SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
A velhinha e os animais amigos do Ambiente
Era uma vez, uma velhinha que morava numa casinha muito bonita, com muitas flores no
meio do bosque.
Certo dia, a filha mandou-lhe um convite para ir ao casamento da neta, pelo computador,
através da Internet.
A velhinha arranjou a carroça e o cavalinho e preparou-se para ir ao casamento.
Foi andando, andando pelo bosque fora, até que encontrou um lobo.
O lobo disse-lhe:
— Vou comer-te, porque estou muito zangado!
A velhinha respondeu-lhe:
— Não me comas, porque eu estou muito magrinha, quando voltar do casamento da minha
neta já venho mais gordinha.
O lobo respondeu-lhe:
— Os homens deitaram esta garrafa de vidro para o chão, está a poluir o ambiente,
porque o vidro não se desfaz.
O lobo tinha uma garrafa de vidro na pata e estava muito preocupado porque não sabia
onde devia meter a garrafa de vidro.
A velhinha então disse-lhe para pôr a garrafa no vidrão, que é o ecoponto verde. A
garrafa vai transformar-se em vidro novo.
O lobo para lhe agradecer deixou-a passar.
A velhinha continuou o seu caminho, andou, andou, até que encontrou um urso que
pulou para a frente da carroça e lhe disse:
— Vou comer-te, porque estou muito zangado!
A velhinha respondeu-lhe:
— Não me comas, porque eu estou muito magrinha, quando voltar do casamento da minha
neta já venho mais gordinha.
O urso tinha uma revista na pata dianteira e disse:
— Os homens estão a poluir o ambiente, esta revista demora entre um e quatro meses a
desfazer-se. Então pediu ajuda à velhinha porque não sabia o que lhe fazer.
A velhinha disse-lhe:
— O papel deve pôr-se no ecoponto azul, que se chama papelão e vai transformar-se em
papel novo, assim não é preciso cortar mais árvores e todos vamos ter ar puro para respirar.
O urso respondeu-lhe:
— Obrigado, podes passar.
A velhinha continuou andando, andando, andando até que encontrou um leão e uma
pantera que estavam a discutir, porque não sabiam o que fazer com uma lata de salsichas e
uma garrafa de iogurte, que tinham encontrado no chão da selva.
— Os homens deitaram o lixo para o chão e estão a poluir o ambiente, as latas demoram
entre cem e quinhentos anos a desfazer-se, onde é que as vamos pôr?
A velhinha então resolveu ajudá-los e disse-lhes que deviam pôr a lata e a garrafa de
plástico no ecoponto amarelo, porque senão iam ficar a poluir o ambiente e assim servem para
fazer objectos novos: peças para automóveis, tachos, camisolas, sacos de plástico...
O leão e a pantera agradeceram-lhe:
— Obrigado, podes passar.
Um bocadinho mais à frente a velhinha encontrou uma chita que estava muito zangada,
porque encontrou duas pilhas no lago, que estavam a envenenar a água e a matar os amigos
peixinhos. A chita estava furiosa porque os homens estavam a poluir a água e por isso disse à
velhinha que ia comê-la.
A velhinha disse-lhe:
— Não me comas porque não fui eu. Vou ensinar-te o que deves fazer com as pilhas
velhas, deves pô-las no pilhão, que é o ecoponto vermelho.
A chita agradeceu-lhe:
— Obrigada, podes passar.
A velhinha continuou o seu caminho até que chegou ao casamento da neta.
O casamento foi muito bonito e divertido, a velhinha comeu e bebeu muitas coisas boas
e dançou muito com o compadre.
No dia seguinte a velhinha estava muito preocupada porque os animais da floresta
estavam à espera dela para a comer, agora que estava mais gordinha.
A neta disse-lhe:
— Não te preocupes, toma lá esta cabacinha para ires para a tua casa e para que os
animais da floresta e da selva não te comam.
A velhinha abriu a cabacinha, pôs-se lá dentro, fechou-a e começou a rolar.
Foi rolando, rolando até que encontrou a chita que lhe perguntou:
— Viste por aí uma velhinha muito gordinha?
A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe:
— Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão,
Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
Foi rolando, rolando até que encontrou a pantera e o leão que lhe perguntaram:
— Ó cabacinha, não viste por aí uma velhinha muito gordinha?
A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe:
— Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão,
Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
Continuou rolando, rolando até que encontrou o urso que lhe perguntou:
— Viste por aí uma velhinha muito gordinha?
A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe:
— Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão,
Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
Continuou rolando, rolando até que encontrou o lobo que lhe perguntou:
— Ó cabacinha, não viste por aí uma velhinha muito gordinha?
A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe:
— Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão,
Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
A velhinha continuou rolando a cabacinha até que chegou à sua casa, saiu de dentro da
cabacinha, abriu a porta de casa, ligou o computador e mandou uma mensagem à filha e à neta
a dizer que tinha chegado a casa sã e salva.
PIM PERLIM PIM PIM
ESTA HISTÓRIA
CHEGOU AO FIM!
Texto e Ilustração :
Crianças do Jardimde Infância de Campinho,
Alexandre e José Paulo
Edição de Imagem:
Educadora de Infância Paula Gil
Junho 2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoSilvares
 
