O slideshow foi denunciado.

Introdução ao prince2

66 visualizações

Publicada em

PRINCE2 representa os seguintes: Projetos em ambientes controlados, versão 2

Ela pertence a Axelos, uma joint-venture sediada no Reino Unido, desde 2013. Antes disso, PRINCE2 e outras soluções de melhores práticas pertenciam ao OGC no Reino Unido. Outras organizações, como APMG, EXIN, e PeopleCert são Exame Institutos, responsáveis por fazer os exames PRINCE2 em nome da Axelos.

PRINCE2 é uma nova versão de um padrão chamado PROMPT, que remonta a meados dos anos 1970.

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Introdução ao prince2

  1. 1. Introdução ao PRINCE2: Manual de Treinamento do PRINCE2 O manual oficial do PRINCE2 para o Gerente de Projeto é chamado "Gerenciando Projetos de Sucesso com PRINCE2". Este excelente manual de referência foi concebido para:  Gerentes de Projetos experientes que querem aprender o PRINCE2;  Gerentes de Projeto que querem ter um manual de referência para o PRINCE2. Este Manual de Treinamento do PRINCE2 Foundation difere do manual oficial do PRINCE2 das seguintes maneiras:  Ele foca no syllabus do Exame Foundation.  Ele é mais um manual de Treinamento que de referência.  Os termos do PRINCE2 são explicados com exemplos, o que torna mais fácil seu entendimento.  O Manual é escrito em linguagem simples para que você o entenda na primeira vez que o ler.  Nós oferecemos vários exemplos de documentos de gerenciamento.  Foi fornecida uma visão geral do cronograma de um projeto para ajudar a entender como o mesmo é dividido.  As perguntas ao final de cada capítulo constituem uma boa maneira de testar seus conhecimentos.  O Manual está disponível em formato PDF (mais fácil de pesquisar e encontrar as informações que você está procurando). Em resumo, se você quiser aprender PRINCE2 e se preparar para o Exame Foundation, utilize este manual de treinamento para o Exame PRINCE2 Foundation. E se você deseja um ótimo manual de referência, utilize o manual oficial do PRINCE2 intitulado "Gerenciando Projetos de Sucesso com PRINCE2".
  2. 2. O que são projetos? Os projetos são vistos como uma maneira de introduzir mudanças - daí sua natureza exclusiva, ou seja, jamais se fazem dois projetos idênticos. Alguns de nossos leitores podem estar pensando que em sua empresa sempre são repetidos os mesmos projetos. Na verdade, há procedimentos que são exatamente os mesmos, aos quais se refere como processos e, aos processos que se repetem, chamamos operações, ou ainda, conforme a expressão em inglês - "business as usual". Comecemos com uma definição mais geral de um projeto, extraída da Wikipédia: Um projeto é uma série de ações únicas, destinadas a atingir um objetivo exclusivo dentro de um prazo específico e de limitações de custo. Uma boa definição. Concisa e fácil de entender, menciona termos como "série de ações", “objetivo exclusivo" e conceitos como "dentro das restrições de tempo e dinheiro.” Outra definição de projeto é a seguinte: Um projeto é um esforço temporário empreendido para gerar um produto, serviço ou resultado exclusivo.
  3. 3. Isto pode soar como uma frase dita numa série como Star Trek, mas é a definição dada pelo Project Management Body of Knowledge (PMBoK®). Consideremos uma citação do próprio manual do PRINCE2 sobre o que é um projeto: Um projeto é uma organização temporária criada com o propósito de entregar um ou mais produtos de negócios, de acordo com um Business Case pré-acordado. Talvez não tenha entendido isso, pois ainda precisa saber um pouco mais sobre PRINCE2. Contudo, tal definição logo começará a fazer mais sentido, depois de explicado o significado de expressões nela contidas, como organização temporária e business case. A palavra organização refere-se à equipe do projeto, ou seja, as pessoas envolvidas no projeto e como elas se relacionam entre si. Cada projeto tem um início e um final definidos, sendo por isso temporário. Lembre-se, “projetos” que indefinidamente se repetem são referidos como "operações" ou "business as usual" e não constituem projetos realmente (Ex.: a manutenção de um aplicativo ou software). O Business Case é um dos documentos que existem em um projeto PRINCE2 e inclui informações como as razões para o projeto, os benefícios, os custos e informações de tempo e o cálculo do “ROI” (Return On Investment - Retorno Sobre o Investimento). Por que um Método de Gerenciamento de Projetos? Gerenciar projetos implica em planejar, delegar, monitorar e controlar o projeto - em outras palavras - a administração do projeto. O papel do Gerente do Projeto é alcançar os objetivos do projeto dentro dos objetivos estabelecidos de prazo, custo, qualidade, escopo, benefícios e riscos. Vejamos algumas típicas situações que podem dar errado num projeto:  Exemplo de projeto: Uma nova casa;  Informações de background (históricas): o Empreiteiros individuais contratados para fazer trabalhos de diferentes especialistas (aquecimento, eletricidade, instalações etc); o Como se pode imaginar, tais firmas individuais podem precisar de gerenciamento.  Cenário 1: o Apenas uma semana antes da chegada prevista dos encanadores, você fica sabendo que eles poderão adiar seu comparecimento por um mês.  Resultado de tal cenário: o A maior parte dos trabalhos planejados será afetada; o Será difícil reagendar outros contratados; o Você ainda poderá ter que pagar parte dos custos deles (condições do contrato atualmente vigente);  Cenário 2:
  4. 4. o Durante a instalação das novas esquadrias, você poderá descobrir que o espaço reservado para elas é pequeno demais.  Resultado de tal cenário: o Novamente, isso poderá afetar o restante do projeto e tirá-lo dos trilhos. Aqui você pode ver que uma pessoa (como um gerente de projeto, por exemplo) se faz necessário para planejar o trabalho e monitorá-lo, executando uma série de verificações e aprovações, lidando com riscos e issues que possam surgir, identificando setores nos quais se possam reduzir custos e assim por diante. Algumas outras falhas comuns num projeto são:  Definições insuficientes dos produtos logo no início, resultando no desenvolvimento de produtos errados;  Falta de comunicação, o que pode causar “nuvens negras” sobre o projeto;  Estimativas pobres de prazo e custo, fazendo com que o projeto fique sem dinheiro. Percebe-se com isto a necessidade de um bom método de Gerenciamento de Projetos. Referência  prince2.wiki/PRINCE2  pt.prince2.wiki/PRINCE2

×