Índice
• Introdução- 3
• D.João de Castro – 4;5
• Garcia de Orta – 7;8
• Duarte Pacheco Pereira – 10;11
• Mini- Dicionário...
Observação e Descrição da
Natureza
(Introdução)
Provaram –se a
habitabilidade das
zonas equatoriais,
a esfericidade da
ter...
Perspectiva de D.João de
Castro
Perspectiva de D.João de
Castro
• Nos Roteiros e noutras obras
sobre geografia física,
humana e económica, os
Portugueses,...
Observação e Descrição da
Natureza
(Observação)
• A mesma análise
realista e
pormenorizada
evidencia-se nas
descrições de
...
Perspectiva de Garcia de
Orta
Perspectiva de Garcia de
Orta
• Os Colóquios de Garcia da Orta,
escritos sobre forma de diálogo
entre o autor e o discípul...
Um Novo Saber
• Ao negar ou
corrigir os
antigos, os
portugueses
ajudaram a
construir um
novo saber, «um
saber feito de
exp...
Perspectiva de Duarte Pacheco
Pereira
Perspectiva de Duarte Pacheco
Pereira
• Duarte Pacheco
Pereira, conclui que
«a experiência nos
faz viver sem engano
das ab...
Experiência e o Saber
• Os novos conhecimentos
derivados do
experiencialismo,
resumiam-se:
Observaçõ
es e
descrições
empír...
Minidicionário
• 1- Antípodas- Pontos
diametralmente
opostos na superfície
da terra.
• 2- Experiencialismo –
Forma de sabe...
Conclusão
• Mas se o saber português dos
secs.XV e XVI não foi ainda
ciência na verdadeira aceção
da palavra, a verdade é ...
Recursos
• Manual de História
10ºAno
• http://www.citador.pt/fra
ses/citacoes/t/experiencia
/10
• Google Imagens
• Apresen...
Observação da natureza (perspectivas)- História A 10ºAno
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Observação da natureza (perspectivas)- História A 10ºAno

440 visualizações

Publicada em

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Observação da natureza (perspectivas)- História A 10ºAno

  1. 1. Índice • Introdução- 3 • D.João de Castro – 4;5 • Garcia de Orta – 7;8 • Duarte Pacheco Pereira – 10;11 • Mini- Dicionário – 13 • Conclusão – 14 • Recursos – 15 • Curiosidades – 6; 9; 12
  2. 2. Observação e Descrição da Natureza (Introdução) Provaram –se a habitabilidade das zonas equatoriais, a esfericidade da terra e a existência de antípodas1 . Adquiriu-se uma mais correta perceção dos continentes e mares Alargaram-se os registos étnicos, botânicos, zoológicos e Explicaram-se regimes de ventos e de correntes marítimas, tal como se
  3. 3. Perspectiva de D.João de Castro
  4. 4. Perspectiva de D.João de Castro • Nos Roteiros e noutras obras sobre geografia física, humana e económica, os Portugueses, descreveram com notável cuidado, as informações da realidade observada: • “Observavam o que se passava no mundo em que viviam e apontavam o resultado das
  5. 5. Observação e Descrição da Natureza (Observação) • A mesma análise realista e pormenorizada evidencia-se nas descrições de fauna e flora de África, Oriente e Brasil, que seduziram os europeus. Foram dados ao seu conhecimento animais como a girafa, o elefante e o rinoceronte, frutos, alimentos e plantas, como o ananás, a manga, o milho ou as drogas da India.
  6. 6. Perspectiva de Garcia de Orta
  7. 7. Perspectiva de Garcia de Orta • Os Colóquios de Garcia da Orta, escritos sobre forma de diálogo entre o autor e o discípulo Ruano, constituem um fabuloso exemplo de espirito critico renascentista. • Orta, endereça censuras aos autores clássicos de farmacopeia, sobrepondo-lhes as suas opiniões baseadas na
  8. 8. Um Novo Saber • Ao negar ou corrigir os antigos, os portugueses ajudaram a construir um novo saber, «um saber feito de experiência» Chama-se a isso, experiencialismo2. Sobressaindo a superioridade dos modernos, que apoiados na observação da natureza, abateram mitos dos sábios antigos. "Há uma coisa que é essencial a uma grande experiência: Uma natureza experimentadora.“ - Walter Bagehot
  9. 9. Perspectiva de Duarte Pacheco Pereira
  10. 10. Perspectiva de Duarte Pacheco Pereira • Duarte Pacheco Pereira, conclui que «a experiência nos faz viver sem engano das abusões e fábulas» • E que « a experiência é «mãe das coisas»
  11. 11. Experiência e o Saber • Os novos conhecimentos derivados do experiencialismo, resumiam-se: Observaçõ es e descrições empíricas da natureza E NÃO A… Resultados de experiências propositadament e praticadas para a verificação de chances. Só neste ultimo caso, se podem elaborar leis e princípios universalmente válidos.
  12. 12. Minidicionário • 1- Antípodas- Pontos diametralmente opostos na superfície da terra. • 2- Experiencialismo – Forma de sabedoria que se identifica com a vivência das coisas, mais próxima da constatação empírica dos sentidos e do bom senso que da reflexão cientifica.
  13. 13. Conclusão • Mas se o saber português dos secs.XV e XVI não foi ainda ciência na verdadeira aceção da palavra, a verdade é que ele contribuiu para o exercício do espirito critico que se encontra na raiz do pensamento moderno. • Pela europa fora , as verdades indiscutíveis dos antigos que alastrou o sentido da curiosidade pelo mundo
  14. 14. Recursos • Manual de História 10ºAno • http://www.citador.pt/fra ses/citacoes/t/experiencia /10 • Google Imagens • Apresentação sobre Unidade 2 – “O alargamento do conhecimento do mundo”.

×