2 estudo da agua nos ecossitemas. junho

532 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 estudo da agua nos ecossitemas. junho

  1. 1. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues 1 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– CiênciasProf.ª Cláudia Ferreira DominguesObjetivo: compreender a importância da água para os seresvivos, suas adaptações para a perda de água, características doambiente aquático e compreensão dos fatores que causamequilíbrio e desequilíbrio ecológico no ambiente aquático.I – A água nos seres vivos Mais de 60% do nossocorpo é constituído por água.Portanto, se sua massa for de 40kg, mais de 24 kgcorrespondem a água. Muitoscomponentes do nosso corpocontêm grande quantidade deágua, mesmo os órgãos maisduros, como os ossos e dentes,existe uma boa quantidade deágua ali presente. Não apenas do corpo dos humanos, a água está presente nocorpo dos animais e plantas. As plantas, por exemplo, são compostas de grandequantidade de água. Até mesmo sementes de aspecto totalmenteseco contêm água. Nesse estado, elas parecem sem vida; porém,se receberem água, normalmente germinam e produzem novasplantinhas.
  2. 2. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues Mas, qual será a utilidade de toda essa água no corpo dos 2seresvivos? A água transporta substâncias nos seres vivos, pois assubstâncias necessárias à vida precisam ser distribuídas pelocorpo dos seres vivos. A água também dissolve muito bem essas substâncias epermite que elas sejam transportadas e distribuídas comfacilidade. A água é presente nos seres vivos como... Nos animais (ser humano incluído, ele é o único animal racional):  No sangue – por conta de terem muita água, se encarregam do transporte e da distribuição de substâncias, nutrientes do intestino e oxigênio dos pulmões, etc., circulando por todo o corpo dentro de vasos sanguíneos e é constantemente bombeado pelo coração, levando substâncias para os outros órgãos do corpo. Desses outros órgãos, o sangue retira gás carbônico e resíduos (restos não aproveitáveis pelo organismo). O gás carbônico é levado para os pulmões e, de lá, é expelido pelo nariz e pela boca para o ar atmosférico.  No suor – para manter a temperatura constante, não deixa que nós esquentemos tanto no Sol, por
  3. 3. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues exemplo, por meio da transpiração, que é a 3 perda de água pela superfície do corpo sob forma de vapor. Serve para regular a temperatura de um ser vivo, uns precisam mais que outros. Para evitar a desidratação.  Na urina – importante para liberar substâncias que não nos fazem bem, o que não é útil do sangue, que é filtrado pelos rins. A eliminação de substâncias indesejáveis.  Nos líquidos – são os líquidos que estão dentro e fora das células. Nas plantas:  Na seiva – são os líquidos que circulam no interior da planta. A dois tipos de seiva: uma delas vai da raiz para as folhas; a outra, das folhas para várias partes da planta. A seiva que provem da raiz é uma solução que contém água e sais minerais do solo. A que provem da folha tem contém açúcares obtidos por meio da fotossíntese, além da água e dos sais. Esses açúcares são utilizados pelas diversas partes da planta.
  4. 4. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues Fotossíntese 4 Luz = Produção = Produção por meio da luz. Gás carbônico (CO2) + água (H2O) + luz do Sol = energia(glicose) = gás oxigênio. A respiração das plantas acontece nas folhas (estômatos),utilizando o gás carbônico (CO2) e liberando o gás oxigênio. No processo da fotossíntese, a planta absorve a luz do Sol,que fornece a energia necessária para a transformação da água edo gás de carbono em energia (glicose). Durante a realização dafotossíntese a planta elimina oxigênio para a atmosfera.
