...) e 12 organizações internacionais, entre elas a OMS e o Banco Mundial
  4. 4.  Em outubro de 2012 é publicada a ISO 39001 – Road traffic safety (RTS) management systems – Requirements with guidance for use.  Em outubro de 2015, a ABNT adota a norma através da publicação da ABNT NBR ISO 39001:2015
  5. 5.  Especificar os requisitos para um sistema de gestão que permita a uma organização que interage com o sistema viário, reduzir mortes e ferimentos graves em acidentes de trânsito
  6. 6.  Sistema de Gestão => Conjunto de elementos de uma organização, inter- relacionados e que interagem para estabelecer políticas, objetivos e processos para atingir estes objetivos.  Segurança Viária => Fatores e condições relacionados aos acidentes ou incidentes de trânsito que tenham um impacto, ou potencial para tê- lo, na morte ou ferimentos graves nos usuários da via.  Usuários da via => Pedestres, Motoristas, Ciclistas, Motociclistas
  7. 7.  Exceto pelo conteúdo exclusivo à Segurança Viária a estrutura da norma apresenta vários pontos em comum com as demais normas de Sistema de Gestão:  ISO 9001 – Qualidade  ISO 14001 – Meio Ambiente  OHSAS 18001 – Segurança e Saúde no Trabalho  O que é comum às demais normas  Política  Objetivos  Controle de Documentos  Registros  Auditorias Internas  Análise Crítica  Melhoria Contínua  Pode ser Certificada – Mas não necessariamente
  8. 8. Organizações que já tenham programas ou ações de segurança viária  Conectar estas ações e programas a indicadores de desempenho, tornando possível medir a sua eficácia  Implementar métodos que possibilitem conhecer os perigos e avaliar os riscos relacionados com a Segurança Viária  Incorpora a SV na rotina de gestão da organização, através da política e dos compromissos da Direção Organizações que não agem rotineiramente na segurança viária  É um roteiro a ser seguido no todo ou em partes da organização tendo como objetivo a redução dos acidentes viários.
  9. 9. - Conhecer a sinistralidade da empresa  Número de Acidentes nos últimos anos: fatais e não- fatais.  Número de vítimas fatais e não-fatais  Índices: Acidentes/km; Acidentes/Frota; Vítimas/km.  Causas dos acidentes – Investigar os principais, definindo os fatores presentes: Humano, Veículo e Via. Lembrando que acidentes normalmente tem mais de um fator envolvido.  Custos dos Acidentes – incluindo perdas materiais, produção, etc. Estabelecer índices relacionados com o faturamento ou a rentabilidade da empresa.
  10. 10. – Para cada um dos Fatores, identificar a causa do acidente  Fator Humano: Distração, Fadiga, Sono, Alcool, Velocidade, Stress e Ansiedade, Doenças.  Fator Via: Geometria, sinalização, velocidade incompatível, pavimento, clima  Fator Veículo: Como causa do acidente: Manutenção, defasagem tecnológica, tipo de veículo x carga x via. Como agravamento do acidente: Uso do cinto de segurança, sistema de retenção da carga, dispositivos de segurança passiva
  11. 11. – Compilar os dados e obter as principais causas de acidentes e vítimas ocorridos na empresa.  Estabelecer uma forma de priorização, podendo ser por custo, por gravidade das lesões das vítimas, por número de vítimas, por danos a terceiros.
  12. 12. – Conhecidas as causas e tendo estabelecido os piores acidentes para a empresa, definir metas de melhoria da Segurança Viária da empresa:  Redução dos acidentes  Redução da gravidade dos acidentes  Redução/eliminação das causas de acidentes para cada um dos Fatores
  13. 13. – Desenvolver para cada uma destas metas, um plano de ação detalhado para atingi-las, com prazos, responsáveis, recursos e indicadores que permitam acompanhar o progresso do Plano.  Mobilizar os colaboradores para conquistar a adesão necessária para o sucesso das ações  Registrar todos os passos para criar o histórico  Retornar ao Passo 1.
  14. 14.  A obtenção da certificação em um sistema de gestão de segurança viária, permite criar uma linguagem comum entre todos os atores da cadeia produtiva  À partir do momento que clientes, fornecedores e outras partes interessadas implantam um SGSV de acordo com os requisitos de uma norma comum, os resultados são multiplicados SEGURANÇA VIÁRIA TRC INDUSTRIA PUBLICO RODOVIAS
  15. 15.  A ISO 39001 é uma Norma de Gestão de Riscos. Ao identificá-los, tratá-los e demonstrar a efetividade destas ações através da certificação, a organização se habilita a pleitear o reconhecimento deste valor agregado junto às seguradoras, através da redução dos prêmios pagos  Uma empresa que opera uma frota de aproximadamente 900 veículos, leves e pesados, obteve a certificação ISO 39001 no Reino Unido e, como consequência direta, recebeu um desconto de 10% nos seus prêmios de seguro  O valor economizado foi suficiente para pagar o investimento inicial na Certificação e a sua manutenção por 7 Anos!
  16. 16.  Além da aplicação direta às empresas de transporte, a Norma tem um alcance muito maior, e está sendo considerada uma ferramenta para a Prevenção de Riscos Ocupacionais (ORP);  Todas as organizações que interagem, afetam ou são afetadas pelo trânsito são elegíveis para sua aplicação: Escolas, Operadores de sistemas de trânsito, Shoppings, Engenharia de Tráfego;  Uma importante parcela das organizações que estão buscando a certificação na Norma, está empenhada na redução dos riscos de acidentes em Itinere – o percurso que todos fazemos de casa para o trabalho e vice-versa.
  17. 17.  Paulo Cesar Gottlieb Pós Graduado em Investigação e Reconstrução de Acidentes de Trânsito (Universitat Politècnica de Catalunya – 2015) Engenheiro Mecânico (UFPR – 1992)  Consultor Programa Volvo de Segurança no Trânsito - PVST (2014, 2015) – Palestras ISO 39001  Autor do Manual de Implantação da ISO 39001 para o PVST  Secretário da Comissão de Estudo da ABNT CE-16:300-07 para tradução da norma ISO 39001  Auditor e Consultor NBR ISO 39001 paulo@trs.eng.br

×