Carnaval

178 visualizações

Publicada em

Carnaval pelo mundo

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carnaval

  1. 1.  O Carnaval é uma festa que é marcada pelo "adeus à carne" que a partir dela se fazia um grande período de abstinência e jejum, como o seu próprio nome em latim "carnislevale" o indica[1] [2] . Para a sua preparação havia uma grande concentração de festejos populares. Cada lugar e região brincava a seu modo, geralmente de uma forma propositadamente extravagante, de acordo com seus costumes.  Pensa-se que terá tido a sua origem na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C, através da qual os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 d.C..[3] antes da Quaresma.  É um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XX.[4] A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Santa Cruz de Tenerife, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspiraram no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas. Já o Rio de Janeiro criou e exportou o estilo de fazer carnaval com desfiles de escolas de samba para outras cidades do mundo, como São Paulo, Tóquio e Helsinque.
  2. 2. CARNAVAL DE VENEZA
  3. 3. CARNAVAL DE PODENCE  Podenceé uma freguesia portuguesa do concelho de Macedo de Cavaleiros, com 14,33 km² de área e 250 habitantes (2011). Densidade: 17,4 hab/km².  Antigamente chamada NossaSenhoradaPurificação, pertenceu ao concelho de Bragança em 1832, ao de Izeda em 1852 e, a partir de 1878, ao concelho de Macedo de Cavaleiros. Tem como anexa a localidade de Azibeiro[1]  Por alturas do Carnaval, os caretos, figuras tradicionais da região, saem às ruas durante a festa dos rapazes em Fevereiro.
  4. 4. CARNAVAL DE PODENCE
  5. 5. COMO SE COMEMORA O Carnavalé uma festa que é marcada pelo "adeus à carne" a partir delase fazia um grande período de abstinência e jejum, como o seu próprionome em latim "carnis levale" o indica[1] [2] . Para a sua preparaçãohavia uma grande concentração de festejos populares.Cada lugar e região brincava a seu modo, geralmente de uma forma propositadamente extravagante, de acordo com seus costumes.  Pensa-se que terá tido a sua origem na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C, através da qual os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pelafertilidade do solo e pela produção. Passou a ser uma comemoração adotada pelaIgreja Católica em 590 d.C..[3] antes da Quaresma.  É um período de festas regidas peloano lunar no cristianismo da Idade Média. O Carnavalmoderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitorianado século XX.[4] A cidade de Paris foi o principalmodelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Santa Cruz de Tenerife,Nova Orleans,Toronto e Rio de Janeirose inspiraramno Carnavalparisiense paraimplantar suas novas festas carnavalescas. Já o Rio de Janeirocriou e exportou o estilo de fazer carnavalcom desfiles de escolas de samba para outras cidades do mundo, como São Paulo, Tóquio e Helsinque.  O Carnavaldo Rio de Janeiro está atualmente no GuinnessBook como o maior Carnavaldo mundo, com um número estimado de 2 milhões de pessoas, por dia, nos blocos de rua da cidade.[5] Em 1995, o Guinness BOOKdeclarou o Galo da Madrugada, da cidade do Recife, como o maior bloco de carnavaldo mundo.[6]
  6. 6. COMO SÃO FEITAS AS MASCARAS  Umamáscaraé um acessórioutilizadopara cobrir o rosto,utilizadapara diversospropósitos:lúdicos (comonos bailesde máscarase no carnaval), religiosos,artísticosou de natureza prática (máscarasde proteção).A palavratem, provavelmente,origem no latim mascusou masca= "fantasma",ou no árabemaskharah= "palhaço","homemdisfarçado".Muitas vezes tribosafricanasusam máscarasem cerimôniasde passagem entre a vida e a morte.  A máscaraé possivelmenteo maissimbólicoelemento de linguagem cênica atravésde toda históriado teatro.Seu uso, provavelmente, remontaà representaçãode cabeça de animaisem rituais primitivos,quando ou o objeto em si ou o personagemque o usava representavam algum misteriosopoder
  7. 7. CARNAVAL DE PACOS DE FERREIRA

×