LISBOA 2020:Uma Metrópole                                   Competitiva30 | OUTUBRO | 2008   LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE C...
LISBOA DE GEOGRAFIA VARIÁVEL...      Perspectiva administrativa:            Área Metropolitana de Lisboa            Reg...
ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA                           OCEANO ATLÂNTICO30 | OUTUBRO | 2008   LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE C...
REGIÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO30 | OUTUBRO | 2008   LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA   Paula Cristina Cunha
REGIÃO DE POLARIZAÇÃO METROPOLITANA30 | OUTUBRO | 2008   LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA   Paula Cristina Cunha
ALGUNS INDICADORES                                                                             RLVT                       ...
PROJECÇÕES DA POPULAÇÃO   RESIDENTE                                Portugal                                     RLVT      ...
CONVERGÊNCIA: O DESEMPENHO DE LISBOA    NO CONTEXTO NACIONAL E EUROPEU                                ......)             ...
A DIFERENCIAÇÃO QUALITATIVA DE    LISBOA (ESFORÇO PÚBLICO E EMPRESARIAL DE I&D)                                           ...
RICHARD FLORIDA: CIDADES CRIATIVAS                       Dos factores físicos de produção                        aos fact...
MEGA REGIÕES (RICHARD FLORIDA) -  CRITÉRIOS                       Área iluminada contígua                       Mais de ...
MEGA-REGIÕES DA EUROPA                                                                Fonte: “Who’s Your City?”, Richard F...
POSICIONAMENTO DE LISBOA NO      RANKING MUNDIAL             Posição global: 33º lugar             INDICADOR              ...
“FACHADA ATLÂNTICA DA EUROPA”                        Potencial marítimo, portuário e                         universitári...
O QUE REALMENTE INTERESSA ÀS  PESSOAS NO LUGAR ONDE VIVEM?                        Segurança                        Servi...
TRÊS CENÁRIOS PARA LISBOA...                          BLOCOS                             MICRO-CENÁRIOS                   ...
O DESAFIO DECISIVO PARA LISBOA              Passar do ciclo da infraestrutura física – casas, escritórios, estradas,      ...
A VISÃO PARA UMA REGIÃO GANHADORA    - LISBOA DOS 4 C’S -                                                                 ...
A VISÃO PARA 2020:              A REGIÃO DE LISBOA será uma              metrópole cosmopolita, de dimensão e             ...
A VISÃO PARA 2020:CONDIÇÕES     PARA A COMPETIVIDADE REGIONAL                           Sustentabilidade social e ambient...
LISBOA EM 2020:      apreciadas qualidade e facilidades de vida urbanas e rurais para os      seus habitantes      forte...
LISBOA EM 2020:      de actividades de perfil tecnológico avançado, mas também das      actividades turísticas, do lazer ...
UMA CERTEZA:                      O essencial do desafio do                      futuro da Região ganha-se ou             ...
“Temos de reaprender a ver, a                       conceder, a pensar e a agir.                       Não conhecemos o ca...