Bruxa mimi
Bruxa mimiBruxa mimi
Bruxa mimiAna Alho
 
Borboletas, abelhas e jardins
Borboletas, abelhas e jardinsBorboletas, abelhas e jardins
Borboletas, abelhas e jardinsMaria Sousa
 
História de um livro activo...
História de um livro activo...História de um livro activo...
História de um livro activo...guest8ee1c5a
 
O TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEs
O TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEsO TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEs
O TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEsceumadureira
 
Livro o peixinho dourado
Livro o peixinho douradoLivro o peixinho dourado
Livro o peixinho douradojuliapereira9
 
Corre, corre cabacinha de Alice Vieira
Corre, corre cabacinha de Alice VieiraCorre, corre cabacinha de Alice Vieira
Corre, corre cabacinha de Alice Vieiraduminhaeb1
 
História da maria castanha
História da maria castanhaHistória da maria castanha
História da maria castanhahelenabarateiro
 
A lenda de arlequim
A lenda de arlequimA lenda de arlequim
A lenda de arlequimcasmaria
 
Leonia devora os livros
Leonia devora os livrosLeonia devora os livros
Leonia devora os livrosLídia Barros
 
O patinho que não comia legumes
O patinho que não comia legumesO patinho que não comia legumes
O patinho que não comia legumesmaria leite
 
A carochi..
A carochi..A carochi..
A carochi..tejinha
 
Corre, corre, cabacinha de Alice Vieira texto completo
Corre, corre, cabacinha de Alice Vieira   texto completoCorre, corre, cabacinha de Alice Vieira   texto completo
Corre, corre, cabacinha de Alice Vieira texto completoBibliotecadaEscoladaPonte
 
O Coelhinho Branco
O Coelhinho BrancoO Coelhinho Branco
O Coelhinho BrancoXana Santos
 

Mais procurados (20)

O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoleto
 
Bruxa mimi
Bruxa mimiBruxa mimi
Bruxa mimi
 
Borboletas, abelhas e jardins
Borboletas, abelhas e jardinsBorboletas, abelhas e jardins
Borboletas, abelhas e jardins
 
História de um livro activo...
História de um livro activo...História de um livro activo...
História de um livro activo...
 