  5. 5. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues Veja a seguir, mais um esquema da fotossíntese, em que 5podemos observar a ação das seivas bruta e elaborada. O processo de fotossíntese consiste na alimentação própriadas plantas. A raiz contém alguns “pelinhos” que absorvem da terra(solo) a água e os sais minerais e, assim, por meio da seiva bruta,distribuem os nutrientes e a água por toda planta, circulando portoda ela. Ao chegar até as folhas, ocorre uma grande transformação,pois a luz solar atinge a planta por meio das folhas que, juntandoa luz do Sol, mais a água, mais o gás carbônico existente naplanta, tudo isso se transforma em energia ou glicose, que são os“açúcares”, ao fazer isso, a planta libera o gás oxigênio, que éfundamental para todos os seres vivos.
  6. 6. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues Assim, o resultado da fotossíntese, dá na água mais a 6glicose, que fica na seiva elaborada, que distribui e circula aenergia por toda a planta, desde as folhas até as raízes.  Portanto: - Luz + água + CO2= ENERGIA (GLICOSE) > liberação do gás oxigênio para a atmosfera. Seiva bruta= H2O (água) + sais minerais. Seiva elaborada= H20 (água) +glicose. Os organismos terrestres transpiram A desidratação (ato de perder água) normalmente não é um problema pra plantas e animais que vivem na água.Já os organismos terrestres correm sempre o risco de desidratar-se, principalmente por causa da transpiração que é a perda de água pela superfície de um corpo sob a forma de vapor. Esse processo é importante para regular a temperatura de um corpo de muitos organismos. Transpiração = perda de água pela superfície do corpo sob z forma de vapor. Serve para regular a temperatura de um ser vivo, uns precisam mais que outros. Desidratação= perda excessiva de água (perdemos mais água do corpo do que ganhamos). Quando a perda de água supera o ganho. Adaptações: “economizando água” Nos animais e nas plantas terrestres, há alguns mecanismos que evitam que os animais se desidratam, “economizando” a água de seus corpos. Veja como alguns seres vivos se adaptam:
  7. 7. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia Ferreira Domingues  Cobras e lagartos – possuem 7 escamas que cobrem a sua pele e a impermeabilizam, reduzindo perdas de transpiração, pois esses animais são adaptados a ambientes com pouca água.  Insetos – revestido por uma casca impermeável que protege da desidratação, a casca é chamada de carcaça de quitina.  Cactos – planta de região seca, tem caules com revestimento bem espesso, reduzindo a perda de água. Além do mais, seus espinhos na verdade são folhas modificadas com pequena superfície, o que também ajuda a perda de água por transpiração.  Além do mais, muitas plantas perdem suas folhas na época de seca, o que reduz bastante sua transpiração.“Economizando” a água
  8. 8. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDominguesII - Os seres vivos na água 8O ambiente aquático Muitos seres vivos (animais, vegetais, microrganismos)vivem na água, e vivem em rios mares e oceanos. Essesorganismos dependem uns dos outros e também das condiçõesambientais, como a luz, a temperatura e a composição daágua. Vamos observar algumas delas e examiná-las. Existem também, substâncias em solução, como os gases e o sal (no mar). RESISTÊNCIA A água oferece certa resistência ao deslocamento deanimais, dificultando seu movimento durante o nado. Por isso, osseres vivos no ambiente aquático (organismos) apresentam umaforma, isso tudo favorece a natação. Ex.: vitória-régia, aguapé,golfinho, baleia, tubarão. Algumas plantas, como a vitória-régia, que flutuam na água,devido sua forma e sua grande superfície.PLÂNCTON= algas microscópicas clorofiladas (presença declorofila, permite fazer a fotossíntese, pigmento verde), semmovimento próprio, que vivem flutuando na água, tanto na docequanto salgada. A maior parte do gás oxigênio atmosférico querespiramos (O2) é consequência da fotossíntese do plâncton, porexistir em maior quantidade do que as árvores. É também a baseda cadeia alimentar. Conclusão: são responsáveis pela produçãode gás oxigênio, e são o primeiro elo da maioria das cadeiasalimentares.PLÂNCTON SEM CLOROFILA= organismo (plâncton) semclorofila se alimentam do plâncton clorofilado, também são
