O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Estudo de caso 2 (notas de ensino)

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 11 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Semelhante a Estudo de caso 2 (notas de ensino) (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Estudo de caso 2 (notas de ensino)

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, SOCIAIS E AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Disciplina: Gestão de Organizações Sociais Prof.ª Dr.ª: Patrícia Araújo Amarante SAÚTIL: UM SONHO EM UMA ENCRUZILHADA (Notas de Ensino)
  2. 2. Sinopse • A Saútil iniciou suas operações em 2011 como uma plataforma de busca de informações do SUS. Em quatro meses, o buscador já tinha mais de 40 mil acessos por mês. O sucesso inicial fez com que a empresa passasse pelo processo de aceleração da Artemisia (principal aceleradora de negócios de impacto no Brasil) e conseguisse investimentos da Vox Capital (primeiro fundo de investimento de impacto no Brasil); • Ao longo de cinco anos, a organização testou diversos modelos de negócios: B2C, B2B e B2G. Nesse período, a empresa registrou um bom crescimento e tornou-se uma das estrelas de negócios de impacto no Brasil. • No entanto, com a crise de 2014-2016, a empresa começou a sofrer bastante, e os sócios ficaram em um encruzilhada sobre qual(is) modelo(s) deveriam focar e como rentabilizar e escalar a empresa, inclusive questionando sua viabilidade no longo prazo.
  3. 3. Introdução: definindo o cenário, reunindo os principais fatos do caso  Histórico  Principais fatos:  Janeiro de 2011 – Criação da organização como SCP (Em quatro meses, o buscador já tinha 40 mil acessos);  Agosto de 2011 – Início do processo de aceleração com a Artemisia;  Início de 2012 – Empresa busca patrocínios para viabilizar B2C;  Março de 2012 – Aporte de R$ 50 mil da Vox -> investimento retornável;  2012 – Mais dois novos sócios entraram na Saútil;  2012 – Serviço de Concierge – B2B;  2013 – Abertura de escritório na Vila Olimpia com 22 funcionários  Agosto de 2013 – Segunda parcela do financiamento da Vox, 120 mil acessos em seu portal por mês e mais de 20 mil usuários pagantes pela iniciativa privada  Final de 2012 – Equity da Vox  2013/2014 – Crise econômica do Brasil  2014 – Demissão de todos os funcionários, inclusive dos dois sócios que haviam se incorporado à Saútil  Junho de 2014 – Início das operações de B2G, com parceria da Comunitas  Início das operações B2G em Pelotas e depois Paraty
  4. 4. Ecossistema de negócios de impacto: conceituando negócios de impacto e entendendo os apoios recebidos  Os negócios de impacto têm como objetivo criar um impacto social positivo em populações vulneráveis, sendo financeiramente autossustentáveis. No Brasil e no mundo, são várias as definições e nomenclaturas usadas: negócios sociais, negócios inclusivos e negócios de impacto. A SAÚTIL PODE SER CONSIDERADA UM NEGÓCIO DE IMPACTO?  Como a empresa busca resolver um problema social, diminuindo a assimetria de informação da população de baixa renda e, ao mesmo tempo, busca ser sustentável financeiramente sem depender de doações, consideramos a Saútil um negócio de impacto.
  5. 5. Ecossistema de negócios de impacto: conceituando negócios de impacto e entendendo os apoios recebidos  Além dos empreendedores, o ecossistema apresenta aceleradoras focadas em empreendedores sociais (como Artemisia, Quintessa, Nesst), fundos de investimento (como Vox Capital, MOV Investimentos e Bem te Vi) e organizações de apoio (como ICE e ANDE). No caso, a Saútil recebeu apoio da Artemisia, Vox e Comunitas.  A Artemisa apoiou na melhor definição do modelo de negócios e pela busca de diminuir a dependência dos patrocínios ao site, no modelo B2C inicial;  A Vox Capital apoiou com recursos financeiros, o que possibilitou o crescimento da empresa;  Comunitas ajudou a Saútil a desenvolver as parcerias para pilotar o modelo B2G em Paraty e Pelotas.
  6. 6. Modelos de negócios: vantagens e desvantagens dos modelos de negócios testados
  7. 7. Ecossistema de negócios de impacto: conceituando negócios de impacto e entendendo os apoios recebidos  Três questões em relação ao B2G são:  1) o Governo brasileiro está maduro para oferecer soluções advindas do segmento privado?;  2) as startups, que trariam inovação e agilidade aos problemas de saúde pública, terão vez e competitividade diante das gigantes de tecnologia que conhecem, muitas vezes, caminhos mais fáceis de atuar com o Governo?;  3) O mercado brasileiro está maduro o suficiente para ser comprador de soluções digitais de saúde para a grande massa da população, principalmente focadas em prevenção?
  8. 8. Principais acertos e erros dos empreendedores  Os principais acertos dos empreendedores foram:  Identificar um dilema social: identificar um problema social que pode ser resolvido;  Parcerias relevantes: No caso, os empreendedores tiveram apoio da Artemisia, Comunitas e Vox Capital;  Buscar se reinventar sempre: A busca constante por inovação  Sócios complementares: os sócios possuíam características complementares que ajudam muito o desenvolvimento de um negócio.
  9. 9. Principais acertos e erros dos empreendedores  Os principais erros dos empreendedores no caso são:  Falta de foco: por um lado, a adaptação constante é relevante, mas, por outro, no caso, mostrou-se prejudicial na medida em que tirou o foco dos empreendedores, que buscavam diversas soluções ao mesmo tempo;  Rotatividade da mão de obra: É muito difícil para uma startup atrair e reter talentos.;  Busca de investimento: apesar de o investimento ser relevante, quando vem em um momento inapropriado, em que a empresa não está preparada, ele pode ser prejudicial.
  10. 10. Possibilidades futuras  O caso apresenta três possibilidades futuras para a empresa:  1. Continuidade das operações: a maior vantagem desta possibilidade é que os sócios já aprenderam muito ao longo de sua jornada e poderiam focar um modelo de negócio e buscar sua sustentabilidade financeira. Por outro lado, nenhum modelo ainda havia se comprovado totalmente e, como o caso relata, os sócios já estavam com pouco fôlego para continuar;  2. Venda: seria uma alternativa interessante para recuperar parte das perdas, mas depende de encontrar um comprador e conseguir avaliar financeiramente os ativos da Saútil;  3. Fechamento: esta alternativa ocorreria na inviabilidade de se encontrarem compradores e a partir de uma decisão de descontinuidade. A partir do momento em que a empresa captou recursos com a Vox Capital, essa decisão deve ser tomada em conjunto com os investidores.
  11. 11. REFERÊNCIA  BARKI, Edgard. Saútil: um sonho em uma encruzilhada. Revista Brasileira de Casos de Ensino em Administração, v. 7, n. 2, p. 14, 2017.

×