A lagartinha comilona
A lagartinha comilonaA lagartinha comilona
A lagartinha comilona
 
O TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEs
O TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEsO TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEs
O TomáS Já NãO Cabe Nos CalçõEs
 
Natal, história
Natal, históriaNatal, história
Natal, história
 
Livro o peixinho dourado
Livro o peixinho douradoLivro o peixinho dourado
Livro o peixinho dourado
 
Corre, corre cabacinha de Alice Vieira
Corre, corre cabacinha de Alice VieiraCorre, corre cabacinha de Alice Vieira
Corre, corre cabacinha de Alice Vieira
 
História da maria castanha
História da maria castanhaHistória da maria castanha
História da maria castanha
 
A raposa e o galo
A raposa e o galoA raposa e o galo
A raposa e o galo
 
A lenda de arlequim
A lenda de arlequimA lenda de arlequim
A lenda de arlequim
 
Leonia devora os livros
Leonia devora os livrosLeonia devora os livros
Leonia devora os livros
 
O patinho que não comia legumes
O patinho que não comia legumesO patinho que não comia legumes
O patinho que não comia legumes
 
A carochi..
A carochi..A carochi..
A carochi..
 
Corre, corre, cabacinha de Alice Vieira texto completo
Corre, corre, cabacinha de Alice Vieira   texto completoCorre, corre, cabacinha de Alice Vieira   texto completo
Corre, corre, cabacinha de Alice Vieira texto completo
 
A lenda de arlequim 3 e 4 ano
A lenda de arlequim 3 e 4 anoA lenda de arlequim 3 e 4 ano
A lenda de arlequim 3 e 4 ano
 
O Coelhinho Branco
O Coelhinho BrancoO Coelhinho Branco
O Coelhinho Branco
 
Sara e o gigante das histórias(pp)
Sara e o gigante das histórias(pp)Sara e o gigante das histórias(pp)
Sara e o gigante das histórias(pp)
 
Um Lobo Culto
Um Lobo CultoUm Lobo Culto
Um Lobo Culto
 

Semelhante a A velhinha e os animais amigos do Ambiente

Semelhante a A velhinha e os animais amigos do Ambiente (20)

Velhinha Animais Amigos Ambiente
Velhinha Animais Amigos AmbienteVelhinha Animais Amigos Ambiente
Velhinha Animais Amigos Ambiente
 
Ficha de trabalho e conto integral
Ficha de trabalho e conto integralFicha de trabalho e conto integral
Ficha de trabalho e conto integral
 
Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2
 
Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2Trabalho do 4ºc2
Trabalho do 4ºc2
 
Histórias Infantis
Histórias InfantisHistórias Infantis
Histórias Infantis
 
História corre, corre, cabacinha
História   corre, corre, cabacinhaHistória   corre, corre, cabacinha
História corre, corre, cabacinha
 
Chapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelhoChapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelho
 
Chapeuzinho Vermelho - Uma Aventura Borbulhante
Chapeuzinho Vermelho - Uma Aventura BorbulhanteChapeuzinho Vermelho - Uma Aventura Borbulhante
Chapeuzinho Vermelho - Uma Aventura Borbulhante
 
Reescrita do Livro Chapeuzinho Vermelho
Reescrita do Livro Chapeuzinho VermelhoReescrita do Livro Chapeuzinho Vermelho
Reescrita do Livro Chapeuzinho Vermelho
 
Chapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelhoChapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelho
 
2 contos populares portugueses
2 contos populares portugueses2 contos populares portugueses
2 contos populares portugueses
 
Historia corre, corre cabacinha
Historia corre, corre cabacinhaHistoria corre, corre cabacinha
Historia corre, corre cabacinha
 
Letras com rugas
Letras com rugasLetras com rugas
Letras com rugas
 
4A
4A4A
4A
 
Projeto Chapeuzinho Vermelho
Projeto Chapeuzinho VermelhoProjeto Chapeuzinho Vermelho
Projeto Chapeuzinho Vermelho
 
4 projetos sobre bondade
4 projetos sobre bondade4 projetos sobre bondade
4 projetos sobre bondade
 
Cabacinha
CabacinhaCabacinha
Cabacinha
 
Amigos felizes
Amigos felizesAmigos felizes
Amigos felizes
 
O menino recompensado - António Botto
O menino recompensado - António BottoO menino recompensado - António Botto
O menino recompensado - António Botto
 
Chapeuz palha primeiro_livro
Chapeuz palha primeiro_livroChapeuz palha primeiro_livro
Chapeuz palha primeiro_livro
 

