Professora: Marta Rosa.Disciplina: Artes.Alunos: Claudio, Sarah, Cristiane, Willian Leal, Daniel e Maria Joana.Ano: 2ºa.  ...
A escultura em madeira, a talha dourada e a azulejaria usadas no barroco brasileiro, são heranças dobarroco português.O su...
chamado barroco flamengo) foram Peter Paul Rubens (1577-1640) e Rembrandt van Rijn (1606-1669).                           ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A arte barroca na Europa

8.704 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A arte barroca na Europa

  1. 1. Professora: Marta Rosa.Disciplina: Artes.Alunos: Claudio, Sarah, Cristiane, Willian Leal, Daniel e Maria Joana.Ano: 2ºa. A Arte bArrocA nA europAO barroco surgiu na Itália após o Concílio de Trento, realizado de 1545 a 1563, que reuniu a cúpula daIgreja Católica e em que se decidiu pela oposição a certas inovações propostas por segmentosreformadores da Igreja.A Contra-Reforma, como ficou conhecida essa reação, significou um grande impulso para a artereligiosa. Interessada em popularizar a tradição e os ensinamentos cristãos, a Igreja Católicapatrocinou artistas e artesãos, multiplicou a produção de ornamentos e imagens para a decoração dostemplos, e irradiou essa tendência estética por diferentes lugares ao redor do mundo.O incentivo dado pela Igreja à produção artística levou artistas de toda a Europa para a Itália, criandoum intercâmbio que fez o barroco se espalhar rapidamente pelas principais capitais do continente. Orealismo das imagens de Caravaggio, a dramaticidade e o movimento de obras como as de Carracci eBernini logo repercutiram na arte religiosa européia. Diego Velázquez Cristo Crucificado, 1632 óleo sobre tela, 250 x 170 cm Museu do Prado, MadriEspanha - Na Espanha, o impacto causado pelo barroco italiano foi notado principalmente na pintura.Diego Velázquez, o mais importante pintor espanhol à época, desenvolveu um trabalho marcado pelorealismo do italiano Caravaggio, que já em 1603 tinha obras expostas em Sevilha, onde Velázqueziniciou sua carreira.Na escultura, no entanto, em vez do mármore usado na Itália, persistiu a opção pela talha em madeira,de origem medieval. As esculturas policromadas e cheias de detalhes e o uso de enormes retábulosricamente decorados foram característicos tanto do barroco espanhol quanto do português e dobrasileiro.Portugal - O apogeu do barroco português se deu com o reinado de D. João V, após o domínioespanhol, de 1580 a 1640.A influência italiana foi intensa. Na arquitetura destacaram-se o italiano Nicola Nazzoni, quedesenvolveu no norte do país um estilo tipicamente português, e o alemão Frederico Ludovice, queapós uma estadia em Roma transferiu-se para Portugal a convite dos jesuítas e projetou o Conventode Mafra.A expansão marítima de Portugal significou também a difusão e o desenvolvimento da arte barroca.Nas colônias, populações nativas e escravas eram doutrinadas no cristianismo, garantindo aconservação da Igreja Católica contra-reformista, que enfrentava dificuldades em vários pontos daEuropa. As primeiras manifestações artísticas do barroco chegaram à América com a Companhia deJesus, quando Portugal ainda estava sob domínio espanhol, e continuaram durante o processo decolonização do território português, a partir da restauração da Coroa.
  2. 2. A escultura em madeira, a talha dourada e a azulejaria usadas no barroco brasileiro, são heranças dobarroco português.O surgimento da arte denominada "barroca" ocorreu no século 17, na Itália, provocado por uma sériede mudanças econômicas, sociais e, principalmente, religiosas.Um importante pintor barroco italiano foi Michelangelo Caravaggio (1571-1610). Em suas pinturaspodemos perceber as características marcantes do barroco, que, na Itália, foi impulsionado pelareestruturação da Igreja Católica.Da Itália, o barroco se difundiu pela Europa, manifestando-se de maneiras diferentes em cada país,mas preservando suas características básicas: a teatralidade da obra, o contraste claro-escuro, orealismo, o conflito, o forte apelo emocional, os temas míticos ou religiosos e as cenas cotidianas.EspanhaNa Espanha, o barroco se desenvolveu principalmente na arquitetura, nos entalhes e nas decoraçõesrequintadas das construções, fossem religiosas ou não. Na pintura, teve forte influência do barrocoitaliano, com predomínio do realismo. O principal pintor barroco espanhol foi Diego Velázquez(1599-1660). Diego Velázquez, Velha fritando ovos, 1618, óleo s/ telaObserve no quadro Velha fritando ovos como o pintor consegue realçar as expressões faciais e ateatralidade da cena, ainda que se trate de um acontecimento banal do cotidiano. Neste caso, aexpressividade é alcançada por meio de um grande domínio da representação da luz e da sombra,técnica imprescindível na pintura barroca.Velázquez é muito conhecido por seu quadro As meninas e por pinturas retratando a realeza, pois eleera um dos pintores da corte do rei Felipe 4º, mas nunca deixou de retratar pessoas humildes.HolandaDurante o século 17, a Holanda passava por um grande período de desenvolvimento econômico.Diferente da Itália e da Espanha, que eram países católicos, o protestantismo holandês trouxealgumas dificuldades para os artistas no que se refere à representação de cenas religiosas, mas nãoas impediu. Tais dificuldades, no entanto, acabaram por gerar belíssimos retratos, paisagens enaturezas-mortas.Descritivo e realista, o artista holandês não se preocupava com padrões de beleza clássicos,preferindo retratar cenas do cotidiano. Dois importantes pintores do barroco holandês (também
  3. 3. chamado barroco flamengo) foram Peter Paul Rubens (1577-1640) e Rembrandt van Rijn (1606-1669). Rembrandt, A Sagrada Família, 1635, óleo s/ telaObserve no quadro A Sagrada Família a luminosidade que é dirigida para as figuras de Maria e doMenino Jesus. Rembrandt conseguiu reproduzir em suas telas uma gradação de claridade nunca vistaaté então.FrançaNo período barroco, o poder monárquico era extremamente centralizador na França. O Absolutismofrancês exerceu forte influência na arte, que deveria ser feita para o rei e os nobres, desprezando tudoque lembrasse pessoas comuns, simples ou humildes. Nicolas Poussin (1594-1665), Georges La Tour(1593-1652) e Claude le Lorrain (1605-1682) são exemplos de pintores desse período.Diego Velázquez (1599-1660).Michelangelo Caravaggio

×