"	
  Trabalhos	
  desenvolvidos	
  nos	
  projetos	
  
INTERFRUTA	
  II,	
  BIOMUSA,	
  GERMOBANCO	
  
II	
  e	
  CABMEDMA...
 	
  	
  
PROJECTO	
  INTERFRUTA	
  II	
  -­‐	
  INTERREG	
  IIIB	
  –	
  FEDER	
  
05/MAC/3.1/A4	
  	
  
(2005/2007)	
  
...
Entidades participantes no Interfruta II
ESAPL
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
Culturas a estudar no projeto Interfruta II:
•  Macieira;	
  
•  Bananeira;	
  
•  Castanheiro;	
  
•  e	
  Vinha.	
  
UNI...
Remodelação da página WEB do Projecto e seu alojamento
em servidor próprio
www. interfruta .angra.uac.pt
Informação aos
técnicos e fruticultores
	
  Elaboração	
  e	
  distribuição	
  de	
  
cadernos	
  de	
  produtor	
  e	
  d...
Sessões	
  de	
  divulgação	
  
	
  dos	
  resultados	
  obVdos	
  no	
  
decorrer	
  do	
  	
  projeto	
  
INERFRUTA	
  I...
24 Fruticultores e Viticultores acompanhados
quinzenalmente pela Universidade dos Açores,
SDAT e FRUTER
UNIVERSIDADE
DOS A...
-­‐	
  3	
  Reuniões	
  de	
  Parceiros	
  	
  
-­‐	
  7	
  reuniões	
  com	
  Produtores	
  
Reuniões periódicas com Frut...
Realização de cursos temáticos de formação prática dos
técnicos e fruticultores
8 Acções de formação de curta duração
– “A...
Realização de Workshop e de um Congresso
Regional de fruticultura para técnicos e
fruticultores
Worshop de Fruticultura I ...
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES PUBLICAÇÕES	
  
13	
  
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
PUBLICAÇÕES	
  
PUBLICAÇÕES	
  
14	
  
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
Exemplo	
  de	
  uma	
  
Folha	
  DivulgaVva	
  
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
16	
  
Pereiras e ameixieiras na Terceira
Cultivares Produtores
Registos
internos
Amostras
caracterizadas
Pereiras
(Pyrus communi...
São Miguel
•  Maçã 3000 dólares
•  Maçã abelheira
•  Aguiar (Rainha das
Reinetas)
•  Maçã amarela
•  Maçã americana
•  Maç...
19	
  
Feijão
1 . Feijão amarelo 2 . Feijão arroz ou maricas 3 . Feijão branco 4. Feijão cavalo
Descritores utilizados no estudo
...
21	
  
Etapas	
  definidas	
  	
  
(macieira,	
  castanheiro,	
  batata	
  doce	
  e	
  inhame)	
  
Produtores
Potenciais
variedad...
Caracterização	
  
Molecular	
  
Despiste	
  
Fitossanitário	
  
Introdução	
  in	
  vitro	
  
Banco	
  de	
  
sementes	
  
Caracterização Molecular
Extracção	
  de	
  ADN	
  
QuanVficação	
  
Electroforese	
   Espectrofotometria	
  	
  	
  	
  	
...
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
Jornadas	
  de	
  divulgação	
  	
  
e	
  livro	
  do	
  projeto	
  
PROJETO “BIOMUSA”
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
BIOMUSA(MAC/1/C054)	
  que	
  consisVu	
  na	
  
cooperação	
  entre	
  Açores,	...
INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS NO
DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS DO
PROJECTO BIOMUSA
Serviços de
Desenvolvimento
Agrário da Tercei...
Áreas	
  em	
  estudo	
  na	
  Ilha	
  Terceira	
  –	
  Projecto	
  
BIOMUSA	
  
12 pomares distribuídos por 3 zonas
expos...
Áreas	
  em	
  estudo	
  na	
  Ilha	
  Terceira	
  –	
  Projecto	
  BIOMUSA	
  
	
  
