NederlandPaíses Baixos<br />
Trabalho organizado por:<br />Paulo Rosário<br />Bruno Gonçalves<br />
Localização dos Países Baixos (em verde)No continente europeu (em cinzento e verde-claro)Na União Europeia (em verde-claro...
Os Países Baixos (em neerlandês: Nederland, literalmente "país baixo") são um país da Europa Ocidental que constitui a mai...
Período Romano<br />No século I a.C., os romanos conquistaram a parte sul do país, onde criaram a província <br />da Germâ...
Idade Média<br />A cristianização só se completa no final do século VIII, com a submissão destes povos a Carlos Magno. <br...
Idade Contemporânea<br />Esquerda: Roterdã após os ataques aéreos alemães em 1940 durante a II Guerra Mundial.<br />Direit...
Geografia<br />O país é cheio de canais e o transporte fluvial torna-se um dos principais meios de exportação e importação...
Demografia<br />Com mais de 450 habitantes por quilómetro quadrado, o país é um dos mais densamente povoados do mundo.<br ...
Religião<br />Os Países Baixos são um dos países mais secularizados do Oeste europeu, com 39% dapopulação pertencente a al...
Línguas<br />Há duas línguas oficiais, ambas germânicas, o neerlandês, <br />usada pela maioria da população, e o frísio; ...
Política<br />Os Países Baixos têm sido uma monarquia constitucional desde 1815 e umademocracia parlamentar desde 1848.<br...
Divisões administrativas<br />Os Países Baixos estão divididos em 12 regiões administrativas, tambémchamadas províncias;<b...
Frísia
DrenteFlevolândia
Guéldria
Utrecht
Holanda do Norte
Holanda do Sul
Zelândia
Brabante do Norte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Power point holanda

1.313 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.313
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Power point holanda