  9. 9. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDominguesconhecidos como animais do plâncton. Estes microrganismos são 9também decompositores. Eles se alimentam, portanto, dosresíduos produzidos pelas plantas e pelos animais, além de restosde plantas e animais mortos.A luz solar na água Esta luz solar é definitivamente importante no ambienteaquático, pois é por meio dela que as plantas aquáticas (algas),fazem a fotossíntese, que resulta naliberação de gás oxigênio, que éfundamental para a maioria de seres vivosali existentes. Sem luz, não háfotossíntese; pois esta só acontece nasregiões atingidas pela luz. Nas demaisáreas, não se encontram mais organismosclorofilados. Quanto mais límpida é a água, mais longe a luz consegueatingir suas profundezas, além disso, as águas rasas recebemmuito mais luz do que em maiores profundidades. A luz solarperde a intensidade à medida que penetra na água. Fotossíntese “aquática” Os organismos clorofilados aquáticos, a maioria doplâncton, absorvem a luz solar e produzem substâncias, como osaçucares, que lhes servem para o crescimento e reprodução.Produzem também gás oxigênio, que se dissolve na água. Amaioria das cadeias alimentares aquáticas inicia-se pelospequenos componentes do plâncton. Equilíbrio nos ambientes aquáticos - Os seres vivos têm uma vida favorável, morrem naturalmente ou pela cadeia alimentar.
  10. 10. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues Para ocorrer equilíbrio é necessário ter: 10 Temperatura adequada, estável, que não varia muito, sem grandes variações. Quantidade de sais estável, não varia para a adaptação dos seres vivos. Quantidade de gás carbônico (CO2) estável, para que o gás oxigênio (O2) consiga difundir-se na água. Luz MUITO importante para a fotossíntese, que acaba liberando gás oxigênio necessário para muitos seres vivos. O tamanho das populações constantes para evitar um desequilíbrio ecológico, pois com um tamanho grande de certa população, o alimento usufrui-se, desequilibrando a cadeia alimentar dos seres vivos aquáticos de um ambiente. O número de indivíduos deve variar pouco ao longo do tempo. O número de mortes deve estar equilibrado ao de nascimentos. Podemos dizer que o tamanho de cada população em um ecossistema em equilíbrio, depende dos elos anteriores da cadeia e permanece mais ou menos o mesmo ao longo do tempo. Desequilíbrio nos ambientes aquáticos - Ocorre quando a alteração em qualquer parâmetro (qualquer um dos itens a cima que não estiverem estáveis, é uma das causas do desequilíbrio), podem ser:
  11. 11. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia Ferreira Domingues Excesso de matéria orgânica (esgoto, resíduos dos 11 seres vivos), o que irá ocasionar na ação dos decompositores, que produzirão gás carbônico, isso fará com que a proliferação de plantas aquáticas que vivem sobre a água (formando um tapete verde de plantas) aumente. Com isso, as plantas irão “tampar” a luz solar das outras algas (plantas), desta maneira, não ocorrerá fotossíntese, assim, não teríamos a liberação do gás oxigênio, e muitos seres vivos morreriam inclusive as plantas (sem fotossíntese, sem alimento). Aumento de temperatura (térmica) ocasionaria na diminuição da solubilidade dos gases (oxigênio), sem O2 na água, muitos seres vivos morreriam. Em água fria, a solubilidade dos gases seria maior, e eles não morreriam. Poluentes atmosféricos (chuva ácida), a liberação do gás de enxofre (liberado por meio da poluição), sePOLUIÇÃO misturaria com a atmosfera, o vapor de água que encontramos na atmosfera (ciclo da água), mais o enxofre, causaria uma reação química, que resulta na chuva ácida, não nos faz mal sem excesso, mas causam É o que mais danos às plantações e monumentos, além do mais, a causa desequilíbrio chuva ácida cai nos rios, lagos e oceanos. ecológico. Produtos químicos – inseticidas e detergentes, o Poluição é a detergente não biodegradável (antes utilizado por todos) introdução no quebra a película da água, a tensão superficial, e a ambiente de polui,por isso temos sempre que comprar detergente materiais ou de energia em biodegradável. Os inseticidas, utilizados nas lavouras uma (plantações), ao serem jogados nas plantas para matarem quantidade as pragas, acabam infiltrando-se no solo, onde pode que cause haver lençóis freáticos, que irão ser poluídos por conta mudanças desfavoráveis à disso. vida. Lixo em grande quantidade dificulta a oxigenação, pois o lixo irá se decompor pelos decompositores, produzindo gás carbônico.
