SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
ORALIDADE E PRODUÇÃO ESCRITA: AS REPRESENTAÇÕES DO EU
Professora Paula Meyer
OBJETIVOS
 Planejamento, produção e edição de textos orais, escritos e multissemióticos;
 Ampliar o conhecimento de mundo;
 Propiciar o autoconhecimento.
COMPETÊNCIAS E HABILIDADE DA FORMAÇÃO GERAL BÁSICA
EM13LGG102: Analisar visões de mundo, conflitos de interesse, preconceitos e ideologias presentes
nos discursos veiculados nas diferentes mídias, ampliando suas possibilidades de explicação,
interpretação e intervenção crítica de / na realidade.
EM13LGG204: Dialogar e produzir entendimento mútuo, nas diversas linguagens (artísticas,
corporais e verbais), com vistas ao interesse comum pautado em princípios e valores de equidade
assentados na democracia e nos Direitos Humanos.
EM13LGG304: Formular propostas, intervir e tomar decisões que levem em conta o bem comum e
os Direitos Humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local,
regional e global.
DIVISÃO DAS AULAS
 Primeiro Momento: Parte Teórica
 Segundo Momento: Parte Prática
 Terceiro Momento: Diário Reflexivo
CULMINÂNCIA
 “Luz, Câmera, Ação!”
(Produção de um Curta-Metragem)
CRONOGRAMA
17/02
 Apresentação do Itinerário Formativo;
 Diário Reflexivo / Curta-Metragem;
 Estabelecendo um “PERFIL”;
 Pontos em Comum / Carta de Apresentação.
24/02
 Fernando Pessoa;
 Ortônimo, Heterônimo e Pseudônimo;
 Os Heterônimos de Fernando Pessoa;
PARTE PRÁTICA: Qual é o Heterônimo?
03/03
 Projeto “Heterônimos Femininos”;
Para o VÍDEO:
__________________01: ORALIDADE E PRODUÇÃO ESCRITA: AS
REPRESENTAÇÕES DO EU / Projeto Heterônimos Femininos
__________________02: Como forma de homenagear e trazer reflexões, nós, alunos
do terceiro ano do E.M., desenvolvemos diferentes heterônimos, fazendo com que não
apenas um personagem, mas uma nova personalidade fosse criada.
Tais criações autorais foram inspiradas nas histórias de mulheres contemporâneas com
a finalidade de trazer debates para o dia 08 de março.
__________________03:Mas afinal, você sabe o que são heterônimos?
__________________04: Os heterônimos não são personagens e sim personalidades
criadas pelos escritores. Isso porque tem nome, identidade, estilo e características
próprias, distantes do escritor/escritora.
__________________05:Fernando Pessoa é considerado a maior referência dos
Heterônimos e, o que muitos não sabem, é que dentre tantas personalidades que o gênio
português criou, uma delas foi feminina.
__________________06:O heterônimo feminino chamado Maria José foi uma jovem
corcunda invisível para o mundo, e principalmente para o seu amado, que ela acompanha
todos os dias da sua janela.
__________________07: Para somarmos aos grandes feitos do renomado poeta
Modernista, realizamos as singelas personalidades que foram inspiradas em diversas
mulheres contemporâneas...
__________________08: Agradecemos a sua atenção!
10/03
 Complexo de Cinderela;
 Síndrome do Peter Pan;
 Síndrome de Dorian Gray.
PARTE PRÁTICA: Interpretação de Músicas.
17/03
 Projeto “Sentando no divã”;
PARTE PRÁTICA: Apresentação da entrevista.
24/03
 As Múltiplas - Inteligências Múltiplas;
 Interpretação da música “Eu Não Quero Ser Ninguém” – SID;
PARTE PRÁTICA: “Luz, Câmera, Ação”
31/03 PARTE PRÁTICA: “Luz, Câmera, Ação”
07/04 PARTE PRÁTICA: “Luz, Câmera, Ação”
*FILMORA
DIÁRIO REFLEXIVO
PASSADO
QUEM EU ERA
PRESENTE
QUEM EU SOU
FUTURO
QUEM EU SEREI
REFLEXÕES?
PENSAMENTOS?
CRÍTICAS?
MEDOS?
DORES?
SUPERAÇÕES?
ALUNOS I.F. “ORALIDADE E PRODUÇÃO ESCRITA: AS REPRESENTAÇÕES DO EU”
Professora Paula Meyer
Projeto Heterônimos Femininos: criando novas personalidades inspiradas em mulheres