Muito Obrigada30 | OUTUBRO | 2008   LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA   Paula Cristina Cunha
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Conferencias

580 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
580
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conferencias

  1. 1. LISBOA 2020:Uma Metrópole Competitiva30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  2. 2. LISBOA DE GEOGRAFIA VARIÁVEL...  Perspectiva administrativa:  Área Metropolitana de Lisboa  Região de Lisboa e Vale do Tejo  Perspectiva das dinâmicas regionais alargadas:  Região de Polarização Metropolitana (de Leiria a Évora e Sines)  Mega Região de Lisboa (de Setúbal à Corunha)30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  3. 3. ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA OCEANO ATLÂNTICO30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  4. 4. REGIÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  5. 5. REGIÃO DE POLARIZAÇÃO METROPOLITANA30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  6. 6. ALGUNS INDICADORES RLVT CONTINENTE RLVT /CONT. Superfície (Km2) 91 947 11 656 12,7% Habitantes 2007 10 617 575 3 652 435 34,4% População Activa 2007 5 618 300 1 875 400 33% Sociedades 2006 416 369 170 908 41% VAB 2005 121 866 56 055 43,6% PIB pc ppc (euros) 2005 (UE27=100) 75 97 Poder de Compra pc 2005 100,52 125,78 Produtividade (euros) 2005 25 032 32 04430 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  7. 7. PROJECÇÕES DA POPULAÇÃO RESIDENTE Portugal RLVT 2007 2020 2050 2007 2020 2050 Cenário Base 10 617 575 10.489.152 9.302.485 3 652 435 3.647.966 3.383.968 Cenário Elevado 10.671.716 10.045.079 3.711.430 3.653.339 Cenário Baixo 9.735.286 7.487.584 3.272.515 2.508.26330 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  8. 8. CONVERGÊNCIA: O DESEMPENHO DE LISBOA NO CONTEXTO NACIONAL E EUROPEU ......) (País=100) 20 Lezíria Tejo 15 Alentejo Convergência na UE 1995-2002 (ganhos e perdas no PIB per capita em PPC) Oeste Central Médio Grande Tejo Lisboa Lisboa 10 Vale do Tejo Pinhal (NUT II) Lisboa Litoral (NUT II) 5 PORTUGAL LISBOA Mega-Região de Polarização Península 0 Setúbal UE-25 UE-15 -5 -10 Alentejo Litoral -15 75 100 125 150 175 Fonte: Avaliação Intercalar PIB per capita 2000-02 (Portugal=100) PORLVT [ A "bolha" representa a População da Região ]30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  9. 9. A DIFERENCIAÇÃO QUALITATIVA DE LISBOA (ESFORÇO PÚBLICO E EMPRESARIAL DE I&D) 0,6 Grande Lisboa 2000-02 ......) 0,5 LISBOA 2000-02 ) LISBOA VALE TEJO 2000-02 0,4 I&D Empresrial na Região (% VAB) "MEGA LISBOA" 2000-02 0,3 Península Setúbal Portugal 2000-02 2000-02 0,2 Grande Lisboa "MEGA LISBOA" 1995 1995 LISBOA Lezíria Tejo 1995 Península 2000-02 Setúbal Portugal LISBOA 1995 VALE TEJO Alentejo Central 1995 0,1 Alentejo Litoral 1995 Alentejo Central 1995 Médio Tejo 2000-02 Lezíria Tejo Pinhal 2000-02 Oeste Pinhal Litoral 1995 2000-02 Litoral 2000-02 Oeste 1995 1995 Médio Tejo 1995 Alentejo Litoral 2000-02 0,0 0,00 0,25 0,50 0,75 1,00 1,25 Despesas Totais I&D na Região (% PIB) Fonte: Avaliação Intercalar PORLVT30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  10. 10. RICHARD FLORIDA: CIDADES CRIATIVAS  Dos factores físicos de produção aos factores mentais e cognitivos  A Emergência das classes criativas  Os 3 T’s: Tecnologia, Talento e Tolerância30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  11. 11. MEGA REGIÕES (RICHARD FLORIDA) - CRITÉRIOS  Área iluminada contígua  Mais de 100 mil Milhões Dólares de Light-Based Regional Product (LRP)  Nº de patentes registadas  Concentração de cientistas internacionalmente reconhecidos nas suas áreas30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  12. 12. MEGA-REGIÕES DA EUROPA Fonte: “Who’s Your City?”, Richard Florida, 200830 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  13. 13. POSICIONAMENTO DE LISBOA NO RANKING MUNDIAL Posição global: 33º lugar INDICADOR LUGAR NO RANKING MUNDIAL Habitantes 31º Patentes 36º Star Scientists 28º Fonte: “Who’s Your City?”, Richard Florida, 200830 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  14. 