Porto Judeu - SudesteAngra - Sul
UNIV...
Ensaio de captura em massa do gorgulho-da-
bananeira
Memória – Angra (2010 e 2011)
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
31	
  
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
PROJETO “CABMEDMAC”
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
“Estudo	
  de	
  implementação	
  de	
  medidas	
  de	
  combate	
  à	
  
mosc...
Determinação	
  dos	
  locais	
  de	
  colocação	
  	
  uFlizando	
  
GPS	
  e	
  o	
  soVware	
  Arcgis	
  9.2	
  
}  Ac...
Evolução	
  populacional	
  das	
  capturas	
  de	
  machos	
  de	
  mosca-­‐do-­‐
Mediterrâneo	
  na	
  zona	
  sul	
  da...
ObjeVvo:	
  IdenFficação	
  dos	
  focos	
  populacionais	
  principais	
  dos	
  adultos	
  de	
  mosca-­‐do-­‐Mediterrâne...
Estudo	
  como	
  os	
  adultos	
  da	
  mosca-­‐de-­‐Mediterrâneo	
  	
  se	
  
dispersam	
  no	
  terreno	
  	
  
Aborda...
}  A)vidade	
  6:	
  Ensaios	
  de	
  Dispersão	
  de	
  machos	
  
esterilizados	
  na	
  Ilha	
  Terceira	
  –	
  Bicas...
Objetivo dos ensaios de dispersão de machos
esterilizados (produzidos na Biofábrica da Madeira
=> ver a sua capacidade de ...
A)vidade	
  2:	
  amostragem	
  e	
  avaliação	
  de	
  infestações	
  de	
  mosca-­‐
do-­‐Mediterrâneo	
  em	
  frutos	
 ...
}  Ensaio	
  com	
  as	
  Armadilhas	
  Adress	
  	
  
}  ObjeVvo:	
  	
  testar	
  a	
  eficácia	
  na	
  redução	
  das...
Ensaio	
  com	
  as	
  armadilhas	
  ADRESS-­‐Terceira	
  
44 ha de área tratada nos Biscoitos,
perfazendo um total de 1.0...
•  ObjeVvo	
  específico	
  3:	
  Ações	
  de	
  extensão	
  junto	
  dos	
  produtores	
  e	
  
difusão	
  dos	
  resultad...
•  ObjeVvo	
  específico	
  3:	
  Ações	
  de	
  extensão	
  junto	
  dos	
  produtores	
  e	
  
difusão	
  dos	
  resultad...
•  ObjeVvo	
  específico	
  3:	
  Ações	
  de	
  extensão	
  junto	
  dos	
  produtores	
  e	
  
difusão	
  dos	
  resultad...
•  ObjeVvo	
  específico	
  3:	
  Ações	
  de	
  extensão	
  junto	
  dos	
  produtores	
  e	
  difusão	
  
dos	
  resultad...
46	
  
A)vidade	
  10:	
  Realização	
  de	
  jornadas	
  
temá)cas	
  para	
  técnicos	
  e	
  produtores	
  
	
  
Livro	...
Conhecimento
integrado dos
pomares
Monitorização
de pragas
Estimativa do risco
Cálculo de prejuízos Informação aos
fruticu...
Produtores	
  
Universidade	
   Serviços	
  de	
  	
  
Desenvolvimento	
  
	
  Agrário	
  
Diagrama	
  de	
  relações	
  q...
• Obrigado	
  pela	
  Vossa	
  Atenção	
  
UNIVERSIDADE
DOS AÇORES
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Proyecto InterFruta Universidad de Azores

379 visualizações

Publicada em

Promoción de la fruticultura y viticultura en la perspectiva de la protección y producción integrada de los Archipiélagos de la Macaronesia.