Mais de PaulaGil6

SOPA de LETRAS.docx
SOPA   de   LETRAS.docxSOPA   de   LETRAS.docx
SOPA de LETRAS.docxPaulaGil6
 
PALAVRAS CRUZADAS.docx
PALAVRAS  CRUZADAS.docxPALAVRAS  CRUZADAS.docx
PALAVRAS CRUZADAS.docxPaulaGil6
 
O Camaleão Misturado.pptx.ppsx
O Camaleão Misturado.pptx.ppsxO Camaleão Misturado.pptx.ppsx
O Camaleão Misturado.pptx.ppsxPaulaGil6
 
Ninguém dá prendas ao Pai Natal.ppsx
Ninguém dá prendas ao Pai Natal.ppsxNinguém dá prendas ao Pai Natal.ppsx
Ninguém dá prendas ao Pai Natal.ppsxPaulaGil6
 
Nasceu o Menino Jesus.ppsx
Nasceu o Menino Jesus.ppsxNasceu o Menino Jesus.ppsx
Nasceu o Menino Jesus.ppsxPaulaGil6
 
Natal - Sopa de letras.docx
Natal - Sopa de letras.docxNatal - Sopa de letras.docx
Natal - Sopa de letras.docxPaulaGil6
 
Natal - Palavras cruzadas.docx
Natal - Palavras cruzadas.docxNatal - Palavras cruzadas.docx
Natal - Palavras cruzadas.docxPaulaGil6
 
Tu é que és o Pai Natal.ppsx
Tu é que és o Pai Natal.ppsxTu é que és o Pai Natal.ppsx
Tu é que és o Pai Natal.ppsxPaulaGil6
 
Matilde brinca com as letras
Matilde brinca com as letrasMatilde brinca com as letras
Matilde brinca com as letrasPaulaGil6
 
O coelhinho e o corona virus
O coelhinho e o corona virusO coelhinho e o corona virus
O coelhinho e o corona virusPaulaGil6
 
Apresentação matilde vem aí um mano!!!
Apresentação matilde vem aí um mano!!!Apresentação matilde vem aí um mano!!!
Apresentação matilde vem aí um mano!!!PaulaGil6
 
Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!
Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!
Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!PaulaGil6
 
Apresentação matilde vai pr o ji
Apresentação matilde vai pr o jiApresentação matilde vai pr o ji
Apresentação matilde vai pr o jiPaulaGil6
 
Apresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a arteApresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a artePaulaGil6
 
Apresentação adeus chupeta!
Apresentação adeus chupeta!Apresentação adeus chupeta!
Apresentação adeus chupeta!PaulaGil6
 
Apresentação quero a minha mãe
Apresentação  quero a minha mãeApresentação  quero a minha mãe
Apresentação quero a minha mãePaulaGil6
 
Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...PaulaGil6
 
Apresentação matilde mas que grande constipação
Apresentação matilde mas que grande constipaçãoApresentação matilde mas que grande constipação
Apresentação matilde mas que grande constipaçãoPaulaGil6
 
Um bocadinho de inverno
Um bocadinho de invernoUm bocadinho de inverno
Um bocadinho de invernoPaulaGil6
 
Apresentação jaime e as bolotas
Apresentação jaime e as bolotasApresentação jaime e as bolotas
Apresentação jaime e as bolotasPaulaGil6
 

Mais de PaulaGil6 (20)

SOPA de LETRAS.docx
SOPA   de   LETRAS.docxSOPA   de   LETRAS.docx
SOPA de LETRAS.docx
 
PALAVRAS CRUZADAS.docx
PALAVRAS  CRUZADAS.docxPALAVRAS  CRUZADAS.docx
PALAVRAS CRUZADAS.docx
 
O Camaleão Misturado.pptx.ppsx
O Camaleão Misturado.pptx.ppsxO Camaleão Misturado.pptx.ppsx
O Camaleão Misturado.pptx.ppsx
 