14. “FACHADA ATLÂNTICA DA EUROPA”  Potencial marítimo, portuário e universitário  Polos emergentes de inovação e competitividade (e.g.):  Lisboa (serviços financeiros, ensino superior, investigação e cultura)  Leiria/Marinha Grande (moldes)  Aveiro (telecomunicações)  Porto (saúde e calçado)  Braga (software e nanotecnologia)30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  15. 15. O QUE REALMENTE INTERESSA ÀS PESSOAS NO LUGAR ONDE VIVEM?  Segurança  Serviços Básicos  Liderança  Tolerância  Qualidade dos espaços30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  16. 16. TRÊS CENÁRIOS PARA LISBOA... BLOCOS MICRO-CENÁRIOS A Região no País e no Mundo - Sub-contratação Polivalência Lisboa com Competitividade e Dependente Activa Projecto Infra-estruturas Organização e Lisboa a Várias Localismo Estruturação Lisboa em Rede Velocidades Partilhado Territorial Coesão Socio- Rupturas Socio- Aldeias e Metrópole Activa territorial Territoriais Cidades CENÁRIO 1 CENÁRIO 2 CENÁRIO 3 LISBOA, LISBOA PERIFERIA ADAPTADA E LISBOA EM EUROPEIA TRADICIONAL REDE30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  17. 17. O DESAFIO DECISIVO PARA LISBOA Passar do ciclo da infraestrutura física – casas, escritórios, estradas, fábricas – ao ciclo do conhecimento – capital humano, comunicações, investigação e desenvolvimento de novos produtos Recursos Recursos Recursos Humanos Naturais Organizacionais Formar Salvaguardar Modernizar Qualificar Valorizar Inovar Atrair Exportar Gerir em Rede30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  18. 18. A VISÃO PARA UMA REGIÃO GANHADORA - LISBOA DOS 4 C’S - LISBOA LISBOA COSMOPOLITA COESA LISBOA EM REDE LISBOA LISBOA CONECTADA COMPETITIVA30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  19. 19. A VISÃO PARA 2020: A REGIÃO DE LISBOA será uma metrópole cosmopolita, de dimensão e capitalidade europeias relevantes, plenamente inserida na sociedade do conhecimento e na economia global, muito atractiva pelas suas singularidade e qualidade territoriais, natureza e posicionamento euro-atlânticos, desejada para viver e visitar.30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  20. 20. A VISÃO PARA 2020:CONDIÇÕES PARA A COMPETIVIDADE REGIONAL  Sustentabilidade social e ambiental  Reforço da coesão socioterritorial  Valorização da diversidade étnica e cultural  Focalização na sociedade pós- economia do carbono  Eficiência da governação30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  21. 21. LISBOA EM 2020: apreciadas qualidade e facilidades de vida urbanas e rurais para os seus habitantes fortemente internacionalizada e competitiva no sistema das regiões europeias, com funções económicas e culturais de intermediação entre o Norte (atlântico e industrial) e o Sul (mediterrâneo e turístico); e entre a Europa, a América do Sul e algumas regiões de África densa” em recursos humanos qualificados, investigação e desenvolvimento tecnológico30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  22. 22. LISBOA EM 2020: de actividades de perfil tecnológico avançado, mas também das actividades turísticas, do lazer e residencial, apostando na 3ª idade activa e nos clusters do lazer/ saúde/ cultura/ desporto de encontros, tolerância e igualdade de oportunidades com instituições e fórmula de governo eficientes, conjugadas com modalidades de governança activas.30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  23. 23. UMA CERTEZA: O essencial do desafio do futuro da Região ganha-se ou perde-se na capacidade de construir novos factores de competitividade, baseados na qualidade das pessoas, das organizações e do território, no quadro de uma presença activa a nível nacional e internacional30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  24. 24. “Temos de reaprender a ver, a conceder, a pensar e a agir. Não conhecemos o caminho, mas sabemos que o caminho se faz andando” Edgar Morin30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha
  25. 25. Muito Obrigada30 | OUTUBRO | 2008 LISBOA 2020 | UMA METRÓPOLE COMPETITIVA Paula Cristina Cunha

×