O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

AULA 5 .PLANEJAMENTO DE RECURSOS Tipos de estoque.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 28 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

AULA 5 .PLANEJAMENTO DE RECURSOS Tipos de estoque.pptx

  1. 1. AUXILIAR DE LOGÍSTICA
  2. 2. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Tipos de estoque O estoque é um elemento vital para o sucesso de um negócio. Quando bem gerenciado, ele se harmoniza com a demanda do consumidor final e ajuda a empresa a crescer de maneira saudável e rentável.
  3. 3. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS O conjunto de matérias-primas para produção e produtos acabados e prontos para serem vendidos ao cliente.
  4. 4. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Trata-se de um fator decisivo para a operação de qualquer empresa, já que assegura que o consumidor sempre será atendido.
  5. 5. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Diante da existência de um nível de estoque ideal, o cliente encontrará a mercadoria que procura, na quantidade e na hora certa.
  6. 6. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS A depender do segmento de atuação do negócio — varejo, distribuidor ou indústria —, o modelo de gestão pode apresentar diversas características e práticas de controle.
  7. 7. AULA 2 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Para que toda a cadeia de suprimentos funcione adequadamente, sem faltas e excessos, é importante conhecer os diversos tipos de estoque e direcionar a gestão de mercadorias sempre pelo consumidor final, a partir do monitoramento de indicadores de estoque e vendas e com o auxílio de soluções tecnológicas de reposição de estoque.
  8. 8. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque de antecipação ou sazonal O estoque sazonal é muito útil em datas comemorativas. No Brasil, ao longo do ano, podemos identificar épocas em que há picos de compras, dos quais vale a pena mencionar: Dia das Mães; Páscoa Natal; Dia dos namorados Dia dos pais Carnaval
  9. 9. AULA 4 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Para atender a toda essa demanda, a empresa deve se preparar com antecedência e tomar todas as medidas necessárias para não frustrar o cliente. É nesse momento que o estoque sazonal se torna essencial.
  10. 10. AULA 4 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Essa estratégia costuma ser adotada quando o gestor identifica um aumento na expectativa de vendas. Diante dessa variação relevante, é feito o reforço do estoque.
  11. 11. AULA 2 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS A produção ou aquisição dos produtos é intensificada com o objetivo de tentar assegurar ao consumidor o pronto atendimento de seu pedido — e permitir que a empresa aproveite a oportunidade de ampliar suas vendas e lucros.
  12. 12. AULA 2 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque consignado O estoque consignado é mantido por terceiros, que podem ser distribuidores ou clientes. Na verdade, estamos lidando com um contrato. Nesse caso, a guarda dos produtos é transferida, mas a propriedade continua sendo da empresa.
  13. 13. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Esse modelo tem se mostrado interessante principalmente quando o negócio não dispõe de muito espaço livre, precisa agilizar o processo de distribuição ou deseja ampliar seus canais de vendas.
  14. 14. AULA 1 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque inativo/Obsoleto Estoque obsoleto é aquele que não terá demanda futura e permanece dentro do armazém da indústria. São aqueles itens mais antigos e sem nenhuma possibilidade de uso. Para que uma empresa tenha saúde financeira e continue em crescimento, os produtos armazenados não podem ficar parados indefinidamente.
  15. 15. AULA 1 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Para determinar que o produto se tornou obsoleto, diversas questões precisam ser analisadas. o tipo de mercadoria e o prazo de validade devem ser levados em consideração para que o negócio não sofra prejuízos.
  16. 16. AULA 2 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Uma estratégia para minimizar esse problema é a negociação com a indústria. Ao se estabelecer um bom relacionamento com os fornecedores, o gestor muitas vezes consegue trocar esses itens por outros que possuem uma maior saída, por exemplo. Realizar promoções e queimas de estoque são alternativas para lidar com o problema.
  17. 17. Com o apoio do setor de marketing, essas ações estimulam o consumidor a comprar, aumentam o fluxo de clientes no ponto de venda e ainda colocam a marca em evidência.
  18. 18. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque máximo Quando falamos em estoque máximo, é preciso compreender que ele trabalha com a perspectiva da quantidade máxima de produtos que deve existir no estoque em um determinado período.
  19. 19. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS É importante destacar que diversos fatores influenciam na determinação desse estoque máximo, como o espaço físico disponível para armazenamento e a própria disponibilidade orçamentária .
  20. 20. AULA 4 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque mínimo O estoque mínimo, também conhecido como ponto de ressuprimento, consiste na menor quantidade possível de um produto armazenado.
  21. 21. AULA 4 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Esse número é definido com antecedência pelo gestor e leva em consideração a demanda por aquele item, além da existência de datas comemorativas no período. Sua intenção é evitar que o item acabe antes do ressuprimento.
  22. 22. AULA 4 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Essa prática leva em consideração que, durante o tempo de negociação e do transporte até a chegada das novas mercadorias, o consumidor não seja prejudicado.
  23. 23. AULA 4 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Esse risco de falta pode ser acompanhado pelo indicador TVD - Throughput Value Day, que mostra o valor do risco de perda ou a perda de vendas por dia).
  24. 24. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque de proteção ou estoque isolador Nesse caso, a empresa opera com uma margem de segurança. Assim, mesmo calculando os lotes de estoque ideias, ela prefere manter algumas unidades a mais, garantindo que não perderá vendas.
  25. 25. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Seu objetivo é proteger as vendas e garantir a disponibilidade dos produtos mesmo em situações pouco favoráveis, como: alta nos preços; greve de fornecedores; greve no setor de transportes; súbita elevação na demanda do mercado. Caso algum desses problemas surja, o estoque de proteção é utilizado até que o abastecimento retorne ao normal e as novas mercadorias sejam cadastradas.
  26. 26. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Estoque de segurança Esse tipo de estoque visa reduzir o risco de o negócio perder vendas ou atrasar entregas em razão de problemas inesperados, como um imprevisto durante a negociação com o fornecedor. O estoque de segurança é importante para grande parte das empresas. Os varejistas precisam manter em estoque todos os produtos que o cliente deseja, e a indústria deve ter um estoque de matérias-primas para assegurar o ritmo de produção.
  27. 27. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Seu objetivo é proteger as vendas e garantir a disponibilidade dos produtos mesmo em situações pouco favoráveis, como: alta nos preços; greve de fornecedores; greve no setor de transportes; súbita elevação na demanda do mercado. Caso algum desses problemas surja, o estoque de proteção é utilizado até que o abastecimento retorne ao normal e as novas mercadorias sejam cadastradas.
  28. 28. AULA 5 – PLANEJAMENTO DE RECURSOS MATERIAIS Nessa metodologia, o desafio do gestor é encontrar a quantidade exata de estoque de segurança. Isso significa definir quantos produtos armazenar, de modo que exista um equilíbrio entre investimento e lucros - por isso o apoio da tecnologia é tão importante.

×