Ninguém dá prendas ao Pai Natal.ppsx
Ninguém dá prendas ao Pai Natal.ppsxNinguém dá prendas ao Pai Natal.ppsx
Ninguém dá prendas ao Pai Natal.ppsx
 
Nasceu o Menino Jesus.ppsx
Nasceu o Menino Jesus.ppsxNasceu o Menino Jesus.ppsx
Nasceu o Menino Jesus.ppsx
 
Natal - Sopa de letras.docx
Natal - Sopa de letras.docxNatal - Sopa de letras.docx
Natal - Sopa de letras.docx
 
Natal - Palavras cruzadas.docx
Natal - Palavras cruzadas.docxNatal - Palavras cruzadas.docx
Natal - Palavras cruzadas.docx
 
Tu é que és o Pai Natal.ppsx
Tu é que és o Pai Natal.ppsxTu é que és o Pai Natal.ppsx
Tu é que és o Pai Natal.ppsx
 
Matilde brinca com as letras
Matilde brinca com as letrasMatilde brinca com as letras
Matilde brinca com as letras
 
O coelhinho e o corona virus
O coelhinho e o corona virusO coelhinho e o corona virus
O coelhinho e o corona virus
 
Apresentação matilde vem aí um mano!!!
Apresentação matilde vem aí um mano!!!Apresentação matilde vem aí um mano!!!
Apresentação matilde vem aí um mano!!!
 
Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!
Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!
Apresentação matilde vai-te embora ó medo!!!
 
Apresentação matilde vai pr o ji
Apresentação matilde vai pr o jiApresentação matilde vai pr o ji
Apresentação matilde vai pr o ji
 
Apresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a arteApresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a arte
 
Apresentação adeus chupeta!
Apresentação adeus chupeta!Apresentação adeus chupeta!
Apresentação adeus chupeta!
 
Apresentação quero a minha mãe
Apresentação  quero a minha mãeApresentação  quero a minha mãe
Apresentação quero a minha mãe
 
Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...
 
Apresentação matilde mas que grande constipação
Apresentação matilde mas que grande constipaçãoApresentação matilde mas que grande constipação
Apresentação matilde mas que grande constipação
 
Um bocadinho de inverno
Um bocadinho de invernoUm bocadinho de inverno
Um bocadinho de inverno
 
Apresentação jaime e as bolotas
Apresentação jaime e as bolotasApresentação jaime e as bolotas
Apresentação jaime e as bolotas
 

Último

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 

Último (20)

