Avaliação - Jornada Provincial Marista das Juventudes

615 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
615
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação - Jornada Provincial Marista das Juventudes

  1. 1. Resultado das avaliações- II Jornada Provincial Marista das Juventudes -04 e 05 de maio de 2013 – Curitiba (PR)
  2. 2. Tópicos avaliados Informações anteriores à Jornada Local escolhido Alimentação Abertura Momentos musicais Santa Missa Formação com Marina Silva Rodas de conversa Raio-X da Igreja
  3. 3. Tópicos avaliados Sensibilização e adoração ao S.Sacramento Vigília/convivência Painel “impactos da participação juvenil” Momento Comissão de Juventude Encerramento Nota da Jornada Marista Sugestões Críticas Reflexões e aprendizados
  4. 4. Resultados
  5. 5. Nota geral II JPMJ
  6. 6. Informações anteriores à Jornada
  7. 7. Local escolhido
  8. 8. Alimentação
  9. 9. Abertura
  10. 10. Momentos musicais
  11. 11. Santa Missa
  12. 12. Formação com Marina Silva
  13. 13. Rodas de conversa
  14. 14. Raio-X da Igreja
  15. 15. Sensibilização e adoração ao S. Sacramento
  16. 16. Vigília
  17. 17. Convivência
  18. 18. Painel impactos da participação juvenil
  19. 19. Momento Comissão de Juventude
  20. 20. Encerramento
  21. 21. Minha participação
  22. 22. Equipe de organização
  23. 23. Parabenizo...- Cumprimento dos horários.- Boa utilização dos espaços do Colégio.- Encontro muito bem organizado e sem imprevistos.- Ousadia em realizar uma atividade deste tamanho.- Disponibilidade do Colégio em aceitar a Jornada Provincial.- Grupo de facebook.- Criatividade da abertura.- Shows contagiantes.- Ideia de realizar a missa já no início do encontro.- Repertório musical da celebração bastante jovem.- Participação de Irmãos e pastoralistas junto aos jovens.
  24. 24. Parabenizo...- Fala inspiradora da Marina Silva- Ótima escolha dos palestrantes.- Animações do Wilson Rocha- Fala e postura do Ir. Adriano Brollo, por colocar os participantes novamente “nostrilhos”.- Ideia das rodas de conversa como espaço para conhecer um pouco do que osoutros jovens Maristas fazem em suas cidades.- Criatividade e dinamicidade do Raio-X da Igreja.- Realização de adoração, atividade pouco realizada na PJM.- Os momentos de espiritualidade permitiram um contato bastante próximo comDeus.
  25. 25. Parabenizo...- Possibilidade de dormir.- Músicas jovens apresentadas pela Orquestra.- Equipe de trabalho (voluntários e organização).- Disponibilidade dos voluntários, que trabalharam intensamente.- Paciência da equipe de organização, em suportar os estresses de mais de milpessoas cansadas e com sono.- Comissão de Juventude participando como os demais jovens.- Ótima ideia o totem #serirmãomarista.- Pessoal da enfermaria.
  26. 26. Repensar...- Metodologia das 24 horas: realmente necessária?- Apresentação das “regras” da Jornada.- Quantidade de participantes: todos realmente interessados ou muitos vieramapenas pela festa?- Metodologia das rodas de conversa.- Orientação anteriores aos participantes, sobre os reais objetivos da Jornada.- Vigília x dormir.- A convivência “solta” da maneira como aconteceu.- O revestimento do ginásio- Idade mínima dos participantes
  27. 27. Repensar...- Estilos musicais apresentados: sempre é pop-rock.- Orientações mais assertivas aos voluntários- Número de voluntários.- Segurança do evento.- Participação de políticos: discursos muito partidários.- Comunicação: o banho foi liberado e, depois, proibido novamente.- Muitos participantes para poucas pessoas na enfermaria.
  28. 28. Sugestões- Estabelecer idade mínima para os participantes (sugestões: 16 ou 18 anos).- Melhorar a preparação anterior dos participantes, informando os reaisobjetivos do encontro.- Reduzir momentos musicais para que haja mais espaço para partilha empequenos grupos.- Para as rodas de conversa, preparação anterior aos pastoralistas que irãomediar, material de apoio para guiar as discussões e síntese do que fordiscutido em vídeo ou texto.- Mais tempo e/ou mais realizações das rodas de conversa.- Local de dormir separado do local da vigília.- Convivência orientada, com atividades direcionadas.
  29. 29. Sugestões- Cogitar a possibilidade de realizar a próxima Jornada Provincial em outracidade.- Evitar momentos musicais logo após refeições.- Mais momentos para os jovens expressarem suas opiniões.- Alimentação em grupos menores ou aumentar número de buffets.- Retomar o que foi feito na I Jornada Provincial.- Se houver a presença de políticos, que haja de posicionamentos diferentes.- Equipe médica profissional.- Ginástica matinal.- Delegar mais funções às Unidades do Grupo Marista.- Palestras e formações também feitas por outros jovens.- Diversidade nos estilos apresentados pelas bandas musicais.
  30. 30. Sugestões- Jornada com dois ou três dias de duração (final de semana).- Mais atividades em pequenos grupos.- Atividades lúdicas.- Orientações referentes à adoração e à missa, uma vez que nem todos osparticipantes são católicos e sabem como agir nesses momentos.

×