O observar

867 visualizações

Publicada em

Apresentação prévia a um início de elaboração de projeto de pesquisa - a importância de saber olhar.

Publicada em: Educação, Turismo
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
867
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O observar

  1. 1. ELABORANDO O PROJETO DE PESQUISA Patrícia Fraga 2011-1
  2. 2. “ O que um homem vê depende tanto daquilo que ele olha quanto da sua experiência visual e conceitual prévia, que o preparou para ver”. Thomas Kuhn "O que observamos não é a natureza própriamente dita, mas a natureza exposta ao nosso método de questionamento". (F. Capra) As respostas que encontramos dependem das perguntas que formulamos
  3. 3. Para que lado gira a bailarina? <ul><li>Algumas pessoas conseguem vê-la girar nos dois sentidos, um de cada vez. </li></ul><ul><li>Se você ver que gira em sentido horário está utilizando o lado direito do cérebro (lado mais sensível e perceptivo). </li></ul>
  4. 7. Toda atividade racional e sistemática exige ações planejadas O planejamento se concretiza com o Projeto Porque se elabora um Projeto de Pesquisa ? O Projeto é o documento fundamental da Pesquisa
  5. 8. PROJETO DE PESQUISA APÊNDICES JUSTIFICATIVA RECURSOS MAT./ FIN. FATORES INTERNOS (pessoais) FATORES EXTERNOS (imp. na comunid. científica) INTRODUÇÃO DELIMITAÇÃO CONTRIBUIÇÃO DA PESQUISA MOTIVOS PESSOAIS/PROFISSIONAL METODOLOGIA CRONOGRAMA REFERÊNCIAS IMPORTÂNCIA/ ATUALIDADE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA PROBLEMATIZAÇÃO HIPÓTESES OBJETIVOS (Geral E Específicos) RECURSOS HUMANOS GLOSSÁRIO ANEXOS TEMA DE PESQUISA
  6. 9. ‘ Ninguém sabe tudo, assim como ninguém ignora tudo. O saber começa com a consciência do saber pouco. É sabendo que se sabe pouco, que uma pessoa se prepara para saber mais... O ser humano, como um ser histórico, inserido num permanente movimento de procura, faz e refaz constantemente o seu saber.” Paulo Freire – 1974

×