INFLUÊNCIA DO ATAQUE ÁCIDO APÓS
JATEADO DE PARTÍCULAS NA
OSSEOINTEGRAÇÃO DE IMPLANTES
DENTÁRIOS DE TITÂNIO: ESTUDO IN
VITR...
Introdução
• Os estudos sobre o comportamento biológico de implantes dentários
de titânio (Ti) têm sido ligados à utilizaç...
Introdução
• Sucesso clínico de implantes dentários de Ti
– Íntima relação entre o implante e o osso: Osseointegração
– A ...
Introdução
• Rugosidade
– Estudos in vitro
Superfície Rugosa Fixação celular Atividade de osteoblastos
– Mudanças na rugos...
Introdução
• Jateamento de superfície
– Produz uma superfície com rugosidade mais elevada, quando comparado com o
ataque á...
Introdução
• Objetivo do trabalho
– Investigar a influência do ataque ácido após o tratamento por jateamento de
partículas...
Materiais e Métodos
• Implantes dentários de titânio comercialmente puro tipo 3
– 3,8 mm de diâmetro, 12,0 mm de comprimen...
Materiais e Métodos
• Após o tratamento das superfícies:
– Limpeza no ultrasson com água destilada e sabão por 10 minutos;...
Materiais e Métodos
• Rugosidade
– Interferometria de luz branca (Wyko NT1100, Veeco)
– A área da superfície analisada foi...
Materiais e Métodos
• Molhabilidade
– A medição do ângulo de contato estático (SCA) foi realizada através do método de
got...
Materiais e Métodos
• Estudo in vitro
– O objetivo dos estudos in vitro foi analisar a interação entre a adesão de
osteobl...
Materiais e Métodos
• Estudo in vivo
– Aprovado pelo comitê de ética (DE 86/609/CEE)
– Oito implantes de cada superfície f...
Materiais e Métodos
• Análise estatística
– Teste de Fisher
– Foram consideradas diferenças estatisticamente significantes...
Resultados e discussão
• MEV
Resultados e discussão
• A rugosidade e as características topográficas são as propriedades
mais relevantes da superfície ...
Resultados e discussão
• Rugosidade superficial
Anselme, 2000; Schwartz et al., 1996;
Anselme et al., 2000
Resultados e discussão
• Molhabilidade
Aparicio et al., 2002; Aparicio
et al., 2004
Resultados e discussão
• Adesão celular
Rugosidade Adesão
Anselme, 2000; Schwartz et al.,
1996; Anselme et al., 2000
Resultados e discussão
• Porcentagem de osseointegração a partir da análise histológica
Eisenbarth et al., 2002; Chesmel e...
Conclusão
• Características topográficas e rugosidade são as propriedades de
superfície mais relevantes de um implante den...
Referências
OBRIGADA!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sessão Científica Bolsista Hannah Lira - 2014.1

263 visualizações

Publicada em

Artigo Consultado: Influence of acid-etching after grit-blasted on osseointegration of titanium dental implants: in vitro and in vivo studies.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sessão Científica Bolsista Hannah Lira - 2014.1

