Icclinux

240 visualizações

Publicada em

informática Básica

Publicada em: Internet
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Icclinux

  1. 1. No mundo atual, há uma constante: Fazer mais, com menos custos e com maior qualidade. Devido a isso, há uma incessante procura por novos meios de aumentar a produtividade sem comprometer a qualidade. Como conseqüência disso, foi desenvolvida uma ferramenta capaz de causar um grande impacto no modo de trabalhar, estudar e comunicar-se, essa ferramenta é o computador. O computador é responsável por grandes melhorias na produtividade de empresas de qualquer ramo, melhorias na área educacional, facilidade na execução de tarefas, redução de riscos e principalmente redução na margem de erro nas mesmas. Por isso estão cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia. Abordando aspectos conceituais, trataremos aqui dos princípios básicos da computação, tornando o aluno apto a usufruir de muitas vantagens que a informática pode oferecer. 1.1. A vida com os computadores A vida com os computadores Nos últimos anos, os computadores revolucionaram a forma como as tarefas são executadas no dia-a-dia. Estas mudanças criaram novas oportunidades de emprego para todas as áreas de trabalho existentes e ao mesmo tempo, exigiu um profissional cada vez mais atualizado. Hoje, podemos dizer que o computador é a ferramenta mais amplamente utilizada em todas as áreas existentes, independente de quão complexa ou simples possam ser elas. As informações agora não precisam ocupar um grande espaço, elas podem simplesmente estar todas armazenadas em um computador central. Tente imaginar a comodidade que seria você em vez procurar em prateleiras apenas digitar o assunto desejado, e quase de forma instantânea todos os assuntos relacionados ao que você procurava aparecerem. Os museus utilizam os computadores para melhorar as exposições. Animatrônica é a área do conhecimento humano que usa computadores para controlar robôs. Ela é usada para exposições animadas de animais ou máquinas. Graças aos computadores, hoje muitas pessoas trabalham em casa, efetuando seus deveres em casa e enviando o trabalho pronto através da Internet e de redes corporativas. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 1 Introdução 1.0 I C C
  2. 2. Até mesmo profissões novas foram criadas para a grande demanda dessa área, são algumas delas: programadores, engenheiros, técnicos, instrutores entre outras. Quem ainda não se deparou com alguma grande novidade da medicina que não tivesse alguma ligação com computadores. Hoje deficientes conseguem efetuar alguns movimentos graças a impulsos elétricos gerados por computadores. Este é apenas alguns dos muitos exemplos que existem sobre como é a vida com os computadores. Agora veremos algumas definições importantes, para que possamos entender melhor o computador. 1.2. O que é informática? É a ciência que manipula de forma lógica e automática dados, gerando assim a informação solicitada, com o objetivo final de facilitar a recuperação de dados. A palavra informática também pode ser resumida em informação automática (Infor = Informação; mática = Automática). Para que possamos entender melhor a definição de informática, antes vejamos duas definições: Dado: É o elemento básico da informação. Ex: o número 1 sozinho pode ter n significados, mas como não podemos definir o que realmente significa, ele é considerado um dado. Informação: São dados agrupados e organizados para terem um sentido. Ex: “1 computador”, possui um significado lógico, a palavra computador sozinho ou mesmo o número 1 não nos informam nada concreto. 1.3. A história dos computadores A palavra computador significa “uma máquina capaz de computar dados ou fazer cálculos”. A primeira máquina de calcular conhecida é chamada de Ábaco. Esse instrumento existe há milhares de anos e ainda é utilizado hoje. Consiste em uma peça de madeira que possui algumas hastes e várias bolinhas de cores diferentes em cada haste. A primeira fileira de bolinhas consistia em unidades, a segunda em dezenas, a terceira em centenas e assim por diante. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 2 I C C
  3. 3. Em 1833, aproximadamente, o matemático Charles Babbage construiu sua primeira máquina analítica, antecessora dos computadores que existem hoje. Usava cartões perfurados e rodas dentadas em vez de sinais eletrônicos. No início da década de 1930, os computadores com cartões perfurados eram usados em cálculos complexos. Todos usavam o código decimal. Em 1937, o matemático britânico Alan Turing idealizou o projeto teórico de um computador, conhecido como a máquina de Turing. Esse projeto foi usado posteriormente para desenvolver os próximos computadores. Em 1941, um cientista germânico, Konrad Zuse, construiu o primeiro computador a usar um sistema binário. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 3 I C C