  1. 1. NederlandPaíses Baixos<br />
  2. 2. Trabalho organizado por:<br />Paulo Rosário<br />Bruno Gonçalves<br />
  3. 3. Localização dos Países Baixos (em verde)No continente europeu (em cinzento e verde-claro)Na União Europeia (em verde-claro)<br />Gentílico: neerlandês, holandês<br />Hino nacional: HetWilhelmus<br />Lema: "Ikzalhandhaven" (neerlandês)Jemaintiendrai (francês)("Eu manterei")<br />
  4. 4. Os Países Baixos (em neerlandês: Nederland, literalmente "país baixo") são um país da Europa Ocidental que constitui a maior parte do Reino dos Países Baixos. <br />É uma monarquia constitucionaldemocrática parlamentar.<br />Os Países Baixos são banhados pelo Mar do Norte ao norte e a oeste, e fazem fronteira com a Bélgica ao sul e com a Alemanha a leste. <br />A capital é Amsterdão e a sede do governo é Haia.<br />
  5. 5. Período Romano<br />No século I a.C., os romanos conquistaram a parte sul do país, onde criaram a província <br />da Germânia Inferior.<br />Os romanos foram os primeiros a construir cidades no país, como Utrecht, Nimega e Maastricht.<br />Na época da ocupação romana, que se mantém até ao século IV, a região dos Países Baixos era povoada por tribos célticas e germânicas. <br />Os Saxões estabelecem-se a leste dos futuros Países Baixos e os Francos ocuparam os territórios meridionais.<br />
  6. 6. Idade Média<br />A cristianização só se completa no final do século VIII, com a submissão destes povos a Carlos Magno. <br />A administração carolíngia permite o desenvolvimento da actividade económica, enquanto nasce uma indústria têxtil.<br />Idade Moderna<br />No reinado de Carlos V, Sacro Imperador Romano e rei da Espanha, a região era parte das Dezessete Províncias dos Países Baixos, abrangendo a maior parte do que hoje é a Bélgica. À proclamação da independência (União de Utrecht, 1579; abjuração da soberania espanhola, 1581), no reinado de Filipe II, seguiu-se a guerra de independência. A assinatura, sob Filipe IV, do Tratado de Münster pôs fim à Guerra dos Oitenta Anos. O império espanhol reconheceu a República Holandesa dos Países Baixos Unidos, governados pela casa de Orange-Nassau e os Estados Generais, que anteriormente foram uma província do império espanhol. Os Países Baixos tornaram-se assim a primeira nação europeia a assumir uma forma de governo republicana.<br />
  7. 7. Idade Contemporânea<br />Esquerda: Roterdã após os ataques aéreos alemães em 1940 durante a II Guerra Mundial.<br />Direita: bandeira da União Europeia. Os Países Baixos foram membros fundadores da União Europeia em 1993.<br />
  8. 8. Geografia<br />O país é cheio de canais e o transporte fluvial torna-se um dos principais meios de exportação e importação.<br />A localização geográfica dos Países Baixos é bastante favorável em relação à Europa. Do aeroporto de Schiphol, em Amesterdão, é possível chegar a Berlim, Londres ou Paris em apenas uma hora de voo.<br />O país é dividido em duas partes principais pelos rios Reno (Rijn), Waal e Mosa(Maas). Há muitos dialectosfalados a norte e sul desses grandes rios.<br />Os ventos predominantes no país são de sudoeste, o que causa um clima marítimo moderado, com verões agradáveis e invernos suaves.<br />
  9. 9. Demografia<br />Com mais de 450 habitantes por quilómetro quadrado, o país é um dos mais densamente povoados do mundo.<br />Talvez porque a guerra de independência tenha estado intimamente relacionada aos conflitos religiosos desencadeados pela Reforma, o país tem uma tradição de tolerância e liberalidade. Mais recentemente, as políticas nacionais sobre drogas, prostituição, direitos dos homossexuais, abortos e a eutanásia atraem atenção internacional pela tolerância<br />
  10. 10. Religião<br />Os Países Baixos são um dos países mais secularizados do Oeste europeu, com 39% dapopulação pertencente a alguma religião. <br />Ainda assim, menos de 20% frequenta regularmente as respectivas igrejas. <br />A minoria praticante de alguma religião divide-se principalmente entre o catolicismo(18%), mais forte ao sul dos grandes rios, e o<br />protestantismo, ao norte (15%). A maior parte destes protestantes pertence à Igreja Reformada Neerlandesa.<br />
  11. 11. Línguas<br />Há duas línguas oficiais, ambas germânicas, o neerlandês, <br />usada pela maioria da população, e o frísio; esta só se usa <br />na província setentrional da Frísia,chamada de Fryslân na língua local.<br />Além destas, vários dialectos do baixo-saxão são usados emboa parte <br />do norte e leste, sem reconhecimento oficial.<br />Nas fronteiras meridionais, os falares têm variedades baixo-frâncicas e <br />alemãs, sendo possível que a melhor classificação seja, em vez de holandês, <br />flamengo ocidental ou alemão.<br />
  12. 12. Política<br />Os Países Baixos têm sido uma monarquia constitucional desde 1815 e umademocracia parlamentar desde 1848.<br />A política dos neerlandeses são<br /> caracterizadas pelo esforço em alcançar um amplo consenso sobre questõesimportantes dentro tanto da comunidade política quanto da sociedade como <br />um todo.<br />Em 2008, a revista TheEconomist classificou os Países Baixos como oquarto país mais democrático do mundo.<br />O Binnenhof é o centro da política neerlandesa<br />
  13. 13. Divisões administrativas<br />Os Países Baixos estão divididos em 12 regiões administrativas, tambémchamadas províncias;<br /> cada uma tem à sua frente um governador, que é chamado Comissário do Rei ou da Rainha:<br />Províncias dos Países Baixos.<br /><ul><li>Groninga
  14. 14. Frísia
  15. 15. DrenteFlevolândia
  16. 16. Guéldria
  17. 17. Utrecht
  18. 18. Holanda do Norte
  19. 19. Holanda do Sul
  20. 20. Zelândia
  21. 21. Brabante do Norte
  22. 22. Limburgo</li></ul>Todas as províncias, por sua vez, subdividem-se em municípios (gemeenten), que são 467.<br />
  23. 23. Territórios<br />Os Países Baixos possuem três territórios autónomos no Caribe. São as ilhas de Aruba, São Martinho e Curaçao. Possuem também três municípios (ilhas) com status especial, também no Caribe: Bonaire, Saba e Santo Eustáquio.<br />Essas ilhas pertenciam às antigas Antilhas Neerlandesas dissolvidas em 2010.<br />Os três territórios (Aruba, Curaçao e São Martinho) são independentes no que se refere a assuntos internos, mas submetidos ao controlo central exercido pelo Reino dos Países Baixos em questões de defesa e de assistência mútua.<br />
  24. 24. Economia<br />Os Países Baixos têm uma economia muito forte e têm desempenhado um papel <br />especial na economia europeia durante muitos séculos. Desde o século XVI, o transporte,a pesca, o comércio e os bancos têm sido importantes sectores da economia neerlandesa. <br />O país é umas das dez maiores nações exportadoras. Géneros alimentícios formam o maior sector da indústria do país. Outras grandes indústrias incluem produtos químicos, metalurgia,máquinariae turismo.<br />Porto de Roterdão, o mais movimentado do mundo entre 1962 e 1983.<br />Os Países Baixos adoptaram o euro em 1999. É um dos dezasseis estados soberanos que compõem a Zona Euro.<br />
  25. 25. Turismo<br />Amesterdão, a capital oficial, é um dos destinos mais procurados pelos turistas, que certamente deverão render-se ao transporte mais utilizado no país: a bicicleta. <br />Tem como principais atracções o museu VanGogh, a casa de Anne Frank, vários museus, bares e casas nocturnas.<br />
  26. 26. Cultura<br />Os Países Baixos em uma única imagem: o tráfego denso, geografia plana, um grande pôlder (GrotePolder),<br /> um canal, moinhos velhos e novos e flores.<br />Os Países Baixos têm tido muitos pintores renomados ao longo dos séculos. <br />Durante o século XVII, quando a república neerlandesa era bem próspera, houve o surgimento de grandes artistas <br />e aquela época ficou conhecida como a era dos mestres neerlandeses.<br />Tamancos neerlandeses de madeira: um dos símbolos do país<br />
  27. 27. Arquitectura<br />Existem diversos monumentos na Holanda que podemos visitar, um dos mais importantes é o que está relacionado aos imigrantes que foi construído em 2001. A sua principal característica é a sua arquitectura em estilo colonial do século XVIII.<br />
  28. 28. Gastronomia<br />Grande parte dos pratos neerlandeses têm a batata como ingrediente principal. <br />Ela vem, geralmente, acompanhada de carnes e vegetais cozidos. <br />Há grande quantidadede molho de carne sobre os alimentos e temperos picantes não costumam fazer parte do cardápio. <br />O consumo de lacticínios como leite, queijo, requeijão e derivados é bastante comum entre os neerlandeses.<br />
  29. 29. Feriados<br />
  30. 30. Webgrafia<br />www.wikipedia.pt/<br />www.google.pt/imagensholanda<br />

×