Publicada em: Alimentos
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
379
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proyecto InterFruta Universidad de Azores

  1. 1. "  Trabalhos  desenvolvidos  nos  projetos   INTERFRUTA  II,  BIOMUSA,  GERMOBANCO   II  e  CABMEDMAC  e  a  transferência  de   conhecimentos  da  invesFgação  para  os   produtores" UNIVERSIDADE DOS AÇORES FÓRUM AGRO-ALIMENTAR Universidade da Madeira Funchal 9 de julho de 2015 David  João  Horta  Lopes   Universidade  dos  Açores  
  2. 2.       PROJECTO  INTERFRUTA  II  -­‐  INTERREG  IIIB  –  FEDER   05/MAC/3.1/A4     (2005/2007)     “Promoção da fruticultura e da viticultura na perspectiva da protecção e produção integrada nos arquipélagos da Macaronésia”   CHEFE  DE  FILA  =>     Universidade dos Açores 6 Secções com 11 investigadores envolvidos UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  3. 3. Entidades participantes no Interfruta II ESAPL UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  4. 4. Culturas a estudar no projeto Interfruta II: •  Macieira;   •  Bananeira;   •  Castanheiro;   •  e  Vinha.   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  5. 5. Remodelação da página WEB do Projecto e seu alojamento em servidor próprio www. interfruta .angra.uac.pt
  6. 6. Informação aos técnicos e fruticultores  Elaboração  e  distribuição  de   cadernos  de  produtor  e  das  Folhas   divulgaFvas   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  7. 7. Sessões  de  divulgação    dos  resultados  obVdos  no   decorrer  do    projeto   INERFRUTA  II  aos   fruVcultores     UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  8. 8. 24 Fruticultores e Viticultores acompanhados quinzenalmente pela Universidade dos Açores, SDAT e FRUTER UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  9. 9. -­‐  3  Reuniões  de  Parceiros     -­‐  7  reuniões  com  Produtores   Reuniões periódicas com Fruticultores e Viticultores Universidade dos Açores, SDAT e FRUTER UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  10. 10. Realização de cursos temáticos de formação prática dos técnicos e fruticultores 8 Acções de formação de curta duração – “Análise de dados Científicos” – “Introdução ao estudo de doenças fúngicas” – “Poda em Verde Pomóideas” – “Identificação de Tripes”. – “Técnicas e materiais de aplicação de produtos fitofarmacêuticos”. – “Problemas fitossanitários de Proteas”. – “Identificação de Ácaros”. – “Fertilização de vinhas e pomares”. UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  11. 11. Realização de Workshop e de um Congresso Regional de fruticultura para técnicos e fruticultores Worshop de Fruticultura I Congresso Regional UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  12. 12. UNIVERSIDADE DOS AÇORES PUBLICAÇÕES  
  13. 13. 13   UNIVERSIDADE DOS AÇORES PUBLICAÇÕES  
  14. 14. PUBLICAÇÕES   14   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  15. 15. Exemplo  de  uma   Folha  DivulgaVva   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  16. 16. 16  
  17. 17. Pereiras e ameixieiras na Terceira Cultivares Produtores Registos internos Amostras caracterizadas Pereiras (Pyrus communis) 19 35 68 46 Ameixieiras (Prunus sp) 6 8 15 8 CARACTERIZAÇÃO FENOLÓGICA E MORFOLÓGICA FRUTEIRAS - Leituras quinzenais de fenologia - Caracterização da árvore e do fruto (descritores do IPGRI)
  18. 18. São Miguel •  Maçã 3000 dólares •  Maçã abelheira •  Aguiar (Rainha das Reinetas) •  Maçã amarela •  Maçã americana •  Maçã branca das Furnas •  Maçã capela •  Maçã das Furnas •  Maçã de Agosto •  Maçã desconhecida •  Maçã desmarte • Maçã malápio • Maçã parda • Maçã vieira • Malápio • Malápio branco • Malápio vermelho • Pêro inglês • Pêro malápio • Pêro rajado • Pêro rosado • Pêro vime • Pêro viúva alegre Macieiras - 34 UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  19. 19. 19  