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 

A velhinha e os animais amigos do Ambiente

  • 1. A velhinha e os animais amigos do Ambiente
  • 2. Era uma vez, uma velhinha que morava numa casinha muito bonita, com muitas flores no meio do bosque. Certo dia, a filha mandou-lhe um convite para ir ao casamento da neta, pelo computador, através da Internet.
  • 3. A velhinha arranjou a carroça e o cavalinho e preparou-se para ir ao casamento.
  • 4. Foi andando, andando pelo bosque fora, até que encontrou um lobo. O lobo disse-lhe: — Vou comer-te, porque estou muito zangado! A velhinha respondeu-lhe: — Não me comas, porque eu estou muito magrinha, quando voltar do casamento da minha neta já venho mais gordinha.
  • 5. O lobo respondeu-lhe: — Os homens deitaram esta garrafa de vidro para o chão, está a poluir o ambiente, porque o vidro não se desfaz. O lobo tinha uma garrafa de vidro na pata e estava muito preocupado porque não sabia onde devia meter a garrafa de vidro. A velhinha então disse-lhe para pôr a garrafa no vidrão, que é o ecoponto verde. A garrafa vai transformar-se em vidro novo. O lobo para lhe agradecer deixou-a passar.
  • 6. A velhinha continuou o seu caminho, andou, andou, até que encontrou um urso que pulou para a frente da carroça e lhe disse: — Vou comer-te, porque estou muito zangado! A velhinha respondeu-lhe: — Não me comas, porque eu estou muito magrinha, quando voltar do casamento da minha neta já venho mais gordinha. O urso tinha uma revista na pata dianteira e disse: — Os homens estão a poluir o ambiente, esta revista demora entre um e quatro meses a desfazer-se. Então pediu ajuda à velhinha porque não sabia o que lhe fazer.
  • 7. A velhinha disse-lhe: — O papel deve pôr-se no ecoponto azul, que se chama papelão e vai transformar-se em papel novo, assim não é preciso cortar mais árvores e todos vamos ter ar puro para respirar. O urso respondeu-lhe: — Obrigado, podes passar.
  • 8. A velhinha continuou andando, andando, andando até que encontrou um leão e uma pantera que estavam a discutir, porque não sabiam o que fazer com uma lata de salsichas e uma garrafa de iogurte, que tinham encontrado no chão da selva. — Os homens deitaram o lixo para o chão e estão a poluir o ambiente, as latas demoram entre cem e quinhentos anos a desfazer-se, onde é que as vamos pôr?
  • 9. A velhinha então resolveu ajudá-los e disse-lhes que deviam pôr a lata e a garrafa de plástico no ecoponto amarelo, porque senão iam ficar a poluir o ambiente e assim servem para fazer objectos novos: peças para automóveis, tachos, camisolas, sacos de plástico... O leão e a pantera agradeceram-lhe: — Obrigado, podes passar.
  • 10. Um bocadinho mais à frente a velhinha encontrou uma chita que estava muito zangada, porque encontrou duas pilhas no lago, que estavam a envenenar a água e a matar os amigos peixinhos. A chita estava furiosa porque os homens estavam a poluir a água e por isso disse à velhinha que ia comê-la.
  • 11. A velhinha disse-lhe: — Não me comas porque não fui eu. Vou ensinar-te o que deves fazer com as pilhas velhas, deves pô-las no pilhão, que é o ecoponto vermelho. A chita agradeceu-lhe: — Obrigada, podes passar.
  • 12. A velhinha continuou o seu caminho até que chegou ao casamento da neta.
  • 13. O casamento foi muito bonito e divertido, a velhinha comeu e bebeu muitas coisas boas e dançou muito com o compadre. No dia seguinte a velhinha estava muito preocupada porque os animais da floresta estavam à espera dela para a comer, agora que estava mais gordinha.
  • 14. A neta disse-lhe: — Não te preocupes, toma lá esta cabacinha para ires para a tua casa e para que os animais da floresta e da selva não te comam. A velhinha abriu a cabacinha, pôs-se lá dentro, fechou-a e começou a rolar.
  • 15. Foi rolando, rolando até que encontrou a chita que lhe perguntou: — Viste por aí uma velhinha muito gordinha? A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe: — Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão, Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
  • 16. Foi rolando, rolando até que encontrou a pantera e o leão que lhe perguntaram: — Ó cabacinha, não viste por aí uma velhinha muito gordinha? A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe: — Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão, Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
  • 17. Continuou rolando, rolando até que encontrou o urso que lhe perguntou: — Viste por aí uma velhinha muito gordinha? A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe: — Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão, Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
  • 18. Continuou rolando, rolando até que encontrou o lobo que lhe perguntou: — Ó cabacinha, não viste por aí uma velhinha muito gordinha? A velhinha dentro da cabacinha respondeu-lhe: — Não vi velha nem velhinha, não vi velha nem velhão, Corre corre cabacinha, corre corre cabação.
  • 19. A velhinha continuou rolando a cabacinha até que chegou à sua casa, saiu de dentro da cabacinha, abriu a porta de casa, ligou o computador e mandou uma mensagem à filha e à neta a dizer que tinha chegado a casa sã e salva.
  • 20. PIM PERLIM PIM PIM ESTA HISTÓRIA CHEGOU AO FIM!
  • 21. Texto e Ilustração : Crianças do Jardimde Infância de Campinho, Alexandre e José Paulo Edição de Imagem: Educadora de Infância Paula Gil Junho 2009