  1. 1. INFLUÊNCIA DO ATAQUE ÁCIDO APÓS JATEADO DE PARTÍCULAS NA OSSEOINTEGRAÇÃO DE IMPLANTES DENTÁRIOS DE TITÂNIO: ESTUDO IN VITRO E IN VIVO. Bolsista: Hannah Menezes Lira Herrero-Climent M, Lázaro P, Vicente Rios J, Lluch S, Marqués M, Guillem-Martí J, Gil FJ. Influence of acid-etching after grit-blasted on osseointegration of titanium dental implants: in vitro and in vivo studies. J Mater Sci: Mater Med, 2013; 24:2047-55. Salvador, 2014
  2. 2. Introdução • Os estudos sobre o comportamento biológico de implantes dentários de titânio (Ti) têm sido ligados à utilização de diversos materiais associados com moléculas biologicamente ativas. • Sabe-se que propriedades do substrato, como a molhabilidade, presença de cargas, superfície química e topografia de superfície desempenham um importante papel no estabelecimento do contato célula-biomaterial. Topografia de superfície  Adesão celular Anselme, 2000; Schwartz et al., 1996; Anselme et al., 2000
  3. 3. Introdução • Sucesso clínico de implantes dentários de Ti – Íntima relação entre o implante e o osso: Osseointegração – A rugosidade de superfície é um fator importante para a osseointegração • Topografia de supefície pode ser modificada por: – Pulverização de Spray de plasma – Jateamento de partículas de diversos tamanhos – Ataque ácido – Processos eletroquímicos – Combinação de alguns deles Eisenbarth et al., 2002; Chesmel et al., 1995; Bigerelle et al., 2005; Wieland et al., 2000; Aparicio et al., 2002; Aparicio et al., 2004
  4. 4. Introdução • Rugosidade – Estudos in vitro Superfície Rugosa Fixação celular Atividade de osteoblastos – Mudanças na rugosidade – Adsorção de proteínas – Síntese de colágeno – Maturação de condrócitos OSEEOINTEGRAÇÃO – Microrrugosidade  Jateamento de partículas e/ou ataque ácido Aparicio et al., 2002; Aparicio et al., 2004
  5. 5. Introdução • Jateamento de superfície – Produz uma superfície com rugosidade mais elevada, quando comparado com o ataque ácido, melhorando a diferenciação de osteoblastos in vitro, bem como a osseointegração. • No entanto, os papeis de cada tipo de tratamento de superfície ainda são pouco conhecidos. Aparicio et al., 2002; Aparicio et al., 2004
  6. 6. Introdução • Objetivo do trabalho – Investigar a influência do ataque ácido após o tratamento por jateamento de partículas na resposta biológica por meio de testes in vitro e in vivo. – Analisar a rugosidade, energia de superfície e molhabilidade da superfície do implante, correlacionando com a produção de osteoblastos.
  7. 7. Materiais e Métodos • Implantes dentários de titânio comercialmente puro tipo 3 – 3,8 mm de diâmetro, 12,0 mm de comprimento – 4 grupos com 20 implantes cada: Ctr • Superfície Usinado. AEtch • Ataque ácido com ácido fluorídrico (0,35 M) por 15 s à temperatura ambiente. GBlast • Jateamento com partículas de alumina (600 µm) a uma pressão de 0,25 Mpa. Gblast + AEtch • Jateamento com partículas de alumina + ataque ácido com ácido fluorídrico.
  8. 8. Materiais e Métodos • Após o tratamento das superfícies: – Limpeza no ultrasson com água destilada e sabão por 10 minutos; – Secagem com gás nitrogênio – Esterilização com óxido etileno à 37° e 760 mbar por 5 horas
  9. 9. Materiais e Métodos • Rugosidade – Interferometria de luz branca (Wyko NT1100, Veeco) – A área da superfície analisada foi de 459,9 x 604,4 µm – A análise foi realizada com o software Wyko Visão 232TM (Veeco, EUA) – As medições foram feitas em três diferentes superfícies para cada tipo de tratamento de superfície para caracterizar a amplitude (Sa) e espaçamento (Pc) da rugosidade – Microscopia eletrônica de varredura (MEV) (Electroscan, Jeol, Japão) foi usado para analisar o qualitativamente a topografia de superfície dos implantes
  10. 10. Materiais e Métodos • Molhabilidade – A medição do ângulo de contato estático (SCA) foi realizada através do método de gota séssil. – A SCA foi determinada com água destilada (MilliQ) – A gota foi gerada com uma seringa micrométrica e depositado sobre a superfície do substrato. – As medidas de ângulo de contato foram realizadas com um sistema da marca OCA 15 plus com captura por vídeo e câmara (Contact Sistema Angle OCA15plus, Dataphysics, Alemanha) – Análise ​​com o Software SCA20 (Dataphysics, Alemanha) – Equação de Wenzel  explicar o efeito da rugosidade da superfície em relação à molhabilidade
  11. 11. Materiais e Métodos • Estudo in vitro – O objetivo dos estudos in vitro foi analisar a interação entre a adesão de osteoblastos e a modificação da superfície – Linha celular MG-63 – As células foram cultivadas em meio de Eagle modificado por Dulbecco (DMEM, Gibco) – As células foram incubadas – O intervalo de tempo em relação à adesão das células foi de 4 h – Leitura com espectofotômetro
  12. 12. Materiais e Métodos • Estudo in vivo – Aprovado pelo comitê de ética (DE 86/609/CEE) – Oito implantes de cada superfície foram implantados, dois por animal – Trinta e seis fêmeas adultas Coelhos da raça Nova Zelândia – Foram operados sob anestesia geral, realizados por injeções intramusculares de xilazina (5 mg / kg) e cetamina (35 mg / kg) – Artrotomia do joelho – Os implantes foram cuidadosamente inseridos – A ferida foi suturada em três camadas – Os coelhos foram sacrificados, sob anestesia geral, 1, 3 e 10 semanas após a implantação de uma injeção intracardíaca de barbitúrico (Dolethal, Vetoquinol, França) – Análise histológica
  13. 13. Materiais e Métodos • Análise estatística – Teste de Fisher – Foram consideradas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos (P < 0,05)
  14. 14. Resultados e discussão • MEV
  15. 15. Resultados e discussão • A rugosidade e as características topográficas são as propriedades mais relevantes da superfície de um implante dentário para o seu sucesso clínico [16]  Microscopia 3D
  16. 16. Resultados e discussão • Rugosidade superficial Anselme, 2000; Schwartz et al., 1996; Anselme et al., 2000
  17. 17. Resultados e discussão • Molhabilidade Aparicio et al., 2002; Aparicio et al., 2004
  18. 18. Resultados e discussão • Adesão celular Rugosidade Adesão Anselme, 2000; Schwartz et al., 1996; Anselme et al., 2000
  19. 19. Resultados e discussão • Porcentagem de osseointegração a partir da análise histológica Eisenbarth et al., 2002; Chesmel et al., 1995; Bigerelle et al., 2005; Wieland et al., 2000; Aparicio et al., 2002; Aparicio et al., 2004
  20. 20. Conclusão • Características topográficas e rugosidade são as propriedades de superfície mais relevantes de um implante dentário para a sua biológica resposta. • As superfícies com maior rugosidade apresentam maior adesão de osteoblastos (Gblast e GBlast + AEtch). • Não houve diferenças estatisticamente significativas entre GBlast e Gblast + AEtch implantes dentários na resposta biológica. Estes resultados foram confirmados por testes in vivo e análise histológica.
  21. 21. Referências
  22. 22. OBRIGADA!

×