  20. 20. Feijão 1 . Feijão amarelo 2 . Feijão arroz ou maricas 3 . Feijão branco 4. Feijão cavalo Descritores utilizados no estudo das cultivares de feijão (adaptado de Descritores para Phaseolus vulgaris – IPGRI) Aspecto vegetativo Pigmentação do hipocótilo Comprimento do folíolo (terceira folha trifoliada) Tonalidade da cor da clorofila da folha Antocianina na folha Forma da folha Hábito de vegetação Altura da planta (média de 5 plantas) Diâmetro do caule (maturação fisiológica) Persistência da folha Acama Número de nós à colheita
  21. 21. 21  
  22. 22. Etapas  definidas     (macieira,  castanheiro,  batata  doce  e  inhame)   Produtores Potenciais variedades regionais Campo de colecção Caracterização morfológica e molecular Introdução in vitro Despiste fitossanitário Saneamento Bancos de germoplasma in vivo e in vitro Multiplicação de plantas saneadas
  23. 23. Caracterização   Molecular   Despiste   Fitossanitário   Introdução  in  vitro   Banco  de   sementes  
  24. 24. Caracterização Molecular Extracção  de  ADN   QuanVficação   Electroforese   Espectrofotometria             Análise  por   sequenciador   Ampliação  por  PCR              
  25. 25. UNIVERSIDADE DOS AÇORES Jornadas  de  divulgação     e  livro  do  projeto  
  26. 26. PROJETO “BIOMUSA” UNIVERSIDADE DOS AÇORES BIOMUSA(MAC/1/C054)  que  consisVu  na   cooperação  entre  Açores,  Madeira,  Canárias  e  Cabo   Verde  desVnado  a  contribuir  para  transferência  de   I+D+i  para  el  desarrollo  sostenible  del  culVvo  del   plátano  en  las  RUPs  MAC.    
  27. 27. INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS NO DESENVOLVIMENTO DOS TRABALHOS DO PROJECTO BIOMUSA Serviços de Desenvolvimento Agrário da Terceira (SDAT) CITAA UNIVERSIDADE DOS AÇORES Serviços de Desenvolvimento Agrário da Terceira (SDAT)
  28. 28. Áreas  em  estudo  na  Ilha  Terceira  –  Projecto   BIOMUSA   12 pomares distribuídos por 3 zonas expostas a Sul na Ilha Terceira     Porto Judeu e São Sebastião -Sudeste Angra - Sul UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  29. 29. Áreas  em  estudo  na  Ilha  Terceira  –  Projecto  BIOMUSA     Porto Judeu - SudesteAngra - Sul UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  30. 30. Ensaio de captura em massa do gorgulho-da- bananeira Memória – Angra (2010 e 2011) UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  31. 31. 31   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  32. 32. PROJETO “CABMEDMAC” UNIVERSIDADE DOS AÇORES “Estudo  de  implementação  de  medidas  de  combate  à   mosca-­‐do-­‐Mediterrâneo  em  Cabo  Verde  e  na   Macaronésia”   Entidades  envolvidas     Consultadoria  e  apoio  técnico              
  33. 33. Determinação  dos  locais  de  colocação    uFlizando   GPS  e  o  soVware  Arcgis  9.2   }  Ac#vidade  1:  Implementação  e  manutenção  de   uma  rede  de  armadilhas  na  ilha  Terceira   Malha  de  armadilhas  colocadas  a  Sul  na  Ilha   Terceira   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  34. 34. Evolução  populacional  das  capturas  de  machos  de  mosca-­‐do-­‐ Mediterrâneo  na  zona  sul  da  Ilha  Terceira  (2011/2013)   2012   2011   2013   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  35. 35. ObjeVvo:  IdenFficação  dos  focos  populacionais  principais  dos  adultos  de  mosca-­‐do-­‐Mediterrâneo     UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  36. 36. Estudo  como  os  adultos  da  mosca-­‐de-­‐Mediterrâneo    se   dispersam  no  terreno     Abordagem  à  dispersão  espacial  com  base  no  uso  da  Regressão   Geograficamente  Ponderada   (Geographic  Weighted  Regression)   Fêmeas   Resultados  :  Mapa  mostra  na  Ilha  Terceira  onde  poderão  exisFr  condições  mais  adequadas  para   a  ocorrência  de  focos  de  fêmeas  adultas  de  mosca-­‐do-­‐Mediterrâneo   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  37. 