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
 
Exercícios sobre gêneros literários
Exercícios sobre gêneros literáriosExercícios sobre gêneros literários
Exercícios sobre gêneros literários
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
Cruzadinha generos[1]
Cruzadinha generos[1]Cruzadinha generos[1]
Cruzadinha generos[1]
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
 
FICHA - FUNÇÕES DA LINGUAGEM - Gabarito.pdf
FICHA - FUNÇÕES DA LINGUAGEM - Gabarito.pdfFICHA - FUNÇÕES DA LINGUAGEM - Gabarito.pdf
FICHA - FUNÇÕES DA LINGUAGEM - Gabarito.pdf
 
Plano aula modelo gasparim genero textual
Plano aula modelo gasparim  genero textualPlano aula modelo gasparim  genero textual
Plano aula modelo gasparim genero textual
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
LÍNGUA PORTUGUESA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC - (EM13LP04) D4
 
Atividade anaf cataf 9 ano dinarte
Atividade anaf cataf 9 ano dinarteAtividade anaf cataf 9 ano dinarte
Atividade anaf cataf 9 ano dinarte
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEMFIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
 

Semelhante a Projeto Heterônimos Femininos: criando novas personalidades inspiradas em mulheres

A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOGisele Souza
 
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOGisele Souza
 
Projeto - Samuel e Dalva
Projeto - Samuel e DalvaProjeto - Samuel e Dalva
Projeto - Samuel e DalvaAdão Lourenço
 
A lingua portuguesa e as literacias do século XXI
A lingua portuguesa e as literacias do século XXIA lingua portuguesa e as literacias do século XXI
A lingua portuguesa e as literacias do século XXIAntonio Dias de Figueiredo
 
AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...
AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...
AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...Carlos Rocha
 
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanholaMaterial de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanholaNathSantana
 
Práticas 05 Slide - Práticas de Ensino V
Práticas 05 Slide - Práticas de Ensino VPráticas 05 Slide - Práticas de Ensino V
Práticas 05 Slide - Práticas de Ensino VChristianGSeidl1
 
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1Ana Chantal
 
Ensaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docxEnsaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docxRoosevelt F. Abrantes
 
Ensaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docxEnsaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docxRooseveltFAbrantes2
 
Preparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana Correia
Preparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana CorreiaPreparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana Correia
Preparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana CorreiaMariana Correia
 
Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59
Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59
Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59Valter Gomes
 
Resenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz Fiorin
Resenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz FiorinResenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz Fiorin
Resenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz FiorinJean Michel Gallo Soldatelli
 
Gênero charge na sala de aula o sabor do texto
Gênero charge na sala de aula o sabor do textoGênero charge na sala de aula o sabor do texto
Gênero charge na sala de aula o sabor do textoFrancimeire Cesario
 
Revista Sinais Sociais (abril 2011)
Revista Sinais Sociais (abril 2011)Revista Sinais Sociais (abril 2011)
Revista Sinais Sociais (abril 2011)Samuel Lima
 
Miniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursiva
Miniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursivaMiniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursiva
Miniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursivaFernanda Maite dos Passos
 
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdfA Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdfWagnerCruzdaCruz1
 
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdfA Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdfWagnerCruzdaCruz1
 

Semelhante a Projeto Heterônimos Femininos: criando novas personalidades inspiradas em mulheres (20)

A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
 
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
 
Projeto - Samuel e Dalva
Projeto - Samuel e DalvaProjeto - Samuel e Dalva
Projeto - Samuel e Dalva
 
A lingua portuguesa e as literacias do século XXI
A lingua portuguesa e as literacias do século XXIA lingua portuguesa e as literacias do século XXI
A lingua portuguesa e as literacias do século XXI
 
Slidesufma
SlidesufmaSlidesufma
Slidesufma
 
AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...
AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...
AS ESTRATÉGIAS DISCURSIVAS NA EDITORIA POLÍTICA NACIONAL DA REVISTA ROLLING S...
 