  4. 4. Em 1945 foi criado o primeiro computador totalmente eletrônico chamado ENIAC (Eletronic Numeric Integrator and Calculator). Ele foi construído por Presper Eckert e John Mauchly para o exército americano. Era tão grande que ocupava um espaço de aproximadamente 80 m2 e funcionava a válvulas. Em 1947, foi inventado o transistor. Apesar de ser bem menor que uma válvula, o transistor tinha o inconveniente de aquecer muito. Em 1948, foi completado o primeiro computador capaz de armazenar programas, o Manchester University Mark I. Em 1960, foram criados os primeiros chips de silício, permitindo assim a fabricação de computadores bem menores do que os que existiam anteriormente. Em 1964, foram postos à venda os primeiros computadores com chips de silício. Em 1975, foi vendido o primeiro computador de uso caseiro, o Altair. Mesmo a um preço altíssimo, ainda foi bem comercializado. Em 1976, foi fundada nos Estados Unidos a Apple Computer, por Steve Jobs e Steve Wozniak. O Apple I foi construído e posto à venda. Em 1980, foi lançado o Sharp PC 1211, o primeiro portátil. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 4 I C C
  5. 5. Em 1981, a IBM (International Business Machines) lançou o IBM PC, um modelo que estabeleceu uma referência em pequenos computadores para os anos seguintes. Desse ponto em diante a informática evoluiu de uma forma nunca antes vista, lançando computadores cada vez mais velozes e compactos. Surgiram a família do chip 386, 486, Pentium I, Pentium II, Pentium III, Pentium IV, Celeron, Duron, Atlhon entre outros processadores comuns hoje em dia. É um sistema numérico que utiliza apenas dois estados: ligado e desligado, que são representados por 1 (um) e 0 (zero) respectivamente. Toda e qualquer informação pode ser colocada nestes dois estados. Esse sistema é a linguagem de máquina por assim dizer, é o idioma pelo qual todos os componentes do computador se comunicam. São meios pelos quais se introduz alguma informação ou dado ao computador. 3.1. Teclado Principal dispositivo de entrada entre o usuário e a máquina. Seu funcionamento é semelhante a uma máquina de escrever, contudo possui algumas teclas com nomes e funções específicas que são diferentes de uma máquina de escrever. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 5 2.0 Sistemas Binários Dispositivos de Entrada 3.0 I C C
  6. 6. Funções ESC: Interrompe ou cancela uma operação. Tab: Move 8 posições para a direita ou passa para o próximo campo. Caps Lock: Ativa ou desativa o modo maiúsculo e minúsculo. Shift: Qualquer tecla pressionada em conjunto com a tecla Shift aparece como maiúscula ou minúscula conforme o estado da tecla Caps Lock (ativada ou desativada), se for uma letra; outras teclas, quando pressionadas em conjunto com o Shift, produzem o caractere que aparece em sua parte superior. Enter: Confirma uma operação. Backspace: Apaga os caracteres à esquerda do cursor. Delete: Apaga os caracteres à direita do cursor. Print Screen: Copia a tela ativa. Insert: Quando ativado sobrepõe caracteres à direita do cursor. Home: Move o cursor para o início da linha. End: Move o Cursor para o fim da linha. Page Up: Retorna páginas. Page Down: Avança páginas. Num Lock: Ativa ou desativa o teclado numérico. Seta Acima / Seta Abaixo : Move o cursor para cima ou para baixo. Seta para a esquerda / Seta para a direita: Move o cursor para a esquerda ou para direita. Ctrl e Alt: Teclas de funções específicas para cada programa. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 6 I C C
  7. 7. 3.2. Mouse Dispositivo de entrada utilizado em programas com ambiente gráfico, como o Windows. O mouse é normalmente representado por uma seta que é amplamente utilizado por usuários de qualquer programa que utilizem ambiente gráfico. 3.3. Scanner É um dispositivo de entrada que digitaliza a informação recebida transferindo-as para o computador. É muito similar a uma copiadora, porém o scanner copia a imagem, tanto em preto e branco como colorido, e a cópia é colocada como um arquivo no computador. A imagem digitalizada pode ser manipulada. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 7 I C C
  8. 8. São meios pelos quais o computador exibe o resultado de um processamento feito por ele. 4.1. Monitor É um dispositivo de saída que visualiza os resultados processados pelo computador. É através do monitor que programas normalmente solicitam informações para serem inseridas através do teclado ou do mouse. 4.2. Impressoras É um dispositivo de saída muito utilizado para passar informações do computador para o papel. Este dispositivo praticamente pode imprimir qualquer dado ou informação que exista no computador. Há vários tipos de impressora, vamos exemplificar alguns deles. Matricial Todos os caracteres são gerados por uma matriz de pontos. O mecanismo de impressão é formado por um conjunto de agulhas. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 8 4.0 Dispositivos de Saída I C C
  9. 9. Jato de Tinta Possuem qualidade de impressão superior à matricial, pois diferente da matricial, é utilizado um cartucho de tinta que deposita minúsculas gotas de tinta para formar a área de impressão. Laser O processo de impressão utiliza um laser de baixa potência que gera um raio modulado que permite ou não a passagem da luz. Um disco de espelhos desvia os raios, varrendo repetidas vezes um tambor fotocondutor. Os caracteres são traçados eletricamente sobre o tambor, que ao girar, recebe a aplicação de tinta pulverizada, conhecida como toner, que adere somente as partes expostas ao raio laser. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 9 I C C