  12. 12. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDomingues 12 Exemplo de equilíbrio e desequilíbrio aquático Equilíbrio ecológico Para obter um equilíbrio ecológico no ambiente aquático, é necessário ter todos os itens da pág. 10 em ordem. Escreva, para cada parágrafo, o nome simplificado, feito no esquema da pág. 10.a) ___________________- Por exemplo, no habitat dos lambaris, sóconsegue sobreviver na lagoa a quantidade de lambaris quepode ser sustentado pelos caramujos e pelas larvas existentes. Aquantidade de larvas se dá a partir da quantidade de plantas eorganismos do plâncton ali existentes.b) ___________________- Os sais minerais não podem variarmuito, peixes de água doce, por exemplo, não podem ter, em seuambiente aquático, água salgada.c) __________________- Quantidade de matéria orgânica estável,para que não exceda a quantidade de decompositores, quepodem aumentar o gás carbônico mais tarde. Assim, gás oxigênio(O2) consiga difundir-se na água.d) _________________ - É necessário que a luz consiga penetrar naágua é suficiente para os organismos clorofilados, para que tenhagás oxigênio suficiente que é liberado nesse processo.e) ________________ - deve sempre conservar-se mais ou menosas mesmas.
  13. 13. 2° Estudo da água nos ecossistemas – 6°ano– 2012 - 2°Trimestre – Junho– Ciências - Prof.ª Cláudia FerreiraDominguesDesequilíbrio ecológico 13 Suponha que, ao redor de uma lagoa, sejam construídasalgumas casas e que, com o povoamento dessa região, osmoradores passem a despejar seus esgotos diretamente na água,causando um aumento cada vez maior da quantidade de resíduosali. Bactérias e fungos decompositores alimentam-se dosresíduos, transformando-os em nutrientes. Inicialmente, issofavorecerá a vida na lagoa, pois algas e os vegetais aquáticoscrescerão e se multiplicarão rapidamente. Como resultado,também crescerão as populações de peixes e caramujos, já quedispõem de mais alimento. No entanto, em um segundo momento, haverá também umaumento da quantidade de decompositores. Isso acontece nãoapenas por causa do aumento do esgoto, mas também devido àmaior quantidade de restos de plantas, animais e demais seresvivos. Como os decompositores consomem muito gás oxigênio, aquantidade deste gás na água irá diminuir cada vez mais. Alémdisso, a grande quantidade de algas tornará a água mais turva,dificultando a passagem de luz e, assim, prejudicando afotossíntese. Como a fotossíntese é responsável pela produção dogás oxigênio, todos os organismos que respiram, sãoprejudicados pela falta desse gás. Como o resultado, essaspopulações acabam desaparecendo completamente. Ao final, sobram apenas algumas espécies demicrorganismos que conseguem sobreviver na ausência de gásoxigênio. São eles os responsáveis pelos odores de rios, lagos erepresas poluída, pois produzem substâncias malcheirosas. O próprio ser humano, que utilizava a lagoa para obterágua, para banhos e para pesca, acaba profundamenteprejudicado pelo desequilíbrio que ele mesmo criou.

×