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanholaMaterial de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
Material de estudo para o enem - linguagens e codigos lingua espanhola
 
Práticas 05 Slide - Práticas de Ensino V
Práticas 05 Slide - Práticas de Ensino VPráticas 05 Slide - Práticas de Ensino V
Práticas 05 Slide - Práticas de Ensino V
 
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
235267232 4-ano-projeto-varal-de-poesias-1
 
Ensaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docxEnsaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideológicos - Discursos Dialéticos da Ideologia.docx
 
Ensaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docxEnsaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docx
Ensaios Ideologicos - Discursos Dialeticos da Ideologia.docx
 
Preparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana Correia
Preparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana CorreiaPreparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana Correia
Preparatório Língua Portuguesa e Redação - Prof.ª Mariana Correia
 
Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59
Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59
Folhetim do Estudante - Ano VII - Núm. 59
 
Resenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz Fiorin
Resenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz FiorinResenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz Fiorin
Resenha crítica do livro "Linguagem e Ideologia" de José Luiz Fiorin
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 
Gênero charge na sala de aula o sabor do texto
Gênero charge na sala de aula o sabor do textoGênero charge na sala de aula o sabor do texto
Gênero charge na sala de aula o sabor do texto
 
Revista Sinais Sociais (abril 2011)
Revista Sinais Sociais (abril 2011)Revista Sinais Sociais (abril 2011)
Revista Sinais Sociais (abril 2011)
 
Miniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursiva
Miniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursivaMiniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursiva
Miniconto: experiências pedagógicas em outra dimensão discursiva
 
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdfA Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
 
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdfA Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
A Invisibilidade Pública - costafernando_do.pdf
 

Mais de Paula Meyer Piagentini

Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao RomantismoJogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao RomantismoPaula Meyer Piagentini
 
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Paula Meyer Piagentini
 
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Paula Meyer Piagentini
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no BrasilEscritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no BrasilPaula Meyer Piagentini
 
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIXTabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIXPaula Meyer Piagentini
 
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)Paula Meyer Piagentini
 
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino MédioMapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino MédioPaula Meyer Piagentini
 
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino MédioMapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino MédioPaula Meyer Piagentini
 
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)Paula Meyer Piagentini
 

Mais de Paula Meyer Piagentini (20)

Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao RomantismoJogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
Jogo Literário: Do Trovadorismo ao Romantismo
 
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Arcadismo (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
 
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
Barroco (Contexto Histórico, Arte, Literatura)
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no BrasilEscritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
Escritores pertencentes ao Pré-Modernismo no Brasil
 
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIXTabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
Tabela Escolas Literárias Segunda Metade do século XIX
 
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
Escolas Literárias (Segunda Metade do século XIX)
 
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino MédioMapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
Mapa Mental (Humanismo e Classicismo) / Ensino Médio
 
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino MédioMapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
Mapa Conceitual Trovadorismo / Literatura Ensino Médio
 
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)Interpretação Textual (Sétimo Ano)
Interpretação Textual (Sétimo Ano)
 
Síndromes
Síndromes Síndromes
Síndromes
 
Dia Internacional das Mulheres
Dia Internacional das MulheresDia Internacional das Mulheres
Dia Internacional das Mulheres
 
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
Atividade de Interpretação (Projeto Poesia)
 
Projeto Poesia
Projeto PoesiaProjeto Poesia
Projeto Poesia
 
Projeto Interdisciplinar
Projeto Interdisciplinar Projeto Interdisciplinar
Projeto Interdisciplinar
 

Último

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 

Último (20)

Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 

Projeto Heterônimos Femininos: criando novas personalidades inspiradas em mulheres