  10. 10. São dispositivos utilizados pelo computador para armazenar informações. Ex: disquete, cd- rom e hard disk. 5.1. Disco Flexível ou Disquete Disco magnético que possibilita a gravação e leitura de informações a partir de um drive específico para ele. Atualmente somente é utilizado um único tipo de disquete o de 31/2 polegadas. Ele é muito lento comparado ao outros meios de armazenamento. Ele pode somente comportar 1.44 Mb. 5.2. Disco Rígido, Hard Disk (Hd) ou Winchester Unidade com grande capacidade de informações e velocidade e acesso superior aos demais dispositivos de armazenamento. Possuem grandes capacidades que ultrapassa qualquer dispositivo de armazenamento. Geralmente o HD é fixo internamente no computador, mas é possível encontrar HD’s externos. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 10 5.0 Dispositivos de Armazenamento I C C
  11. 11. 5.3. CD-ROM É um disco de acrílico compacto capaz de armazenar cerca de 700 Mb. O acesso ao cd-rom é através de um drive específico para que utiliza um raio de baixa potência para acessar ou guardar as informações nele. 5.4. DVD-ROM É uma nova tecnologia superior aos CD’s, possuem maior capacidade, duram mais e precisam de um drive específico para ler ou gravar informações. Armazenam cerce de 7 vezes mais do que um CD. 5.5. Zip-Disc É um disco semelhante a um disco de 31/2 polegadas, mas com capacidade de armazenamento muito superior. Existem zip-disc com capacidades de até 1 Gb. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 11 I C C
  12. 12. Bit: Equivale a representação binária 0 ou 1. Byte: Equivale a um caractere ou 8 bits. Kilobyte (Kb): Equivale a 1024 caracteres ou 1024 Bytes. Megabyte (Mb): Equivale a 1024 Kbytes. Gigabyte (Gb): Equivale a 1024 Mb. Terabyte (Tb): Equivale a 1024 Gb. PetaByte (Pb): Equivale a 1024 Tb. Exabyte (Eb): Equivale a 1024 Pb. Zettabyte (Zb): Equivale a 1024 Eb. Yottabyte (Yb): Equivale a 1024 Zb. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 12 6.0 Capacidade de Armazenamento I C C
  13. 13. Para que possamos entender o fluxo de dados no computador, precisamos aprender três conceitos básicos: Entrada, Processamento e Saída. Entrada É o dado ou informação introduzido em um computador através de periféricos de entrada. Processamento É o trabalho realizado por computador com o dado ou a informação passada ao pela Entrada. Saída São os dados ou informações produzidas pelo computador após a fase de processamento e passados aos usuários pelos dispositivos de saída. O computador é composto de circuitos eletrônicos, dedicado ao processamento de dados e é empregado em várias áreas de trabalho: científica, comercial, educacional e entretenimento. Divide- se em partes distintas. 8.1. Hardware É a parte física do computador, ou seja, tudo que você pode tocar no computador. Sua estrutura básica é a seguinte: 8.1.1. Gabinete Caixa normalmente metálica que contém os principais componentes de um computador tais como: Placa-mãe, Hd, unidades de armazenamento entre outras coisas. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 13 7.0 Processamento de Dados 8.0 Conhecendo a máquina I C C
  14. 14. 8.1.2. Placa-Mãe (MotherBoard ou MainBoard) Principal módulo do computador, onde estão ligados todos os componentes do computador. 8.1.3. CPU (Central Processor Unit) ou Processador É o cérebro do computador, todas as informações passam por ele, ele é responsável por todo e qualquer processamento que há no computador. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 14 I C C
  15. 15. 8.2. Software São programas, instruções logicamente ordenadas, destinadas a realização de tarefas. Há alguns tipos de softwares existentes, são eles: 8.2.1. Sistema Operacional Programa responsável pelo suporte básico ao funcionamento do computador. Entende-se por suporte básico o gerenciamento de unidades de disco, acesso à memória, controle de entrada e saída, etc. São exemplos de sistemas operacionais: Windows, Linux, UNIX, DOS entre outros. 8.2.2. Utilitários São programas que executam tarefas específicas não previstas pelo sistema operacional. Temos alguns exemplos tais como: Scandisk, Antivírus, Desfragmentador de discos entre outros. 8.2.3. Linguagem de Programação Em poucas palavras são programas para criar outros programas, fornecem recursos necessários para que um programador possa fazer praticamente qualquer coisa, dentro do limite da linguagem. São exemplos de linguagem de programação: Pascal, C, JAVA entre outras. 8.2.4. Aplicativos São programas destinados a tarefas específicas, com o objetivo de gerenciar, organizar e agilizar o processamento de dados enviados ao computador. São exemplos de aplicativos: Word (Texto), PowerPoint (slides), Excel (planilhas) entre outros. CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas 15 I C C

×