O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Super super recu 3 ano

827 visualizações

Publicada em

slides exercícios ( gabarito )

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Super super recu 3 ano

  1. 1. Ângulos formados por duas paralelas e uma transversal r s r//s d b c a f h e g
  2. 2. ( congruentes )
  3. 3. ( congruentes )
  4. 4. FORMULÁRIO 1. ÁREA DA BASE (Sb) É a área do polígono que está na base. 2. ÁREA LATERAL (SL) É a soma das áreas dos paralelogramos das faces laterais. SL = 2p . h 3. ÁREA TOTAL (St) É a soma das áreas das bases com a área lateral. St = 2.Sb + SL 4. VOLUME (V) V = Sb . h
  5. 5. * PARALELEPÍPEDOS RETOS Paralelepípedos cujas bases são retângulos. Como consequência, todas suas seis faces são retangulares. Esses sólidos também podem ser chamados de paralelepípedos retângulos ou ortoedros. Sb = ab SL = 2ac + 2bc St = 2ab + 2ac + 2bc V = abc
  6. 6. DIAGONAIS DO PARALELEPÍPEDO RETO D d . Diagonal da base (d) 2 2 2 d  a b Diagonal do sólido (D) 2 2 2 D  d  c 2 2 2 2 D  a b  c
  7. 7. DIAGONAIS DO CUBO a a a d Diagonal da face (d) 2 2 2 d  a  a d  a 2 Diagonal do cubo (D) D . 2 2 2 D  d  a 2 2 2 2 D  a  a  a D  a 3
  8. 8. FORMULÁRIO 1. ÁREA DA BASE (Sb) S R2 b  2. ÁREA LATERAL (SL) SL S R h L  2 .
  9. 9. 3. ÁREA TOTAL (St) É a soma das áreas das bases com a área lateral. t b L S  2.S  S S R R h t 2. 2 . 2     S 2 R(R h) t   
  10. 10. 4. VOLUME (V) É o produto da área da base pela altura do cilindro. V S h b  . V R .h 2 
  11. 11. *OBSERVAÇÃO: O cilindro circular reto também é chamado de cilindro de revolução, pois é gerado pela rotação completa de um retângulo em torno de um eixo que contém um de seus lados.
  12. 12. a)6 toneladas b)8 toneladas c)0,8 toneladas d)0,008 toneladas e)0,06 toneladas
  13. 13. x x x
  14. 14. Resposta : C
  15. 15. Respoata: A
  16. 16. Resposta: E
  17. 17. Resposta A
  18. 18. Resposta : A
  19. 19. Resposta : D
  20. 20. Resposta : D
  21. 21. x
  22. 22. Resposta : A
  23. 23. x
  24. 24. Resposta b
  25. 25. Resposta: D
  26. 26. Resposta : A
  27. 27. Resposta : C
  28. 28. Resposta E
  29. 29. Resposta C
  30. 30. x
  31. 31. x x
  32. 32. Resposta : B
  33. 33. Resposta : B
  34. 34. Resposta E
  35. 35. Resposta B
  36. 36. Resposta: B
  37. 37. Numa indústria, o custo operacional de uma mercadoria é composto de um custo fixo de R$ 300,00 mais um custo variável de R$ 0,50 por unidade fabricada. Portanto, o custo operacional, que representaremos por y, é dado em função do número de unidades fabricadas, que representaremos por x. Para um custo operacional de R$ 800,00, podemos afirmar que a quantidade de unidades fabricada foi de: A) 800 unidades; B) 900 unidades; C) 1000 unidades; D) 1100 unidades; E) 1200 unidades.
  38. 38. resposta. E
  39. 39. Resposta : D
  40. 40. Resposta D
  41. 41. Resposta : A
  42. 42. Resposta b

×