  • 1. ORALIDADE E PRODUÇÃO ESCRITA: AS REPRESENTAÇÕES DO EU Professora Paula Meyer OBJETIVOS  Planejamento, produção e edição de textos orais, escritos e multissemióticos;  Ampliar o conhecimento de mundo;  Propiciar o autoconhecimento. COMPETÊNCIAS E HABILIDADE DA FORMAÇÃO GERAL BÁSICA EM13LGG102: Analisar visões de mundo, conflitos de interesse, preconceitos e ideologias presentes nos discursos veiculados nas diferentes mídias, ampliando suas possibilidades de explicação, interpretação e intervenção crítica de / na realidade. EM13LGG204: Dialogar e produzir entendimento mútuo, nas diversas linguagens (artísticas, corporais e verbais), com vistas ao interesse comum pautado em princípios e valores de equidade assentados na democracia e nos Direitos Humanos. EM13LGG304: Formular propostas, intervir e tomar decisões que levem em conta o bem comum e os Direitos Humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global. DIVISÃO DAS AULAS  Primeiro Momento: Parte Teórica  Segundo Momento: Parte Prática  Terceiro Momento: Diário Reflexivo CULMINÂNCIA  “Luz, Câmera, Ação!” (Produção de um Curta-Metragem) CRONOGRAMA 17/02  Apresentação do Itinerário Formativo;  Diário Reflexivo / Curta-Metragem;  Estabelecendo um “PERFIL”;  Pontos em Comum / Carta de Apresentação.
  • 2. 24/02  Fernando Pessoa;  Ortônimo, Heterônimo e Pseudônimo;  Os Heterônimos de Fernando Pessoa; PARTE PRÁTICA: Qual é o Heterônimo? 03/03  Projeto “Heterônimos Femininos”; Para o VÍDEO: __________________01: ORALIDADE E PRODUÇÃO ESCRITA: AS REPRESENTAÇÕES DO EU / Projeto Heterônimos Femininos __________________02: Como forma de homenagear e trazer reflexões, nós, alunos do terceiro ano do E.M., desenvolvemos diferentes heterônimos, fazendo com que não apenas um personagem, mas uma nova personalidade fosse criada. Tais criações autorais foram inspiradas nas histórias de mulheres contemporâneas com a finalidade de trazer debates para o dia 08 de março. __________________03:Mas afinal, você sabe o que são heterônimos? __________________04: Os heterônimos não são personagens e sim personalidades criadas pelos escritores. Isso porque tem nome, identidade, estilo e características próprias, distantes do escritor/escritora. __________________05:Fernando Pessoa é considerado a maior referência dos Heterônimos e, o que muitos não sabem, é que dentre tantas personalidades que o gênio português criou, uma delas foi feminina. __________________06:O heterônimo feminino chamado Maria José foi uma jovem corcunda invisível para o mundo, e principalmente para o seu amado, que ela acompanha todos os dias da sua janela. __________________07: Para somarmos aos grandes feitos do renomado poeta Modernista, realizamos as singelas personalidades que foram inspiradas em diversas mulheres contemporâneas... __________________08: Agradecemos a sua atenção!
  • 3. 10/03  Complexo de Cinderela;  Síndrome do Peter Pan;  Síndrome de Dorian Gray. PARTE PRÁTICA: Interpretação de Músicas. 17/03  Projeto “Sentando no divã”; PARTE PRÁTICA: Apresentação da entrevista. 24/03  As Múltiplas - Inteligências Múltiplas;  Interpretação da música “Eu Não Quero Ser Ninguém” – SID; PARTE PRÁTICA: “Luz, Câmera, Ação” 31/03 PARTE PRÁTICA: “Luz, Câmera, Ação” 07/04 PARTE PRÁTICA: “Luz, Câmera, Ação” *FILMORA DIÁRIO REFLEXIVO PASSADO QUEM EU ERA PRESENTE QUEM EU SOU FUTURO QUEM EU SEREI REFLEXÕES? PENSAMENTOS? CRÍTICAS? MEDOS? DORES? SUPERAÇÕES?
  • 4. ALUNOS I.F. “ORALIDADE E PRODUÇÃO ESCRITA: AS REPRESENTAÇÕES DO EU” Professora Paula Meyer