37. }  A)vidade  6:  Ensaios  de  Dispersão  de  machos   esterilizados  na  Ilha  Terceira  –  Bicas  –  zona  Sul  -­‐   –  Setembro  2014   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  38. 38. Objetivo dos ensaios de dispersão de machos esterilizados (produzidos na Biofábrica da Madeira => ver a sua capacidade de dispersão no terreno após dispersão (Exemplo zona rural - Biscoitos Capturas totais: 24 horas após libertação) 38 UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  39. 39. A)vidade  2:  amostragem  e  avaliação  de  infestações  de  mosca-­‐ do-­‐Mediterrâneo  em  frutos  nas  Ilhas  Terceira  e  na  ilha  de  S.   Jorge  (Açores)   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  40. 40. }  Ensaio  com  as  Armadilhas  Adress     }  ObjeVvo:    testar  a  eficácia  na  redução  das   populações  adultas  e  o  impacto  da  uFlização  deste   Fpo  de  armadilhas  na  taxa  de  infestação  dos  frutos   Prato com gel alimentar com 3% inseticida lufenurão Cilindro com pastilhas de atrativo especifico da mosca-do-Mediterrâneo Capa protetora de cor amarela Terceira – Biscoitos S.Jorge – zona Sul Em  colaboração  com  a  DRADR,  FRUTER  e  a  Syngenta   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  41. 41. Ensaio  com  as  armadilhas  ADRESS-­‐Terceira   44 ha de área tratada nos Biscoitos, perfazendo um total de 1.056 estações instaladas anualmente (5 anos) UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  42. 42. •  ObjeVvo  específico  3:  Ações  de  extensão  junto  dos  produtores  e   difusão  dos  resultados   •  A)vidade  8:  Elaboração  de  material  divulga)vo  das  ações  do   projeto   –  Panfletos;  Folheto/Aviso  Bactrocera  invadens;  livro   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  43. 43. •  ObjeVvo  específico  3:  Ações  de  extensão  junto  dos  produtores  e   difusão  dos  resultados   •  A)vidade  9:  Criação  e  atualização  página  web  do  projeto;   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  44. 44. •  ObjeVvo  específico  3:  Ações  de  extensão  junto  dos  produtores  e   difusão  dos  resultados   •  A)vidade  10:  Realização  de  jornadas  temá)cas  para  técnicos  e   produtores   –  Nas  Ilhas  St.ª  Maria,  S.Miguel,  Terceira,  Graciosa,  Pico  e  Faial   (2013);     UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  45. 45. •  ObjeVvo  específico  3:  Ações  de  extensão  junto  dos  produtores  e  difusão   dos  resultados   •  A)vidade  10:  Realização  de  jornadas  temá)cas  para  técnicos  e   produtores   –  Divulgação  junto  do  produtores  dos  trabalhos  realizados  (S.Jorge  e   Terceira  -­‐  2014)   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  46. 46. 46   A)vidade  10:  Realização  de  jornadas   temá)cas  para  técnicos  e  produtores     Livro  do  projeto     UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  47. 47. Conhecimento integrado dos pomares Monitorização de pragas Estimativa do risco Cálculo de prejuízos Informação aos fruticultores Tomada de decisãoSolução dos problemas Problema   Identificação de problemas de difusão da informação UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  48. 48. Produtores   Universidade   Serviços  de     Desenvolvimento    Agrário   Diagrama  de  relações  que  deve  ser  manFdo  e   reforçado  para    o  futuro  estabelecimento  de  um  verdadeiro     Serviço  de  Extensão  Agrária  dos  Açores  de   apoio  aos  produtores   Associações  de  produtores   (FRUTER)   UNIVERSIDADE DOS AÇORES
  49. 49. • Obrigado  pela  Vossa  Atenção   UNIVERSIDADE DOS AÇORES

×